Quantcast
PplWare Mobile

Windows 11: Finalmente vamos poder controlar o volume de forma simples

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Jota says:

    Como estava era muito difícil!!! Perdia-se ali horas para mudar o volume do som! 🙂

    • Pedro Fernandes says:

      Concordo 😉 cada vez que queria aumentar ou diminuir o som era uma dor de cabeça pensava sempre duas vezes, só o trabalhão que dá no teclado também usar o teclado 🙂 ainda bem que a Microsoft está sempre a Inovar.

  2. joao silva says:

    Volume², Uso á anos.
    grátis, intuitivo e muito prático.
    https://irzyxa.blogspot.com/p/downloads.html

  3. Marco Lacerda says:

    Nada com instalar o X-Mouse e escolher a combinação de botões que se quer, para aumentar ou diminuir o som tenho carregar no botão direito do rato e o de scroll faz o resto em qualquer parte do ecrã.

  4. AM says:

    Que grande novidade, é de bater palmas…

  5. Jacinto Leite Capelo Rego says:

    Meus amigo, isso já acontece com o 10……..

  6. Powerbox says:

    A apple lancou o portatil perfeito. Melhor autonomia, melhor ecra, melhor construcao, melhor som e microfones, melhor chip potencia que ate corre tomb raider a 4k a 120fps. Mais poderoso que a propria playstation 5

  7. Há cada gajo says:

    Com o botão rotativo no meu teclado….é uma tarefa árdua…

  8. Alexandre says:

    Recomendo o SoundSwitch para quem tem vários equipamentos de som (colunas, headphones) ligados ao computador, já que pode alternar entre eles com uma tecla de atalho à sua escolha. https://soundswitch.aaflalo.me/

  9. J Albuquerque says:

    ah e tal, linux é que é

    • Samuel MG says:

      No Linux Mint Uma basta por o rato sobre o ícone do volume e usar a rota do rato para aumentar ou diminuir o volume!! Como eu disse o W11 está muito atrasado em relação aos outros SO.

  10. Samuel MG says:

    Muito atrasado em relação aos outros SO 😛

  11. k says:

    A parte triste é isto ser notícia.

  12. PTO says:

    “Há muito que os utilizadores dos sistemas da Microsoft pediam uma mudança grande na zona de controlo do volume. Este era ainda muito básico e obrigava os utilizadores a navegar na barra de tarefas, para depois usar a barra de deslocação para acertar.”

    Neste parágrafo do artigo estão a falar de computadores já peças de museu, tipo relíquias do passado, certo? É que existem botões dedicados nos teclados para controlar o volume de som (e não só) desde que me lembro, e já vou com uma boa idade de vida.

  13. MMLCC08032021 says:

    ️muito pouca inteligência de quem criou Windows 11 um programa que não tem capacidade de correr em todos os processadores instalados . programadores criadores do Windows 11 com pouca qualificação académica

    • Miguel A. says:

      Não dizes o mesmo da Apple, quando um iMac de 27 polegadas de 2013 não corre o Mac Big Sur. Já saíram noticias de pessoal que instalou o W11 em Pentium 4

  14. Marco says:

    Se ao menos esse tal Windows 11 fosse mais rápido e prático de usar…mas não é. Para que deram o nome de Windows 11? Não passa de um simples update do Windows 10. Windows 10.1 seria mais correto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.