Quantcast
PplWare Mobile

StartUP Manager – Mude a ordem de boot

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Paulo says:

    Como eu queria isto. Muito muito obrigado.
    Abraço

  2. mané says:

    Boas, e já agora como apago as entradas que não interessam neste novo grub??

    Cumps e continuação de bom trabalho.

    • PedroWare says:

      Por acaso também gostava de saber isso.

      • EacHTimE says:

        Isso também eu queria!! Infelizmente o grub2 complicou muito essa questão!!!!

        Para eliminar kernels antigos apago-os através do ubuntu tweak..

        O mais chato é remover a entrada do “vista recovery” que aparece quando se tem o seven instalado. Dá para remover mas ainda dá muito trabalho… upa upa

    • JC says:

      # apt-get autoremove

      Editar o ficheiro /etc/default/grub e descomentar a linha GRUB_DISABLE_LINUX_RECOVERY=”true”

      De seguida:
      # update-grub

      • S-K says:

        Exactamente. Isso remove o (recovery mode) do menu.

        Completando a dica…
        Para remover as “entradas” Memory test (memtest86+)

        sudo chmod -x /etc/grub.d/20_memtest86+

        update-grub

        Uma das principais vantagens do grub2 é que o conteúdo do menu, é automaticamente actualizado quando o kernel recebe updates.
        Uma das características interessantes do grub2 é a capacidade de “boot” de uma imagem iso que esteja guardada no disco rígido.

        Exemplo:

        menuentry “Ubuntu Live – ubuntu.iso” {
        set root=(hd0,3)
        loopback loop /ubuntu.iso
        linux (loop)/casper/vmlinuz boot=casper iso-scan/filename=/ubuntu.iso —
        initrd (loop)/casper/initrd.lz
        }

        O grub2 foi alvo de muitas criticas.
        Quando há alterações significativas, é normal surgir alguma resistência à mudança.
        Mesmo que essa mudança seja para melhor.

  3. PedroWare says:

    Eu vou começar a desenvolver um “linux” ubuntu-based em que o principal objetivo é a imagem, mas propriamente o wallpaper.

    Se quiserem ajudar postem nos comentários

    PPLWARE FOREVER!!! 🙂

  4. ivoreis says:

    eu tinha colocado um post no forum com esta questão!!!
    a mesma ja se encontra respondida 😉

    cumps.

  5. avlis rotiv says:

    Por acaso, algo que realmente fazia falta, para aqueles que já tiveram problemas com o Grub, era saber como editar o ficheiro que StartUp-Manager edita, mas, via Windows, ou até de um live CD de Linux, ou até, pela consola do Grub/Linux…
    Aguardo por este necessário tutorial! 😛

    Pedro, a partir do 5º paragrafo tens uns pequenos erros, quando escreves StarUp, deveria ser StartUp… 😉

    Contudo, bom post! 🙂

  6. Sergio says:

    ou simplesmente edita-se o ficheiro grub.conf

    • S-K says:

      O ficheiro /boot/grub/grub.cfg NÃO deve ser editado. Podes editar mas não é aconselhável.

      Porque na próxima actualização do kernel o Ubuntu vai executar o “update-grub”, e todas as alterações que você fez no /boot/grub/grub.cfg serão eliminadas.

  7. BMJ says:

    Isso era dantes, com o novo grub, já não é assim tão directo, mas há ferramentas gráficas para isso.

  8. Goniyx says:

    Belo post, eu estaria a muito tempo querendo deixar o windows 7 como padrão e ainda não tinha encontrado a solução!!!

    (y)OBRIGADUUUU

  9. MoosHD says:

    pena é ter dado cabo da imagem de arranque no boot do 10.04, no 9.10 tudo bem, mas no lynx lixou isto.

  10. irlm says:

    como se resolve o error 15 no Grub?, sff.

  11. Simon says:

    Como se apagam kernels antigos através do ubuntu tweak?

    Já tenho uma carrada deles e queria tirar alguns, mesmo os de recovery.

  12. dajosova says:

    Instalei o Ubuntu a partir do Windows. Ou seja, através da ISO montada.
    Agora, tenho o dual boot mas como faço para alterar o tempo de entrada e a ordem, uma vez que a gestão desse arranque deve estar a ser feita pelo Windows?

    Gracias 😉

  13. Antonio Carlos says:

    Estou tentando mudar a ordem de boot do sistema Ubuntu 10.04 para o Windows, uma vez que não estou conseguindo rolar o cursor até o Windows. Lendo as orientações acima, achei que meu problema estava completamente solucionado, mas, infelizmente, ao tentar instalar o StartUp-Manager, apareceu a seguinte mensagem: “Necessita instalação de pacotes não confiáveis – A ação deve requerer a instalação de pacotes de fonte não autenticada.” Como utilizador iniciante do Linux Ubuntu, não sei o que fazer para resolver esse problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.