PplWare Mobile

É o fim das passwords? Windows 10 tem mais um aliado para acabar com esta autenticação


Fonte: Yubico

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. SANDOKAN 1513 says:

    Pessoalmente desde que alguém há muito tempo referiu aqui num artigo do Pplware o comando “netplwiz” que nem me preocupo mais com a senha ou password no meu PC.Ele arranca logo como um tiro.Basta escreverem “executar” na pesquisa do Windows(na lupa),escreverem “netplwiz” na caixinha(abrirem este comando e executá-lo como administrador),e com a janela de Conta de Utilizador aberta,desmarcar a opção “Os utilizadores devem digitar um nome de utilizador e uma senha para usar este computador”.Em seguida é preciso confirmar a alteração clicando em OK.O Windows depois vai solicitar a digitação da senha do utilizador para realizar a alteração.Basta digitá-la e confirmar.Em seguida desmarcar a opção “Os utilizadores devem digitar..”, clicar em OK e digitar a senha para confirmar a alteração.Por fim,basta reiniciar o computador e ele irá automaticamente para o desktop,sem solicitar a senha de login.Voilá,é tão simples quanto isto.Quais senhas,qual quê !! Entra-se logo no sistema como um foguete.Espero ter ajudado. 🙂

  2. Hugo Nabais says:

    Mas então agora ia deixar de ter uma password complexa e segura para ter que andar com uma “chave” física atrás sujeito a perder a chave?
    Há com cada ideia…

    • Miguel says:

      Entre guardares a tua password de 73306 caracteres em 10 ficheiros de 6 programas diferentes e uma chave física, não sei qual é a mais complicada de ser usada.

      • A. Martins says:

        “complicado” não é certamente o melhor termo para a explicação dada!! Mas ao que ele se quer referir, penso eu, é na “simplicidade” de uso!! Convenhamos que ter que andar com mais uma chave no chaveiro, já de si normalmente volumoso, juntar mais uma chave, sujeita a ser perdida, ou esquecida(apesar de estar no porta-chaves) não é mesmo nada prático!! Certamente que é mais seguro, mas não é prático, decididamente!!!

    • João Reos says:

      Uma das vantagem que estes sistemas têm é que pode associar várias chaves a uma mesma autenticação, pode sempre ter duas chaves e guardar uma em casa de reserva. Se perder uma, basta revogar a autorização dessa chave nos serviços que tem. Isto além de serem muito mais seguras que qualquer palavra passe (mesmo as de grande dimensão).

  3. Jose Lapao says:

    Realmente não vejo o problema da password. Se usarem uma palavra fácil de lembrar mas só a vós, em que combine tudo e depois é adapta-la aos varios sites que exigem nomenclaturas diferentes, no windows 10 eu uso o sensor de impressões digitais do PC (sei que nem todos tem) assim como a presença do telemóvel por perto. Para mim chega

  4. Silvio Copque says:

    Vc que é o dono de sua máquina que deve escolher como deve protegê-la. Daqui a pouco a MS cai quer ter monitorar o meu peido

  5. Silvio Copque says:

    Vc que é o dono de sua máquina que deve escolher como deve protegê-la. Daqui a pouco a MS cai quer ter monitorar o meu peido

  6. Joao Ptt says:

    O Windows 7 aparentemente deixará de ser suportado mal acabe o período oficial de suporte por parte da Microsoft… o que deixa a pergunta no ar que tipo de sistema é aquele.
    Aquilo permite uma chave principal e secundária por conta e ainda gera um código de recuperação de 48 letras e números para o caso de nenhuma das chaves funcionar ou desaparecer.
    Têm que se lembrar do nome de utilizador, porque terão de o escrever manualmente, assim como o código e terão de ter a chave ligada a um porto USB. Dependendo do modelo em alguns casos poderão ter por exemplo que carregar duas vezes no botão, mas em outros basta estar ligado.

    Não sei que grande segurança é que isto trás a mais para o Windows, ainda se fosse tipo para entrar no computador tinham de ter a chave (em conjunto com o VeraCrypt entre outros por exemplo) além de uma senha, era uma coisa, agora assim é só para fazer o login na conta local.

    Talvez seja bom para evitar ter o irmão/ irmã/ colega a mexer no computador naqueles minutos de ausência ou assim, não vejo muito mais utilidade que isso… espero estar enganado e isto ser muito mais útil do que parece.

  7. Tiago Costa says:

    So um reparo ao artigo. Não é so usado para contas locais. Também funciona com Azure Active Directory.
    Para os comentários que dizem que não querem andar com algo atrás etc, sugiro que leia o conteudo aqui: https://fidoalliance.org/fido2/, irão a ficar saber um pouco mais do tema. FIDO alliance não é so a Microsoft, os outros grandes nomes da Industria como a Google também lá estão.

  8. fak says:

    o mais engraçado é que a MS diz que o windows é mais seguro que nunca, mas com outro sistema operativo consigo vasculhar as vossas coisas desde que o disco não esteja encriptado e o windows nem me vai pedir password porque nem sequer está a funcionar…

    por isso ya, a password de tamanho magalodonico ou o yubico ou o tanas é que vos vai safar se não tiverem o disco encriptado (e maioria não tem)…

    • João Reos says:

      Se entender como funcionam os sistemas de ficheiros perceberá que de facto a única maneira de proteger os dados será cifrando os dados, não é um problema do Windows ou Linux. Existe um sistema de permissões mas isso é apenas uma camada aplicacional, se tiver privilégios administrativos num Windows ou Linux consegue aceder ao que quer que seja. Por isso sim, os seus dados apenas estão protegidos se cifrar o disco, mas isso não é um problema do Windows.

    • Paulo Dias says:

      Isso não é problema do windows, do linux, do android, seja do que for, o problema ai é do utilizador!

  9. Bruno Lopes says:

    Epah esqueçam lá o engenharia social.. É só roubar a chave

  10. Edilson says:

    Estou satisfeito com o uso do Autenticador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.