PplWare Mobile

Efeitos COVID-19! Venda de carros novos com quebra de 52,3%


Autor: Pedro Pinto


  1. Xavier Silva says:

    Será altura para baixar o preço deles ?

    • Rui says:

      Ou os impostos, já que os estados cobram e não é pouco.
      É engraçado as pessoas virarem-se contra as marcas, quando estas têem os custos e o Estado cobra impostos altíssimos que chegam a valer metade do valor do carro!!!!!!
      Ou os combustíveis, em que os impostos em Portugal representam pelo menos 2/3 do preço do combustível!!!!!!

      • AqueleAmigo says:

        +1
        As pessoas não têm noção da quantidade mão de obra (isto sem falar de água, luz, segurança social e afins) que é necessária para manter uma fábrica aberta. Uma carrinha precisa de cerca de 100 pessoas para ser feita. É bom que tenham ideia disto.

      • Joao says:

        Eu acho muito bem que assim seja. A vende de automoveis pouco acrescenta ao país, antes pelo contrário e o desejavel é o abandono da viatura particular. Portanto, parece-me muito bem a existencia desta carga fiscal, principalmente nos casos em que os impostos dobram o valor da viatura uma vez que isso acontece nos veiculos mais poluentes.

        • Cortano says:

          Isso fazia todo o sentido se os impostos cobrados ao sector automóvel fossem aplicados no transporte público e mobilidade urbana.
          Mas como não são, essa conversa não passa de conversa da treta.

        • Sergio says:

          Adoro sonhadores, provavelmente moras na capital ou no Porto.. experimenta fazer a tua vida em Aveiro com transportes públicos.
          Por vezes a falta de noção da realidade dos outros leva-nos a dizer grandes disparates..

          • Rui says:

            Você ainda mora em Aveiro, agora imagine os poucos como eu que moram a 800 metros de altitude, com temperaturas de Inverno a chegarem a -10, eu gostava de os ver a pedalar montanha a cima, já que transportes públicos, só vejo das aldeias para a sede do concelho e nos horários coincidentes com os horários escolares (resumindo, não há transportes públicos!!!!!!)

            Mas quem mora em Lisboa ou Porto nem sonha que o resto do país não tem carris, nem metropolitano, nem STCP! Sempre fomos um país de líricos, com muitos poetas muito famosos…… já visionários, estadistas, que tenham os pés na terra e façam algo útil por todo o país, isso muito pouco!!!!!

          • Rui says:

            Infelizmente há muita gente que pensa que o que é bom para Lisboa, é boa para o país!!!!!!

      • Miguel says:

        Pois, basta ignorar a despesa colossal que o carro dá ao ao Estado e achar que a poluição é fofinha e não sorve recursos ao SNS para ficar convencido que os impostos são tudo lucro (quando nem sequer chegam)

        • LR says:

          Brilhante. Ou seja, a grande origem da despesa do Estado é… o automóvel! E sendo a única fonte poluidora e única sorvedora de recursos do SNS, todos os produtos associados ao automóvel, bem como o próprio, deveriam ser taxados com IVA de 250% (por uma questão de justiça). Tudo se resolveria, teriamos excedente financeiro, e o SNS seria eleito como o melhor do Mundo (e arredores)…

          • Rui says:

            LR, nem vale a pena dar mais troco. Quem não quer ver……
            Basta pesquisarem no google quem é que mais poluí no país, não aparecem lá os automóveis!!!!

            Mas os média toda a bombardear o cérebro das massas!!!!

            Tal e qual como estão a fazer agora com a treta do racismo e das estátuas!!!!!
            Ainda vão ter de desmontar as pirãmides do Egipto porque foram construídas por escravos!!!!!!
            Nem percebem o ridículo e a semelhança com o DAESH quando destruíu monumentos Sírios à bomba!!!!

          • Miguel says:

            Escusáveis de confirmar que basta ignorar

          • Rui says:

            O Miguel sofre de visão curta, tem de pesquisar e procurar muito mais longe e questionar tudo e todos antes de engolir todas as patranhas que lhe contam!

            Já agora, e a contexto da poluição, também concorda com o nosso Ministro da Agricultura que mandou a população que mora junto ao Mondego, saír do local, porque em alturas de cheia aquela área onde moram milhares de pessoas pode ser alagada?

            Se concorda, com o Ministro e nas patranhas que ele contou, tem de ir explicar aos Holandeses que eles são uns palermas e deviam de abandonar o país, já que 60% do país tem território abaixo do nível do mar!!!!!! Incluindo a capital!!!!!! São loucos os Holandeses, aquele país terceiro-mundista e sem pensamento ecológico!!!!!

          • Miguel says:

            O gajo que regurgita as patranhas que comeu no fakebook quer que os outros o quê?

            E misturas alhos com bugalhos para quê? Para te enganares a ti próprio e ficares convencido que tens razão??

          • Rui says:

            Meu caro, nunca tive conta de facebook, e nunca terei.

            A minha informação vou buscar a quem sabe tanto ou mais que eu, e não ao jornal das 8 da RTP, SIC ou TVI.

            Prove-me lá que os carros são os maiores poluidores do planeta sem se rir!

            Se quer ser levado a sério, seja sério!!!!

          • Miguel says:

            É manifestamente impossível provar o que quer que seja a alguém que não sabe ler. E/Ou já comeu tão abismal quantidade de ‘notícias’ falsas que deturpa tudo o que lê. Ao ponto de.. teres decidido que tenho de provar algo que nunca afirmei…

            Se queres ser levado a sério pensa antes de falar.
            Porquê só dizes asneira.
            (é difícil pensar, mas tenta)

          • Rui says:

            Quem foi que afirmou isto?
            “basta ignorar a despesa colossal que o carro dá ao ao Estado e achar que a poluição é fofinha e não sorve recursos ao SNS”

            Pesquise dados sérios para colocar aqui, a não ser que esteja a falar da sinistralidade, que nada tem a ver com o que escreve.

            Diga-me lá onde não é verdade o que afirmo e volto a reafirmar: O carro não é o maior poluidor. Antes dele tem muitos outros.

            Agora coloque aqui provas do que afirma!

          • eu2 says:

            “poluição é fofinha e não sorve recursos ao SNS” vs “Prove-me lá que os carros são os maiores poluidores do planeta” ???

          • eu2 says:

            O carro não é o maior poluidor, não, e ninguém disse isso. Mas isso não quer dizer que deva ser ignorada a poluição provocada por milhões deles.

        • Rui says:

          Sim, sim, clama por mais taxas de carbono e similares….

          Olha? Depois de comprovadamente estarmos na dependência da China no que diz respeito à produção industrial, o que é que me tem a dizer da protecção ambiental chinesa? E das condições de trabalho dos chineses?

          Eu admiro quando alguém vem falar-me de poluição dos carros e esquece dos camiões, aviões, navios, centrais térmicas……. os carros que eu saiba não aparecem na lista dos 10 maiores poluidores, no entanto continuamos a caír na patetice de atacar os carros e defender os transportes públicos (quando na realidade estamos a favorecer o investimento em Lisboa, Porto e pouco mais e a enterrar o resto do país!!!!!!!).

          Sabe onde é que está a maior poluição do país? Eu dou-lhe uma dica, fica na capital, que é onde existe mais transportes públicos (inexistentes no interior), no entanto as cabecinhas pensadoras só pensam em taxar mais e mais os automóveis, deixando os desgraçados que moram no interior ainda mais tramados!

          Já esteve no alentejo? Já pensou se tiver um AVC, o hospital mais próximo pode estar a 100km? Vai de metro ou de autocarro?

          Você só pensa o que os média lhe metem pela cabeça a dentro. Pense um bocado!

          Faz lembrar os iluminados que hoje recordaram a floresta, retiram toda a rentabilidade à mesma (eucaliptos) e depois perguntam porque é que as pessoas com 60, 70 e 80 anos não limpam as florestas fragmentadas, de meio hectare, 1 hectare e depois o Estado obriga as pessoas a limparem uma coisa que custa 1 000 a 5 000€ para não ganhar nada!!!!!!

          Olhe, já que pensa só na capital e preocupa-se tanto com os seus problemas, peça para terem mais juizinho e controlem a disseminação do COVID!

          Quando existia no norte a explosão da doença, era porque eram ignorantes, pobres, viviam em lares…… agora acontece o mesmo em Lisboa a culpa é dos bairros e da construção civil!!!!!! (secalhar no resto do país a construção civil fechou!!!!!!

          Só iluminados!!!!!

          • Toni da Adega says:

            Mas se a maior poluição está na capital e nas grandes cidades essa poluição o que é que causa essa poluição? Carros e veículos já todos sabemos que não é então qual é a causa?

        • Robin says:

          Os principais poluidores neste País e assaltantes de carteiras.
          Os Políticos e todos os que orbitam a sua volta por exemplo os advogados.

  2. Joselito says:

    E a crise está só começando….

    • Rui says:

      Infelizmente para os mais jovens, é bem verdade!!!!!

      • Jorge says:

        Mais novos e mais velhos. Isto toca a todos. Ou acha mesmo que vão haver pensões e subsídios de desemprego quando não houver gente suficiente a contribuir para o sistema. Ou que quando exigirem a quem trabalha mais de 70% do seu rendimento, essas pessoas vão continuar a trabalhar?

  3. Carlos Fernandes says:

    O preço ainda não foi alterado.

  4. Miguel Batista says:

    Eu cá para percursos pequenos é sempre de bicicleta. Só trás vantagens 🙂

  5. Euéquesei says:

    O mercado de usados tb está uma desgraça…

    • Robin says:

      não concordo acho tudo respira a vontade.
      Se tivesse mau os preços tinham caído e estavam baratos isso não sucede portanto é porque está bom.

  6. Godlike says:

    E qual a novidade? Até parece que não foi este o preposito da “pandemia”.

    Como não deu certo, vamos agora em direção à segunda onda, que está a ser orquestrada pelas manifestações.

    Enfim, previsível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.