Quantcast
PplWare Mobile

Office 2021: Chega no dia 5 de outubro e a Microsoft já revelou o seu preço

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. kodiakshadows says:

    Se aparecer nas licenças “Low Price” é desta que vou substituir o meu 2012

  2. A.M. says:

    Quem tiver o Office 365 dá para actualizar!???

  3. Pedro says:

    “vai custar um pouco mais” somente +/- 60% a mais, é só um pouco…o pplware tem cada uma…é só mais uma

    • Kalupa says:

      Tenho office, adobe, spotifypremium, youtube premium, todos os jogos de borla. Tudo mesmo, torrents sao o melhor que ha!

      • kodiakshadows says:

        Politica do pelintra pobretana. Eu não sei o que é ter um programa pirata desde 2007, nos tempos de hoje nada justifica piratear, a não ser que seja um moina que trabalha na SAPEL – Sociedade Anonima de Polidores de Esquinas Limitada.

        • Kalupa says:

          Chama lhe o que quiseres mas todos fazem. Se posso poupar uns trocos porque nao? E tenho s21 ultra e uma rtx 3090 no meu pc desktop. O dinheiro e de quem o poupa!

        • Marco says:

          Ou de quem ganha o 665€ + descontos = 591€… e o dinheiro não chega para tudo! 😉

          • Zé Fonseca A. says:

            Quem ganha isso ganha porque quer, as oportunidades existem para todos, a maioria prefere o conforto de não se esforçar muito seja a estudar seja a trabalhar e ficar com os empregos que vai arranjando e onde se sente confortavel, não mudam de cidade, muito menos de país.
            Se se queixam daquilo que ganham saltem do sofá e mexam-se, facilmente em PT qualquer pessoa que se esforce para isso chega aos 40 anos com rendimentos de 10k brutos mensais, se quiser ir para fora pode chegar bem mais longe.

  4. Rui Santos says:

    Ou 0.00€ como todas as outras versões para alguém com Internet e Google.

    • scp says:

      Exato, as empresas que paguem estas licenças que o povo não pode.

      Absurdamente caras. O Office agora parece um telemóvel, todos os anos saem novas versões com valores de 150€ e 250€. Ainda temos o de 2019. Deve ser para acompanhar o design do Windows 11.

      Antigamente o Office era lançado de três em três anos. Agora será de dois em dois.

      • Zé Fonseca A. says:

        Hoje em dia as empresas pagam licença de 365 com 5 instalações e permitem que o funcionario instale no pc e telemovel pessoais.
        Faz tempo que não pago office porque a empresa oferece.

  5. Ru says:

    OpenDocument é que não lhes diz nada….

  6. abel says:

    conheçam o only office, gratuito, win, linux e mac e merece um post aqui do pplware.
    https://www.onlyoffice.com/pt/

  7. Joao Ptt says:

    Quanto a esta versão 2021 não sei, mas a 2019 detestei, não deixavam personalizar a instalação, era o tudo ou nada… e então foi nada e mudei para o LibreOffice só para não ter de instalar no computador tralha que não queria e não quero.

  8. Kalupa says:

    Alguem paga pelo office? Bem ditos torrents. Ate no smartphone e tudo a borla, tudo!

    • Fo says:

      Torrents para apanhar vírus. Fica com eles.

    • A.M. says:

      pois….mais um a instalar “apk’s” de fontes não oficiais!!! E depois quando vão dar por ela, já lhe roubaram dados bancários, por apanharem malware!!!! Não aprendem com as notícias que todos os dias vêm a público, e ainda pôem em risco outros, como os contactos do telemóvel!!!

      • Kalupa says:

        Conversa para meter medo, mas eu nunca tive problemas. Dados bancarios para que? Se sacas da net não precisas de dados bancarios, alem de mais ja ouviste falar em cartoes virtuais? Boa sorte em levar esses dados eheh

        • A.M. says:

          Prefiro ter um pc de média gama, e usar software legal do que correr riscos todos os dias. Boa sorte também para ti!…..bem precisas!!!

        • Juizo says:

          Não sei se tens noção da coisa, e sim os preços são altos, mas as licenças e afins de software também pagam ordenados. Não sei se fazes alguma sem ser jogar no teu mega PC, mas se fizeres espero que nunca venhas a ser despedido porque a tua empresa não consegue pagar ordenados devido a malta que vai recorrer ao pirateado 🙂

  9. Ru says:

    Não percebo essa vontade enorme de terem Windows e/ou Office pirata. Quem desenvolve o software, mete-o à venda. Quem quiser usar que compre. Se não está de acordo com os preços, que não use.
    Seguindo a lógica do pessoal, se quiser um Ferrari mas achar caro, tenho todo o direito de roubar um. A marca deveria vender barato ou então dar.

    • Napoleão Bonaparte says:

      Não insistas. Está para alem da compreensão deste tipo de trafulhas.
      Acham que podem ter tudo de borla.
      Acho que tem aptidão para fazer política…

  10. Marco says:

    Malta cada um sabe de si, hoje para tudo se paga mas o ordenado pouco ou nada sobe, o que sobe é mesmo só o trabalho!
    A realidade é que a esmagadora maioria das pessoas se mata a trabalhar e ganha mal, chega a casa depois de um dia de trabalho ou no fim de semana gosta de descontrair, ter algum escape para espairecer e como o dinheiro não estica… infelizmente cada um tem o que pode, da forma que pode ou opta e ninguém tem nada a ver com isso.
    Aos incomodados com a pirataria que peçam os NIB’s dos que a cometem e paguem por eles é simples, a pirataria é crime quem é preso é quem a comete portanto… Não têm de julgar, criticar, sensurar etc!
    Ah e tal quem não tem dinheiro não tem vicios, é muito bonito sim realmente mas ganhem mal ou o dinheiro seja a justa e só possam ter dessa forma, a ver se não faziam o mesmo… Enfim somos todos muito certinhos, depois secalhar fazem coisas bem piores na vida.

    • kodiakshadows says:

      Comentário com a desculpa mais idiota, e que tal trabalhares mais umas horas por semana assim tipo 56 horas.
      Nos anos 90 até 2007 eu trabalhava numa empresa inovadora, criativa e usava dos melhores produtos no mercado na área a que se destinava. Depois apareceram os copiões com mais dinheiro, mas que não queriam gastar em novos projetos de design, usavam os mesmo designs para cópias e mal feitas, e com materiais baratos e os clientes compravam pelo preço. Até que um dia eu disse basta e fechei a empresas e dediquei-me a outra coisa. Hoje pelo que sei esses que preferiam o barato, pedem por terem mais e melhores produtos. Simples, a pirataria destrói.

      • Marco says:

        Pois isso é um facto… fechas-te as empresas e dedicaste-te a parvoíce isso é um facto! Quanto ao resto queres é música mas o mp3 ficou sem bateria, tempo só com quem vale a pena e contigo não é o caso, aliás até já tou a perder demasiado.
        Agora que fechas-te as empresas tiras um pouco de tempo a parvoíce e pedes os NIB’s da malta pirata, os serviços que usam e mandas para lá o dinheiro todos os meses 😀

        Fui que já perdi demasiado tempo contigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.