Quantcast
PplWare Mobile

Méduse: O radar anti ruído para apanhar motards (e não só)

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. José says:

    Que acabem com esses azeiteiros do ca***** de uma vez por todas. Nem de manhã, nem à tarde e nem de noite.

  2. José Sousa says:

    Finalmente! Pode ser que diminua o nível de azeiteitice cá em Portugal

  3. jorge santos says:

    Apoiado!

  4. pedro says:

    era bom aqui para acabar com os ibizas azeiteiros

  5. Carlos Oliveira says:

    Sei bem o que isso é. Moro paredes meias com uma variante e, principalmente as motas, mas também alguns carros alterados, passam com estrondo, a qualquer hora do dia ou da noite, a “puxar”, porque acham “bonito”. Já quem mora nestes sítios, não acha piada nenhuma. Além do barulho, ainda há aqueles que aproveitam umas rotundas, para a meio da noite, as fazer “a dar de lado” e sempre a abrir. Não existe o direito ao descanso para os moradores, por causa de alguns que acham que têm o direito de “quitar” o seu veículo.
    A minha esperança era que a utilização dos veículos eléctricos se massificasse, para acabar com este abuso (pelo menos reduzisse), mas também acho que sem fiscalização, haverá sempre uns quantos a obter adrenalina à custa do descanso dos outros.

  6. Zé Fonseca A. says:

    Venham eles, farto disso

  7. João says:

    Só espero que não tenha de esperar os habituais 30 anos para isso chegar ao nosso país!!!

    Isto faz muita falta cá!!!

    Deviam por 1 radar destes em todas as estradas de 10 em 10 metros!

  8. Eu sei lá says:

    Basta implementarem as inspeções técnicas às motos e já uma maioria volta a colocar o escape de origem…

    • Thomas says:

      Infelizmente nao ajuda em nada. Conheco pessoas que quando vao a inspecao colocam tudo de origem e depois mal saem de la voltam a colocar as tretas todas xpto…
      Que coloquem aqui um radar destes… que as moto 4 que aqui passam abusam…

      • RC says:

        Precisamos daquilo que as pessoas costumam dizer que não existe:

        Caça à multa.

        E precisamos de algo ainda mais simples: que os lesados se manifestem.

        Eu vivo numa aldeia sossegada e pacata, tenho um parque por trás de casa, um vulgar “parque de merendas”, de tempos a tempos aparecem por aqui a fazer piões e barrulho, ligo para a GNR local e em poucos minutos vão embora e já cheguei a ver multas. As pessoas têm de aprender a viver em sociedade, em vez de pensarem que ainda vivem no mundo animal.

      • JP says:

        Ajuda ajuda. Quando os azeiteiros forem parados numa operação STOP, levarem a multa e serem obrigados a fazer a inspeção B, vai ver que mudam de opinião.
        E eu que tenho uma moto que de fábrica já faz uma barulheira, acho que é demais.

    • Imf says:

      Tal como nos carros ha inspecção técnica obrigatória… e da para ver que h muito carro por ai que pior que o barulho, parece um tractor dos anos 60 a deitar fumo.
      A inspecção em portugal é uma tanga, se for preciso implicam com coisas mínimas no teu carro, mas depois deixam passar um fumarento porque os equipamentos nao detetam nada. Sem filtro de particulas sem adblue, sem nada.

      A intenção dos radares sejam eles qual forem é gerar receita para os cofres do estado, quem acha o contrário esta enganado.

      • RC says:

        Se a intenção fosse gerar receita, investiam muito mais.

        Não é assim que funciona o comércio tradicional ? se dá dinheiro investe-se ainda mais….

        • Imf says:

          RC tu deves ser mesmo ingénuo, ate tenho pena de ti.
          Porque o que tu dizes não faz sentido.

          Qualquer pessoa com 2 dedos de testa, percebe o porque de o estado não poder por de uma única vez 5000 radares a funcionar.
          Porque ia haver muitas multas num curto espaço de tempo e ia gerar bastante revolta.
          Sem contar com o volume de processamento que ia ser preciso

          Por sua vez se todos os anos colocares 100 radares espalhados, só meia duzia de pessoas vai reclamar. E o maioria vai apoiar a ideia de prevenção.

          O PS,PSD ou qualquer outro partido quer continuar no poleiro, nao pode entar a matar de uma vez.

          Um exemplo muito simples é o preço do tabaco e combustíveis.

          Se ha 2 anos te passassem de 1,5 para 2€ directamente ia haver uma revolução.
          Mas como foi subindo 5cent 2 cent de cada vez a malta fica chateada, mas não se revolta.

          • RC says:

            LOOOOOOOL

            A conspiração do costume, mas diga-me uma coisa, há falta de motivos para multar ?

            O quê o preço dos combustíveis que o estado até baixou os impostos ? o estado está a ajudar as pessoas, a criar um défice, que já vai em 800 milhões de euros ?

            Eu é que sou ingénuo ? então o petróleo aumentou abruptamente e o dolár valorizou em relação ao euro, deviam manter o preço mais tempo, e cobrarem mais impostos como iva para pagar a fatura, e eu é que sou ingénuo ?

            Sim, subiu conforme o custo dele foi subindo, como é natural, ou foi só em Portugal que subiu ? olhe que nos EUA nunca tiveram o preço dos combustiveis tão alto, então se eu sou ingénuo, o problema não é Portugal, é no MUNDO.

    • David says:

      Basta implementarem regras e certificação para os produtos vendidos em PT/ para circulação em estrada! o resto apenas vendido para uso em circuitos!
      Apartir dai sempre que tiverem uma operação stop têm de apresentar esse documento e o agente pode sempre testar (com equipamento adequado) o nível de barulho que a viatura faz! se está dentro dos parâmetros ou não!

      E ai o estado pode multar tb os centros de inspeção caso esse mesmo veículo tenha sofrido alteração e tenha passado numa inspeção periódica para esse efeito! ou seja sempre que alguém pretender alterar algo tem de efectuar uma inspeção periódica!

      Colocar mais CV numa viatura não implica que a mesma tenha fique com os níveis de barulho alterados! mas tudo depende das alterações efectuadas!
      Contudo há zonas de maior movimento que o próprio estado deveria colocar barreiras para reduzir os níveis de ruído, não devido ao menino que brinca mas sim devido ao número de veículos que passa e consequente aumento de níveis de ruído.

      Uma vez mais o problema tem de ser cortado no início…e não no fim da cadeia! ou seja para um produto ser utilizado deve conter uma certificação, e na falta da mesma o proprietário e/ou a entidade responsável pela inspeção da viatura são actuados…

    • Luís says:

      A inspeção é inútil nas motos, porque é só montar o escape de origem levar a inspeção e depois voltam a montar…
      Já vivi no Tennessee onde a inspeção nem sequer existe e apesar de haver muitos carro alterados não se vê azeite como em Portugal, a liberdade permite construir autênticas obras de arte, e o silêncio e mantido com uma regra muito simples, limite de X dBs para carros e um pouco mais para motos, caso não exista uma suspeita um automobilista não pode ser mandado parar, então ter um carro a fazer muito barulho é um convite a ser mandado parar o que é bastante chato. Mas aqui na Europa gostamos de resolver as coisas da maneira mais parva, inútil e incómoda possível, e ainda arranjar uns tachos no processo…

  9. JR says:

    Ideal era mesmo um lança granadas acoplado para redução definitiva do artista. As matrículas escondem-se ou evitam-se. Provavelmente vai reduzir a coisa mas acho que não vai resolver em definitivo.

  10. Tiago Rodrigues says:

    Quem mora perto da VCI aqui no Porto, às 2f à noite, acorda constantemente com esses ruídos aberrantes!

  11. RC says:

    Ena que bom, acabar com a poluição sonora é uma meta, já chega da poupa vergonha que há em alguns locais.

    Bem Feito, obrigado.

  12. cardoso says:

    Carrega Costa que o povo gosta!

  13. °0° says:

    Acho muito bem, e radares de velocidade também deviam de ser instalados á força toda.

      • RC says:

        Para segurança de todos. Os centos de pessoas que morrem dentro e fora dos carros não é justificação ?

        Provavelmente nunca teve um familiar que tivesse falecido num acidente, senão mudava de opinião.

      • David says:

        Porque como disseram em cima, é receita para o estado!
        E porque?
        Porque o tuga, sabe que leva multa pas exagera na mesma! logo quantos mais radares mais multas! SIMPLES!

        e até lhes podem colocar com luzinhas para a malta saber que eles estão lá, e verão que mesmo assim irão render muito ao estado! E podem dizer que é caça à multa! com caça ou sem caça a malta não aprende! então não critiquem as autoridades pq eu faria exactamente o mesmo….
        Se a PSP for uma empresa de um grupo enorme (estado) e se podemos fazer essa empresa render… então vamos tratar disso… logo o erro não é de quem gere a empresa/grupo… mas sim do Tuga que abusa!

        • RC says:

          Se é receita porque em vez de comparem 10 ou 12, não compraram logo 1000 ?

          • Jane Doe says:

            Porque se houver demais, toda a gente cumpre sempre o limite, e por um lado acaba a receita das multas, e por outro o trânsito ficaria (ainda mais) caótico em muitos sitios.

          • RC says:

            Looooooool

            O povo português deve ser do mais conspirador que existe.

            Então nesse caso porque existe crime e não existe só multa ? Se o estado quer só dinheiro, então baixe as multas, aumente os radares e tire o crime quando se ultrapasse uma certa velocidade.

            Então e porque não compram câmaras e metem nos cruzamentos a multa quem não faz piscas ?

            O que não faltam são situações para multar.

        • Jane Doe says:

          E porque é que o tuga só é apanhado tantas vezes a transgredir a velocidade? No álcool, por exemplo, há muito menos transgressões, apesar de quase todos os condutores beberem.

  14. Edm says:

    Deveriam fechar os bares né as discotecas antes da meia noite. Também não sou obrigado a ouvir e ver a fazer asneiras a pessoal que não se sabe comportar.

  15. Ricardo says:

    Finalmente algo positivo, em Braga é todas as semanas na zona do Minho center, motas e carros alterados à noite e ninguém faz nada, o parque de estacionamento e ruas próximas estão cheias de marcas no chão das habilidades.

  16. Altertu says:

    Quando for tudo eléctrico já não há necessidade de radares…

  17. José Manuel says:

    A culpa é da PSP e GNR, nas pequenas cidades e vilas fazem que não vêm os artistas que andam com panelas de escape ilegais (carros e motas), alguns sem catalisador e os fumarentos. Porque uns são família, outros amigos e outros bonitos….. e é assim ….

  18. dr_jivagos says:

    em Portugal o que faz falta mesmo é meterem camaras para multar quem não faz piscas, que são esses quem realmente criam perigo na estrada para os outros (um dos motivos para o pessoal das motas ter escapes mais barulhento, para se fazerem ouvir, quando infelizmente ninguém usa os piscas e decide mudar bruscamente de faixa).
    Também podiam arranjar camaras fixas para multas quem vai na faixa da esquerda ou do meio sem estar ninguem nas faixas mais a direita. Esses sim mais uma vez criam perigo na estrada.
    Deviam meter GPs nos carros dos politicos e os mesmos serem controlados sem poder passar dos 120km/k ou outros limites de velocidade.
    Deviam nas aulas de condução ensinar reais situações de perigo em circuito fechado, tais como piso molhado, piso gelado, buracos, lombas entre outros.
    O pessoal queixa-se do barulho que uma mota ou um carro faz, que passa e raramente fica ali no mesmo sitio a fazer barulho, mas depois se calhar têm cães no apartamento a ladrar o dia todo a incomodar os vizinhos, mas aí já está tudo bem, não se passa nada…

    • RC says:

      Sim, mas quem não faz piscas, não acorda os que estão a dormir, e mesmo que faça, também não vai acordar…..

      Portanto falta de motivos para multar não faltam, espero então que depois não venham com a desculpa que é caça à multa.

  19. secalharya says:

    Haja dinheiro para mil a um radares. O povo que pague os caprichos do governo. O que interessa é chular o povo até ao tutano. Têm de sacar o último cêntimo!

    Daqui a nada andamos todos em filinha indiana com um chip implantado à nascença. Personalidade e liberdade: zero.

  20. José Mendes says:

    Até que enfim uma boa notícia. Farto de motos e de carros barulhentos. Um autêntico flagelo em Portugal. Espero que chegue rápido.

  21. RC says:

    “A multa de quem ultrapasse um determinado nível de decibéis chegará a casa via correio.”

    Que bom, só espero que leve algum tempo a chegar, porque assim leva uma por cada vez que lá passar.

    EHEHEHHEHE

  22. PV says:

    Já agora um radar desses em bares, restaurantes, discotecas, parques infantis, zoológicos, feiras etc…

  23. Carregadinho d'ódio says:

    Deviam era por radares sonoros para a bosta dos cães e para as javardices dos cortadores de relva e afins. Nem carros nem motos me incomodam, agora os espalhadores de cagalhoes, respectivos sarnosos dos donos e os cortadores de relva deviam ser o alvo destas perseguições criminosas.

  24. Canela says:

    Existem motas que fazem barulho e não sao alteradas. Estamos a falar de veiculos que ainda nao sao eletricos. Sendo assim, a menos que regulem o nível de ruido do radar normal para as motas, então não faz sentido

  25. Presidente das Couves says:

    Eu a pessoal coninhas aqui nos comentários fazia-lhes o que me apetece que é pegar no meu carro ou mota só o cano e ficar no corte a vossa porta por apoiarem este tipo de decisões, tão mal mudem de zona, ninguem vos manda viver num sítio extremamente cheio de população, não querem barulho vão pra o campo ou arredores que isso muda logo.

    • RC says:

      Mais um que pensa que é dono do mundo. Looool

      • Presidente das Couves says:

        Dono de ti, não queria ser de certeza com essa atitude.

        Também parece que estás mal aqui… Se quiseres podes mudar ou és algum apoiante da censura ou liberdade de expressão?

      • Presidente das Couves says:

        Pelos comentários inúteis que andas a por na publicação inteira, és um autêntico millennial que vive na casa dos pais ainda de certeza, cresce e aparece.

        Deixa as pessoas dizerem o que quiserem e não opines se não for pa dizer coisas construtivas ou coerentes, santa paciência, além de nem ter idade pa conduzir ainda vem pa aqui dizer barbaridades.

        • RC says:

          Então e você , fez algum comentário construtivo além de ameaças ?

          Afinal quem defende aqui a liberdade ?

          • Presidente das Couves says:

            Ameaças? Lol, além disto tudo nem sabes ler ao que parece, incrível.

            A pessoal como tu não dava liberdade de certeza, se não tirares nada construtivo do que eu disse especialmente quando nem tens idade pra estar a comentar nem a mandar vir com metade das pessoas aqui, é porque confirmar-se o que já tavam a dizer acima de ti.

          • RC says:

            Sim ameaças, o que é isto:

            “Eu a pessoal coninhas aqui nos comentários fazia-lhes o que me apetece que é pegar no meu carro ou mota só o cano e ficar no corte a vossa porta por apoiarem este tipo de decisões, tão mal mudem de zona,”

            E depois isto:

            “A pessoal como tu não dava liberdade de certeza”

            Se não sabe português eu entendo, é normal para pessoas com esse tipo de comportamento, já que educação têm zero.

          • Presidente das Couves says:

            Tens um problema grave de interpretação de Português quando nem sabes distinguir uma ameaça de uma opinião, mas tudo bem, eu sei como nem tens idade pra estar aqui, provavelmente nem acabaste o 12º ano ainda por isso, eu dou um desconto, pra além que acima só mandas vir com tudo e todos, pensas que tens sempre a razão, como disse e continuo a dizer, cresce e aparece, tá na hora que tás quase a fazer 18.

          • RC says:

            Ah então ameaçar alguém é dar uma opinião ?

            Senhores professores, temos aqui uma nova gramática. Aprendam e atualizem se.

            Fica aqui o dicionário sobre a opinião da gramática, loooool

            Não, você é que pensa que tem sempre razão. Até dá novo sentido às palavras.

            https://dicionario.priberam.org/ameaçar

            Cresça e apareça.

  26. Mata parasitas says:

    Deviam era por isto nos prédios para não andarem alguns a infernizar a vida de outros…

  27. Vitor C says:

    Se houvesse disso na minha rua os camiões do lixo seriam multados todas as madrugadas…

  28. FranProdigy says:

    Azeiteiro? Por fazer barulho? Então agora não posso conduzir um Ferrari ou um Lambo, por exemplo, sem levar multa? Ahahahah!!!!

    • RC says:

      Podem, mas esses carros de origem faz mais barulho que aquele que está na homologação ?

      • FranProdigy says:

        Por exemplo, comparando desportivos, um Lamborghini Aventador de origem faz mil vezes mais barulho que um Porsche 911 turbo S. Obviamente que a Lamborghini deve pagar a multa porque compensa, continua a dar aos clientes o barulho de escape característico dum V10 ou V12 atmosférico sem estar abafado pelos novos sistemas com FAP que parecem aspiradores dos mais silenciosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.