Quantcast
PplWare Mobile

A23 vai ter um novo ponto de carregamento elétrico. Saiba onde!

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Eletrico says:

    A questão que se põe é : E Vai funcionar? é que a quantidade de carregadores eléctricos fora de serviço ou que pura e simplesmente não funcionam é absurda.

    • Pedro says:

      É verdade. O que me tenho me apercebido é que os da Galp, Prio, EDP e Ionity, normalmente, funcionam. Os da mobi.e são mais os dias que estão off do que os dias em que funcionam, efetivamente.

      O problema são os preços nas auto-estradas. É ofensivo. E a miio é ainda pior.

      • jota says:

        mobi.e já não tem carregadores, foram concessionados às que mencionaste anteriormente.

        • Pedro says:

          Ah, ok. Os que tento, então, da antiga mobi.e em Lisboa não têm estado a funcionar. Se calhar é azar.

          Obrigado! Sou novo nisto!

          • jota says:

            Alguns já estão a ser substituidos por postos de carregamento mais potentes, mas ainda encontras muitos em lisboa activos (talvez 50%), no posto tem um autocolante com o OPC e o preço que cobram por minuto. Tb podes usar(para consulta) uma app tipo “miio” que te dá a informação de preço e qual o OPC, e se o posto está activo/ocupado.

  2. Manuel says:

    Uma dúvida: os postos de carregamento indicam na hora qual o valor a pagar? Tal como acontece com as bombas de combustivel.

    E porque é necessário aderir a uma entidade para podermos usar os carregadores?
    Poderia haver adesão para descontos, pontos fidelidade, etc.
    Mas deveria ser possivel carregar e pagar na hora.

    Como farão os estrangeiros que nos visitam com carros electricos e quando formos ao estrangeiro?

    • Nuno José Almeida says:

      Não vou falar das taxas aqui.
      A electricidade pagas ao CEME, e tens de ter um contrato com esse CEME que te vai dar um cartão ou na app (Miio ou Evio). Cobra ao kWh.
      A utilização do posto pagas ao OPC é o seu tarifário é fixo, conhecido e está afixado no próprio posto. Podes pagar por tempo, kWh, ambos, tarifa fixa, variável etc. Aqui é que as contas se tornam complicadas e muita gente faz asneiras ficando extremamente caro.

      • RC says:

        Sim, todas essas variaveis estão afixadas no posto, para calculo mais simplificado basta ter a aplicação miio ou outra, onde se mete o modelo do carro, os cartões que temos dos CEME, e aquilo que pretendemos carregar no carro em termos de %, e a aplicação faz uma simulação de acordo com todos os parâmetros.

        Deve-se ter MUITO em conta a selecção de postos de acordo com o carro, exemplo: tem um carro que em carga rápida DC só carrega a 50 KW de potência, não o meter num carregador de 150 KW, porque este ultimo é mais caro.

      • jota says:

        Só pagas ao CEME, este cobra todas as taxas e taxinhas e depois distribui por quem de direito.

    • jota says:

      Os estrangeiros que nos visitam, podem instalar uma app tipo “evio” ou “miio”, que tem opções de pagamento visa e mbway.

  3. Infinity says:

    Entretanto o forum de Castelo Branco tem uma duzia de supercharger da tesla prontos a usar à anos que estao fechados

    • RC says:

      Burocracia à Portuguesa, nos outros países a tesla abre os postos assim que os acaba de montar, aqui é a desgraça.

      Que se lixe, depois levamos um raspanete da UE.

      • Nuno José Almeida says:

        Não é burocracias à portuguesa. A Tesla só tem de se registar na Mobi-e e cumprir com tudo o que os outros cumprem. Somo o único país do mundo que um só cartão funciona em toda a rede. Eu nem gosto do sistema, preferia poder haver carregamento had-oc com o CEME no próprio OPC mas Portugal decidiu seguir à risca a legislação da venda de electricidade. Só operadores de rede eléctrica o podem fazer.

        • RC says:

          Pois, mas a tesla não tem como cumprir, os postos deles não foram desenvolvidos para esse efeito. A tesla existe antes da mobie.

          O que vai acontecer é empacotarem os postos e levar para outro pais.

        • Toshiba says:

          Não tenho a certeza do que vou dizer mas os do continentes estão registados? Porque os do continente não usam nenhum cartao ceme simplesmente usam a app plus and charge

        • Louro says:

          @Nuno,
          Nao nao sao.

          A Tesla desde o inicio que sempre teve carregadores proprietários e nao faz muito tempo que os disponibiliza para outras marcas, mesmo nao sendo obrigada a isso.

        • Nuno José Almeida says:

          1º – Em espaço público é obrigatório pertencer à Mobi.E. Em espaço privado, não.
          2º A a Tesla já aceitou e segunda a Mobi.E está muito perto de abrir em Portugal. Os seus espaços estão em espaço público.
          3º – A questão do continente, infelizmente não foi abordada numa conferência que assisti faz dois meses porque para mim também me levanta dúvidas.

        • Keyboardcat says:

          Como assim é o único pais? Isso acontece praticamente em todos os países europeus. Tens varias empresas que oferecem cartões e muitos deles são validos em vários países.

          Os cartões que conheço são validos em todos os carregadores nos Países Baixos. E estamos a falar num pais com mais de 81 000 carregadores, comparado com os 4 000 em Portugal (sendo Portugal um pais maior). Por isso não venhas dizer que a mobi-e tem um serviço único e fantástico, porque ainda existe muito que fazer no que toca á mobilidade elétrica em Portugal.

          Felizmente continua a frente de muitos outros países europeus, que andaram a brincar nos últimos anos. A comparação com os Países Baixos é um extremo, porque o pais esta muito a frente do que todos numa larga escala.

          [Exemplo de um cartão valido em vários paises] https://incharge.vattenfall.nl/en/charge-on-the-go

          [Exemplo de uma rede de carregamento decente numa única cidade] https://www.amsterdam.nl/parkeren-verkeer/amsterdam-elektrisch/kaart-oplaadpunten/

          • Nuno José Almeida says:

            É o único país com um sistema único e obrigatório. Nos outros países, até existem sistema internacionais mas não são únicos. Nos países baixos 99% funciona nesse sistema mas não é único.

            Eu não disse que era fantástico em lado nenhum nem sei porque dizes isso. Até digo que nem gosto do sistema. Ai esse poder de compreensão….

  4. Há cada gajo says:

    Pplware, a A23 passa por uma estreita faixa de terreno de cerca de 7 km do distrito de Portalegre não servindo diretamente ninguém desta localidade alentejana…dizer que atravessa o distrito com o mesmo nome só pode ser um eufemismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.