Quantcast
PplWare Mobile

Hopium Machina Vision promete 1000 km com apenas 3 minutos de reabastecimento

                                    
                                

Fonte: Hopium

Autor: Vítor M.


  1. Miguel says:

    Ahah comprem eléctricos 😀

  2. Luís Silva says:

    Este é lindo, mas prefiro um a pedais!

  3. AJ says:

    Só 120.000 euros, vão vender todos.

  4. jorge santos says:

    Quando deixar a gasolina para trás, será trocada pelo hidrogénio.
    E este carro é lindíssimo!

  5. jorgeg says:

    Promete?!!!! A serio, eu conheco uma marca que promete lancar um 3000km num minuto!

  6. Cavlis says:

    Hidrogénio, já acredito que tenha futuro.

  7. Helder Coelho says:

    Venham eles!!! Eléctrico nao me convence… nem ao menino Jesus!! O hype vai passar…

    • RC says:

      Por acaso está a acontecer o contrário, quem tem carros a hidrogénio vende para comprar eléctrico, por isso se ver muitos há venda por preços baixos, poucos kms e poucos anos.

  8. Jose Lapao says:

    Será que os gajos da combustão não entendem que um carro a hidrogénio, é o carro elétrico, um PHEV, e um carro parcialmente elétrico, até o novo Qasquai e-power é um carro elétrico a diferença entre estes e o BEV é a forma como obtém a eletricidade, no caso dos a hidrogénio, usam esse componente para produzir a eletricidade abordo, os PHEV e o e-power da Nissan usam a gasolina para produzir a eletricidade a bordo, e no caso dos BEV ligam se a tomada para armazenar a eletricidade.
    Mas no fim de contas são elétricos.
    Há outra questão, no caso do hidrogénio há poucos ou nenhuns postos, e tens de pagar o preço que eles querem não conseguimos ainda produzir hidrogénio puro para atestar o carro, no caso da gasolina igual, já no caso dos BEV, neste momento podemos produzir a eletricidade quer seja por painéis solares, quer seja por eólicas em casa não estando tão dependentes dos outros, mas mais uma vez digo são todos elétricos.

    • RC says:

      Por Isso é que eu digo sempre que isto não são opiniões por gostos e conveniências ou conhecimento, é quase sempre por preconceito, malta que traumas de infância.

      Até hoje nunca encontrei ninguém que tivesse uma opinião favorável ao hidrogénio e ao mesmo tempo a conhecesse e soubesse o que era e como funciona, e os seus custos.

      • Hidrogénio says:

        Diz me lá sinceramente que diferença faz para ti outras pessoas preferirem hidrogénio???
        Não temos de gostar ou querer a mesma coisa que tu.
        Ou temos??
        Se 100% bateria serve para ti fixe, agora a muita gente que não quer um carro a bateria.
        E por mais que te custe vai haver postos de hidrogénio de 100 em 100km nas principais estradas da Europa.

        • RC says:

          Mas conhece como funciona e o que custa para saber de prefere ? Foi isto que quis dizer, no fim de testar diga se é isto que prefere.

          Nao era mais fácil dizer assim do que vir atacar sem argumentos ?

        • RC says:

          Ja agora, a minha luta não são eléctricos ou a pedais, a minha luta é a eficiência, coisa que pouco se liga a isso, mas está no meio de tudo.

          E para mim estes têm menos eficiência até que os a combustão, tanto que a nível de emissões ao longo da vida estão muito idênticos.

    • ivan says:

      A diferença é que o hidrogênio se tiver o investimento necessário poderá ser bastante acessível sendo que este é o composto mais abundante no universo, percebo todos os desafios que há na purificação e transporte do mesmo, mas nada é impossível quando há empresas a lutar por lucro e quota de mercado.

      • RC says:

        Ainda mais investimento ? Isso é que eles querem, esta tecnologia esta farta de sugar dinheiro para depois apresentar soluções que pouco durão, basta ver as redes que foram instaladas e as que funcionam realmente.

        Portanto com investimento fica em conta e quem o paga e de onde vem a electricidade, é que apesar de ser o elemento mais abundante do universo, não temos meios para lá ir buscar, sim, esse é um dos argumentos mais usados para cativar investimento, na verdade ele é cá produzido com gás natural e vapor nas refinarias, onde têm grandes emissões de CO2, depois existe uma pequena parte , cerca de 4% que é produzido via electrólise, só que esta sai caríssima.

    • António says:

      Se os pehv (conheço bem o outlander da mitsubishi) andam a gasolina (gerador de combustão e direto), então é um carro a gasolina. Não é elétrico. Tem motores elétricos, mas 90% é um carro de combustão. Deixem de ser otarios e falaciosos!
      Mesmo os elétricos, dependem sempre da combustão. Já mais que não seja indiretamente como gerador de letricidade. Tretas

      • RC says:

        Sim, esse é um hibrido, porque ambos os motores fazem rodar as rodas.

        Um carro a hidrogénio não tem motor a combustão.

        O tipo de propulsão é que define de que tipo é, se a tração for exclusivamente elétrica, ele é electrico, se tiver um motor a combustão com um gerador, ele é electrico com extensor de autonomia.

        Não é serem otários ou falaciosos, é serem realistas e sem preconceitos que é o seu caso.

        • Cientista louco says:

          Preconceituoso e ofensivo está o sr a ser. Porque por preconceito de alguém não partilhar das suas ideias, só invés de vir defender as mesmas com palavras de visão próprias, vem todo ofendido a insultar quem colocou uma visão diferente e própria. Em nenhuma das frases que deixei no meu comentário foi de quem não seja realista, até porque a minha realidade não é muito diferente da do sr. Nem em parte alguma fui ofensivo, talvez porque afinal a minha realidade até é diferente da sua. Mas para não descer só seu nível inferior nada mais lhe digo, porque já vi que é como os burros. Tem umas palas e só vê o que lhe põem à frente num restrito campo de visão ( afinal aqui queria dizer num campo diminuto de inteligência,).
          Passe bem e desejo profundamente (sem ter de descer ao seu sub-nivel) que consiga ter mente aberta e ser mais visionário quanto às ideias dos outros!!

          • RC says:

            Não percebi nada, onde é que falei para si , onde é que insultei ?

            Se é mais um cheio de opiniões daquilo que nem têm ideia de como funciona, então é só mais um idiota a tecer argumentos para nada.

  9. Yamahia says:

    Não propriamente esse carro, mas esse conceito de abastecimento já está OK.
    Faço votos para que prolifere 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.