Quantcast
PplWare Mobile

Atenção: Afinal gasóleo e gasolina subiram mais que o previsto

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. O revelador says:

    Se existe boa altura para sair da Europa do mundo era ontem.

  2. windows says:

    Novidades e vai continuar a subir no breve a 3€ o litro.

    • Grunho says:

      Pois dentro em breve a questão vai ser haver ou não haver, e não o preço.

      • Realista says:

        Os mercados têm uma forma de racionar as coisas quando elas se tornam escassas:
        O preço.

        O preço estado nos €3 significa que não há no mercado combustível.

    • Manuel da Rocha says:

      Mesmo assim, com a chuva, o número de carros multiplicou por 700, esta manhã, na zona de Alcântara. Acho que há mais de 5 anos que nunca tinha estado mais de 1 hora a descer da ponte, sem que tivesse existido qualquer acidente ou inundação. A quantidade de carros era tanta que as 5 faixas e o separar para os 2 lados da saída, era a passo de caracol. Não vi ninguém preocupado com o combustível. Até vi pessoas a estacionarem, no Alvito, irem ao café e ficarem ao telemóvel debaixo do toldo.

  3. Carlos Neto says:

    Um dia destes, deixo o carro em frente ao Palacete de São Bento. Atestar já vale mais que o carro, então o Costa que fique com ele.

    • Urtencio says:

      A culpa não é do Costa! É de quem votou nele….

      • Helio says:

        Por acaso nem dele nem de quem votou, mas de quem privatizou a GALP/PETROGAL, deixando os combustiveis ao preço que entendem.
        E foram as mesmas cores politicas que criaram o ISP em 1986, e em 2014 tivémos um adicional.
        No reinado de 1985 a 1995, muito se privatizou…

        • freakonaleash says:

          Areia para os olhos aos camiões cheios! Meu lindo nos últimos 22 anos diz lá quantos é que a direita socialista esteve no poder?

        • Realista says:

          O problema era que o contribuinte com a GALP/PETROGAL nacionalizada estava a custar cerca de 500 Milhões por ano ao estado a mim e a ti… em 1995!!!! Imagina aos preços de hoje.

          • Manuel da Rocha says:

            Sim… que a GALP a dar 11800 milhões de lucro e pagar 13163 milhões em dividendos é dar prejuízos.

          • Freaka says:

            Realmente..a Galp apresenta Prejuízo atrás de Prejuízo..Semestre atrás de Semestre…LOLADA. Colocassem Administradores responsáveis…! Até em plena crise de recessão o raio da empresa consegue apresnetar Lucro e dividendos aos sócios. Enfim….não vale nada aquilo….

          • windows says:

            Não amigo, Portugal, podia estar muito melhor, mas a má gestão, levou-nos aos problemas que temos hoje, não se aprendeu nada, continua-se na mesma, o estado é péssimo nesse ponto, gasta dinheiro em coisas que não interessam e tem pessoal a ganhar só o dinheiro e nem sabe desempenhar o cargo, depois é a vergonha que andamos a ver, há quase 5 décadas.

        • Urtencio says:

          É a Galp que está a cobrar 61% do valor em impostos?
          É a Galp que está a cobrar um imposto que dizia o costa mentiroso que ia ser provisório? Foi a Galp que voltou a aumentar o valor do imposto na semana passada?

  4. JS says:

    O preço medio é…….
    Aqui em V N Gaia
    Quando vou ao posto vejo gasolina aditivada 2.009€
    Diesel 2.14€
    Ainda gostava de ter os combustíveis ao preço aqui anunciados , porque fala-se e escreve-se e quando vamos aos postos a realidade é outra

  5. pedro says:

    quem diria….e novidades?

  6. JoaoC says:

    Se retirarmos os 60% de impostos, até nem fica assim tão cara.
    Estas gasolineiras são mesmo uns ladrões!

    • O revelador says:

      E mesmo assim com esses 60% de impostos nao serve para o pais sair da crise 🙂 desde que se continue a meter os amigos em cargos de directora na tap (noticia da semana) é o que interessa. Sai mais um bmw para a senhora.. ups peugeot.

    • Helio says:

      os donos dos combustiveis são privados, fazem o preço que entendem, o governo cobra os impostos que foram criados por quem também privatizou a Petrogal.

      “Em 20 de Abril de 1994, a Petrogal constituiu a CLC – Companhia Logística de Combustíveis, S.A., com um capital social de 3.000.000 euros (600 mil contos). Em Outubro de 1996, a Petrogal cedeu 35% do capital da CLC com a seguinte distribuição: 15% à Shell Overseas Holdings, Ltd; 15% à Mobil Oil Portuguesa, S.A.; e 5% à BP Portuguesa, S.A.

      Posteriormente, em 2000 a BP Portugal S.A., tomou a posição da Mobil Oil Portuguesa S.A., passando o capital da CLC a ser detido 65% pela Petrogal S.A., 20% pela BP Portugal S.A. e 15% pela Shell Overseas Holding Limited. No terceiro trimestre de 2004 a Shell Overseas Holding Limited transmitiu a sua posição de 15% do capital da CLC à Shell Portuguesa, S.A. que entretanto foi adquirida pelo grupo Repsol YPF.

      Em Julho de 2014, a RUBiS Energia Portugal, S.A., tomou posição na CLC por via da aquisição do negócio de GPL da BP, passando o capital da CLC a ser detido 65% pela Petrogal S.A., 15% pela BP Portugal S.A., 15% pelo Grupo Repsol YPF e 5% pela RUBiS Energia Portugal, S.A.

      Mais recentemente, em Dezembro de 2020, a RUBIS Energia Portugal, S.A. reforçou a sua posição acionista pela adquisição à BP Portugal S.A. da totalidade das ações que esta empresa detinha, passando o capital da CLC a ser detido 65% pela Petrogal S.A., 15% pelo Grupo Repsol YPF e 20% pela RUBIS Energia Portugal, S.A.

      O montante investido na totalidade do projeto – Oleoduto e Parque de Combustíveis – atingiu os 215.000.000 € (43 milhões de contos), sendo cerca de 65% afetado ao parque e o restante ao Oleoduto.

      O atual capital social da CLC é de 5.000.000 euros, encontrando-se integralmente subscrito e realizado”

      Fonte: https://www.clc.pt/

      • Celso says:

        E em 7 anos não tiveram tempo para reverter essas situações? E ainda se dizem socialistas?
        Se, administrativamente, colocaram um teto máximo para as botijas de gás, porque não fazem o mesmo para os combustíveis? Ahh, pois… mas alguém tem de pagar a TAP, essa grande empresa de interesse e estratégia nacional!

    • Grunho says:

      Já não são 60% de impostos. Matematicamente, quanto mais sobe o preço na origem, mais baixa é a percentagem total do imposto, porque a parte do ISP+IVA sobre o ISP é fixa. Além disso, o governo teve que baixar o valor da parte fixa para o preço final não ficar ainda mais incomportável. Actualmente a percentagem do imposto no preço total é 45% na gasolina e 36% no gasóleo, segundo o site da Apetro.

      • JoaoC says:

        Eu sei. Mas mesmo quando eram os tais 60% (e mais), os do costume diziam que os ladrões eram as petrolíferas.
        Quem faz prospeção, exploração, transporte, refinação e distribuição, que ficava com 40% do valor, era ladrão. Quem nada faz e fica com 60% é boa gente. Estranho raciocínio…

    • Manuel da Rocha says:

      E os 843000 milhões de lucro que as gasolineiras europeias, obtiveram entre Fevereiro e Setembro, cerca de 670% do lucro habitual é tudo boas práticas. Olha, a Total gastou 3700 milhões a comprar 3 aviões e 483 Tesla, para a direcção, agora estão parados que os trabalhadores querem 11% de aumento e a empresa ofereceu 7%, no mesmo dia que anunciou 46300 milhões para pagar em dividendos aos accionistas, numa “distribuição extraordinária de lucros”.

  7. Jose says:

    Eu ca no meu model 3 carrego de borla todos os dias no emprego. Esta gente que usa gasolina devia pagar ate mais so poluem o ar

    • Infinity says:

      Como se o processo da produção da bateria do teu model 3 não tivesse produzido qualquer poluição

    • Tretas says:

      Compraste carro eléctrico e ficaste sem dinheiro para pagar electricidade em casa não é? Percebo…
      Já agora, antes de ter eléctrico andavas a pé?

    • manuiel says:

      Um VW UP não é um model 3 José

    • Nuno says:

      Se todos andássemos de elétrico, ia ver o que acontecia ao preço da eletricidade!

      • RC says:

        Ficava igual, já que aquilo que contribuem para consumo total de energia é insignificante, além disso a produção particular está a aumentar cada vez mais, eu ando de eléctrico e 90% da energia que gasto em casa e nos veículos.

        • Infinity says:

          Mas sabes que nem todos tem moradias e o predios antigos nao tem capacidade para colocar carregadores.

          • RC says:

            Eu tenho 3 veículos e não tenho carregador nenhum. Ligo apenas á tomada.

            Por não terem todos não quer dizer que não seja a melhor solução para os que podem, quem não tem e quer, que crie soluções, foi isso que fiz.

          • FAR says:

            Não vale a pena, já estão tão habituado a ver o mundo de cima do cavalo que deixaram de se lembrar que há quem ande a pé.

          • RC says:

            Que quer que faça ? Que lhes em dê uma bicicleta ?

          • Infinity says:

            @RC, para ligar a tomada tinha que mandar uma extensão do 3º andar

          • RC says:

            Eu pertenço aos 70% que têm garagem ou local próprio de estacionamento, isto segundo o INE é o ACP.

            Já agora, se houver condomínio, eles são obrigados ou a aprovar a instalação de uma tomada ou evse para carga, ou a aprovar a sua instalação, não há cá “o condómino não aprova”

          • Infinity says:

            @RC isso se eu tiver local de estacionamento / garagem

          • RC says:

            Por isso eu ter usado o “se”

            Mas se não tem porque não quer ou não pode, isso não é razão para arranjar desculpas que o mundo não pode adaptar a estes veículos, pelo menos quando a maioria pode, nem que fosse uma minoria

          • Infinity says:

            @RC eu não tenho lugar de estacionamento ou seja, tenho que ter o carro na via publica. o carregador mais perto está a quase 1km (acho que não dá muito jeito ter que andar com as crianças ao colo) entao que raio faria sentido para mim um carro 100% electrico? se calhar aplica-se à maioria da população pois nem todos tem lugares de garagem ou carregadores à porta de casa

          • RC says:

            Como disse antes, se não dá para si, dá para outros, é para a maioria, espere pelos a pilhas, esses pode abastecer em postos pagando 10x mais caro e nao tem esse problema.

            Ou então compre um a combustão uns antes antes de acabar a sua venda e tem carro para o uso e para o resto dos seus dias, a questão que fica é se nessa altura você ainda quer andar com um carro a combustão….

          • Infinity says:

            @RC para a maioria? e essa dita maioria tem capacidade para comprar carro electrico com os ordenados fantasticos? os carros a combustão ainda vai levar muitos anos até deixarem de ser vendidos. Porque não haveria de queres andar num carro a combustão? Leva-me do ponto A ao ponto B.

          • RC says:

            E quem disse que tem de ser para a semana ?

            Também gosta de usar agora um Nokia 3310 ? Também faz chamadas como os outros.

        • Jakim DÁlem says:

          Porra pá, mas afinal andas de mota ou de electrico? Ah já percebi, andas é no electrico…

  8. Celso says:

    Oh José e como é que esse Model 3 chegou à tua empresa? Veio sempre no auto-pilot e carregava-se sozinho através de painéis solares ou de eólicas colocadas no teto do carro? nonsense

  9. Tiago says:

    Bem feito aos portugueses, merecem.
    Votam nos mesmos e esperam diferenças. Só levantam o rabo para ir a festivais e bola.

    • B@rão Vermelho says:

      Explica lá se tivéssemos votado de maneira diferente como é que tínhamos agora combustíveis mais baratos, estou curioso.
      Não sei se reparaste mas Portugal não faz extração de petróleo e compramos aos outro que ditam o preço e também deves de saber que os carros não andam a pretório e temos que o refinar.

    • Paulo says:

      Acho piada estes comentários “ votem sempre nos mesmo” vão para para lá da esquerda do centro da direita fazem tudo bem quando não estão a mamar quando la estão são como os outro é tudo areia do mesmo saco não existe partidos com tomates em Portugal. Mudem de discurso

    • Manuel da Rocha says:

      Não aprendeste com os 730000 milhões que a Inglaterra perdeu em 17 dias de governação das coisas iguais ao Chega-IL-PSD nacionais? Fizeram o que a direita portuguesa anda a prometer há 20 anos… olha, os mercados disseram-lhes que pagar 287000 milhões e pedir 653000 milhões emprestados, não é viável.

    • RC says:

      E o senhor, ao menos votou ?

  10. compro essa também says:

    Só dá entendidos e mestrados …

    Mas parece que afinal com tanta toxicidade nem os ditos apresentam soluções dignas mas antes dedos uns aos outros, o passa a culpa … e existe sempre quem vá na onda … mexe, remexe, vira e toca o mesmo …

    e o povinho …

    Não come

    Não mexe…

    Energia … em falta.

  11. o Abreu says:

    Meu querido Zoe!!!!!

  12. PorcoDoPunjab says:

    Com a quantidade de carros a circular, há muita margem ainda para subir.
    Pelos vistos anda tudo de bolsos cheios…

  13. paulo says:

    A galp já começou assustar as pessoas com mais um pretexto para subir novamente o gas, devido as cheias que tem feito na Nigéria blá blá nao recebemos 4 carregamentos que estavam previstos, o gas vai escassear, blá blá

  14. Três Aerios says:

    Já estou farto de trânsito. 3€ já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.