Quantcast
PplWare Mobile

Dica: O seu PC vai poder correr o Windows 11? Saiba já de forma muito simples

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Rúben M. says:

    se forem à busca e escreverem segurança, aparece tudo o que é necessário 🙂

  2. JS says:

    Quanto á ferramenta ao instalar dá o Erro 2503

    • PeterSnows says:

      pff Correr com um utilizador Administrador.
      Ou iniciar um co0mmand prompt “cmd” como Administrador e inicializar o programa de setup dai.

  3. behemot says:

    win + r / msinfo32 / recursos de hardware / memorias / TPM 2.0 estado “ok”

  4. Pedro says:

    … no início de 2022.

  5. Luís says:

    Já fiz o teste em 3 computadores portáteis e nenhum vai permitir a atualização para Windows 11. Isto significa que será preciso comprar novos equipamentos dentro de dois a três anos? Não sei se gosto

    • Rúben M. says:

      O win10 tem suporte até 2025, até lá ainda falta :), mas veja se tem 4gb de ram que é o mínimo, para alem dos requisitos que eles indicam no texto.

    • Str says:

      Nem a Microsoft tem interesse em excluir milhões de máquinas, e por isso mesmo tornou o Windows gratuito. A Microsoft percebeu que ganhava mais em oferecer o Windows do que em vende-lo. Acredito que isso do TPM 2.0 ainda há de ser revisto.

      • neo says:

        Espero que não seja revisto de todo, e que o Windows 11 seja a disrupção que combate o ecosistema de cibercrime e malware de forma efetiva, isso requer uma combinação de software e hardware.

        • Alberto Moreira says:

          Isso ficava ao critério de cada um, pois o que pudesse acontecer é da responsabilidade do utilizador.

          • neo says:

            A irresponsabilidade de um utilizador e o aproveitamento disso para atividades de Cibercrime afetam o ecosistema global. As coisas vão mudar e muito neste campo com o windows 11

      • iFernando says:

        Esquece isso.
        Melhor começar a pensar comprar novo equipamento, se o teu processador for anterior à 8ª geração intel.
        O futuro está mesmo à nossa frente.

    • Cleomar says:

      Tenho um HP Proliant G7 que diz não suportar o W11, mas consegui instalar apenas editando o Refedit e se não mudar nada até o lançamento oficial, podemos continuar com essa sugestão.
      Na tela com o aviso de incompatibilidade, pressione Shift + F10 para abrir o prompt de comando;
      digite regedit.exe e pressione Enter;
      Em HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\Setup,crie uma nova chave com o nome LabConfig
      Na chave LabConfig, crie duas novas entradas:
      BypassTPMCheck = dword: 00000001
      BypassSecureBootCheck = dword: 00000001
      salve as alterações e tente instalar novamente, lembrando que fiz a instalação do zero.

  6. Paulo Jaime Ferreira de Matos Silva says:

    Tanto a minha Torre Asus com 16 GB Ram como o portátil Lenovo com 4Gb, receberam a mensagem de não compatibilidade. Ambos funcionam muito bem com o W10. Se quiser usar o W11 terei que comprar um novo pc.
    E é isso que se esperava da Microsoft pois claro $$$$$. Tenho uma outra Torre com Linux Mint 20.1 que funciona muito melhor que W10 com muito mais segurança e fiabilidade. Queria manter ligação à Microsoft mas assim não. Obter uma nova licença Ok. Nova máquina para quê se as que tenho trabalham tão bem?

    • behemot says:

      pode estar desactivado na BIOS….
      este hype pelo w11 é normal , mas a pouco e pouco vai-se sabendo mais e se for verdade que não dá ….aposto que alguém consegue “arranjar” uma maneira…
      o w11 vai correr em mais máquinas do que se pensa….

      • Carlos Fernandes says:

        maquinas com 2Gb?

        • behemot says:

          sinceramente ….não sei…talvez seja uma experiência para o Linus Tech Tips (youtube 🙂 )….vai ao site da crucial …mete o modelo do portatil e eles dão info sobre os ssd´s e ram que o pc suporta…e metes mais ram….
          tb podes abrir o gestor de tarefas/desempenho/ memória e vê quantos slots de RAM existem e quantos estão ocupados…é logo um sinal se dá para pôr mais RAM ou não….

        • Paulo Jaime Ferreira de Matos Silva says:

          Quem falou em maquinas com 2Gb? Tenho portátil com 4gb mas posso colocar 8gb e 2 torres, 1 com 16Gb e outra com 12 e posso colocar 32! Não são própriamente máquinas lerdas de recursos, as bios é que não têm acesso a tpm

          • behemot says:

            mete win + r /msinfo32 logo nos primeiros dados que estão na consola tira ou copia o nome e modelo da tua placa mãe , procura no google se essa placa tem TPM…
            alguns AMD não tem TPM (chip) , têm fTPM….
            “fTPM” is a type of TPM that’s implemented in system firmware instead of using a dedicated chip.”

        • neo says:

          @Carlos Fernandes, 4Gb minimo é requisito.

  7. Zé Fonseca A. says:

    Não percebo o espanto com TPM, desde 2010/2011 com a massificação da encriptação de disco nas empresas que passaram todas a adquirir computadores com TPM, unico espanto é a exigencia de TPM 2.0, na minha empresa temos mais de 50k workstations e todas suportam TPM 2.0, o parque foi renovado em 2019, mesmo antes disso já todas tinham TPM, fico parvo é se ainda existem computadores à venda sem TPM.
    Logico está que usamos encriptação em todos os computadores, servidores e até backups.

    • neo says:

      A Microsoft obrigou os fabricantes a fazer step up em segurança quando a certificação de máquinas Windows 10 passou a obrigar TPM 2.0.
      O Windows 11 é uma viragem em vários níveis, aquela que ainda é do desconhecimento de todos prende-se com segurança, esta imposição no Hardware tem como fundamento o uso de camadas de isolamento e segurança que foram adotadas no Windows on Arm (10x). Windows 11 não será um jardim para a instalação de malware, essa realidade ficará contida no Windows 10 juntamente com o hardware legacy, será um ponto de viragem muito significativo, nesta altura poucos entendem isso.

    • Manuel da Costa says:

      ERRADO. Os primeiros computadores (TPM0.225) foram colocados no mercado a 16 de Março de 2013. É uma parte da motherboard que tem sido adicionada.
      O TPM1.2 que é dado como base, foi colocado no mercado a 16 de Julho de 2014. Portanto, motherboards produzidas antes de Julho de 2014, nenhuma tem essa opção.
      Os portáteis mais vendidos, só receberam o update em 2015 e 2016. Alguns (como vários modelos Lenovo, muito vendidos nessa altura) só em 2017 é que passaram a ter o chip.

    • PTO says:

      A maior parte das pessoas que aqui falam sobre o TPM estão a referir-se aos seus computadores pessoais e não a computadores empresariais.

  8. Soldier says:

    Comprei em 2018 uma Asus ROG Crosshair VII Hero X470, que tem TPM 2.0 , mas estava desativada na UEFI, assim como a virtualização, tenho um processador Ryzen 7 2700X e a motherboard suporta processadores Ryzen 3000, não pretendo inicialmente fazer update para o Windows 11, tenho um sistema estável e com excelente desempenho e quero manter como está. Tenho a ideia que a Microsoft lança um bom Sistema operativo e depois um mau sistema operativo, por exemplo, o Windows 7 é um excelente sistema Operativo, o Windows 8 é péssimo, o Windows 10 é muito bom , seguindo esta Lógica, o Windows 11 deve ser péssimo.

    • neo says:

      Isso não faz sentido, Windows 11 é Windows 10 no Core OS com otimizações. 😉

      • BlacK KnIgHt says:

        Tenho o windows 8.1 pro e a ferramente pede-me que só executa com o Windows 10 instalado. Palhaçada 😀

      • Soldier says:

        Se fosse apenas o Windows 10 no Core OS com otimizações, podia-se instalar em qualquer máquina física. Podem surgir conflitos com aplicações, drivers, instabilidade de sistema, desde Blue screen etc. Nunca faço uma atualização dessas através do windows update, quando quiser, instalo o sistema operativo de raiz, através da ferramenta de criação de suporte de dados, diretamente do site da Microsoft, como tenho uma licença do Windows 10 Pro, acredito que irá ficar automaticamente ativado (o Windows 11).

    • Manuel da Costa says:

      Basta ires à bios e activar. Ou usar a powershell, activares e reiniciar o computador.
      Qualquer computador produzido depois de 2016 já tem a versão TPM (excepção a alguns modelos mais baratos e muito vendidos) necessária.

  9. Vidal says:

    Essa do TPM2.0 desconfio que vai ser mais um falhanço como foi o Windows 8, ou corrigem isso ou vão perder muito para a concorrência.

    • Manuel da Costa says:

      TPM1.2 é o mínimo requisitado. Aconselhado é o 2.0 (Maio de 2017 para a frente).

    • PTO says:

      Que concorrência? LOL

      Como se as pessoas fossem de repente correr a mudar daquilo que já conhecem e estão habituados só porque não podem instalar um Windows mais bonito.

      O Windows 10 vai continuar a funcionar até 2025, pelo menos. Daqui até lá muitos irão comprar novos portáteis já com TPM e se aoinda existirem muitos computadores com windows 10 a MS prolonga o suporte, como já fez anteriormente para outras versões do Windows.

  10. art says:

    não custou mais de 500 e dá….

  11. V. Afonso says:

    i7 9.7K
    16Gb RAM
    2TB SSD
    MB MSI Z390 TOMAHAWK

    so foi preciso dar ON a “Security Device Support” na BIOS
    ( Settings\Security\Trusted Computing\Security Device Support)

    e pronto para o Windows 11

  12. Ivo Magalhes says:

    não posso atualizar via “insider” porque causa disso.
    i5-6300u 16gb, ssd 256gb, tpm 2.0

  13. Rui says:

    Tenho um Asus ZenBook com 3 anos. Corri o programa e deu “não elegível”, mas não consigo perceber porquê…

    Intel(R) Core(TM) i7-7500U CPU @ 2.70GHz 2.90 GHz
    16,0 GB (15,9 GB utilizável)
    Sistema operativo de 64 bits, processador baseado em x64
    TPM 2.0 activo (versão 11.6.0.1136)

    Será por não ter ecrã touch?!?

    Há aqui qualquer coisa que não estará bem explicada pela Microsoft. E o programa não dá grande ajuda para perceber qual a limitação técnica que impede a actualização.

  14. Samuel MG says:

    Não tem TPM 2.0 então usem o W10 ou mudem para o Linux 🙂

  15. JoséM says:

    Tenho um HP EliteBook 820-G3 i5-6300u,16 GB de Ram e tem TPM 2.0. Verifiquei com a tal ferramenta do Windows e diz que não posso executar o Windows 11. Como tenho um disco NVMe 256GB com W10 e um SSD 120 GB, meti-lhe uma pen com W11 e instalei no disco SSD. Funciona tudo. A única coisa é que está em ingles e não consigo meter em PT PT. De resto está a funcionar.

  16. lapizazul says:

    De 5 máquinas, apenas o mais velhinho não instala.

  17. JPereira says:

    Tenho um I5 9400F numa board MSI com o TPM ligado e diz que não cumpre os requisitos…vão arranjar muitos amigos assim 😀

  18. José says:

    O meu diz que sim, mas o windows 11 diz que deixa de ter o internet explorer, depois como mando o sft todos os meses?

  19. David Guerreiro says:

    Pois, a minha máquina tem TPM 2.0, Secureboot, Gráfica com suporte DirectX12, 8GB RAM e não passa. Isto porque é um i5-6500. Quase de certeza que é devido ao CPU.

    • JoséM says:

      O meu portátil HP EliteBook 820-G3 i5-6300u e tenho um disco SSD 120GB com o W11. A ferramenta diz que não dá para executar. Mas peguei numa pen usb com o 11 e instalou numa boa. Tem os drivers todos e tudo.

      • David Guerreiro says:

        Então deve ser bug da ferramenta. Pelo que vi vão atualizar para remover falsos negativos.

        • TóSousa says:

          Só são suportados cpu’s Intel da 8ª gearaça~o u superior, Tudo o que seja menos de iX-8xxx não funciona.
          Tenho um portátil i7-7xxx com 2 anos e chapéu, lá se foi e o I7-4770K todo artilhado ainda mais depressa foi….
          Lá vai ficar o Windows 10 a rodar.

          • says:

            A ferramenta está a mentir! O 7xxx é compativel, e para o 4770k tens de comprar um modulo TPM 2.0 COMPATIVEL com a tua motherboard.

            A microsoft anunciou 2 conjuntos de requisitos, os MINIMOS e os RECOMENDADOS.
            Se o PC não tem os RECOMENDADOS a ferramenta diz que não é possível instalar mas isso é mentira! Se tiveres os MINIMOS podes instalar à vontade.

            Os mínimos em relação ao processador: dual core 1ghz 64bit, ou seja quase todos os processadores dos últimos 15 anos! O mais importante é teres o TPM 2.0 ativado nas bios.

            Os recomendados é que são intel core i 8a geração e amd zen segunda geração.

  20. Há Cada Gajo says:

    A Asus tem para as suas MB módulos TPM 2.0 a 10€. É só ver se é compativel com a respectiva MB. Seguramente que outras marcas tambem tem o produto.

  21. Jorge says:

    Tento correr a aplicação para ver se o meu PC suporta o Windows 11 e diz-me “A sua organização gere as atualizações neste PC”?! Ora, o meu PC não pertence a nenhuma organização, e um computador de utilização pessoal!

  22. says:

    Atualizem o artigo, ou melhor publiquem um novo.

    A microsoft publicou dois conjuntos de requisitos, o minimo e o recomendado.

    Este artigo refere-se ao RECOMENDADO!

    MInimo:
    TPM 1.2
    Dual core ou melhor, 1ghz ou melhor, 64bit
    4gb de ram ou melhor
    disco 64gb ou melhor

    Recomendado:
    TPM 2.0
    CPU de geração recente

    Eu não vos culpo eles criaram uma confusão enorme desnecessaria.

    A ferramenta referida no artigo irá indicar que o PC não é compativel com windows 11 se o PC não cumprir os requesitos RECOMENDADOS, no entanto será possivel instala-lo se este cumprir os MINIMOS.

    Alguns PCs fixos têm um slot em que é possível instalar um modulo TPM 1.2/2.0. O meu PC de 2012 tem, no entanto estes modulos são muito raros, no ebay os scalpers já estão a vender-lhos por 100+ euros.

    Nos portateis a situação é pior. Se o portatil for anterior a 2016 é quase certo que não tem TPM algum.

    Este requesito do TPM é um tiro no pé por parte da microsoft tanto comercial como para a própria ciber segurança, para não falar da hipocrisia ambiental!

    Comercial porque grande parte das pessoas está lixar-se se o PC tem windows 10 ou 11 ou 12, portanto não vão comprar um PC novo para o windows 11. Se calhar este é o atrito necessário para a adoção do linux, mac os, chrome os ou desktop android. Vai ser o windows XP/7 outra vez.

    Ciber segurança: Em 4 anos o windows 10 vai deixar de ser suportado, e grande parte dos utilizadores vão usar PCs desatualizados, e isto sim é que é inseguro.

    É a mesma situação com os carros, só no fim dos anos 90 é que os governos e a maioria das marcas levaram segurança a sério. No entanto estes carros têm grande fiabilidade e reparações baratas devido à simplicidade dos sistemas. O que leva muitas pessoas a conduzirem autenticas ratoeiras, que colocam em risco eles próprios e os outros utilizadores.

    Os computadores a partir de 2010 vão ser como esses carros, a perfomance é mais do que suficiente para a grande maioria das pessoas, e se a microsoft abandonar-lhes vai ser um desastre de ciber segurança. Pensava que a microsoft já tinha feito a transição para o modelo de negocio “software as a service”. Será que eles fazem assim tanto dinheiro com as licenças de windows para PCs novos?

    Se eu fosse a microsoft eu dexaria que o windows 11 fosse instalado em todos os PCs que suportam windows 10, e os que não tivessem TPM, ponha um aviso a dizer que “Este PC não cumpre os requisitos de segurança clique aqui para se informar sobre TPM.”, isto poderia levar muitas pessoas a comprarem PCs novos mas não deixava o resto mais vulneravel do que já estão. Parece que eles se esqueceram do lançamento do Vista.

    Uma piada antiga:
    95 Mau
    98 Bom
    Me Mau
    XP Bom
    Vista Mau
    7 Bom
    8 Mau
    10 Bom
    11 Mau??

  23. Jorge says:

    Quanto a mim esta ferramenta não é fiável, só pode. O meu portátil tem Uefi com secure boot, tpm 2.0, 24 GB de RAM, i7 7700, 256gb nvme de disco principal e diz que não é compatível. Ainda por cima não diz onde falha

    • behemot says:

      bem , tive a ver as specs do teu processador , e parece que é de 7º geração , pelo que li só processadores intel de 8º geração é que são compatíveis , o teu processador é bastante razoável e duvido muito que fique de fora na versão final do W11….vou especular um pouco , mas acho que a ferramenta diz a muitas pessoas que não é compativel porque analisa os requisitos mínimos e os adicionais…tipo HDR etc etc…mas o teu vai dar para instalar o W11 quase de certeza

    • says:

      Jorge estás 100% correto, a microsoft anunciou 2 conjuntos de requisitos, os MINIMOS e os RECOMENDADOS.
      Se o PC não tem os RECOMENDADOS a ferramenta diz que não é possível instalar mas isso é mentira! Se tiveres os MINIMOS podes instalar à vontade.

      Os mínimos em relação ao processador: dual core 1ghz 64bit, ou seja quase todos os processadores dos últimos 15 anos! O mais importante é teres o TPM ativado.

  24. Fernando says:

    A ferramenta no meu computador foi clara. Não pode executar o Windows 11. Já esperava, é um dual-core de 2009…

  25. Joel Abrantes says:

    O link abaixo pode ajudar superar os erros TPM 2.0 e Secure Boot no acto da instalação do Windows 11. Segui os passos e consegui actualizar o OS sem complicações.

    https://www.youtube.com/watch?v=ay0WjtrNzRQ

    Espero ter ajudado!

  26. César Oliveira says:

    Olá a todos, boa noite,

    A ferramenta diz que não posso instalar o Windows 11 no meu PC mas o meu PC apesar de ter 5 anos, tem boas características.

    Processador I7 – 3.2 GH
    16 GB ram
    Disco de 500 GB SSD
    TPM 2.0
    Quanto ao Secure Boot estive a ver na uife e está assim:

    Secure Boot state: Not Active
    Secure Boot Enable
    Secure Boot Mode Standard
    Então o Secure Boot está ativo ou não, acabei por não saber

    A ferramente que diz se o computador pode instalar o Windows 11 também não diz porque o computador não pode ter o Windows 11, devia dizer.

    • behemot says:

      vou repetir o meu comentário que escrevi para outro user e ainda vou acrescentar mais alguma coisa.
      “bem , tive a ver as specs do teu processador , e parece que é de 7º geração , pelo que li só processadores intel de 8º geração é que são compatíveis , o teu processador é bastante razoável e duvido muito que fique de fora na versão final do W11….vou especular um pouco , mas acho que a ferramenta diz a muitas pessoas que não é compativel porque analisa os requisitos mínimos e os adicionais…tipo HDR etc etc…mas o teu vai dar para instalar o W11 quase de certeza”
      e digo ainda que quando corri a ferramenta o meu tb diz que não dá apesar de ter tds os requisitos necessários , e dentro da ferramenta deu dois avisos amarelos que dizia que tinha a copia de segurança desactivada e que precisava de uma conta microsoft para ativar e que o windows update estava em pausa….ou seja eu corri a ferramenta numa conta local com o WU em pausae como toda a gente sabe…a microsoft não gosta nada disso….

      • César Oliveira says:

        Olá Behemot, obrigado pelo teu comentário.

        A ferramenta devia dar mais informação, dizer porque o PC não pode ter o Windows 11.

        • Behemot says:

          Concordo, digo tb que pelo que li no THE VERGE quem tem um processador moderno (entre 5/7 anos de idade) vai conseguir instalar o W11 apesar de não fazer parte da lista de processadores compatíveis, receberá apenas um aviso que não é o ideal… O TPM é que vai ser mais difícil contornar…..

    • Ze says:

      O teu computador é compatível.

      A microsoft publicou 2 conjuntos de requisitos os MINIMOS e os RECOMENDADOS.

      Se o PC não cumpre os RECOMENDADOS a aplicação diz que o windows 11 não pode ser instalado, mas isso é MENTIRA. Se ele cumpre os os mínimos podes instalar o 11 sem problemas.

      Requisitos Minimos:

      TPM 2.0 (O mais importante).
      Dual core 1Ghz 64bit. Ou seja a maior parte dos processadores lançados a partir de 2006.
      4gb ram
      64gb disco
      Placa grafica com suporte directx 12 (intel hd graphics a partir da quarta geração core i por ex i7 4770) ou gtx 6xx / amd hd 7xxx
      Secure boot e mais umas cenas

      Requisitos Recomendados:

      Intel core i 8a geração por ex i7-8700 (Coffee Lake)
      Amd zen segunda geração por ex Ryzen 7 2700X (Zen+)

      Portanto quem não tem os processadores listados nos recomendados a ferramenta diz que o windows 11 não pode ser instalado mas isso é mentira, um dual core 1ghz 64bit é suficiente. Um 7700k/1800x é muito muito melhor que os atoms que estão na lista dos recomendados.

      A microsoft está completamente a leste da realidade, estes requisitos são absurdos. A maior parte dos computadores fabricados antes de 2016 não vão ser compatíveis. O requerimento do TPM vai trazer mais problemas de cibersegurança que vai resolver, mais de metade do planeta vai ficar sem atualizações de segurança depois do windows 10 ser descontinuado em 2025.

  27. goncalo santos says:

    O meu pc tem requisitos mínimos para fazer upgrade na verão Windows 11 passou no teste diz que está apto para correr a versão tem TPM 2.0

  28. Mário says:

    Uso o windows 10.
    Nunca tive problema algum com o windows 10.
    O meu computador já é antigo.
    Tenho 2 de memória.
    Ainda ontem li numa pagina em inglês, que o windows 11 rodará em máquinas com 2 de memória ou mais!
    Não consegui instalar a aplicação. Diz que o processador não é compatível.
    Em suma. Será que vou poder actualizar para o windows 11?
    Agradecia que alguém me ajudasse!

  29. Vitor says:

    Toda a gente fala no PTM, mas esquecem-se que as motherboards antigas com PTT também dá para instalar.

  30. Rui Carriço says:

    O meu portátil está apto, e estando na Beta quando posso esperar novidades?

  31. Plopes says:

    Consegui resolver esta questão em 2 passos:

    1º Passo – Entrar na Bios e ativar o TPM ou PTT (Intel® Platform Trust Technology (Intel® PTT). na minha board (Gigabyte Z370xp SLI), está como PTT.

    2º Passo – Converter o disco de MBR para GPT ( segui este link: https://adamtheautomator.com/convert-mbr-to-gpt/ )

    A BIOS tem de passar de Legacy para UEFI.

    Quanto ao Secure Boot, penso que nao seja obrigatório ter ativo, mas sim, que a board seja capaz desta funcionalidade. Não tenho o Secure Boot ativo, depois destes passos, corri a aplicação da Microsoft e já me diz que o meu PC está apto para receber o Windows 11.

    • iDroid says:

      Fiz exatamente o mesmo, com a diferença que tive que ativar o Secure Boot; desta forma a aplicação da Microsoft acabou por dizer que o meu pc já poderia receber o Windows 11.

  32. Mário says:

    Antes demais, obrigado pelas respostas na minha mensagem anterior.
    Como tinha dito, tinha lido numa pagina em inglês, que é preciso 2 GB de Ram, ou superior, para o windows 11. Podem confirmar, procurando no google por windows 11 iso download. O primeiro link que aparece. Aliás; essa é a minha principal preocupação, a RAM, devido a ter 2GB.
    Quero actualizar o meu windows 10, para o 11, mesmo o meu computador, sendo bem antigo. Mas não como o fazer. E desde logo, não tendo conseguido instalar a aplicação, por me dizer; que não suporta o processador!

    • says:

      Esquece a ram, o mais importante é o PC ter TPM 2.0.
      O TPM 2.0 foi lançado em outubro de 2014. A grande maioria dos computadores anteriores a 2016 não o têm. Alguns PCs fixos têm um slot para instalar um modulo TPM, mas como estás preocupado com RAM não deves ter um fixo…
      Mais uma coisa o windows 11 ainda não foi lançado, faltam uns meses. O windows 10 vai ter atualizações de segurança até 2025. O windows 11 é mais um 10.5, por exemplo a nova loja com apps android acho que vai ser compatível com o 10.

      • Mário says:

        Uso um fixo.
        O meu pc é anterior a 2016.
        Roda o windows 10, sem problema algum.
        Quem me dera poder comprar um pc novo. Mas não tenho condições…
        Quando sair o windows 11, oficial, das duas uma. Ou arranjo uma iso(já há), sem tpm. Ou burlo o tpm, como indica esta pagina; https: //comovertodogratis.com/pt/como-instalar-o-windows-11-em-um-pc-sem-tpm-2-0/

        • Ze says:

          O iso do windows 11 que está disponível não é final é só um preview (versão de teste), até à versão final no fim do ano, muita coisa vai mudar.

          Existem motherboards de 2013 com um slot para um módulo TPM 2.0 físico. Há dois dias a microsoft dizia que o windows 11 iria suportar TPM 1.2, mas depois mudaram de ideias. O TPM 1.2 saiu em 2011.

          Nada garante que no iso da versão final do windows 11 será fácil de contornar o bloqueio do TPM.

          A minha motherboard é de 2012 é mesmo hazar o último ano sem suporte para o modulo de TPM 2.0.

          Mas até ao final do ano muita coisa pode mudar… é a questão de esperar.

          O windows 10 vai ter atualizações de segurança até 2025, tens tempo.

          2gb de ram hoje em dia é muito pouco, só o windows 10 ocupa no minimo 1.1gb, com o tempo esse valor aumenta, depois as paginas web ocupam imensa ram, o que significa que o teu disco rígido está a fazer o trabalho da ram, o que torna o computador extremamente lento depois de abrir algumas tabs no browser, ou meia dúzia de programas. Um ssd é muito mais rápido, quase não se nota a diferença para ram verdadeira. Um ssd 120gb novo ou 4gb de ram custam ambos 20e cada.

          Se não precisas de funcionalidade específica do office tipo macros e VB, e libre office/ google docs são suficiente, o linux faz quase tudo o que o windows faz, também tens a opção de dual boot (no arranque escolhes linux ou windows).

  33. Mário says:

    Correcção: Quero actualizar o meu windows 10, para o 11, mesmo o meu computador, sendo bem antigo. Mas não sei como o fazer. E desde logo, não tendo conseguido instalar a aplicação, por me dizer; que não suporta o processador!

  34. Luís Silva says:

    Ter de ativar o secure boot? É desta que o dual boot desaparece e fico só com linux e corro win numa VM quando precisar de usar o office ou uso office online

  35. Mário says:

    Já tentei ativar o tpm pela bios. Mas não encontrei essa opção!
    Uma coisa é certa. Quando a versão oficial, vou actualizar o meu windows 10. E não vai ser o tpm que me vai impedir.
    Aliás; acho que daqui até lá, vão surgir muitas formas de contornar o tpm. Se há a versão do windows 11, como já há sem tpm. Depois de sair a versão oficial, mais sairão.
    Este é um tiro no pé da Microsoft, acho!

  36. Pedro Boleta says:

    O meu diz que não é elegível apesar de ter ativado tudo na Bios, mas quando através do powershell é em tudo idêntico à imagem apresentada exceto onde diz “RestartPending: True” e no meu aparece “False”. Não consigo entender.

  37. Claudio Alexandre Leal Ribeiro says:

    Boas a todos, da analise feita ao meu PC, resultou o seguinte (coloco apenas o que me deu vermelho)
    Boot Method – Legacy
    DirectX + WDDM2 – No DirectX 12 / WDDM2
    Disk Partition Type – GPT Not Detected
    Secure Boot – Disabled / Not Detected
    TPM Version – TPM Missing / Disable

    A minha questão é, PC novo, ou há parâmetros que posso mudar no meu para que torne a instalação do W11?
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.