PplWare Mobile

Pplware Classics…


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

2 Respostas

  1. George Orwell says:

    O símbolo impronunciável de que fala o artigo e que passou a constar nos discos como designação do músico combina antigos símbolos do homem e da mulher sendo assumidamente um símbolo de amor mas que os “media” passaram a designar como “The Artist Formerly Known as Prince”, como adiante também passo a designar por respeito à vontade do artista do amor.

    De referir que, tal como o artigo refere, “The Artist … ” era crente da mensagem cristã associado e se dúvidas houvessem, a música “Let’s Go Crazy” escolhida pelo Pplware e que abre o seu melhor álbum “Purple Rain” é igualmente uma autêntica mensagem cristã, diria mesmo uma homilia ou sermão válido para qualquer das religiões que se orientam pelos princípios cristãos. Com efeito, da sua lírica pode-se respigar que :

    “Meus queridos e amados / Estamos reunidos aqui hoje / Para passar por essa coisa chamada vida/ A vida, essa palavra elétrica que significa para sempre / É um tempo todo poderoso / Mas eu estou aqui para lhe falar que / Há mais alguma coisa / Um mundo além/ Um mundo onde a alegria nunca acaba / … / Porque nesta vida as coisas são muito mais difíceis que no mundo além / E se o elevador nos tentar levar para baixo / Alegre-se e vá para o andar mais alto / Se você não gosta do mundo em que você está vivendo, olhe à sua volta, pelo menos você tem amigos / …/ Eu não vou deixar que elevador nos leve para baixo / …/ Todos entusiasmados sem saberem porquê / Talvez seja porque todos nós vamos morrer / E quando nós morrermos, para que foi tudo aquilo? /…/ Eu não vou deixar que o elevador nos leve para baixo / …/ Ele está vindo / Ele vai chegar”

    Mensagem cristã esta em que não falta sequer a tentação diabólica simbolizada pelo metáfora do elevador a “nos tentar levar para baixo”, aliás, em inglês “De-elevator” foneticamente soa a “Devil” (diabo). Pode não ter a estética literária de exortação de um sermão de Vieira como o de Santo António aos Peixes, mas “The Artist … ” não deixou de ser igualmente eloquente demonstrando cabalmente as suas crenças cristãs e seguramente não foram só peixes a aflorar à tona da água tal foi o sucesso da canção e do álbum.

    E “The Artist … ” está muito longe de ser o único artista crente ou convertido à mensagem cristã. A título de exemplo, Bob Dylan, também nascido no Minnesotta, o mais conceituado artista vivo folk/rock/pop, prémio Nobel da literatura, de ascendência judaica, o ambiente religioso em que cresceu, viria mais tarde a incorporar nos seus álbuns autênticas mensagens evangélicas cristãs inspiradas directamente do Novo Testamento como são os casos da suas canções ‘I Believe in You’ e ‘When He Returns’.

    Há realmente mais vida para além desta, assim como a esperança, redenção e salvação com que ““The Artist … ” nos exortou na sua canção através daa metafórica do elevador que tanto nos pode conduzir ao alto mais perto do céu como para as trevas de uma sombria sub-cave cabendo a nós premir o botão certo para não cairmos na tentação da descrença e do vazio.

  2. Paulo Emygdio says:

    Gostaria de algo sobre Dream Theater, Mutantes, Pink Floyd, Caetano Veloso, Madredeus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia