Consultório Pplware – Esclareça aqui as suas dúvidas


Destaques PPLWARE

13 Respostas

  1. Spoky says:

    Aquela pergunta acerca do Facebook, com todo o respeito e sem qualquer ofensa. Mas há que admitir, é uma pergunta parva e sem qualquer sentido. Então tu vais trabalhar, és pago para trabalhar numa determinada função e vais usar Facebook?

    É totalmente legal, podem-no fazer. Afinal de contas estão a usar uma rede que nem é vossa! Porque raio iria ser ilegal? Nunca iria ser, a rede é da empresa a empresa é quem decide o que deve proibir ou não. Fora da rede da empresa, o problema já é da própria pessoa.

    Nunca deve ter ouvido ou lido um ditado “my house, my rules” é uma frase perfeita que se adapta bem, tanto a nível empresarial como residencial.

    Tal como disse essa questão nem faz sentido algum, agora se fosse uma rede pública na qual pagamos alguma taxa ou contribuimos para que a mesma exista e seja pública e de fácil acesso ai era diferente!

    Não há muito que pensar para chegar a resposta, basta se colocar nos lugares dos chefes e patrões, e directores, pagam-te um salário para andares a trabalhar na tua função, não te querem pagar para andares no Facebook, é mais que lógico a resposta.

  2. Redin says:

    “Como criar um NAS sem gastar muito dinheiro?”
    Sendo que deram a explicação para uso do FTP, aproveitem e dêem uma dica para complementarem com uma VPN de jeito, porque as que tenho lido apenas referem ao uso de algumas suspeitas em segurança e fora do nosso domínio de gestão.

    “Posso usar o meu cartão de débito na GearBest?”
    Experimentem usar o cartão de débito que usem “VISA Electron”. Vêm preparados com códigos tal como os de crédito.

    “Será legal bloquearem o Facebook no trabalho?”
    Não me vou suportar na lei, mas será justo pensar que além de condicionantes relacionadas com produção, uma ligação de internet nas empresas será pensada para trabalho e não laser. Existem algumas propostas de lei que pretendem obrigar ao trabalhador assinar um termo de responsabilidade quando usam essas ferramentas que embora disponíveis no local de trabalho, assentam numa responsabilidade que poderão chegar ao ponto de serem super visionadas sem aviso prévio. Agora nada impede que usem os vossos equipamentos pessoais mas ligados a redes externas tal como rede de dados dos operadores.

  3. Tico says:

    Daniela Pinto: Tenho um Huawei P8 lite a reparar desde Dezembro de 2015, a lei diz que os bens móveis devem ser reparados em trinta dias… Já fiz mais de 1600 reclamações no livro vermelho (https://goo.gl/9j4rt9), inclusive no livro de reclamações do regulador (entenda-se nas instalações da ANACOM). Apresentei o processo junto do centro de arbitragem, paguei o que me pediu (10€), mas até ao momento nada… já passou quase um ano desde que o centro de arbitragem está a analisar a situação (N/ Proc. 3580/16), uma situação que naturalmente pouco ou nada tem para analisar…

    • Ruben R. says:

      Os centros de mediação não valem de nada.
      Aquilo que tem de fazer é ir a um Julgado de Paz. Esses sim, têm toda a legitimidade para julgar o caso.
      Cumprimentos

      • Hugo Cura says:

        Há uns anos o centro de arbitragem valeu-me na libertação de uma linha ADSL por um operador e o cumprimento da lei, que resultou numa indemnização que pagou quase 1 ano do serviço. Não tive nada a pagar.

  4. Luis Lopes says:

    Boas.
    Em relação a mbnet penso que já terá sido extinto.
    Agora existe o mbway.
    Podiam fazer uma analise a aplicação. Iria ajudar muita gente.

  5. EC says:

    @Pedro Gomes – Portáteis < 150 euros: comprei recentemente 2 usados com cerca de 5 anos e ficaram-me a 150 euros cada. Lenovo Thinkpad x230 e HP Elitebook 2760p. Um comprei no ebay UK e outro na loja online inforcomputer. ambos com garantia de 6 meses.

  6. Lisbon Lover says:

    Em relação à pergunta do Facebook, depende do contexto… Há empresas que precisam das redes sociais para comunicar com o público na divulgação de marcas.
    Agora, se for para fazer de ‘stalker’, aí sim, já não é um uso apropriado…

  7. marcos palmeira says:

    gostava de saber se comprar na gearbest .com e na pt.gearbest.com é exactamente igual? e Se sim… ate porque há preços diferentes para as mesmas coisas, se na .COM se pode receber segundo o metodo a que evite taxas de alfandega?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.