PplWare Mobile

Microsoft recua e devolve 15GB aos utilizadores do OneDrive


Autor: Pedro Simões


  1. Pedro Almeida says:

    A decisão de reduzir de 15gb para 5gb, o espaço que davam de forma gratuita no OneDrive a Microsoft tomou uma decisão de um amadorismo inacreditável para uma empresa da sua dimensão. Agora vão ter de emendar a mão aos subescritores do Office 365 que não percebem porque pagam e outros utilizadores têm acesso de forma completamente gratuita ao mesmo, ainda que apenas por 1 ano!

    • JJ says:

      Não é bem assim.
      Eles estão a compensar aqueles utilizadores que foram prejudicados com as alterações do seu serviço.

      Quem já tinha o Office 365, continua a usufruir das mesmas condições. Alias as mesmas nunca foram alteradas. É verdade que o artigo fala em espaço ilimitado no Office 365, mas o Office 365 sempre apenas disponibilizou 1TB e nunca ilimitado.

      • Pedro Almeida says:

        Sim é verdade mas em certas condições estão a dar licenças grátis do 365. Quem pagou por elas obviamente sente-se prejudicado

        • JJ says:

          Não podes fazer a leitura dessa forma.

          Isto é como fosse uma promoção. Tu compras um produto sem promoção e passado dois ou três dias depois, surge uma promoção e tu já não faz beneficiar dessa promoção.

          Ou seja, se não tivesses comprado e apenas estivesses a usar o serviço gratuito, beneficiavas da promoção (oferta). Mas, como não estas nessas condições, estas inelegível para a oferta.

  2. Marco says:

    Da sempre jeito como tenho um lumia, espaço a mais é sempre bem vindo.

  3. Delta says:

    Uma coisa que ainda não percebi, se ir ao site pedir os 15GB de volta continuo a poder receber o ano gratuito de Office?

  4. Tista says:

    Fui verificar e reparei que tenho ainda 25,4 GB disponíveis, não me perguntem como… também não sei

  5. André says:

    A mim não me chegaram a tirar armazenamento…

  6. Alex M. says:

    Tenho 30gbgratuito no OneDrive à já alguns anos e a mim não me retiraram nada.

    • Rui says:

      A decisão deles só iria afetar os atuais utilizadores a partir do próximo ano. Tu, eu e todos os outros que têm 30 GB ficariam com eles durante um ano e depois passavam a 5 Gb.
      Pelos vistos voltaram atrás mas tenho de pesquisar mais pormenores.

  7. jack says:

    Eu tenho 133gb. Nao me lembro porque. Nunca paguei nada e nao tenho um lumia.

  8. Paulo B says:

    As alterações só serão implementadas a partir de 30 de Janeiro. Quem não fôr à página referida acima reclamar os 15GB a que tem direito agora, irá ver a redução a partir da data que referi. Novas contas já levam vom os 5GB da praxe.

  9. JJ says:

    “A alteração que a Microsoft pensava aplicar reduzia de 15GB para 5GB o espaço gratuito oferecido e também limitava a 1TB as contas do Office 365 Casa, Pessoal e Estudante, que antes não tinham limite.”

    Mas a conta Office 365 Casa/Pessoal/Estudante… sempre teve uma apenas 1TB.
    Onde foram buscar essa de não ter limite!?

    As alterações foram nas contas gratuitas, não nas contas pagas.

  10. André says:

    Boa tarde,
    A conta Ilimitada só acontece quem pediu para aumentar o espaço a mais de 1 TB. (através de um link aki do pplware, se não me falha a memória …)
    No meu caso pedi e atribuíram-me 10 TB (que mantenho)
    Recebo da Microsoft um email, que quando atingisse os 10 TB me aumentariam sucessivamente a conta pois era ilimitada (na altura).
    Atentamente.

    • Álvaro says:

      “You ask shall receive!” era como começava de forma trocista (agora se percebe) esse email da Mcrosoft.

      Conselho: carreguem no link da Microsoft para manter os 15 GB mas não confiem porque foi num link igual que carreguei para ter os 10 TB que atualmente tenho.

  11. André says:

    Já agora, para completentar…
    Office 365 Casa = cerca de 99€ / ano… (pelo menos era)

    Dá direito a 1 TB … por cada 1 das 5 contas. [que podemos ir sempre alternando de email … 🙂 ]
    5 TB sempre dá para qualquer coisa, no entanto, 1 conta completa é útil por exemplo para os NAS Synology que sincronizam diretamente para o onedrive…

    Atentamente

  12. josé says:

    Andava obcecado, pelos Windows. Agora que me aconselharam, e instalei, o linuz 17.3 mate, não preciso mais do Windows. H a ainda um se não, é que não sei onde ir buscar drivers e controladores. mas deve haver, e se alguém souber, agradeço, se não logo descobrirei.

  13. JCR says:

    Quando a esmola é grande, o pobre desconfia, conforme diz e bem, o velho ditado popular…se em Novembro, a Microsoft ia reduzir o espaço do OneDrive, e agora já não o vai fazer, é porque haverá algo que teremos que dar em troca! É que, como é óbvio, nada é de graça, e como o armazenamento custa dinheiro, as contas que são “free”, ou pagam, ou então, terá (a Microsoft) que diminuir os custos = diminuir o armazenamento!

    Mas, após ter lido este artigo, fiquei com dúvidas acerca das reais boas intenções da Microsoft, e ao clicar no tal endereço acima indicado (https://preview.onedrive.com/bonus) para voltar a ter de volta os 15 GB, eis que talvez, as minhas dúvidas se concretizaram, isto porque, após ter colocado as credenciais de “login”, aparece-me a seguinte pergunta, em inglês (ou em português, conforma as configurações de cada conta Microsoft):

    Let this app access your info?
    preview.onedrive.com

    Permitir o acesso desta aplicação às suas informações?
    preview.onedrive.com

    Afinal, teremos que dar algo em troca, e eu bem sei que não há em nenhum sistema “cloud”, privacidade dos nossos dados, mas deixo aqui a pergunta, do porquê desta mensagem aparecer? É que, e ainda pior, no final da mensagem, porque no meio existem mais detalhes acerca do porquê da tal “app/aplicação” querer aceder aos nossos dados, aparecem 2 botões, de “Yes/Sim” ou “No/Não”, ou seja, cabe ao utilizador dar ou não permissões/autorizações de acesso aos dados, e eu, fiz “Não”, e supreendentemente, eis que a seguinte mensagem de erro apareceu:

    Sorry! Something went wrong. Please try again.

    Como eu tenho a linguagem da minha conta Microsoft em inglês, talvez seja por isso que a mensagem de erro aparece nessa língua, mas nessa ou noutra língua, quando se faz o “try again”, vai dar sempre ao mesmo, ou seja, entra-se num círculo vicioso, porque sempre que carrego em “Não”, a mesma mensagem de erro aparece, e como eu não carreguei em “Sim”, não sei se a mesma mensagem aparece ou não, mas temo que o objectivo seja mesmo esse, que todos os utilizadores sejam obrigados a carregar em “Yes/Sim”, de forma a que a tal app possa aceder aos nossos dados, dando em volta, a tal “benesse” de retornar a ter os 15 GB, coisa que surpreendentemente, à data de hoje, continuo a ter no OneDrive, pelo que, já não sei se a redução de 15 para 5 GB, foi ou não feita no passado, ou se irá ser feita no futuro, ou se basta mesmo só aceder ao endereço acima para ter de volta os tais 15 GB, esquecendo após isso a mensagem de erro, quando se carrega em “Não”, mas acho que uma coisa é certa e verdadeira, infelizmente, as coisas não são nada simples e fáceis de serem entendidas, para este assunto, e quem começou estas dúvidas todas, foi a Microsoft!

    Para mais detalhes, ver as seguintes imagens:

    – Acesso da App aos nossos dados
    Em Inglês (http://tinypic.com/r/20p90g0/9)
    Em Português (http://tinypic.com/r/nq1tgw/9)

    – Mensagem de erro, após ter clicado em “No”
    http://tinypic.com/r/15s3g5x/9

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.