Quantcast
PplWare Mobile

Windows 10: Microsoft quer tornar instalação do Linux ainda mais simples

                                    
                                

Fonte: Microsoft

Autor: Pedro Simões


  1. xtremis says:

    Muito bem 🙂 E uns tutoriais à volta do Kali Linux, que tal, PPLWare? 😉

  2. joanietaaboaboa says:

    Se eles pensassem era em comprar o chocolatey….

  3. jon says:

    Podiam fazer um tutorial de como instalar uma distro numa partição do disco e configurar dual boot (e desinstalar/remover depois o linux mantendo o windows de novo)
    Para remover o linux do dual boot basta editar o arranque de SO no msconfig do windows?

  4. Fábio says:

    Mas podes usar o vmware player (ou virtual box) que é grátis e podes experimentar distribuições Linux.

    • PeFerreira98 says:

      Nunca experimentaste wsl pois não? A simplicidade face a VMs é bastante considerável. Não há preocupação com virtual disks, virtual rams, o wsl consegue explorar o file system do windows, não há programas a instalar… são os dois OS ‘s num só.
      Para devs é uma maravilha. Aconselho a toda a gente experimentar.

  5. Shynkendo says:

    Obrigado MS,mas instalar Linux é muito simples,para mim é só instalar Linux.

  6. Gondzilla says:

    Com as tecnologias de virtualização existentes hoje em dia, ter um dual boot é praticamente desnecessário. Já há alguns anos que deixei de usar dual boot, e sempre que preciso, arranco uma VM com o SO que necessito. Desde essa altura que nunca fiquei limitado por ser uma VM face a uma arranque nativo. Seja linux em correr sobre Windows, seja o oposto.

  7. Carlos says:

    A MICROSOFT a conceder facilidades ao LINUX. Isto não augura nada de bom!

  8. Samuel MG says:

    A mim é que não me apanham a usar o Winbugs 10. Só Linux para mim.

  9. Sardinha Enlatada says:

    Qualquer dia algum pessoal do windows que quer experimentar linux tambem pensa que e preciso instalar algum antivirus lol.

  10. Carlos says:

    Instalei várias vezes o Win10 e Ubuntu na mesma partição, com arranque pelo boot manager do Windows.
    O boot manager do Windows 10 para arrancar com Ubuntu, acaba por misteriosamente Desaparecer…. Fico com a ideia que é o Windows 10 (ligado a internet) que suprime o entry point. Tenho que por o Grub2 a arrancar com o Windows 10. Não sei se alguém tem ideia diferente.

    • paulo g. says:

      sempre usei o grub. usa a ferramenta recover grub, googla e ficas com o problema resolvido.

      • Carlos says:

        O Grub2 é uma boa ferramenta de arranque para sistemas nativos Linux/Ubuntu e Windows. Mas o menu de arranque do Windows é preferível quando se pretende arrancar com ficheiros VHD . Infelizmente não se consegue instalar o Linux num ficheiro nativo (boot) VHD.

  11. Carlos says:

    Correcção queria dizer “Win10 e Ubuntu no mesmo disco rigido”

  12. informado says:

    eheheheh 🙂 Microsoft a fazer diabruras. aahhahahahaha . Não me interessa o que a Microsoft faz com o Windows. Agora, nos meus portáteis não entra de certeza façam o que fizerem.

  13. paulo g. says:

    E para quando os updates semelhantes do Linux? Espera-se mas 20 anos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.