Quantcast
PplWare Mobile

WhatsApp, Facebook, Messenger e Instagram prestes a serem banidos na Alemanha

                                    
                                

Fonte: Süddeutsche Zeitung

Autor: Pedro Simões


  1. Rodrigo says:

    Sonho pelo dia em que isso venha a ser uma realidade por cá.

  2. DrFrank says:

    Era bom que referissem quais as patentes em causa..

  3. Daniela says:

    Gostava de ver isto a acontecer em Portugal. Outras opções de redes sociais começariam a aparecer certamente.

  4. Zé Duarte says:

    vão voltar a comunicar por SMS.

  5. Fiu says:

    “Notícias” do medo. Isso nunca irá acontecer. Isto é para quê? Para depois vir outra “notícia” a dizer que afinal já não vai ser banido? Que lixarada.

  6. whatever says:

    Alemanha, cá vou eu.

  7. Yamahia says:

    Era giro. Cada vez faria menos sentido abdicar do w10m eheh

  8. Jeton says:

    Isso sim era top

  9. Joao Ptt says:

    Que mau, imaginem o que seria a minha rede social imaginária https://aminhavidatoda.pt ficar de repente cheia de gente a querer mostrar tudo e escrever acerca de tudo e mais alguma coisa, os servidores não iam aguentar, a menos que estivessem nas nuvens… porque hoje as nuvens é que estão a dar, esqueçam os servidores, a nuvem é a cena.

  10. Carlos Bonaparte says:

    É verdade que isto nunca vai acontecer, porque o Facebook redezenha as coisas e já está. Mas os comentários que vejo por aqui fazem-me lembrar uma sdenhora em Santa Maria da Feira que no funeral, antes do enterro, gritava para o marido a levar com ela. E no desespero caiu dentro da cova. Então, aos gritos, começou a pedir para a tirarem dali. Há até quem queira que o Facebook acabe só para que outras redes possam surgir. Elas existem. Eu, por exemplo, tenho perfil numa que se chama blindworld, que entre outras coisas, é uma rede social, que tem o seu próprio foco: pessoas cegas. E claro, totalmente acessível. E existem outras alternativas. Mas a gente só conhece estas, porque não nos dá jeito nem temos tempo de andar a procurar. Não sei se o Pplware já fez, mas caso não, sugiro que façam uma espécie de Top 5 das alternativas às top 5. Ou seja, Facebook, Instagram, Whatsapp, Twitter e youtube. Havia de ser interessante. Menos para alguns que queriam pintar o céu de azul, e ainda não descobriram que azul, já ele é.

  11. Joao Ptt says:

    Com o “friendica” https://friendi.ca e o “mastodon” https://joinmastodon.org podem fazer uma rede social e alojá-la cá em Portugal e que é um misto de Facebook e Twitter.
    O software é gratuito, é só ter alguns conhecimentos para instalar/ manter e muito dinheiro para servidores caso se torne demasiado popular, em resultado de algum bloqueio das redes do grupo Facebook e do Twitter em simultâneo por vários dias.
    Pessoalmente gostava de ver estas coisas a deixarem de pedir e-mail/ números de telefone, mas isso sou eu que acho que poderiam funcionar perfeitamente sem ter esses dados… mas hoje já querem fotografias únicas, datas de nascimento e até digitalizações dos cartões de cidadão.

  12. Podence says:

    Mais uma “notícia” à la Pplware: mal copiada, repetitiva e sem conteúdo absolutamente nenhum. Visitar esta página de patrocínios e sem conteúdo neutro começa a ficar difícil.

  13. Xnelox says:

    Volta mIRC! Quero voltar a fazer kick bans! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.