Quantcast
PplWare Mobile

Que se passa Microsoft? Crescimento do Windows 11 terá estagnado em março

                                    
                                

Fonte: AdDuplex

Autor: Pedro Simões


  1. Vrael says:

    Não gostei, achei muito inferior ao 10, tive de fazer downgrade para windows 10. Talvez daqui a uns anos

  2. Miguel Lima says:

    Não sei se o Windows 11 é melhor ou pior que o Windows 10, mas não ser compatível numa máquina com 3 anos num processador Intel Core i7 de 7ª geração, assim não vai lá…

  3. Manso says:

    Com tanto amarelo e azul fiquei sem perceber nada…

  4. Filipe says:

    Não se passa nada. O que tem o crescimento (ou o não crescimento) do windows a ver com a saúde da microsoft?

  5. jpereira says:

    Com tantas restrições esperavam o quê? Mais uma palermica da minisoft, nem micro já é …

  6. Jota says:

    Que se passa Microsoft? A pergunta não precisa de ser feita! Toda a gente já disse aqui que o Windows 11, com as suas exigências de requisitos mínimos, era um SO morte à nascença!

    • Dr Paraíso says:

      Eu acho que a Microsoft está a fazer aquilo que deveria ter feito há muitos anos, como a Apple.

      A maçã mordida tem uma técnica fantástica: vende um produto que muitas vezes nem é grande história mas diz “ó malta, atenção que este software ou sistema operativo só funciona nas nossas máquinas e com as nossas configurações”. Já a Microsoft sempre teve «os cojones» de criar um sistema operativo e dar total liberdade de escolha aos clientes, ao colocar requisitos mínimos.

      Este upgrade com o Windows 11 tem a ver, na minha opinião, com isso mesmo. para que existam cada vez menos problemas, vão fechando o cerco, até que um dia só podes ter a mais versão do Windows se comprares uma máquina microsoft.

      Esta ideia passou pela cabeça a mais alguém ou serei um «iluminado» com a mania?

  7. Insider says:

    RIP W11, hello W12.

  8. jorginho says:

    Nenhuma novidade. Esse W11 já nasceu fadado a se tornar um novo Windows Vista. Continuo com o W10 e não uso W11 tão cedo.

  9. says:

    Sempre usei windows e sempre gostei de ter uma maquina a trabalhar com linux para ir testando o que a Alternativa pode dar … mantive o meu Ryzen 3 2200g com o windows 10 e testei o w 11 na mais recente máquina que me entretive a montar com ryzen 5 5600g , máquinas que são modestas mas que me dá um gozo enorme poder usar… estou contente com o desempenho do w11 , no inicio tinha uns problemas com o “Search” mas aparentemente resolveram numa das actualizações.

    Finalmente dou nota positiva ao w11.

  10. Nuno says:

    Nos telemoves fica o pessoal todo nervoso que o telemovel com 4 anos ja nao tem atualizações nos computadores anda a microsoft atras do pessoal para atualizarem o pc ahahah o pessoal tem com cada pancada

  11. miguel says:

    a meu ver, o pior sistema de sempre… só o facto de roubar 1G a mais de ram sem fazer nada que o 10… dace…

  12. Network Bit says:

    O CEO não disse que o Windows 10 seria o último SO?
    Parece que afinal não era aldrabice 🙂
    O Windows 11 requer hardware específico que algumas máquinas não têm. Ainda vai demorar uns anos até que tenha uma quota de mercado significante.

  13. Secadegas says:

    Só ainda não instalei porque tenho demasiado software para reinstalar novamente. Mas provavelmente vou comprar novos SSD para fazer o upgrade em todas as máquinas.

  14. pipapapigrafo says:

    O melhor Window de todos foi o Windows 9, o resto é conversa.

  15. speddy says:

    Já só uso o windows para jogos e por enquanto o Win10 parece superior

  16. Coelho says:

    Faz bastante sentido. Esse Windows não trouxe nenhuma novidade positiva, pelo contrário, várias funcionalidades foram perdidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.