Quantcast
PplWare Mobile

Crise energética? Preços do petróleo e do carvão disparam!

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jota says:

    Mais um (forte) motivo para acelerarem a transição para os veículos elétricos!

    • Mamba says:

      E um veículo elétrico vai-me aquecer a casa?
      Aqui o problema é a escassez de gás para o inverno, portanto são necessárias alternativas para aquecimento. Combustíveis fósseis são as alternativas mais baratas.. (não disse as melhores, disse as mais baratas.)

      Seja como for, se um veículo elétrico não custasse o dobro quando comparado ao mesmo modelo a gasolina, talvez mais pessoas fossem por essa via.

      • André Silva says:

        Vamos precisar de Gás Natural para produzir energia, tendo em conta a menos disponibilidade de renováveis. Também não sei onde o veiculo eletrico vai ajudar.

      • Ricardo Gomes says:

        Sim vai, porque com um veiculo electrico muito provavelmente vais instalar paineis fotovoltaicos e armazenar energia…igualmente vais por uma bomba de calor em casa para aquecer realmente a casa e a agua e isto tudo sem gas…. vais poupar muito dinheiro 😉

        • Miguel says:

          Se conseguir pôr isso no apartamento por 20k€ penso nisso, é um valor aceitável.

        • Zé Fonseca A. says:

          Sim, para 10% dos portugueses que vivem em moradias, que as moradias têm possibilidade de fazer essas integrações e que têm capital para financiar isso.

          Aqui por casa há muitos anos que tenho paineis e desde 2018 que tenho LG Chem.. e os restantes? Sabes que a maioria dos tugas até vive em apartamentos e nem garagem tem?

          • João Cartaxo says:

            Ninguém manda as pessoas só comprarem apartamentos…. Que comprem casas é comecem a pensar no amanhã…. Apesar que os apartamentos já deviam ser feitos a pensar no futuro….

          • Zé Fonseca A. says:

            Claro, então a maioria da população está concentrada nos grandes centros populacionais, onde uma casa custa 3x mais que um apartamento, facil comprar casa..
            Os novos apartamentos já têm garagem e até paineis, mesmo assim não é individual por fracção nem em potência suficiente para alimentar uma casa nem tão pouco com possibilidade de armazenamento.
            Já tive nuns apartamentos com isso tudo e em Lisboa era cerca de 1M um T2.

          • Ricardo says:

            Carrega o seu carro com os painéis solares?

          • Zé Fonseca A. says:

            Ricardo, tenho um hibrido, carrego uma vez por mês só para as baterias não perderem uso, de resto nunca carrego nem uso baterias, o carro é da empresa e o combustivel é cartão frota, mesmo que não fosse, se me der mais trabalho carregar em casa do que ir à bomba estou fora.

          • Paulo Santos says:

            Zé Fonseca A. se tem moradia é mais fácil e rápido carregar em casa do que abastecer na bomba. Aqui em casa, elétrico com 2 anos, 130000km e raramente carrego fora de casa. Antes do elétrico abastecia 3 x por semana, portanto em tempo (para lá de outras vantagens) já me compensou muito.

          • Milhais says:

            Vai ler alguma coisa anda de fazer afirmacoes. Em portugal 46% das pessoas vivem em apartamentos, como ves e menos de metada da populacao. Por isso 54% da populacao pode e deve investir em paineis solares e bomba de calor.

          • Zé Fonseca A. says:

            Milhais, sabes que uma moradia e uma vivenda são coisas diferentes?
            A grande maioria das moradias que falas são moradias sem condições, sem garagem, sem lugar para por o carro, são as casas de antigamente e não casas recentes.

        • luixmod says:

          Estás mesmo a leste nisto das energias e carros eléctricos

        • Manuel Costa says:

          Instalar baterias é demasiado caro e necessita de muito espaço ou de estar a escavacar quintais, para enterrar uma casota com 10 baterias, que vão ter de ser trocadas ao fim de 6 a 10 anos. 27000 euros por isso, é algo impossível para a maioria das pessoas.

    • Aquila Cunha Freitas says:

      Talvez esse “forte” incentivo colabore para que os preços subam mais ainda.

    • Elektro says:

      Só com incentivos, não vou descartar do meu carro a gasóleo com o meu ordenado mínimo para ir-me colocar em aventuras num tipo de carro que não existe mecânicos qualificados para mexer ou se existem que levam uma pequena fortuna para reparar por ser uma tecnologia “recente”

      • FreakOnALeash says:

        ^This!
        O meu é a GPL!

      • Watcher says:

        É como eu, eu até estava disposto a fazer um esforço pelos eléctricos mas desisti assim que vi os grandes exploradores espaciais a irem dar passeios nos seus objectos fálicos em que cada viagemzinha de 20 min deve gastar mais que eu num ano inteiro de carro.

        Se é para estoirar com o planeta, estoiramos todos, não só os ricos…
        Se eles, que têm meios para tudo, não se preocupam não sou eu, que não tenho ninguem que me lave o rabinho com água de rosas, que me vou preocupar.

    • Carros "electrico" says:

      Bom dia, e pode-me dizer como é que 80% da energia eléctrica mundial é produzida? 2º Não diga que em Portugal produz-se energia electrica com fontes renováveis porque isso é uma falácia. Não só porque as mesmas têm intermitências como Portugal importa energia.

    • Urtencio says:

      Se calhar o problema foi mesmo esse, forçarem a transição sem prepararem/criarem condições para a transição!
      Esta brincadeira da descarbonização a pressa foi no que deu, andaram acabar com a centrais a carvão e transformarem outras a gás, logo havendo uma maior procura de gás e sendo ele mais escasso o preço vai aumentar fazendo que o preço no mercado da luz também aumente.
      E é claro que essa escassez também tem mão dos senhores do petróleo quando alguns não quiseram aumentar extração para que o preço pudesse estabilizar.

      • David Guerreiro says:

        O fracking pode ser uma solução, pois não é gás derivado de petróleo. Nos EUA extraiam muito gás natural assim no tempo do Trump, agora com o Bidé parou tudo.

    • Zé Fonseca A. says:

      Agora a sério, vocês pensam sequer antes de postar?
      A transição para EVs é que está a ditar esta crise, acelerar ainda mais a transição só iria piorar a todos os niveis, principalmente na carteira dos consumidores.

    • Miguel says:

      Leste a notícia??
      Então se o problema é a crise energética…. temos de recorrer ainda mais a combustíveis fosseis…

      Cito o segundo parágrafo para ajudar à tua preguiça
      “Tal significa que os preços vão aumentar e, até pior que isso, as metas climáticas devem ficar de lado uma vez que os países têm de recorrer ao carvão.”

    • Samuel MG says:

      O que é que o veiculo elétrico tem a ver com as casa 🙁 Querem aquecer a casa metam uma salamandra ou um forno/fogão a lenha!! Aquece a casa para caraças !!

    • wtvlol says:

      Os lobbies da energia eléctrica até bat€m palmas.

      Quando vires a conta da electricidade a aumentar por falta de receita dos impostos dos combustíveis…

  2. klimane says:

    Isto é uma macacada. Somos peões nas mãos das empresas que buscam o lucro sem escrúpulos nenhuns. Que se lixe a ecologia, a economia, as pessoas, as alterações climáticas, tudo exceto o lucro. Enviam magnatas para o espaço e os restantes 99,999999999999999999% da população que se desemerde.

  3. Alpha says:

    Façam mais confinamentos este Inverno que tudo melhora.

    Vai ficar tudo bem!

  4. Duarte says:

    Não atingir metas climáticas é pior que aumento do preço dos combustíveis?
    Só podem estar a gozar com quem trabalha, é que só podem mesmo.

    Deixem lá as mestas, quando erradicarmos a miséria (e os vulcões) logo se pensa nisso. Até lá o que interessa é o bem estar das pessoas que apenas se consegue com um preço de energias baixo.

  5. Pedro V says:

    Prioridades!
    Quanto mais depressa os telhados em Portugal estiverem carregados de painéis, mais depressa termina a dependência energética de grande parte dos consumidores.
    Fazem-se créditos até para comprar consolas de videojogos e ir de férias! Prioridades.

    • Duarte says:

      Grande parte vive em prédios.
      Não fazes a minima ideia dos paineis necessários para auto consumo total de uma casa com 4/5 pessoas pois não? A realidade é lixada.

      • SANDOKAN 1513 says:

        “Grande parte vive em prédios.” Como ?? Você deve andar muito enganado,mas mesmo muito.Pense bem na asneira que está a dizer,ó “Duarte”.

        • Duarte says:

          Asneira dizes tu. Conheces a densidade populacional dos países?
          Grande parte está concentrada em cidades, que como é óbvio , são constituidas maioritariamente por prédios.

          Pensava de ser um pouco mais “adiantado” para pelo menos conseguires perceber isso. OU então tens de sair aí do campo!

    • Zé Fonseca A. says:

      De que te vale ter os telhados carregados de paineis se depois não tens como armazenar a energia?

      Aqui em casa temos paineis e armazenamento via LG Chem, primavera e verão não pago consumos, inverno dificilmente ultrapasso os 30€ para uma familia de 4 com tudo electrico.

      • Marco Silva says:

        pois claro… e toda a gente pode mesmo usar um inversor que fica ao preço de um carro…

      • David says:

        Podiam explicar a todos o que é LG Chem
        E ao ppl fazer um artigo de como criar ou implementar uma casa que funciona quase a base de painéis solares…

        • Zé Fonseca A. says:

          É genero o powerwall, mas relativamente mais barato e modular, significa que podes ajustar às tuas necessidades de potencia, eu tenho uma moradia T4, AC em todas as divisões, piso radiante na master suite, depois além do normal numa casa ainda tenho videovilancia e sistema smart home e bomba de calor na piscina e não não nenhum equipamento a gás. Em meses sem ninguém em casa tinha acima de 100€ de consumo, com 4 pessoas em casa consumia uns 200€ mensais, quando coloquei os paineis solares consegui descer muito em meses de sol, mas no inverno ainda tinha consumos elevados, daí a ter optado pelo LG Chem.

      • Ricardo says:

        Se meter dois carros ou até mesmo só um é preciso pedir telhados emprestados.

    • Manuel Costa says:

      Moro num prédio de 9 andares (10 a contar com as 2 lojas), sabes em quanto ficaria alimentar os 2 elevadores e as 833 lâmpadas? 232000 euros e um custo de manutenção anual de 4000 euros. Ora o custo mensal energético é de 1200 euros. Dava mais de 5000 euros pagos por cada casa e era só para a alimentação interna do prédio… porque cada casa continuaria a consumir o mesmo, pois alimentação própria, o telhado não chegava e iria ultrapassar os 7 milhões de euros…

  6. André Silva says:

    Só falta dizerem que a culpa é do socialismo….

    • Duarte says:

      Claro que não, é do Ventura e do Passos Coelho. Todos sabem isso.

    • Joaquim Alves says:

      como dizia a dama de ferro, o socialismo só acaba quando termina o dinheiro dos outros … parece-me pelos anteriores comentário que os euros estão a desaparecer do bolso das pessoas, portanto, se a thatcher estiver correcta, o xuxalismo está morto …

    • João Ferreira says:

      é culpa dos politicos e das suas politicas de merda que só para agradar o pessoal verde do Twitter cria leis e politicas que nos forçam a esta merda. Fechar centrais de carvão, centrais nucleares ou de petroleo sem estarmos preparados. Banda do incompetentes. Inteligente é a França que tem 90% da energia nuclear e por isso tem a energia bem mais barata que Alemanha que dicidiu ir por outro caminho. Cá nos países ibérios continuamos a criar divida tarifaria e algum dias teremos de a pagar. Cada portugues deve 400 euros às produtoras eletricas porque o senhor socrates e os que vieram a seguir queriam a energia mais barata que do ela estava a ser vendida pelos produtores.

  7. VM says:

    Só falta dizer que a culpa é do capitalismo…

    • jonas says:

      E é!
      O problema é o sistema baseado num crescimento continuo, não sei onde está a duvida. A questão é: “Que sistema melhor se deveria usar?”Ai é que está o problema…. mas não sou eu que tenho de ter soluções. A “malta que manda nisto” é que é paga e eleita para resolver esses problemas.

    • Estradiol says:

      Grupo Bilderberg

    • klimane says:

      Não, absolutamente, a culpa é das alterações climáticas que já não produzem vento suficiente nem água para alimentar barragens. E não esqueçamos que é preciso produzir para termos coisas para consumir para termos coisas para usar. Primeiro estão os pobrezinhos que não têm luz nem água depois os povos que precisam ir para o trabalho para produzir para podermos consumir. O capitalismo é o motor! O resto que se fod@.

    • Aquila Cunha Freitas says:

      Engraçado como uns correm para culpar o capitalismo sem pensar. Famosos socialistas de iPhone.

      • André Silva says:

        Claro que é o capitalismo selvagem. A sede por lucro, dinheiro dinheiro dinheiro, ostentação, dinheiro dinheiro.
        O lucro cego, sem escrúpulos. E agora a culpa é do socialismo.

        • João Ferreira says:

          Porque não há montes de governos e pessoas no poder a querer dinheiro. É criada uma taxa todos os dias. Mesmo com o capitalismo a trabalhar para baixar preços os governos compensa a falta de receita com aumentos de taxas ou já anda tudo esquecido? O petroleo em 2016 estava tão barato que o governo aumentou os impostos para aumenta ro preço do mesmo para criar receita. Claramente culpa do capitalista… Já agora ainda não cortaram essa taxa depois do petróleo ter aumentos históricos! Se hoje tens montes de coisas baratas e acessíveis a montes de gente é graças ao capitalistas e mercado livre.

  8. Miguel says:

    Só falta dizer que a culpa é dos chineses…

  9. Estradiol says:

    1) Portugal e muitos outros países podem quase subsistir de energia renováveis, já que a hidroeletricidade e eólica dá todo o dia, durante o dia a solar ajuda. E se produzissem e estimulassem que TODOS os edifícios e casas tivessem painéis e pudessem injectar a bom preço na rede pública, então durante o dia seria exclusivamente solar e eólica, noite o resto

    2) os clientes nas últimas décadas pagaram um extra para os aparelhos de renováveis; agora a empresa vende a energia ao exterior cara, fica com os lucros, e português usa a mesma energia (gás, carvão e hidroeletricidade)

    3) está dependência só existe porque os interesses económicos (eléctricas e políticos que posteriormente têm postos nelas) decidiram que isto funciona assim. Bem-vindos.

    • Zé Fonseca A. says:

      1) entao vai ver o caso da australia e NZ, onde têm excedente de energia na rede durante o dia devido ao excesso de paineis solares então obrigam a quem envia energia para a rede a pagar taxas grandes e até aumentou significativamente o preço da electricidade. Única opção é armazenar energia e isso tem um impacto na carteira bem maior além de todas as manutenções necessarias, já para não falar que fazer isso a nivel de um predio é praticamente impossivel a menos que tenha sido desenhado de raiz para isso.

      2) isso não é verdade, consumimos muita eolica e alguma solar, problema é sempre o mesmo, rendas, isso vem já de alguns governos socialistas atrás.

      3) na verdade em PT não tens dependencia nenhuma, de toda a europa (daqueles que não têm nuclear) nós somos os que vão ficar menos prejudicados. Já se o forcing dos EVs avançar, aí ficamos todos lixados.

    • João Ferreira says:

      Portugal e muitos outros países podem quase subsistir de energia renováveis??? Pode? Portugal está cheio de dividas e precisou do BCE para nao ir à falencia outra vez em 2020. Achas mesmo que temos dinheiro para andar a gastar em não prioridades??

      Vai ler sobre o defice tarifario que estamos a pagar graças ao socrates…

  10. RatazanaDoPunjab says:

    “Tal significa que os preços vão aumentar e, até pior que isso, as metas climáticas devem ficar de lado uma vez que os países têm de recorrer ao carvão.”

    Ai quando a Greta ler isto…

  11. Lucas says:

    Pois… Querem energia PSEUDOverde?

    Vai haver tanta miséria e fome….

    Não acordem para a falácia do verde e vão ver onde vão parar.

    • António says:

      É que vai mesmo.
      Vamos voltar ao tempo em que só os ricos tinham carro e pior, luz em casa.
      Eles só vão acordar quando começar a surgir a criminalidade a sério, porque quando as pessoas não tiverem nada a perder…

  12. jorge santos says:

    Só falta dizer que a culpar é dos extraterrestres famosos como Jesus Cristo.

  13. Ricardo says:

    E ainda se fazem incentivos para AC e bombas de calor.
    São mais eficientes de radiadores elétricos de facto.

    Com os preços a subir só quem tem caldeiras a lenha se vai safar.

  14. Sempre na boa onda says:

    Doentes partidários e sem escrúpulos embrulhem !

    Está é com amizade.

    https://m.youtube.com/watch?v=jxY1F9A-AzY

    “Bato” em todos eles mas talvez muito tuga ande um pouco distraído ou talvez seja até ou esteja com alguma partidarite aguda ocular se não for mesmo acéfala …

    Nem vou falar dos boys da EDP como Mexias e outros … A lista até esta também no YouTube graças a uma revista que foi até apresentada numa das muitas comissões…

    Nada como uma mente intelectualmente honesta e imparcial.

    Mas conforme é dito o tuga pagou para dar energia a Espanha e ainda ficou de pagar mais 175 milhões por isso depois … É ver o vídeo e deixar de mandar areia para os olhos dos outros …

    Tomem o comprimido !

    O vídeo ou entrevista de Jose Gomes Ferreira, a Ex-secretário do Estado da Energia Engº Henrique Gomes.

    Saúdinha !

  15. Sergio says:

    Quando o que existe é A , mas produz-se A ao quadrado e quer se consumir A ao cubo, dá nisto.

    É muito engraçado uma família de 4 pessoas ter 5 carros e duas motas quando antes dois carros eram suficientes para uma família numerosa.
    É muito porreiro 100 casas numa rua terem maquina de café própria quando o café da esquina podia tirar café para essas 100 casas.. etc etc

    O que mais me deixa apreensivo é só uma ditadura poderia resolver isto.

    • David says:

      O que me preocupa é ainda haver alguém pensar que “ só uma ditadura poderia resolver isto.” Sendo que me preocupa mais essa frase do que propriamente o aumento de preços!

  16. RatazanaDoPunjab says:

    Sergio, percebo onde quer chegar, mas repare que hoje em dia ter carro próprio é extremamente oneroso.
    Seguro, IUC, manutenção, combustível…
    Portanto, se 4 pessoas têm 4 carros e 2 motas, o valor que gastam só para os ter é uma barbaridade.
    Como sempre foi, é e será, quem tem dinheiro está sempre por cima, essa é que é a triste realidade.
    Quando vejo um Porsche na rua, sabendo que o IUC daquilo é para cima de 600 ou 700 euros, se não for ainda mais, pode ter a certeza que inveja é coisa que não tenho.
    Portanto, devido a ser cada vez mais caro ter um carro, esses casos de famílias com mais carros que pessoas tende a diminuir drasticamente…

    Esse exemplo do café é mal escolhido.
    O café em casa é mais barato e está logo ali à mão em vez de ir para a rua…
    Por essa ordem de ideias ninguém deveria ter máquina de lavar, ia tudo à lavandaria…

    Não é preciso ditadura para resolver isto, basta aumentar os preços, que é o que fazem agora…

    • David says:

      IUC É caro para cc’s superiores a 2.5cc salvo erro! Um M235 de 326cv de 2015 paga mais IUC que o Mercedes A45 seja o modelo de 360cv ou até o de 421cv…
      Dei como exemplo…. Mas poderíamos ir buscar um diesel 3.0 da Audi que será outro absurdo de valores…
      Mas se querem exemplos… na Suíça em duas cantões destintos o mesmo carro pode ir de 590chf a 1470chf por ano…
      Ps.: mas como vivem na Suíça eles devem poder né? mas é tb um exemplo…

  17. Manuel Costa says:

    O maior problema actual é na Europa… devido à situação russia-ucrânia, a Rússia, que entrega 94% do gás natural a toda a Europa, criou um gasoduto, conhecido como Nord2, que duplica o fornecimento à Alemanha. Só que a Covid-19 atrasou o início da operação, agora prevista para 2023. Entretanto, a Ucrânia aumentou os valores cobrados pelo habitual gasoduto que chega à Polónia, Alemanha e França. A Rússia reduziu as vendas, fazendo aumentar os preços, pois os países europeus começaram a usar o gás natural como produção de energia eléctrica. O gasoduto da Argélia, abastece França, Espanha e Portugal, não consegue transportar o necessário para estes mercados. A Noruega passou a usar 20% da sua produção para produzir electricidade, o que reduziu as suas exportações, assim como aumentou os preços.
    A Alemanha re-vende gás natural a vários países circundantes o que aumenta ainda mais o preço.
    Como vimos em 2019 e 2020, a própria Alemanha pode colocar um “premium” de 20% sobre o preço, dizendo que precisa dele para consumo interno. Se a Ucrânia voltar a fechar o gasoduto, os preços disparam.
    Pior: Alemanha já encerrou 11 das suas centrais nucleares. França encerrou 3. Sem essa capacidade, os países tem de obter outras formas de produção, as renováveis não conseguem cobrir 10%.
    É daí que a situação se está a complicar. Por outro lado, os EUA precisam de gás natural e na possibilidade dos europeus desviarem navios tanques fazendo aumentar o preço a pagar.
    O petróleo vai à boleia, principalmente por causa de Dezembro, onde os consumos de gasóleo e gasolina disparam para o dobro do habitual.

  18. David says:

    É sabido por todo o mundo que houveram várias revoluções… a maior dela até então foi a revolução industrial… e aqui será uma outra revolução e mudança a nível mundial!
    Verdade que não estamos preparados! Mas tb é verdade que nunca iremos estar! Como tal os países forçam!
    Verdade que as guerras e guerrinhas só favorece uns e lixam outros 80 ou 90%!
    Outra verdade é que o petróleo é um recurso que tem um fim! E que alguns comandam! Outro facto é que o lithium é a meu ver outro elemento dado pela Natureza que tem um fim e que tb a meu ver é mais escasso que o petróleo é que danifica mais o ambiente… dado que a maior rever a se encontra no mar e iremos danificar um ambiente muito importante para nós! Mas… quando queremos queremos e queremos… da nisto!

    Quanto a situação de ter máquina de café e casa para uma família de 5 pessoas… digamos que não é apenas isso! Mas a forma como vivemos… mas seria muito para fazer explicar a quem não quer compreender… educar uma civilização leva décadas mas destruir basta dar… e depois retirar… tal como já fomos o celeiro da Europa e hoje quase não somos ninguém… apenas alguém que consome a velharia da Europa…
    Mas temos sol e e um clima bom para servir de Lar da Europa… 😉

    Mas voltando a temos Energia! O problema é somente que tecnologicamente não há nada a fazer… nada de “uau” nada de extraordinário a dar a população para que essa população faça rodar o dinheiro… como tal vamos “obrigar” sem obrigar para que as pessoas gastem… pq caso contrário é tudo apenas mais do mesmo apenas com um aspecto diferente mas resultados iguais… para não dizer ou falar na obsolescência programada …

  19. Pedro L says:

    Se calhar em vez de carro eléctrico o melhor é mesmo comprar um gerador a diesel para casa.

  20. R says:

    Nuclear (de última geração) é a única solução actualmente viável.

  21. fininho says:

    Gás e não Gaz.
    Renováveis atingem 79,5% da eletricidade gerada em Portugal no primeiro trimestre de 2021: https://eco.sapo.pt/2021/04/13/renovaveis-atingem-795-da-eletricidade-gerada-em-portugal-no-primeiro-trimestre-de-2021/

    A lógica é que este problema não deveria afectar Portugal ou o impacto deveria ser mínimo. Além disso pode-se comprar mais gás de vários países, nem que seja do Irão.

    • Zé Fonseca A. says:

      Problema é que a maior parte dessa renovável é hídrica que de verde tem muito pouco e da qual dependemos sempre ou da pluviosidade ou da generosidade dos espanhóis.
      Mas está certo, a nos não nos vai afectar muito.

  22. João says:

    Aquela porrada de dinheiro que pago a mais na conta da eletricidade para subsidiar as energias alternativas não deveria fazer os preços dos combustíveis fosseis descer? Já não percebo nada.

  23. Fabricio says:

    Deve ser culpa do presidente Bolsonaro
    PS: Ironia

  24. lards van says:

    Após varias especulacoes , teorias , calculos e estudos chegou finalmente a confirmação em 2015:

    O mundo atingiu o pico max de producao de petróleo.

    Ja desde da década de 70 que se sabia disso e andamos a “dormir” durante mais de 50 anos …

    agora vamos pagar caro a inercia ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.