PplWare Mobile

Berlim vai banir a circulação de 200 000 veículos a diesel


Autor: Pedro Pinto

Destaques PPLWARE

  1. D4rkw3b says:

    Muitos carros em bom estado a serem vendidos ao preço da uva.

  2. User Pplware says:

    Os alemães podem dar-se a esses luxos, têm bons ordenados para trocar de carro e caso não queiram trocar de carro os transportes públicos são de qualidade.

    • Falcão Azul says:

      Muito bem dito,é verdade sim senhor.

    • anon says:

      Está tudo dito. Em Portugal nem daqui a 100 anos.

      • Falcão Azul says:

        “anon”,esta medida vai ser implementada em Berlim só a partir do segundo semestre do próximo ano de 2019.Agora se diz que em Portugal isso só acontecerá só daqui a 100 anos,é evidente que não.Mas pode apostar que de certeza vai levar entre 5 a 10 anos para ser implementada no nosso país.E fio-me mais nos 10 anos,infelizmente.

      • João says:

        O consumidor português comum parece que tem pouco dinheiro, mas tem dinheiro para comprar um carro a gasóleo novo que é mais caro que a versão a gasolina? “Ah mas o gasóleo é mais barato” pois é, mas quantos €€ em gasóleo vai ter de poupar para compensar a diferença de preço do carro?

    • Manuel says:

      Como alguem que viveu na Alemanha bastantes anos o teu comentário deu me vontade de rir. Essa ilusão… sim a Alemanha já foi boa… mas os transportes públicos regionais e a infrastrutura tem vindo a degradar muito. Aconselho-te também a aprender turco e árabe e uma faca no bolso se quiseres ir para a Alemanha. Quando tive no Porto há uns meses até fiquei impressionado com a limpesa da cidade e em especial do metro.

      • Alc says:

        Por muito má que esteja a Alemanha, Portugal está a anos luz da qualidade de vida dos alemães… Não vivo na Alemanha, mas no Luxemburgo…. 15km de lá… E não há comparação… Às vezes até acho que os portugueses fazem milages para se sustentarem em Portugal

        • Rui Machado says:

          Bem desculpa que te diga mas conheço razoavelmenteo Luxemburgo e a Alemanha e posso-te dizer que qualidade de vida é em Portugal.

          No Luxemburgo e Alemanha e bom para trabalhar, viver é mesmo por cá.

          Eu gosto bem de almoçar e jantar fora, bem como beber um copo com os amigos (sou Português) por aí é bem mais dificil conseguir isso mesmo com os ordenados daí.

          Por isso prefiro viver por cá e visitar-vos de vez em quando 🙂

  3. hsff says:

    A indústria automóvel em conjunto com as autoridades locais decidiu expropriar os seus clientes com o intuito de vender mais carros, parece que até vão criar linhas de crédito específicas para a compra de carros novos, e no meio deste disparate há quem veja nisto uma boa notícia, enfim…

    • z/OS says:

      Ora aqui está alguém que vê um pouco mais longe do que os anteriores comentadores. Claro que por detrás deste movimento verde, está a demanda por veículos eléctricos (mercado recente), estäo os governos (assim que o volume de carros eléctricos aumentar, teremos novos impostos “verdes”) e o zé povinho vai pagar e bem…

    • Rodrigo Da Silva says:

      se tivesse lido a noticia toda ira ver que a proibicao so ‘e para a cidade de berlin e para automaveis a diesel que tenha mais do que 10 anos.
      Fora de Berlin e para automoveis mais recentes nao havera problemas.

  4. Miguel Maio says:

    Veículos a diesel não existem… Existem sim motores Diesel que usam gasóleo.

  5. Miguel says:

    E os aviões? Poluem pouco, poluem. Basta olhar para o céu e percebe-se o quanto poluem. Mas aí não se mexe!

  6. Miguel Maio says:

    Motor Diesel é uma coisa. Motor a Diesel é um erro. O Sr. Diesel, inventor do motor a gasóleo deve estar danado. É pena que este erro seja repetido infinitamente.

    Diesel não é um combustível. Gasóleo, isso sim.
    Portanto, os motores que a notícia refere são Diesel e usam Gasóleo como combustível.
    Embora a malta perceba o teor da notícia, convém não repetir erros senão a malta não percebe as coisas. É como dizer que um computador Mac é um PC…

    • João says:

      Diesel é gasóleo em inglês. Se quiser ver o preço do gasóleo em Inglaterra (deonominado por diesel):
      http://www.theaa.com/driving-advice/driving-costs/fuel-prices

    • João says:

      Não invalidando que que realmente o inventor dos motores Diesel é Rudolf Diesel (são na mesma a diesel, talvez o combustível tenha o nome do inventor do motor?).

    • Louro says:

      Diesel = Gasoleo em Ingles.

      Macintosh = Mac daí até a própria marca chamar, Macbook, iMac e por aí fora…

      Pede para apagar o comentário, ainda vais a tempo de nao passar algumas vergonhas.

    • TugAzeiteiro says:

      Vermelho ou Encarnado?!

    • Nonnus says:

      Miguel Maio,

      Vá lá falar em gasóleo noutro país que vão ficar a olhar para si como se estiver a falar em chinês. Por exemplo, você já viu um veiculo que seja fabricado na Europa e exportado para o Estados Unidos, o que é que diz nas advertências? Não diz lá gasóleo, diz diesel. Por acaso nunca reparou que mesmo em Portugal certas marcas põem por dentro da porta do local onde se atesta o carro um autocolante com a palavra diesel?

      Em relação ao Mac e ao PC, sim, foi a maneira que se arranjou para se fazer a distinção entre um Macintosh (é tipo de Maça que o Steve Jobs gostava) e outros computadores, mas PC quer dizer Personal Computer (Computador Pessoal) logo um Mac também é um PC portanto não é totalmente errado usar essa denominação.

      • Pedro says:

        Estamos em Portugal. Eu quado vou almoçar ao restaurante não peço rice ou beans. Peço arroz e feijão. Por isso, e estando a viver neste país a palavra correta é gasóleo. Já que fala noutros países, então porque não dizer que na China onde se fala mandarim (mais do que inglês), gasóleo diz-se “Cháiyóu” ou
        柴油. Pode não acreditar, mas o inglês não é a única língua no mundo e em Portugal fala-se a língua de Camões.

    • Wishmaster says:

      Miguel Maio,
      Não é um erro, será antes uma imprecisão.
      “veículo a diesel” poderá ser entendido pelo leitor como “veículos movimentados por motor diesel”.
      Diesel também poderá designar o combustível, sim. Logo, “veículo a diesel”, facilmente poderá ser entendido por “veículo movimentado com o combustível diesel”.
      Está a insistir numa imprecisão que, na prática, não faz incorrer os leitores em erro. Todos sabemos que o veículo tem um motor diesel ou que tem um motor alimentado a diesel (enquanto gasóleo). Dizer que o motor é que é a diesel e não o veículo, é um esclarecimento desnecessário.
      Portanto, a malta percebe as coisas.

      É como dizer que um computador MAC é um PC, aí é que o caro Miguel faz incorrer os menos conhecedores em erro…
      Um Mac é um PC, pois PC quer dizer Personal Computer. Já não será um PC na acepção de “PC” que tem sido utilizada…….PC surgiu como sigla para Personal Computer, mas rapidamente foi usada para designar os computadores pessoais (personal computer) que integravam o Windows como Sistema Operativo. Mas, no fundo, está errado…
      Portanto, temos duas acepções de PC.

    • Rodrigo Da Silva says:

      estivest mal Miguel. Aceita e continua em frente

  7. Rui says:

    Vamos trocar o roto pelo nu! Ainda não perceberam que o fabrico de um carro eléctrico é muito mais poluente que um diesel até aos 100.000kms isto sem contar com a electricidade do eléctrico que não é 100% livre de emissão de co2 e sem contar com a reciclagem da bateria no final de vida do eléctrico, bateria essa que raramente fará os 100.000kms! O populismo dá nisto em ignorância das mais altas patentes do governo!

    • Rrrrrr says:

      o objectivo é adoptar o uso de electricos em vez de carros a gasoleo / diesel.
      O fabrico do carro dlectrico pode ser poluente ate aos 100k km… mas um carro normalmente faz mais que isso. Por outro lado as energias fosseis estao a ser trocadas por energias verdes. este é o caminho.

      • Wolfheart says:

        Qual energia verde?
        A do Sol, a das marés, a eólica?
        É demasiado cara e pouco rentável a produção de energia a partir de fontes não pluente.
        Acreditas que a electricidade que é usada para carregar as baterias do teu carro é verde e vem de fontes não poluentes?
        Se passássemos todos a utilizar apenas carros eléctricos, não teríamos a capacidade de produzir energia suficiente para os utilizar.
        O carros eléctricos são tão ou mais poluentes que os carros convencionais.
        Pensa na poluição causada pela produção e com o fim de vida das baterias. As doenças causadas pêlos campos magnéticos que são gerados pêlos motores eléctricos (tens uma pequena central eléctrica multiplicada por milhões), etc.
        Nenhuma das soluções apresentadas até agora me parece solução final. Penso mesmos que deveríamos todos pensar em desenvolver tecnologia que permitisse a recolha e armazenamento seguro do único combustível 100% verde o hidrogénio. Combustível que inclusivamente permite a utilização dos actuais motores de combustão.

    • Rodrigo Da Silva says:

      olha outro! FFS!

      O que disseste ‘e falso.
      O fabrico dum carro electrico NAO ‘e mais poluente do que um carro normal!
      Ja houve bastantes carros electricos que ja ultrapassaram os 100000 kms e que ainda tem mais do que 95% da capacidade inicial.
      O petroleo que um carro gasta ‘e sempre mais poluente do que a electricidade gerida para um carro electrico.

      E ainda falas da ignorancia dos outros..Vai ler mais acerca do assunto antes de dizer asneiras ta?

    • João says:

      E o petróleo nasce nas bombas de combustível? O populismo de que as baterias são mais poluentes do que a extração de petróleo também é engraçado de se ler.

    • Nuno says:

      Rui, ainda andas nisso???? Mete ai uns bons link com informação credivel, que eu passo a acreditar em ti.

  8. Rrrrrr says:

    https://www.youtube.com/watch?v=QX3M8Ka9vUA
    “A Third Industrial Revolution is unfolding with the convergence of three pivotal technologies: an ultra-fast 5G communication internet, a renewable energy internet, and a driverless mobility internet, all connected to the Internet of Things embedded across society and the environment. “

  9. Louro says:

    Acho muito bem, devia de ser em todas as cidades e para além disso deviam de aumentar os impostos no Diesel e mesmo na compra dos carros.

    • Luis carreira says:

      eu só gostava de saber como é que as empresas vao fazer sem o diesel com carrinhas que andam 300 ou mais km/dia dentro da cidade…

      • Luis carreira says:

        a minha berlingo com 22 anos vai ter de durar mais uns anos ate aguentar… anda quase so com o cheiro do gasoleo… 1000km com um deposito..

      • Pedro M. says:

        caso nao tenhas lido bem…

        a partir de 2009 e com a norma euro5 é permitida…

        algumas cidades apenas permitem a euro 6…

        é uma forma de carrinhas bem antigas e “fumarentas” nao andarem por ai a poluir… alias.. so Deus sabe como passam nas inspeções!!!

        • Luis carreira says:

          Pedro essa é para rir so pode… Passa nas inspecções normalmente como qualquer carro que esteja dentro da normalidade do modelo passa.
          Enquanto às “fumarentas” como tu dizes tambem é anedota…. Quer dizer compro um leon novo e faço uma repro e está feito….

      • Pedro M. says:

        caso nao tenhas lido bem…

        a partir de 2009 e com a norma euro5 é permitida…

        algumas cidades apenas permitem a euro 6…

        é uma forma de carrinhas bem antigas e “fumarentas” não andarem por ai a poluir… alias.. só Deus sabe como passam nas inspeções!!!

    • anon says:

      Deviam era taxar as pessoas como tu por cada comentário desses que fizer.

    • hsff says:

      Mais um totalitário que acha bem que as pessoas sejam enganadas. Esta posição vem normalmente acompanhada com um cinismo absoluto, enquanto forem os outros está tudo bem quando for você aí é que é pior…o seu individualismo não faz muita falta à sociedade.

    • Wolfheart says:

      Acreditas que a electricidade que é usada para carregar as baterias do teu carro é verde e vem de fontes não poluentes?
      Se passássemos todos a utilizar apenas carros eléctricos, não teríamos a capacidade de produzir energia suficiente para os utilizar.
      O carros eléctricos são tão ou mais poluentes que os carros convencionais.
      Pensa na poluição causada pela produção e com o fim de vida das baterias. As doenças causadas pêlos campos magnéticos que são gerados pêlos motores eléctricos (tens uma pequena central eléctrica multiplicada por milhões), etc.
      Nenhuma das soluções apresentadas até agora me parece solução final. Penso mesmos que deveríamos todos pensar em desenvolver tecnologia que permitisse a recolha e armazenamento seguro do único combustível 100% verde o hidrogénio. Combustível que inclusivamente permite a utilização dos actuais motores de combustão.

      • João says:

        continua a acreditar nisso, depois um dia explica aos teus filhos porque eras contra as soluções… A mineração de petróleo não polui? E o hidrogénio não funciona com motores elétricos? O magnetismo gerado pelos motores causa doenças? O petróleo é que é amigo da saúde certo? Faz assim, escreve uma tese onde compravas que os motores elétricos poluem mais com as supostas baterias e depois demonstra às pessoas…
        Ver documentários onde apresentam algo extremamente credível de que os motores elétricos são mais poluentes que os a combustão, mas esquecem-se de incluir a mineração do petróleo não dá com nada…
        Parece os documentários do pessoal que defende que a Terra é plana, muita conversa mas provas concretas não há…

        • anon says:

          Claro que devemos apoiar inovações. Mas neste momento todas essas tecnologias estão onde os carros atuais estavam no início do século 20.

        • Fak says:

          João

          e que provas concretas é que há que os eletricos são melhores, diz lá. eu só vejo desvantagens nos eletricos:
          – pouco rendimento
          – demora a carregar
          – usa baterias para funcionar, baterias estas feitas de litio que é altamente prejudicial para a saúde, tanto como o Crude, gás propano ou mesmo acido sulfurico… além disso, nao duram sempre, certamente serão caras e com lifespan de que? 10 anos? 5 anos?
          – material eletrico avaria e desgasta muito mais rapido que material mecanico/analogico… basta olhar para os carros mais antigos, nem centralina têm, nem sequer uma luzinha para avisar de falta de oleo… mas eles andam aí à 40 anos… quero ver um eletrico durar 40 anos…
          – 0 emissões… e então e quando se fabrica a bateria? e quando vai ser reciclada?
          – pensam mesmo que vai ser tudo eletrico? acham mesmo que os Caterpiller 797F vão usar eletricidade? eu digovos, não vão, vao continuar a usar Gasoleo, porque a produção não pode parar, ou seja, nós somos obrigados a deitar os diesel fora, mas a maquinaria pesada dos portos, dos aerodromos, das minas vão continuar a despejar centenas e centenas de emissões na atmosfera…

          enfim, os carros eletricos so servirão para potenciar economias, não é solução para nada, sabem o que é solução? vapor. mas obvio que o vapor nunca será utilizado, já foi inventado nos anos 80 um carro a vapor, mas isso não é o futuro, não se pode vender agua nem cobrar impostos sobre alguma coisa que temos na torneira de casa…

          • Joao says:

            e qual é a tua solução? continuar a emitir gases nocivos?
            e a extração de petróleo também não é nociva? A extração de lítio é nociva sim para quem tem de trabalhar nessas minas, nesta área especifica realmente é uma vantagem a robotização.
            E queres provas? existe um estudo que demonstra que os veículos elétricos, contando com a suposta poluição das baterias, consegue estar umas gramas de poluição por km abaixo dos veículos a combustão em países onde a produção de eletricidade é mínima ou inexistente.
            E reciclar as baterias? é mais fácil existirem pontos de controlo do despejo das baterias gastas do que ter biliões de carros de combustão a circular e não é possível controlar os efeitos dos gases emitidos.
            A bateria é a solução ideal? claro que não, mas se nada se fizer para mudar, nada mudará. Tivemos o séc. XX sem nenhuma inovação nesta área porque os oligopólios do petróleo não permitiam o aparecimento de tecnologias alternativas, agora que os efeitos das alterações climáticas se começam a notar é procuram as soluções, é normal que a tecnologia demore a evoluir…
            Estamos no mesmo ponto quando se criaram os primeiros automóveis no séc XIX, é ir com calma e não tentar boicotar tudo por teimosia.
            E vapor? Para quê vapor quando existe o hidrogénio que é o elemento mais abundante do universo? Agora o hidrogénio é usado em motores elétricos, a diferença para uma bateria é que produz a eletricidade, em vez de ser necessário ter baterias com dezenas ou centenas de kW de capacidade de armazenamento. Podes ter 1 milhão de máquinas Caterpiller 797F, a diferença é existirem 7 mil milhões de automóveis a circular. Se todos estes automóveis familiares e carrinhas de trabalho, bem como camiões, forem elétricos e se houver continuação do investimento em energias renováveis, dará pouco impacto na redução de gases? se calhar uma Caterpiller 797F anda 5000 km por ano, um automóvel ligeiro, ou uma carrinha ou um camião andam bem mais…
            E material elétrico avaria? claro, tal como o material mecânico. Tenho um carro com 26 anos com centralina e ela nunca avariou. Tenho uma máquina de lavar com mais de 30 anos e nunca avariou.

            Agora os elétricos tem desvantagens para a mobilidade das pessoas? Claro, concordo, mas não será uma capacidade de 300 km’s numa carga suficiente para o dia a dia? E demora a carregar? Deixam a carregar durante a noite.

            Dar críticas é fácil, encontrar soluções é que é difícil, por isso é que a Humanidade não evolui, muita conversa e pouca mudança.

          • Joao says:

            * correção: produção de eletricidade por fontes renováveis é mínima ou inexistente.

          • Joao says:

            e as baterias de Lítio já são recicláveis (esta notícia até e de 2009)
            https://www.technologyreview.com/s/414707/lithium-battery-recycling-gets-a-boost/

      • João says:

        E queres mesmo usar hidrogénio num motor de combustão? Testa isso num descampado bem longe de povoações, as pessoas não merecem morrer por causa disso…

      • João says:

        e as energias renováveis nos EUA que até estão mais baratas que as convencionais? Se lá é barato, na europa ainda deve ser mais barato:
        http://static6.uk.businessinsider.com/image/5af1ceac7708e955d46057a8-1668/the-average-cost-of-energy-in-north-america.png

  10. JMCXL says:

    Vão ter de comprar veiculos, ainda que a gasóleo, que cumpram as normas mais recentes.
    E mesmo esses estão a prazo.
    Em Portugal já se produz a Fuso eCanter

    • Luis carreira says:

      o problema é a autonomia dela…. +/- 100 km

    • Fak says:

      JMCXL
      o problema é que eles são espertos: eles nao limitam por emissões, limitam por idade…
      se fosse por emissões, muito rapidamente surgiam empresas a criar catalisadores capazes de separar o Carbono do Oxigénio, então, envez de emissões CO2 tinhas emissões de oxigénio, até podias respirar direto do escape! LOL

      • hsff says:

        O objectivo é vender carros, os ecologistas e os restantes tontos é que andam por todo o lado a dizer loucuras, porque é “cool” e sofisticado dizer que lutam pelo planeta. Esta gente é completamente anacrónica e acabam por fazer parte do problema no objectivo de um mundo e de uma sociedade saudável.

  11. ze says:

    Nao tarda esses carros a gasoleo a virem pra portugal. E continua a poluiçáo

    • anon says:

      Claro que vão. Se não for Portugal será outro país qualquer. Só deixam de poluir se os governos mandarem obrigatoriamente destruí-los. Para quem tem um carro recente, tenho muitas dúvidas que vão troca-lo por um elétrico se não existir uma vantagem para tal. E o governo por cá já faz de tudo para taxar cada vez mais. Ou seja se tiveres um carro recente, provavelmente só trocavas por um elétrico daqui a uns 15 anos no mínimo. Agora imagina as pessoas que andam com carros antigos há tempos.

  12. Pedro Pinto says:

    Fico sempre na dúvida se os carros gasóleo Euro5 de 2010 podem ou não circular…
    Ou se vão proibir os carros com motor EA189 afectados pelo diesel gate depois do fix.

  13. Fak says:

    10 anos é relativamente novo… se vão banir carros com mais 10 anos em portugal (exemplo, sei que é na Alemanha) estamos bem lixados… mal acabamos de pagar o carro já temos de comprar outro… Lei estupida na minha opinião, que apertem com as normas de emissões, as fabricantes têm mais que dinheiro para fabricarem catalizadores melhores, se há maquinas capazes de separar o Carbono do oxigénio porque não apostar numa tecnologia capaz de tornar as emissões de CO2 dos carros em oxigénio?

    é melhor apostar em eletricos, acabam-se as idas ao parque nacional fazer um safari, acabam-se as idas à serra da estrela, o estado ganha mais por causa dos impostos, as marcas ganham mais dinheiro, etc…

  14. Jose Gonçalves says:

    As classes politicas e ambientalista, estao simplesmente a brincar com o publico em geral. Como vamos entender que por um lado , os construtores continuem a fabricar diesel e por outro lado se proiba o diesel??????? Hello tá tudo estúpido?? Qye gestão de problemas é este??? Estamos a falar de gente que supostamente tem QI elevados.

  15. Monica Alma says:

    Engraçado tantos comentários e ninguém falou do obvio. Todos os carros a gasóleo poluem mais do que dizem de acordo com os estudos https://www.telegraph.co.uk/cars/news/new-rating-system-clarifies-real-world-nox-emissions/
    https://www.theguardian.com/environment/2017/jan/06/diesel-cars-are-10-times-more-toxic-than-trucks-and-buses-data-shows
    Por isso que eu saiba realmente nenhum carro a gasóleo está a cumprir as regras europeias. Banir carros de acordo o que foi testado depende mais do software instalado no carro para aldravar os testes do que realmente polui.
    Não esquecendo do escândalo da Volkswagen, eles tem os carros a gasóleo que poluem menos.
    A única forma de diminuir o NOX é banir os carros a gasóleo.

    • Joao says:

      Compreendo-te mas vou ter de dizer a realidade, em Portugal ninguém quer saber porque o carro a gasóleo é sagrado.
      Se alguém disser que tem um carro a gasolina que consome menos que os gasóleo dos seus amigos é uma heresia, é um mentiroso de primeira.

    • Joao says:

      Parece mentira mas já ouvi isto mais de uma vez com pessoas diferentes “o meu carro a gasolina consome 6l/100” e respondem “pois tens um carro a gasolina, tens é de comprar a gasóleo”.
      Depois outra conversa “que consumo faz o teu Peugeot HDI?” e responde “é económico, tenho é de andar devagar com ele para fazer 5.5l/100” mas se disser que tenho um a gasolina que faz 5l/100 “ahh isso é a gasolina? tens de trocar por um a gasóleo” e é isto…

      • Wishmaster says:

        Gasolina para fazer cinco aos cem é bem fraco, ou andas muito devagar, ou se motores de ultima geração mais eficientes e pouca cilindrada entao morrem depressa… Espeta-lhes 400 mil km vais ver se chega lá..
        Agora, é certo que há muitas pessoas que compram carro à gasóleo e nem fazem kms para tal… Mas de todo o modo, gasóleo é muito melhor do que gasolina.posso dizer-te que o meu em velocidades já elevadas, consegue fazer média de 5,8…experimenta andar assim com um carro a gasolina e vês quanto gasta… Não há discussão possível….
        Mas lá está, é preciso avaliar os kms que se fazem por ano.

        • João says:

          não percebi a parte de morrer e durar poucos km’s… quantos 1.3 a gasolina aparecem com mais de 600 mil km’s nos golf II?
          Em frente, qual a diferença de “morrer” numa subida entre um 1.2 a gasolina atmosférico e um 1.9 a gasóleo atmosférico? O segundo, por experi~encia própria, não anda mais que o primeiro.
          Na minha família tenho as duas motorizações anteriores. Ambas fazem consumos equivalentes.

      • Wishmaster says:

        “tenho é de andar devagar com ele para fazer 5.5l/100” – Isto só se foi dito por pessoa que tem um carro a gasóleo com um motor super ineficiente. neste momento, só em cidade, a andar normal, o meu está a fazer média de 5,4litros.

        Faltou referir que há um estudo que demonstra que o carro a gasóleo consome menos 1,5l/100km do que um carro com motor a gasolina…Mas os defensores da gasolina põem-se a comparar os consumos de um gasolina 1.0, 3 cilindros, com um gasóleo 1.9…

        https://www.publico.pt/2017/09/05/economia/noticia/gasoleo-ou-gasolina-carro-diesel-consome-menos-15-litros-por-100-km-1784470

        • João says:

          esse estudo não é completo, só compara motores PSA, em que os motores dlees a gasolina durante muito tempo foram dos mais ineficientes.

          Comparação real: tenho um 1.9 d atmosférico num vw polo e o meu pai tem um 1.2 gasolina atmosférico num clio. Eu andar com qualquer um destes carros, imagina qual dos dois gasta menos? A potência é equivalente e são os dois 4 cilindros.

          • Wishmaster says:

            De que ano são os carros? Mete aí os links deles então, das especificações de consumo urbano/misto/estrada.
            Carros antigos encontrei dois links, embora os motores tenham potências diferentes.
            http://automobilio.info/pt/Volkswagen/Polo/Polo-III-Variant-6KV5/1.9-TDI-90AG/5958

            http://autoviva.sapo.pt/renault_clio_ii_1_2_16v-specs/versao/14829

            Vê por exemplo carros mais recentes:
            Clio 1.2 75cv consumo combinado 5,5litros. Urbano 7.2 litros
            https://www.entrepostoauto.pt/viaturas/detalhe/novo/912607

            Já o Polo:
            O novo Polo TDI BlueMotion estabelece uma nova referência nesta categoria com um consumo médio de combustível de 3,1 l/100 km (emissões de CO2: 82 g/km).

            O Polo a gasolina faz 4,1 litros….

            Além de que o Clio gasolina que pus acima emite 127g/km de CO2..
            Sabes quanto emite o meu, um carro de 2010? A Diesel… 99g/km 😉

            Repara agora como o meu carro a diesel consome o mesmo de um motor gasolina 1.0 de cilindrada… estes TSI. Isto são preços anunciados, na realidade como é? É que o meu faz mesmo estes consumos que indico abaixo e tenho 120cavalos disponíveis.

            “Outro exemplo de eficiência é o motor de 90 Cv do novo Polo 1.0 TSI BlueMotion. Este motor, a estrear no Outono de 2014, é o primeiro bloco turbo de injeção direta de 1.0 litros e 3 cilindros na gama e oferece um consumo médio de combustível e emissões de CO2 de apenas 4,7 l/100 km e 107 g/km, respetivamente. As taxas de consumo e emissões de CO2 da versão anterior de 90 Cv eram de 4,9 l/100 km e 113 g/km, respetivamente.”

        • João says:

          Tenho um amigo que tem um 1.6 turbo a gasolina com 200cv. O consumo anda entre os 6.5 e os 8 l/100. Que motor equivalente a gasóleo faz menos que isto?

          • Wishmaster says:

            Simples, os motores que equipam o Opel Zafira fazem isso. Aliás, se o carro do seu amigo for um Opel (Astra por exemplo 1.6Turbo foi o carro que encontrei com 1.6 Turbo potência 200cv), até tem menos binário (cerca de 300Nm, perto disso) do que os diesel da Opel (que têm para cima de 320Nm indo até aos 400Nm de binário na versão mais potente). E atenção que o Zafira é um veículo mais ineficiente em termos aerodinâmicos, mesmo assim, veja-se os consumos do 2.0CDTI 170cv e bom binário de 400Nm é 4,9 litros….

            Diesel que equipam o Opel Zafira:
            1.6 CDTI (versão ensaiada) agora com potência de 134 cv, binário de 320 Nm e consumo médio de apenas 4,5 l/100 km, tendo recebido uma gestão eletrónica de motor mais evoluída.

            O mais potente dos Diesel é o 2.0 CDTI de 170 cv, com elevadíssimo binário de 400 Nm. Capaz de consumos médios de apenas 4,9 l/100 km, este motor também consegue acelerar o Zafira de zero a 100 km/h em menos de 10 segundos, o que representa uma marca notável para este tipo de veículos.

          • rodrigo says:

            o que interessa um carro a gasóleo ter menos consumo se o que emite polui mais?!

        • João says:

          A “ilusão” criada no povo relativamente aos carros a gasóleo foi a questão do turbo, porque ai sim, um carro turbo diesel com 110cv (1.9 tdi por exemplo) tem consumos baixos para a potência que tem, comparando com um 1.4 atmosférico a gasolina. Mas, se pegar num 1.0 turbo a gasolina com os mesmos 110cv, o consumo também é baixo nesta motorização.
          A cilindrada entre motores gasóleo e gasolina não é comparável com valores iguais de de cm3.

          • Wishmaster says:

            Rodrigo,
            Leste o meu comentário?
            O meu carro a gasóleo emite menos co2 do que um carro a gasolina com menos potência…

        • Monica Alma says:

          Olá Wishmaster,

          Tu estás a olhar para os valores anunciados pela marca e esses são adulterados.
          Todos os carros a gasóleo saídos da fabrica com 0 KM poluem 5 vezes mais em media ao que dizem.
          O problema é esse ainda não conseguimos diminuir os gases NOX nos carros a gasóleo de maneira eficiente.
          Existem dois estudos independentes um UK outro na Alemanha que confirmaram que os fabricantes não estão a cumprir as regras. Também tens um doc no Netflix que explica detalhadamente.

    • Joao says:

      E acrescento, já há imensos anos que é referido as emissões elevadas de NOx e outra partículas nos motores diesel mas o português não quer saber, o importante é que seja a diesel e se der para alterar o motor e fazer ainda mais fumo do que faz de fábrica melhor.

    • hsff says:

      Se assim é os que têm carros a gasóleo terão de ser indemnizados pelas empresas de automóveis e pelo estado no caso de algum tipo de proibição para os que já circulam.

      • Fak says:

        hsff concordo. quer dizer, andei eu a deixar o meu velhote de 20 anos todo pipi, o que investi dá para comprar metade de um carro novo, para agora ser forçado a deitá-lo ao lixo?
        nunca na vida.

        Monica Alma, para isso é que servem os catalisadores nos carros, tornam os gases nocivos em gases inócuos.
        claro que tem a sua vida util e devem ser trocados, a sua vida util RECOMENDADA é de 100.000KM, depois deve ser trocado, mas é uma peça cara, um catalisador marca WALTER custa 600€… o que leva muita gente a só trocar quando é mesmo obrigado a.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.