PplWare Mobile

Se ainda usa o Android 4.0 então a loja de apps do smartphone vai deixar de funcionar


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

76 Respostas

  1. Mateus says:

    faz mais que sentido o android 4 já leva 7 anos, e já tem mais 5 gerações mais actualizadas, não interessa continuar a dar suporte dos developers de app’s pois limita-os desenvolver uma app…

    • pedro osorio says:

      Exactamente,o que interessa é que as pessoas gastem dinheiro em telemóveis só porque sim…E depois não me venham dizer que não existe obsolescência programada…

      • Mateus says:

        não é a google que tem culpa dos fabricantes de não darem actualizações para versões mais recentes de android de modo a prelongar mais a vida do aparelho, cada versão em android tem suporte de pelo menos 2 anos garantida, apartir dai acabou-se, não podemos comprar android com windows ou Mac OS, que tem períodos mais longos entre versões, no mundo do linux o tempo é mais curto…

        agora se o equipamento tem capacidade hardware para versões mais recentes isso já é outra história que é o que acontece bastante em aparelhos de marcas xpto ou de gamas medias e baixa, ai sim dou-te razão da situação da obsolescência programada, em que interessa é vender aparelhos novos os que já saíram deixam de interessar…

        • Francisco Pinto says:

          Obviamente que a culpa é da Google. A Google é a “dona” do Android. E a Google que define em que condições fornece o Android! Claro que definisse que tinham de dar suporte por 2 anos nem metade das marcas adotariam o Android! Ao contrário do que dizes são poucas as que dão suporte por 2 anos. E a prova está na pouca adoção pelas marcas do Windows phone que a atualização ou não era decidida pela Microsoft.

    • Marcos says:

      Diga isso aos milhões de brasileiros que não tem como comprar um aparelho novo. O grande problema dos apaixonados por tecnologia é desconsiderar outros pontos fundamentais. Trocar de aparelho? O mundo da ecologia vai mandar às favas gente que só pensa em tecnologia…

  2. Pedro Alexandre Costa Arantes says:

    Quem ainda tem um equipamento comprado em 2012 já não tem uma experiência aceitável.. Em primeiro lugar devido à capacidade de memória dos aparelhos da época que salvo os topos de gama como o galaxy s2 ou algo no mesmo nível estão limitados em média a 4gb de armazenamento e 256 de RAM, o que é claramente insuficiente para as aplicações que são desenvolvidas actualmente.
    Por outro lado a bateria ou já foi substituída ou está por um fio…
    Com tantos aparelhos a menos de 100€ não à razão de queixa para não trocar.

    • Mateus says:

      basicamente é isso que disseste, eu por norma estudo bem a coisa antes de comprar e aposto num smartphone que garanta possibilidade depois de o suporte do fabricante acabar poder recorrer á comunidade para me manter actualizado, foi o caso do meu 1º smartphone android um galaxy s1 que ficou pelo android 2.3 mas pela comunidade ainda chegou ao android 4.4, depois como é normal tive de o substituir passei para um galaxy s4 e ficou pelo android 5.1, e hoje pela comunidade ainda rola com android 7, e existe android 8 e a caminho android 9 para ele ainda, e faz o seu trabalho impecavel , só levou uma bateria nova e vai continuar até justificar então adquirir novo equipamento…

      agora claro existe muitos equipamentos que nascem e morrem só com a versão que vieram ao mundo sem nunca verem um único update, tanto que interessa é vender, o resto é conversa…

      isto é como tudo há pessoal que como eu espreme o máximo dos equipamentos, há outros que passam a vida a trocar de equipamento, e é isso que os fabricantes querem, pois a velocidade que lançam equipamentos nunca se está actualizado…

    • ElectroescadaS says:

      “Experiência aceitável” para fazer chamadas e sms?

      • gabriel says:

        Se queres um telemóvel só para chamadas e sms compra um nokia 3310. Eu fico espantado quando ainda há flores que ainda pensam que um telemóvel é só para chamadas e sms.

        • ElectroescadaS says:

          Porque é que eu hei-de comprar um 3310 se tenho 1 que faz o mesmo que o 3310?

          A questão que se põe é que muita gente compra “smartphones” unicamente para fazer chamadas/sms. E tens à venda aparelhos novos com essas versões Android. Agora pergunto eu. Esses “smartphones” não deveriam também serem retirados do mercado?

      • Marcelo Nascimento says:

        Quem faz chamadas e SMS já não usa a loja, então nada muda…

    • QuitCat says:

      Aparelhos a menos de 100€, com Android 5.0 ou 6.0 e que daqui a um ou dois anos já serão considerados tão obsoletos como o Android 4.0.

    • JCFB says:

      Errado.
      Galaxy s3 de 2012 aqui. 1GB de ram e 16GB de memoria interna. Pode não ser lá grande coisa mas é perfeitamente usável.

  3. Mateus Pinto says:

    Isso corresponde ao Android 4.x ou só 4.0?

    Os Android 4.4 também?

  4. Josh Magarev says:

    E pena, vou ficar sem store e obrigado a comprar um tlm novo. Android nunca mais

    • Tiago Sousa says:

      Resolvam isto com o Black Market Alpha ou Aptoide e o problema fica resolvido.
      Não dependem do Playstore para nada e ainda sacam aplicações pagas gratuitamente.
      Não entrem em pânico.

      • Mateus Pinto says:

        Ui são heróis: sacam aplicações pagas gratuitamente e ainda achas bem? Isso é ser -se muito reles.

        A maior parte das aplicações são super baratas e custam aos programadores semanas ou meses a fio de trabalho. Um dia que estejas no desemprego darás valor e se receberes subsídio, vou tentar arranjar uma app para eu não ter que descontar para to pagar, e assim era giro para veres o que custa.

        Não sou programador mas é miserável está apologia ao usar grátis o que é pago apesar muito barato… É à tuga: anda de BMW mas depois não que pagar o que custa um par de euros.

    • Mateus says:

      julgas que os sistemas concorrentes são diferentes do android, desengana-te…

    • ElectroescadaS says:

      Se o teu telemóvel nas suas funções principais continuar a funcionar porque não continuar a usar?

    • Jaje says:

      Então desculpa vais comprar o quê? Um iPhone? +400€,se tens um telemóvel com mais de 5 anos não me parece que vás gastar esse dinheiro. É claro q tu és um tretas lol

    • Mateus Pinto says:

      Josh Magarev: tens AINDA um smartphone com Android 4.0 ??? (4.1 e superior mantém loja) e ainda achas que tiveste pouco tempo a loja? Sem comentários… lol

  5. Pepe Paco says:

    Isso vai mexer na vida de milhões de usuários carentes. Talvez estejam com uma versão tão antiga por falta de condições. Agora ficarão sem suporte e serão obrigados a ficar no obsoleto devido o capitalismo selvagem…
    Não é todo mundo que pode comprar um aparelho top todo ano!

  6. Renilson Antonio de Oliveira says:

    Interessante é saber que ainda existe fabricantes vendendo aparelhos com esta versão principalmente a Samsung, tenho um tablet na versão 4.2.2 e ainda funciona tido normal e está completamente abandonado pela Samsung

  7. ElectroescadaS says:

    Bem, acho que o meu Tablet BQ Curie vai passar a servir de pisa papéis, já que a marca nem sequer disponibiliza formas de evoluir o brinquedo. Felizmente o “espertofone” tem o Android 6 mas não é a mesma coisa para brincar…

    • the oneee says:

      As versões de 4.1 para cima continuarão a funcionar sem problemas. O teu tablet continuará a poder aceder à loja de aplicações.

      • ElectroescadaS says:

        Até um dia eu sei mas noto que algumas apps com actualizações já não funcionam. É pena gostava que o tablet tivesse uma versão mais recente de sistema operativo mas nem na concorrência encontro…

  8. Pedro says:

    Sacanagem, isso…google desgracada. N tenho dinheiro e vou ter q trocar de cel, bando de merda, o meu cel é lento mas ainda funciona

  9. LushinK says:

    Não estava à espera de encontrar pessoal que visita este que aínda tem em posse aparelhos com oito anos.
    O meu tem quase dois mas tem Android 9 🙂

  10. Andreza Stanoga Ribeiro says:

    Até maio usei o Android 4.0 num Galaxy pocket plus. Fiquei desempregada por muito tempo e não conseguia um melhor. Então usei ele por 2 anos a mais kkkk comprei ele em dezembro de 2013. O celular dura viu?Mas desde 2016 vi que já estava desatualizado.
    E muitos aplicativos já não tinham atualização como Instagram que não atualização desde 2016. O app da uber não conseguia usar tbm. No whats tinha conseguia fazer vídeo chamada por não ter câmera frontal. Sem contar que a memória RAM era pouca e tudo nele travava.
    Mas acredito que quem usa esse Android é uma pessoa que só usa os recursos básicos.
    Como pessoas mais velhas que só usa o whats e face e ligações…

  11. Márcio Graveto says:

    E só coleccionadores de relíquias aqui, ou querem ter as mesmas benesses de quem tem equipamentos recentes?
    Vou ja buscar o meu Vodafone 845 e vou o querer usar nos dias de hoje, Android 2.1!

  12. Jaje says:

    O fim do suporte da playstore não é o fim, há alternativas nomeadamente a da Amazon store, a portuguesa appdoid e baixar diretamente o apk, claro tudo tem os seus riscos, o meu Sony Tablet S vai continuar a funcionar diariamente e tem o Android 3 honeycomb.

  13. DIORCELIA DE SOUZA FELIPE VIEIRA says:

    Isso é muito fácil resolver! Só trocar a Room para uma mais atual!faz root no aparelho e resolve tudo!

  14. Elkido says:

    E eu estou à espera do Android 9 Pie há meses no meu XIAOMi Mi 8 de 128 gigas….a ver se o disponibilizam antes do Natal porque tem muitos melhoramentos em relação ao Android 8.1

    • LushinK says:

      É preciso é vir sem bugs.
      Já tenho o 9 no meu XZ Premium há duas semanas e ainda tem problemas aqui e Ali.

    • Fabricio Wayne says:

      Tem muitas correções e bugs no 8.0 e no Android 9 pie que vem por aí mais sabe qual é a questão veja se os aparelhos estão sendo mais inteligentes com essas modificações ! Não estão isso e apenas para correção de erros que eles não permitem ficar na rede por muito tempo então sempre avera bugs em todos os sentidos

  15. juiz carlos alexandre says:

    acho muito bem velharias sao para museus

  16. zezinho do intendente says:

    ja devia ter sido feito so os caranguejos e os velhos do restelo e que nao gostam de evolucao

  17. Rui says:

    Quando o jogador não marca, é porque o campo está inclinado.
    Agora a culpa da fragmentação é dos fabricantes de hardware, a Google no seu melhor.
    O Win 10 Mobile, iPhone, Win 10, Linux tem problemas de fragmentação ?
    Os fabricantes de memória devem ser os mesmos… digo eu…

    • Whiskyman says:

      O Windows 10 tem problema de “fragmentação” como dizes. A comparação deve ser o Windows e não tens Windows atores para o 7 por exemplo…

      • Rui says:

        O Windows 10 tem problemas de fragmentação ? BIG lol
        Quem tem problemas de fragmentação é o Android.
        Quanto ao resto, não entendi nada do que escreveste.

  18. Whiskyman says:

    O Windows 10 tem problema de “fragmentação” como dizes. A comparação deve ser o Windows e não tens Windows STORE para o 7 por exemplo…

    • Rui says:

      O Win 7 deixará de ter suporte em 14 de janeiro de 2020, foi lançado em 22 de Outubro de 2009.
      Não é de esperar que um SO lançado em 2009, tenha as funcionalidades de de outro lançado mais recentemente.
      Quanto ao Win 10 com problemas de fragmentação… lol. Só pode ser piada. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.