Afinal a Microsoft não descontinuou o Skype no Windows Phone


Destaques PPLWARE

20 Respostas

  1. urms says:

    parece que andam a brincar…

    • miguel says:

      andam mesmo mas o windows phone/mobile o 8 ou 10 ja morreu. Esqueçam la isso
      Eu adorava o wp tive um L520 e um L535 mas as apps de terceiros no wp sao mas ou não existem ou não fazem metade que as de android.
      ate as apps da MS algumas sao melhores no android que no wp XDD

    • Miguel Nóbrega says:

      é mesmo, por isso deixei… não aguento mais ser beta tester…

  2. AJCS says:

    Eles são mas é burro.
    Tive um smartphone com o 8.1 depois passei para o wp10 e agora tenho Android.
    Eles assim o quiseram. Comigo não brincam mais!

  3. joaquim Pereira says:

    O que escreveram na anterior noticia é verdade no Windows Phone, o SKYPE, deixou de ser suportado.
    Só que agora o Windows Phone tem o nome de Windows 10 Mobile e esse é claro que é suportado porque as APP são universais, isto é tanto dão para PC ou para Mobile, com pequenas alterações.

    • Alucard says:

      A questão é que ainda há pessoas com equipamentos no WP8.1 que não podem ser actualizados para o Windows 10. Para essas, a Microsoft mostrou o dedo do meio. O meu pai tem um e seria interessante poder comunicar pelas chamadas Skype.
      Há apps de terceiros como o WhatsApp que continuam a ser suportadas no 8.1, e o serviço da própria Microsoft abandonou os utilizadores.
      Isto é uma coisa de amadores… Da mesma forma, os utilizadores do Windows 7 e 8.1 no PC também deviam ser obrigados a ter a ultima versão do Windows para usar o Skype, não era? 😉

    • TekMan says:

      Só que o Skype nunca deixou de funcionar no Windows Phone e até continua a ser atualizada… portanto não seria má ideia informar-se antes de comentar.

  4. Rodrigo says:

    Nem precisam de descontinuar forçosamente. Quando o WP for descontinuado daqui a uns meses será tudo descontinuado.

  5. ze ninguem says:

    o que e Windows 10 Mobile?

  6. José Pereira says:

    Já na noticia anterior centenas de comentários a dizer que a noticia estava errada. A noticia bem dada à primeira evitava este “afinal” e esta desinformação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.