PplWare Mobile

Tesla irá perder 80% do seu valor ou até desaparecer, segundo marketer de Nova Iorque


Fonte: Scott Galloway

Redator

Destaques PPLWARE

  1. Rodolfo says:

    A maior parte das pessoas que conheço quer ter um Tesla. Se isso não chega como indicador de sucesso então não sei. A única razão que vejo poderá ser o facto de serem carros caros, mas isso não impede muita gente de fazer créditos e etc.

  2. pp24x7 says:

    Não se trata de ser ou não ser um sucesso, mas ter ou não ter lucro num negócio onde as margens andam na casa dos 10-15%.
    Eu não conheço nem uma pessoa que queira um Testa e tal como eu, muitos dos meus amigos e colegas trabalhamos na industria automóvel. Um automovel nao é um telemóvel que se troca com relativa facilidade. Um carro até ao fim de vida tem em média 10 a 15 anos e em alguns caso mais. De momento não temos dados que nos permitem afirmar que um tesla irá sobreviver 15 anos. Por outro lado Mercedes, BMW ou até outras marcas mais pequenas têm provas dadas no mercado que os seus produtos sobrevivem a este periodo.
    O futuro nós dirá se as previsões sao certas ou nao. Pessoal concordo com a opinião que a Tesla poderá nao sobreviver a longo prazo.

    • Tiago Sousa says:

      Porque o mundo como sabemos. Começa e acaba em Portugal

    • Peter says:

      10 a 15 anos?!?! Em que mercado? Não esquecer que o mercado português de carros envelhecidos não conta para quase nada, sejam carros alemães, japoneses ou americanos. E já agora para informação, já há carros Tesla com 10 anos.

    • Toni da Adega says:

      Depende do meio em que vives. Eu conheço muitos que querem um Tesla (só na minha empresa existem 3 Teslas).
      As outras marcas podem ter provas dadas, mas não no campo dos elétricos

      • Helena says:

        Sério? Eu conheço muitos que querem um BMW, só na minha empresa é metade da garagem. E eu também gostaria de ter um, mesmo que não precise. Mas claro, nunca pagaria por um.

        • Toni da Adega says:

          Não digo que pagaria por um só afirmo que temos Teslas, como temos BMW , Mercedes e até um Porsche, um Lotus e um MacLaren.

          Existem gostos para tudo, eu prefiro ir de bike que é bem mais rápido.

    • Mambo Cruz says:

      Curiosamente todos os hipotéticos defeitos apontados à Tesla estão a afetar as restantes marcas, mas ninguém liga… Exemplo: por não existir confiança na qualidade dos carros novos da Maseratti, Mercedes, BMW,… metade ou mais das vendas já é feitas em leasing’s, ald’s,etc porque, quem pode, não quer ficar com eles mais de 3 anos, pois muitas das novas tecnologias são quase irreparáveis.
      E quanto à longevidade das marcas… apesar de serem todas muito antigas, estamos à assistir ao definhar de muitas delas, sendo inevitável que muitas sejam absorvidas por outras ou venham mesmo a desaparecer… Isso é uma realidade que quem acompanha o setor não pode negar. Mas já à alguns anos que alguns tentam adivinhar o fim da Tesla, muitos chegaram mesmo a apostar forte na Bolsa, mas até agora só acumulam perdas… uns na bolsa outros na credibilidade!

      • Torn says:

        ” são quase irreparáveis.”
        Lamento contrariar, mas tudo tem reparação.
        Outra questão é, qual o custo da reparação.

        Quanto á falta de qualidade, essa justificação não colhe no cenário por ti elaborado.
        Os Ald, leasing etc, normalmente é feito por empresas que têm vantagens económicas, ou porque algumas marcas automóveis oferecem pacotes parecidos a particulares facilitando a troca do automóvel passados “X” anos, procurando assim fidelizar o cliente, aumentando assim as vendas.

    • me and me says:

      ate parece que essas marcas nao fazem recall devido a problemas de fabrico nos carros…. a mais recente é a BMW a chamar os toyota supra porque o chassis esta mal soldado….

      esse argumento da confiança e fiabilidade por serem antigos ao pega…

    • Carlos Viegas says:

      Está enganado acerca das margens de lucro na indústria automóvel. Na indústria o normal é 10%-15% ás vezes mais, mas na indústria automóvel as montadoras andam sempre nos 3%, 5% mts vezes menos. Trata-se de um produto de elevado valor acrescentado vendido em massa muitas vezes a uma escala mundial. Em casos excepcionais 10,20,30% ou mais pode ser possíve,l como a ferrari por exemplo mas esta tem índices de vendas relativamente baixos, depois também existem marcas como a tesla e bentley (vw) que têm prejuízo associado a cada unidade vendida…

    • Fernando Soares says:

      Concordo poderá acontecer pois apesar de momento estar a vender bem e a somar prejuízo na minha modesta opinião parece me que a Tesla não tem estrutura para se manter neste competitivo espaço do mundo automóvel…veremos

  3. me and me says:

    Lá está a maquina dos interesses a tentar parar quem quer fazer a diferença…

  4. Dan La says:

    A Tesla é subsidiada pelos contribuintes americanos apesar das perdas financeiras que incorre. É o mesmo caminho que muitas companhias de Japão ou China tiveram antes de obter dominação do mercado, uma forma de investimento para o futuro. Quanto muito, parece que o sistema americano está determinado em não deixar Elon Musk cair.

  5. RS says:

    Na minha opinião, o automóvel a médio prazo será um “gadget” e 90% do seu sucesso será derivado do “software” que incorporar. A Tesla está anos à frente das principais marcas europeias que de software percebem pouco (entre aspas claro) e que só muito recentemente estão a acordar para esta nova realidade. A Tesla até poderá perder 80% mas também há estudos que dizem que as marcas alemãs vão perder 50% e estou mais “inclinado” para acreditar nesta 2ª hipótese até porque o que será um carro “premium” no futuro? “Prazer de condução”, “Performance” , etc isso está reservado para pistas. No quotidiano quereremos carros seguros, autónomos, necessariamente leves (ninguém quer desperdiçar energia a empurrar 2Ton. de peso) e simples de carregar. A Tesla poderá ser vendida a um gigante ou a tecnologia ser ultrapassada pelos fuel cell mas desaparecer, não creio!

  6. David Guerreiro says:

    Se isso suceder é pena, porque a Tesla deu um abanão no mercado, e sem eles a concorrência ia começar a afrouxar. É devido à Tesla que a concorrência teve mais incentivo no lançamento de EVs.

  7. Alvega says:

    A Tesla é líder de mercado na produção de carros eléctricos. Isso deve mudar em apenas três anos. Em um estudo, a empresa de consultoria PA Consulting prevê que o Tesla 2019 ainda venderá a maioria dos carros electricos , mas será ultrapassado por outras seis grandes fabricantess em 2021. Daimler no topo, seguida pela BMW, Renault / Nissan / Mitsubishi, Volkswagen, Volvo e Toyota. Somente atrás da Toyota, em sétimo lugar, deve ficar Tesla. Vou FINALMENTE, ver mudar as fotos e posts, aqui no blig, eu sei esperar, a “verdade” tal como o azeite vem sempre ao decima.

    • me and me says:

      ate pode ser… ou nao. essas previsoes nao passam disso. o que me fascina na Tesla é que em tao pouco tempo avançaram mais o sector automovel do qualquer outro fabricante ou grande grupo. abanaram os alicerces e todos começaram a tremer que nem varas verdinhas

      • Torn says:

        lol
        A sério ?
        A Daimler e a Toyota já foram accionistas da Tesla, se era assim tão bom porque saíram ?
        Essencialmente no eléctrico e células de combustível (hidrogeno) tens: Daimler, Toyota, Honda, Hyundai/Kia.
        Outra coisa é a condução autónoma, coisa que a Tesla ainda não tem.
        Quem se entusiasma com a marca Tesla, não é por ser eléctrico, mas por pensar que tem condução autónoma, o que não corresponde á realidade.

  8. Renato Maia says:

    Ledo engano, Elon Musk e seus acionistas não deixaram isso acontecer, mesmo porque, a Tesla detém uma tecnologia de automação nunca vista antes. Hoje, o carro elétrico da Tesla, é o mais vendido em Portugal e vai continuar sendo por muito tempo porque seus concorrentes tem muito chão para alcançar os feitos de um carro de Elon Musk.
    Que viver verá, Testa ainda alcançará sua meta de 650 mil milhões de valorização.

  9. HB76 says:

    O negócio dos automóveis vai passar a ser serviços. Vendem o hardware, o automóvel, cuja margens são reduzidas e depois ganham dinheiro vendendo serviços/funcionalidades disponibilizadas via software.

  10. Pedro Ferreira says:

    “O professor na Universidade de Nova Iorque acredita que a Tesla não tem argumentos para poder triunfar num mercado tão competitivo e exigente quanto o automóvel…”

    Vou deixar aqui minha risada… hahahahhahahahaha

    Passamos décadas andando nos mesmo carros de sempre onde só os mais ricos poderiam ter um mimo a mais em seus carros e agora a Tesla veio para mudar isso, assim como o Iphone mudou os telemóveis, e vem um cara desse dizer que não tem “argumentos”. Só pode ser piada.

    PayPal tai ai pra provar que o Elon não brinca com suas ideias.

    • Jorge Carvalho says:

      Paypal há anos que não é dele. E curiosamente melhorou por isso. Em todo o caso estás a falar de uma empresa que há data não tinha concorrência.

      Abc

    • Rui says:

      Estou 100% de acordo, o valor do tesla é demasiado fútil.
      Tem um carisma demasiado forçado, que começa a ser desmascarado com a entrada dos alemães nos carros elétricos.
      O capital americano só não a deixou já cair porque é um símbolo do capitalismo e do emprendurismo, no fundo é uma imagem de marca USA moderno.
      Nota que no meio disto tudo os restantes fabricantes não se vão ficar a rir.
      Para provarem que são melhores que a Tesla, tiveram que investir, e esse investimento vai ser pago por todos nós, e algumas das empresas vão expor a sua falta de competividade, como por exemplo as empresas Francesas.

      • me and me says:

        desmascarado onde? a porsche tentou e deu-se mal…
        é verdade que o valor da testa parece ser muito pouco palpavel, mas o produto que eles vendem é competitivo e ao nivel do que os velhos tubaroes sabem fazer…

        nao estou a defender a tesla, mas a verdade é simplesmente esta…

        • Rui says:

          Está a comparar um smartphone com um porsche.
          A Tesla tem muito pouca história na construção automóvel.
          Faz carros sem design, sem carisma, sem qualidade.
          Sim tem um grande tablet, é rápido do 0…100, e tem uma espécie de kit mãos livres.
          Não é por aí que vai lá. É um bom começo, mas falta saber fazer um… Carro…
          É o que dá por um informático a frente de uma empresa automóvel…acabou por fazer um telemóvel com rodas.

        • Torn says:

          Não entendi essa da Porsche…
          Mas digo uma coisa, prefiro um Porsche a um Tesla.
          É que a Porsche transmite mais confiança, e é Europeia.

  11. Vera says:

    Um Tesla é uma curiosidade, a novidade do momento, o flavour of the month.
    É um pouco como o iphone. Ao inicio o mercado foi abalado, mas com o passar dos anos, mesmo com um produto superior, as restantes marcas conseguem comer grandes partes do mercado.
    Mas ao contrário da Apple, a Tesla não terá capacidade para manter o negócio pois não pode lancar produtos novos todos os anos.

    Não digo que não gostasse de experimentar um Tesla (sim, porque ter um automovel é tudo menos prioridade para mim) mas apenas por curiosidade. Nunca compraria um carro tão caro. Quando a marca falir quem irá tratar da manutencão dos carros?

    A Tesla vive do facto de certos paises financiarem os carros. Em particular a Noruega (a tesla lá é como a VW em Portugal), a Suica onde a policia anda a gastar rios de dinheiro a comprar carros (de forma irregular, diga-se de passagem), entre outros.
    Quando as margens cairem, e irão cair a pique, a Tesla não terá capacidade para sobreviver.

    • Zé tuga says:

      A Tesla é sózinha!; a VW é ela, mais a Skoda, Seat, Porsche, a Bugatti, etc; a Peugeot é ela, a Citroen, a Matra, a Opel e acho que ainda mais uma…

      Moda, pode ser..mas o que é certo é que ele não deixa de progredir como os outros e quando aparecerem as baterias de 1.000 km, acaba-se a festa..

  12. José Carlos da Silva says:

    Profetas da desgraça. Tanta azia com uma marca. Quem quer e pode, compra. Quem não quer, não compra. A televisão também ia ser um fracasso, o telemóvel ia ser um fracasso, tudo ia ser um fracasso e no entanto anda tudo aí há décadas.

    O problema das pessoas com a Tesla é verem que surgiu uma marca nova que fez a diferença, que lançou tecnologia a sério e automóveis decentes (só andavam aí Prius e outros tantos modelos medonhos), com performance de supercarro a custarem 5 vezes mais. A azia é essa. Quem quer compra, quem não quer não compra – é assim simples. Profetas.

  13. Miguel says:

    Um Tesla model3 custa em Portugal, 49mil EUR e gasta, na pior das hipóteses (usando os Supercharger exclusivos que carregam 80% da bateria em 15min) 3.5 EUR/100km. Onde é que há no nosso mercado actualmente um veículo que tenha semelhante custo/benefício?

    • Vanda says:

      O custo/beneficio é que o que tu pagas pelo carro, nunca recuperas em combustivel.
      Mas sim, continua a pensar assim. Gastar milhões para poupar tostões é o ideal.

      • Paulo Santos says:

        Depende dos Kms que se fizerem.

      • Torn says:

        Para rentabilizar 49.000.00€ de investimento inicial, é necessário andar alguns (lol) quilómetros… digo eu… é só fazer as contas como dizia O Sr. Engº Guterres.

        • Paulo Santos says:

          Falemos por mim. Faço 75000Km por ano. Em combustível (a uma média de 8,4lt/100 e 1,35€/litro) dá 8505€. O mesmo num elétrico a consumir 25Kw/100Km (vê que para gastar isto é preciso andar bem rápido) a 0,12€/Kw dá 2250€.
          Aqui já poupas 6250€.
          Junta-lhe as manutenções e tributação autónoma e vê a real diferença. Não te esqueças que qualquer carro a combustão ao nível do Tesla paga 35% de tributação autónoma.
          E como é só fazer as contas, vês que compensa o elétrico.

  14. iDespairing says:

    A Tesla será outra SAAB. So hype no presente mas isso passa.

  15. Saqueador de bits lord says:

    Isso é conversa de malucos do petróleo…
    Carrega Tesla! (com fast charging claro… pun intended)

  16. Njag says:

    Aos anos que vejo previsões que a Tesla ia cair e que os alemães iam passar a perna, mas até agora nada.

  17. TugAzeiteiro says:

    Coitado do Sr. Professor Scott Galloway… gostava de saber quanto é que receber do lobby para fazer uma afirmação destas, isto tudo para meio mundo falar sobre a notícia e esse mesmo lobby lá conseguir que as ações da Tesla caiam durante 1 ou 2 dias… Problema é que lá vai a o seu nome(credibilidade) pelo cano….

  18. Filipe Miranda says:

    A Tesla cai de não se adaptar a quando existir uma alternativa mais sustentável ambientalmente e economicamente que os carros elétrico. O que é bastante previsível de acontecer com por exemplo os carros a hidrogénio. No entanto tudo não passa de especulações e só com o o tempo é possível fazer este tipo de afirmações.

    • Paulo Santos says:

      Os carros a hidrogénio também utilizam motores elétricos. E após tantos anos à volta do hidrogénio e não se ter afirmado por muitos motivos, acho que o futuro não passa por aí. Acho. O que tenho a certeza é que os de combustão vão desaparecer.

      • O pirata says:

        “apos tantos anos à volta hidrogénio e não se ter afirmado por muitos motivos” Os eletricos existem desde 1899 e só se afirmaram a pouco tempo…
        O hidrogenio é o futuro.

        • Paulo Santos says:

          Os carros a hidrogénio utilizam motores elétricos.

          • Torn says:

            Sim, e isso é novidade ?
            Utilizam motores eléctricos para se moverem, cuja electricidade é produzida por uma célula de combustível ou célula electroquímica, que converte energia potencial de um combustível em electricidade através de uma reacção electroquímica. Que neste caso será o Hidrogénio.
            O Hidrogénio será o futuro combustível, a não ser que inventem outra coisa melhor… Uma coisa sabemos, automóveis movidos a baterias é que não são o futuro, apenas uma transição.

          • Paulo Santos says:

            Torn e achas que é um grande problema para as marcas substituir as baterias pelo sistema de hidrogénio? O motor está lá, só é necessário substituir a fonte de alimentação.

  19. jaugusto says:

    Prof de marketing, e como a tesla não lhe dá guito o gajo para ficar famoso vamos lá fazer uma previsão, em que a tesla vai desaparecer e umas empresas de entregas de comida, fitness e trotinetas vão ser os próximos unicorns!! ah ah é muita mais fácil aparecer concorrencia e dizimar esses unicorns do que o trabalho brutal que a tesla fez na ultima década de avanço que tem em relação á concorrência- aliás basta ver só agora paraeceu uma empresa a sério a investir a porche os outros ainda nem as fábricas conseguiram montar e a tesla vai na terceira gigafactory na china https://www.teslarati.com/tesla-model-3-gigafactory-3-production-line-leaked-video/

  20. RR says:

    dou 5 (10 anos no máximo) para a Tesla se afundar (ainda mais).. já bem afundada ela está (para os menos atentos).. a qualidade de construção é má.. logo vai dar muitos problemas a meio/longo prazo. As baterias (que tanto quanto sei são panasonic.. veremos..) e portanto.. escapa se calhar o motor, as baterias e o software.. o resto é lixo 😀 se uma marca de jeito, BMW, Toyota, etc etc investirem a serio na área dos electricos.. a Tesla “já fostes” 😀

    • Paulo Santos says:

      A qualidade de construção é má?
      Tens experiência própria para afirmares isso?
      Por acaso sabes que grande parte dos componentes do model S são da Daimler?

      • RR says:

        sim.. má.. tens de ler os artigos técnicos (a sério) e não a propaganda.. depois falamos
        pega por exemplo no BMW i3.. vê ao detalhe a sua construção, qualidade de materiais, modo de construção, etc.. depois faz o mesmo para qualquer tesla.. lê um bocado sobre isto e verás.. é muito bonito olhar um tesla por fora.. mas no osso.. fraquinhos fraquinhos..

        • Paulo Santos says:

          Errado meu caro. Tenho um E350cdi coupé, um E300 hybrid e um model S e olha que não é assim.

          Vai ver um. Analisa por ti e não te fies em opiniões por artigos muitas das vezes comprados. Além do mais a generalidade dos artigos colica a Tesla à frente. E se formos a falar de testes de segurança…

          • Marco Silva says:

            Quererá antes dizer: “…pois como proprietário de um E350 cdi, um E300 Hybrid, um E220 cdi, um Z3 2.2 e um Tesla model S…” in https://pplware.sapo.pt/motores/tesla-internet-contador-dados/!, pelo menos!!!, digo eu, pois a avaliar por uma garagem desse calibre o model S só lá está para as “voltinhas”! Decididamente os automóveis Tesla atualmente comercializados só interessam às elites e não às massas!

          • Paulo Santos says:

            Nada disso Marco. Carros para ir para o trabalho. Um tem 410000km (de 2010), outro 380000 (de 2008), outro 275000 (de 2015). O tesla tem 1 mes3e 6000km. Até agora parece que vai durar como os outros. Parece.

        • Leo says:

          Vocês falam é muito , a verdade é que andei num Tesla S p100d e o carro é um espetáculo , deu uma ratada ao meu m5,
          Muito diferente do que existe no mercado a Tesla .

  21. Zé tuga says:

    Um tipo como o Elon Musk que “inventa” o PayPal, “inventa” os motores de foguetão reutilizáveis por aterragem precisa, “inventa” um carro elétrico com 500 km de autonomia, “inventa” a condução autónoma, “inventa” as centrais de produção elétrica e ainda por cima tudo com sucesso e paga do seu bolso o que reforça que acredita na quilo que faz mesmo e TEM CLIENTES (!!), das duas uma ou perde tudo a jogar à batota ou nas mulheres, ou continua a crescer de forma constante…. Note-se que os construtores atuais estão todos a ir buscar parte das ideias dele nas baterias porque ele próprio abriu as patentes;

    Além de que nos EUA os Tesla batem os Ferrari e Lamborghinis no quarto de milha.. enfim…

    • Wishmaster says:

      O Musk é um flop.
      Mais cinco anitos e quase não ouves falar dele.

      • Zé tuga says:

        Se calhar tens toda a razão dado que ele deve ter ido para Marte!

        • Torn says:

          Acredito, quem vai pagar a viagem são os contribuintes Americanos. lol

          • Wishmaster says:

            Aí é que está, Torn, o Musk já encaixou mais de 5 biliões de dinheiro dos contribuintes americanos, para poder andar a brincar aos astronautas!!! lol
            Ele não vai efectivar o que anda a apregoar… Toda a gente sabe disso. Daí que a longo prazo investidores só vão aproveitar a onda para ganhar algum e saltam fora.

      • Toni da Adega says:

        Está na lista dos 50 mais ricos do mundo. Um verdadeiro flop. Mais uns anitos e torna-se mendigo

        • Wishmaster says:

          É um flop nas empresas.
          Tudo lavandarias bem montadas. Não interessa se passados uns anos perdem valor em bolsa ou mesmo que desapareçam. O que interessa é o hype do momento para fazer rolar o dinheiro para os bolsos dele.
          Quem sabe das coisas fala disso. Por que razão achas que estão mortinhos por o tirar da Administração??

          • Toni da Adega says:

            Preferível ser um Flop como o Musk que um gênio que sabe e fala das coisas.

          • Wishmaster says:

            @ Toni da Adega

            O objectivo do Musk é angariar dinheiro dos contribuintes, mais precisamente, até agora, 5 biliões!!!

            O resto, ele não quer saber. É um bom vendedor de banha da cobra. Enquanto ele estiver na frente das empresas, elas nunca irão estabilizar como deve ser.

    • Daniel Lopes says:

      Do que interessa um Tesla bater no 1/4 grandes carros, com nitro inclusive, se depois faz 500km e tens de esperar na melhor das hipoteses, 30 min para o carregar? Isto a falar na realidade de US, que nao faltam superChargers. Cá como é que farias, em que tens cerca de 10 espalhados pelo pais?

      É muito bonito para drag races, sem duvida, mas fica muito a desejar no seu todo.

      • Paulo Santos says:

        Daniel, os elétricos estão aqui há bem pouco tempo. É natural que a rede de carregadores ainda esteja no início.
        Mas sabes como era há cerca de 40 anos com os postos de combustível? Se quiseses fazer uma viagem Porto-Faro, por exemplo, tinhas que programá-la bem. Nem sempre existiam postos abertos e eram escassos. Tudo evolui, não esqueças.

  22. ToFerreira says:

    A Tesla é outra Apple, quem quer saber o que lhe vai acontecer, veja o que tem acontecido à Apple.

    • Vanda says:

      O que aconteceu à Apple?
      Conta para o pessoal saber o aconteceu com a empresa mais valiosa do mercado.

      • Torn says:

        Andas desactualizado, A Microsoft já ultrapassou a Apple

        • Sandra says:

          Claro que sim, nos teus sonhos!!! Deve ser por isso que a Gates deixou de ser o homem mais rico do mundo.
          Quanto muito podes afirmar que a Google ultrapassou, mas estás a comparar a Alphabet e não a Google em si.
          De qualquer forma a empresa mais valiosa nem está cotada em bolsa, pelo que é estupido o que tu e o outro tipo andam a afirmar. A Apple não tem parado de valorizar.

          • Paulo Santos says:

            Sandra, estás errada.

            O mercado está volátil e por varias vezes a microsoft, apple e amazon têm mudado nas posições cimeiras.
            Dizer que a Apple está no topo pode ser verdade hoje e amanhã não

    • Daniel Lopes says:

      Para mim o que aconteceu a Apple foi:

      Plagiada até não dar mais.

      No fim, acaba por ser a “má” e que “copia”, mas o que interessa é que tem clientes “fieis” e que gostam da construção do telemovel.
      Para o caso Tesla, diria que quem tem um Tesla agora, continuará a ter um no futuro. Até porque a Tesla é a unica marca com um bom motor e pilhas. Mas lá está, se não melhorar imenso a sua plataforma, vai sem duvida cair, porque apesar de ter grandes inovações, acaba por não ser tão carro como um BMW ou Audi.

  23. Rui says:

    O principal problema da Tesla chama-se Elon Musk. Em vez de percorrer o caminho das pedras optou por agarrar numa boa ideia e torná-la em vários pesadelos, o Roadster, o S, o X, o 3, o Semi, o Y e isto baseado numa qualidade de construção sofrivel, 7104 baterias 18650 PANASONIC que originalmente se destinam a outras aplicações. Depois o EM dispersa-se… andou a promover lança-chama, a atirar um Roadster para o espaço (esta nunca vou perceber), e N projectos de concretização duvidosa. Entretanto passaram 7 anos, e agora temos os pesos pesados a chegar a mercado: Taycan, i-Pace, e-Tron, etc. Enquanto isto os prejuízos são colossais. Os defensores da Tesla optam por referir a rede de carregamento, ou os 2.8 segundos 0 a 100 e o SW de condução autónoma, mas tudo isto vale pouco quando não há lucros.

  24. Jorge says:

    Mas quem acredita nisso? O mais provável é a Tesla ser comprada por um gigante tecnológico ou outra marca automóvel que irá valorizar e rentabilizar ainda mais a marca.

  25. Luis says:

    Sigo o Scott Galloway no youtube (canais como Gartner L2) e gosto muito da perspectiva dele apesar de nem sempre concordar.
    No entanto acho que temos de ver a tesla com outros olhos e não apenas como uma fabricante de automóveis, até porque da maneira que está implementada, esta pode ter diferentes fontes de rendimentos fora da venda directa dos automóveis.
    Exemplos (presentes e futuros):
    Venda da tecnologia referente às baterias (em que estão muitos anos à frente da concorrência).
    Arrendamento dos postos de abastecimento (os veículos das outras marcas vão precisar de reabastecer e actualmente a tesla dispõem de um enorme parque de abastecimento com os seus super chargers).
    Venda\subscrição de serviços adicionais aos tesla (seguros automóveis, serviços dentro do sistema operativo da tesla, etc…).
    Implementação de centrais de armazenamento como aconteceu na Austrália.

  26. IonFan says:

    Este Sr. é professor de MARKETING! MARKETING! Além disso admite publicamente que é short da $TSLA.
    Claramente uma pessoa isenta e qualificada a quem os média devem dar ouvidos…

    • IonFan says:

      Depois há a parte da Tesla ter crescido desde o $0 (zero) até aos $41.630.000.000 gastando cerca de $0 (zero) em MARKETING! Talvez ele não esteja contente por ter sido provado que, com a mensagem certa, o marketing é sobrevalorizado e, por isso, ele é que no fundo é um unicórnio que só vale 20% do que lhe pagam.

  27. João Coelho says:

    Considero que também não vai ser tanto assim! Isto é, a competência dos concorrentes vai subir e igual a Tesla, e a vendas poderão diminuir, no entanto como temos ainda um todo mercado, haverá espaço para todos! Desaparecer parece demasiado drástico, agora ter competição e ser ultrapassada, provavelmente vai acontecer!

  28. EduardoMoniz says:

    Daqui a 10 anos ter um carro próprio (para uso exclusivo) vai fazer tanto sentido como ser dono de um elevador…
    Com isto quero dizer que a maioria das pessoas (em cidades grandes (e provavelmente não em Portugal)) não ira ter carro proprio e provavelmente daqui a 15 nem conduzir (sem ser por puro prazer)…

  29. Miguel says:

    Segundo o CEO da VW, Herbert Diess numa entrevista ao Financial Times, a Tesla tem vantagem em não ter legado. Não precisa de manter modelos a combustão, nem de gastar milhões em desenvolvimento desses motores e pode focar-se apenas no futuro.

  30. Paiva says:

    A tesla só desaparecerá se a Toyota quiser pois possui 27% da empresa e é neste momento o maior construtor do mundo de automóveis.

  31. Galego says:

    O problema da Tesla é uma gestão ruinosa. Tem um enorme prejuízo e não arranjam maneira de ter lucro.
    O próprio Elon Musk parecia um tolinho a dizer k trabalhava imensas horas na Tesla e por x até lá dormia. Trabalho à português, muito trabalho e pouco ganho ao contrário do nórdico. Gestão péssima e ineficiente. O Musk Haveria de aprender com os nórdicos, trabalham poucas horas, tem tudo organizado, bem gerido, eficiente. Ele k contrate gestores nórdicos e despeça os k tem. Pode ser k salve a gestão ruinosa da Tesla e evitem os milhões de prejuízo e passem aos lucros

  32. marveil says:

    Hi
    ja vi meninos q se acham a oitava maravilha do mundo
    a pegar de empurrao o Tesla..claro

  33. Delta hf turbo says:

    Pois eu continuo com o meu Lancia Delta HF Turbo, a gasolina. 200km/ h em poucos ( muito poucos ) segundos.

  34. Carlos says:

    E 200 km por depósito

  35. Rui Vitorino says:

    O futuro será automóveis electricos alimentados a partir de celulas de hidrogénio. Enquanto isso não vier para ficar ter um carro eléctrico nos dias de hoje é muito limitado. Bom para quem gosta de gastar dinheiro nas 1as tecnologias e de andar na vanguarda da tecnologia.

    • AJ says:

      Não me parece que o futuro dos eléctricos seja a partir de células de hidrogênio. A tecnologia em volta do Bi-ion parece-me bem mais promisor e vantajosa, por exemplo, começando pela sua segurança …

  36. Frontline says:

    A maioria que aqui comenta nem capacidade tem para comprar um Renault elétrico, quanto mais um Tesla. Tenho um vizinho que tem um, partiu um farol e espero quase um ano , porque estavam esgotados. Lol

  37. António Reis Lagarto says:

    Os carros eléctricos, seja qual for a marca, nao vão ser o futuro.
    O futuro dos motores dos automóveis não está nos motores eléctricos.
    É a minha opinião!

  38. Luis Maia says:

    Tesla?? Só oferecido para depois o vender 3 por exemplo comprar um Lancia delta Integral, ou um Audi Quattro, ou por exemplo um Ford Capri e na loucura um Aostin Martin db5.
    Boys with toys

  39. Sandra says:

    Temos um BMW X5 que consome para caramba e este ano adquirimos um BMW 520e plug-in. Estamos muito satisfeitos com ele super económico. Estamos a pensar no Tesla pois uns amigos têm um e é muito económico e confortável.

  40. Diogo says:

    “…para poder tirar lucros nesta indústria que trabalha com margens muito baixas.”

    Boa piada!

  41. Pedro says:

    Curioso que não foi há muito tempo que li um artigo deste género mas com conclusões totalmente diferentes, dizia que a Tesla iria triplicar de valor e ultrapassar a Toyota como maior marca automóvel mundial.
    Vale o que vale.

  42. Miguel says:

    Bem… Se em coisa de 10 anos.. o Sr. Musk mostrou ao mundo e à indústria como se faz um BOM carro elétrico decente e “acessível” cujas vendas refletem o seu sucesso, entao não entendendo qual o problema deste “senhorzeco” a não ser falta de dioptrias… Mas pronto, ele que continue a sonhar, porque contra fatos, não há agrumentos…

    E venha um Tesla M3 AWD Vermelho pra mim sff!

    • Wishmaster says:

      Tirando a condução autónoma, a tecnologia utilizada já existia há muitos anos.

    • Wishmaster says:

      Aliás, ainda vamos ver no que é que isto vai dar…
      O parque automóvel mundial é uma coisa absolutamente astronómica, são biliões de veículos. O consumo de energia e recursos escassos vai ser também astronómico.

      Se a isso juntarmos barcos, aviões, comboios, o consumo de energia é absurdo.
      Se é verdade que há 160 anos o eléctrico perdeu para o petróleo e que há um grande lobby que não tem interesse em investir no eléctrico, com certeza também é verdade que já alguém também poderoso e interessado em ganhar dinheiro teria tentado implementar o eléctrico.
      Não deixa de ser uma tecnologia com 160 anos (e as baterias de lítio com uns 30).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.