Microsoft: Atualizações do Spectre vão abrandar PCs antigos


Destaques PPLWARE

64 Respostas

  1. Hugo Santos says:

    Esta conversa parece ser a obsolescência programa mais escandalosa que existe. Tenho o core i7 de 2012 que corre tudo impecável. Raramente o uso da cpu passa os 10%. É agora como irei ficar?

    • Emanuel Vitorino says:

      Que exagero, para o utilizador é tudo obsolescência programada. É uma vulnerabilidade de segurança, e o WIndows 7/8 não foram feitos com o isolamento do kernel em mente, logo, para torná-los invulneráveis teram que ser corrigidos de uma maneira que os tornará mais lentos, mas possivelmente é a unica maneira.

    • Rui says:

      Claro que nunca vai sentir. Mas se eventualmente utiliza-se 3/4 da capacidade do seu cpu certamente que iria notar. Eu próprio fiz benchmarks pré e pós “fix” e tive uma desaceleração de 8% , mesmo este estando em overclock . Tudo depende da utilização que dá á sua máquina.

    • Miguel Marques says:

      Tenho um I7 4771, fiz o update do Windows e não notei qualquer diferença. Para mim o problema é que até à data ainda não recebi qualquer update da BIOS da ASUS e segundo li só mesmo assim é que ficamos ”seguros”… A obsolescência acho que vai vir mesmo do hadware, o que é bastante conveniente, e não do software (OS)…

    • Joao says:

      Se o uso do cpu raramente passa dos 10% não irás notar qualquer impacto.

    • Alvaro Campos says:

      Se raramente não passa dos 10%, não me parece que seja problemático 🙂
      Se estivesse constantemente nos 60% isso seria problemático pois poderia passar para os 70/80%
      10% é quase quieto e quietinho 🙂

    • Ricardo Santos says:

      Se não passa dos 10%, porque razão tens um Core i7?

      • Napoléon Bonaparte says:

        Tem um Core I7 por motivos de escolha do equipamento, como é óbvio!
        Eu também tenho um Core i7 de 7.ª geração (i7 -7700HQ) porque escolhi um equipamento que trazia esse mesmo processador. Mas também tenho um com Core 2 Duo a 1,7Ghz que está funciuonal e nesse espero ainda uma maior lentidão que aquela que se verificou com o ultimo Creator`s up-date.
        Já relativamente ao meu EeePC com um processador single core, ainda que com 2 Gigas de memória, nem sei o que pensar…!
        E o que pensar do

  2. Adalberto says:

    Boa conversa para o pessoal mudar para o windows 10

    • Sir Jokam says:

      Nem mais. Pensavam que era só nos telemóveis mas desde há muito que isso acontece nos computadores… e não só por causa de vírus.

    • Alvaro Campos says:

      Aqui o problema chama-se processador e não sistema operativo!
      O que a Microsoft, Apple e mundo Linux estão a fazer é a tentar tapar buracos dos processadores.
      É normal que haja perda de performance, em especial no processadores mais antigos agravada, neste caso, com um tapa-buracos.

    • eachtime says:

      Muito conveniente de facto

  3. Mario says:

    Isto é so no windows 7 8 e 10? É desta que mudo para mac! Ainda ponderei linux mas a falta de programas como adobe, office deixa logo de fora..é demasiado limitado e sem qualidade.

  4. True says:

    Espero que , quem estiver com Laptops dentro da garantia as marcas assumam o problema e depois que cobrem ao seu parceiro EnDeusado Intel.

    • Joao says:

      duvido muuuito.

    • eu says:

      Então é melhor esperares sentado.

    • Flávio Ferreira says:

      O meu já é lento, é um Intel n3060 depois do Patch está arrastadeira autentica só com 2 de RAM, mas dava bem para o gasto agora nem YouTube vejo em condições, vou a loja reclamar e fazer um textinho no livro vermelho não há como

      • Silas says:

        Olá, Flávio. Tenho o costume de contornar essa lerdeza do youtube, colando a URL no SMPlayer (pode ser um similar). Já configurei pra rodar em tela cheia, com aumento de volume, em HD, etc… Mesmo em PCs de 2000 funcionam muito bem. A obsolência programada é fato! Querem nos obrigar a trocar não só de S.O., como também de PC…
        Ah… Sou brasileiro…

      • NelsonZed says:

        Existe solução simples, troca o Windows 10 por Linux Mint XFCE….tenho um HP Stream com N3050…. fiquei com uma máquina excelente!!!!

    • Nuno Cardoso says:

      Também me parece que têm que haver justiça neste assunto. Até porque o problema foi detectado em Junho do ano passado e nada impediu a Intel de continuar a vender os processadores até à data de hoje estando consciente do problema. Seria mais que justo que todos os usuários que tivessem adquirido um processador nestas condições, fossem de algum modo compensados pela redução de desempenho do processador. Penso que ainda vai correr muita tinta sobre este assunto. Espero também que os europeus se juntem num processo comum e as compensações não fiquem so pelos EUA….

      • True says:

        Eu vou tentar ver no que da’ , vou entrar em contacto com a DELL e ver a resposta deles. O meu i7 com 16Gb de Ram ate’ nem se nota em uso normal, mas quando chega a trabalhos de 3D CAD ai nota-se a perda . Como preciso de comprar outro para desocupar este, vou entrar com esta jogada e ate’ pode ser que receba um voucher na compra do novo.

      • eu says:

        Concordo.
        Acho que as vendas agora até vão baixar naquele pensamento de “hum, deixa-me esperar uns meses para sairem novas máquinas com mais ou menos garantia que vão ter novas versões de processadores imunes ao problema, logo sem terem de necessitar do patch e logo sem terem de pagar na performance”.

  5. Miguel Ferreira says:

    Cada vz mais gosto da M$….

    • Alvaro Campos says:

      Neste caso a Microsoft, a Apple e o mundo Linux estão a fazer um favor de corrigir um erro que não é deles.

      • Joao says:

        O problema não é deles mas acaba por ser também. É como tu seres um fabricante de automóveis e teres um airbag (fabricado por terceiros) que não funciona.

        O problema passa a ser teu automaticamente também.

        • António Fagundes says:

          Isso seria verdade para a Apple que só tem hardware proprio, a microsoft tem pouco hardware proprio.

        • Alvaro Campos says:

          A Toyota (e muitas outras marcas) vendeu (vende?) carros com airbags problemáticos (defeituosos?) da Takata e nas recolhas dos carros apresenta-lhes a conta!
          Sim quem fica inicialmente mal visto será o construtor de automóveis mas com o aparecer das noticias acabou por ser o construtor dos airbags que ficou com a fava.
          Vê só a quantidade de links desta pesquisa => https://duckduckgo.com/?q=takata+airbags+recalls+list+of+car

          No caso em apreço, não poderá ser a empresa de software a culpada pois o problema não é deles nem nunca será pois não controlam o processo de fabrico dos processadores.
          Que a 1ª má imagem será deles, estaremos de acordo mas o tempo encarregar-se-à de mostrar quem realmente é o culpado e isso já está a acontecer.

        • Luís says:

          A microsoft não vende hardware juntamente com o windows. Neste caso seria mais algo do género do construtor do airbag estar a corrigir o problema do construtor dos travões

    • Joao says:

      A culpa não é da M$. Isto é um problema que afecta muuita coisa, não só productos M$.

  6. ZePovinho says:

    A Apple com as baterias e agora estes com os processadores.
    É uma maneira de vender é cada vez mais. “Tenho a bateria lixada vou à Apple meter uma nova” e eles ainda ganham com o problema que fizeram, a intel a mesma coisa, “tenho um processador antigo que vai ficar bem mais lento, é desta que compro um dos novos”

    • intelius says:

      Vou já comprar novo vou! era o que faltava. i7 2600 a bombar loucamente…
      no celeron nem noto nada de perda de performance. talvez se renderizar um video aí se note algo mas duvido…. a intel esta a ficar para tras.

  7. Joao says:

    Qual o impacto em macOS? Não se fala do assunto…

  8. PorquinhoDaIndia says:

    Boas, tenho um Asus com um i3 de 5°geraçao, ele irá ser afetado de que forma? A actualização do Windows será feita automaticamente ( tenho elas desativadas).

  9. Rui Nunes says:

    Sabem-me dizer qual qual é o nome ou a referência dessa actualização para eu bloquea-la do meu PC?

  10. Hugo Gomes says:

    Bem quem tem pentium,celerons e aton ja foram. Vai se sentir bastante nos pos e pc de facturaçao de certeza

  11. Hugo Gomes says:

    Se pudesse eu ate me recusava a fazer essa update. Acho que tudo não passa de uma estratégia para vender a próxima geração intel. A quantos anos quantos de nos andavamos sem nos preocupar com isto. Os incultos sao os mais felizes. Agora criase aqui um problema que ira afectar milhões que na minha opinião aqui ja nao temos opinião nem escolha. Para mim devia de haver uma solução, podendo ou nao o utilizador escolher. Era bom agora sair uma lei que em todos os carros vendidos em Portugal a velocidade máxima era de 120km ora todos os carros eram programados para andar nos 120. Epa mas eu tenho um bmw m5 e um porche carrera, tao agora vou ter de andar aos 120km impostos por uma lei de velocidade máxima do meu país.

    • eu says:

      Lei, é lei.
      Não és obrigado a ter um BMW mas se o tiveres, és obrigado a cumprir a lei.

    • Alvaro Campos says:

      Teoria de conspiração 😉

    • censo says:

      Pois, eu também gostaria de saber quantos já foram prejudicados com a exposição a esta vulnerabilidade, ou se afinal isto não passa de uma caça às bruxas. Não encontro respostas.

      • Belmiro says:

        Aqui trata-se de evitar possíveis problemas. Mudas o óleo do carro para evitar que o motor gripe, não esperas que gripe para o fazer.

        O escândalo é que se já decorre há muitos anos e multi marcas e arquitetura, significa que todos já sabiam mas no o faziam por perda de competitividade. Agora sobra para o consumidor e é escandaloso que vai ser novamente o consumidor a suportar com a barraca e indiretamente ainda encher os cofres do perpetuador.

      • Fernando says:

        Caro amigo a forma de aproveitar estas falhas altamente comprometedoras do ponto de vista da segurança estão publicadas em extenso documento. Daqui até surgirem os primeiros exploits é um passo. Eu uso Linux a perda de performance é a mesma que no Windows porque a solução é muito idêntica. É transversal. É a maior de sempre. No cso da Intel as duas mitigações vão custar tempo de processamento e em relação ao Spectre nunca haverá outra solução 100% eficaz que não passe pela compra de um novo processador. É disfarçável mas impossível de resolver.

  12. eu says:

    A culpa é única e exclusiva do hardware, logo diria eu da Intel (se for apenas afectado nos processadores desta marca).
    Como não podemos retirar o processador e colocar outro em milhões de máquinas, os sistemas operativos (todos os que usarem os processadores afectados), terão de “remediar” a nível do software, ou seja, deixando de tirar proveito de uma funcionalidade do processador criada precisamente para aumentar a velocidade “percebida”, logo irá ter impacto (tanto maior, quanto mais antigo for o processador).

    Naturalmente que o impacto que irá sempre haver, podendo ser diferente entre Windows, Linux e macOS porque são sistemas operativos diferentes, desenvolvidos por entidades diferentes e com patchs diferentes mas todos afectados de alguma forma na sua performance (com maior ou menor gravidade ao ponto de ser mais ou menos apercebido).

    No caso do Linux e macOS, creio que lhe seja indiferente a versão, até porque no caso da Apple, dão suporte a hardware muito antigo com as versões mais recentes, no entanto, quer queiramos quer não, isto até que é muito conveniente à Microsoft, ou seja, o patch ter um melhor efeito no Windows 10, porque promove a utilização deste para aqueles mais resistentes à mudança, que é algo que a Microsoft tem-se concentrado desde que lançou o Windows 10.

    Infelizmente e derivado ao mediatismo deste caso, já circula na net código malicioso em JavaScript, numa espécie de demonstração mas que parece mais um tutorial e estamos a falar de meia dúzia de linhas de código que facilmente conseguem ser integradas em qualquer página (hum, Flash é que era mau por causa da segurança e tal e quem diria que meia dúzia de linhas de código em JS poderiam ter um efeito tão devastador mas isso daria ases a outra discussão e isto já era de se prever – não pelos haters que deverão a seguir falar mal como ninjas do teclado que são), descarregando toda a informação e depois basta mandar uma mensagem ao atacante com essa informação (palavras chave, etc …).
    Parece demasiado fácil de implementar e difundido para se correr o risco de não se aplicar o dito patch com o prejuizo na performance de tem.

    Diria que agora não é uma boa altura para se comprar qualquer PC ou Mac novo até que haja garantias de que trazem uma nova geração de processadores imunes a estas falhas (esperemos que isto não seja apenas o príncipio de uma nova era de descoberta de falhas de segurança de hardware que sempre tiveram lá mas que agora decidiram explorar e divulgar a qualquer preço).

  13. Belmiro says:

    Tantas preguntas e dúvidas do pessoal: basicamente quanto mais lento o CPU e subsistema, assim como o SO, mais impacto terá. Se em CPU com 2 anos o impacto é quase 10% (em suma anula as otimizações de velocidade dos últimos anos no mundo Intel …), quanto mais antigo e fraco maior o impacto. Há quem diga que em alguns chega aos 30-35%!!!

    Ora, se temos um sistema sobredimensionado para o que fazemos então não notamos. Agora para quem tem sistemas quase no limite ou gastou dinheiro para usar o máximo do CPU porque tempo é dinheiro, então o impacto é alto!

    No final a Intel/marcas que originaram isto vai ganhar porque não vai assumir nada e vão vender material novo. Este escândalo é pouco conhecido pelos ” não techs ” e vão pensar que o PC ficou mais velho, no final vão a correr limpar o stock de CPU principalmente da Intel.

    Tal como a Apple, no final o escândalo ainda encheu mais os cofres …

  14. Ricardo Pereira says:

    Este amontoado de comentários é um forte retrato do que vai mal com muita gente neste mundo. Uma mentalidade completamente retorcida e deficiente. “Pois, eu também gostaria de saber quantos já foram prejudicados com a exposição a esta vulnerabilidade, ou se afinal isto não passa de uma caça às bruxas.“ Ótimo, mesmo maravilhoso. Toda a conversa da prevenção do problema antes dele acontecer (E não tem sido propriamente raro problemas que acontecem com consequências desastrosas) é apenas para inglês ver. Na verdade o qajente parcisa é simplesmente reclamar e criticar destrutivamente tudo e todos. Ridículo.
    Eu acho importante averiguar se foi desleixo com a segurança, na perseguição pelo desempenho, ou se foi algo que pode acontecer em qualquer situação de desenvolvimento mesmo que bem ponderado. Também acho certas atitudes discutíveis. Agora o tipo de discurso desprezível, pouco razoável e nojento de quem é incapaz de pensar duas vezes, só para ver se consegue articular e manifestar um pensamento coerente e equilibrado cansa mesmo o mais calmo dos transeuntes digitais

  15. ArPCPro says:

    É quase o dieselgate nos CPUs. Lá vamos nós levar com uma actualização no nosso produto que vai causar perda de performance. S.f.f. divulguem o número da actualização para a podermos ocultar.

  16. Jorge Geraldes says:

    Estratégia para venderem os “novos prodessadores menos lentos”…..aahaha. Cambada.

    • Belmiro says:

      até agora ainda nao vi nada a dizer que os novos Kaby Lake-R e os ainda à venda em 2018 têm o problema corrigido. Mais, possivelmente o “patch” da MS vai abrandar os CPU afetados e os nao afetados. Eu de momento nao me meto em novos computadores ou PC até saber com certeza que o hardware nao é afetado por este problema.

      • Bob says:

        Não têm…. estão afectados.
        Supostamente, a perda de performance é mais notável conforme a idade do CPU.
        Pelo menos, segundo a noticia do blog da Microsoft. Onde, um CPU de 2015 já é velho 😛

  17. Filipe V says:

    Tenho um I7-2600k que ainda se porta muito bem e penso que ficou bem patente que a Intel decidiu ignorar alguns parametros de segurança por forma a melhorar o desempenho dos seus chips ao longo do tempo e agora que o problema se tornou publico decide retirar o desempenho de algo que foi pago para ter um desempenho 100% e não 90% ou 80%.
    Foi o último chip intel que comprei.

  18. Hefesto,o Grande says:

    Estamos todos bem lixados.Já viram o que custa um novo processador hoje em dia ?? Mesmo que seja um i5 da Intel(das novas arquitecturas) ?? Vai além dos 200 e tal euros !! E um i7 não fica abaixo dos 300 euros !! E sabemos lá nós que esses que já estão no mercado e que ainda nem foram vendidos que também já não vem afectados ?? Ninguém sabe !! Esta situação está “linda”,está,está. 🙁

  19. says:

    Fartinho de novos Sistemas Operativos, fartinho de processadores, fartinho de Internet, fartinho de boas intenções de novas tecnologias. Façam como deve ser: Tudo muito bem testado, até à exaustão, antes de porem nos mercados para venda. Se não estiverem em condições, terão que aguentar com as reclamações em tribunal, e terão que indemnizar. Chega de quererem enriquecer à força e depressa. Mas que é isto??? Então mandam para o mercado material que não presta, e não querem assumir responsabilidades. ??? FARTINHO

    • Hefesto,o Grande says:

      É você e eu.Cheguei a um ponto em que já não confio em ninguém. HP—»trafulhice com aquela cena de quererem só os tinteiros deles nas impressoras ; Apple e Microsoft—»cada vez que lançam novas versões betas dos sistemas operativos só se vêem vulnerabilidades atrás de vulnerabilidades,os bugs não param nunca ; Intel e AMD—»nem dá para acreditar com a indefensibilidade dos processadores perante os problemas do Meltdown e do Spectre(sejam novos processadores,como processadores de há 10 anos atrás !!) ; e por aí fora… 🙁

  20. falcaobranco says:

    E quando se sabe que vai sair a actualização? É que ainda ontem recebi actualizações no windows7 mas já são as bastantes conhecidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.