Samsung mostrou finalmente o Linux a correr num Note8


Destaques PPLWARE

32 Respostas

  1. Rui RM says:

    Brutal!! Mas este vídeo está adulterado.. Aparentemente, pelo que se vê no vídeo, o eclipse corre mais rápido no note8 do que num power PC com i7, 24gb ram, ssd…

    • Belmiro says:

      E eu que pensava que já não estavam á venda em mercado doméstico os Power PC… O vídeo obviamente que foi editado (acelerado e encurtado) para mostrar apenas as capacidades, não corresponde óbvio à velocidade do sistema (nem vejo a dizer tal coisa).

      Em todo o caso isto é para um nicho de pessoas, para o comum dos utilizadores é muito mais útil é importante o Android desktop ou (se corresse…) Windows.

      • Rui RM says:

        Quando disse “power pc” estava a falar de um PC com configuração “poderosa”.. como tenho no trabalho. Correr Linux (openSUSE) a partir do tlm seria para mim brutal.. isso ou correr o Windows 10 normal tb já seria uma maravilha. Quanto a correr Android.. não me serve de nada.. não instalas um eclipse em android.. or nenhuma tool realmente de jeito.. por isso serve-me zerex

    • Tiago S. says:

      Verdade, mas “ainda não é uma solução nativa e 100% perfeita” e além disso, num video de apresentação com 1min, ter o eclipse a carregar durante 3… hahah

      • Rui RM says:

        ” ter o eclipse a carregar durante 3… hahah” 😀 eu tb gostava de saber a que temperatura chega o note8 com alguém a trabalhar no eclipse por umas horas.. melting? 😀

  2. Bambeat says:

    Não quero de longe ou de perto soar como um espertalhão nestas coisas mas iria alterar a primeira frase para … “não apenas para divertir, mas também como forma de trabalho”.

  3. Almeida says:

    Linux n tem interesse nenhum, quando correr windows10 ai sim será produtivo e não limitado a ir apenas a internet

    • Amilcar Alho says:

      Cura-te!

    • igor giuseppe says:

      windows só rodaria em x86 que detonaria a bateria, windows em arm tu perderia toda retro compatibilidade com programas.
      dá pra rodar softwares como o Blender no linux:
      https://www.youtube.com/watch?v=exAwxzhBL8w

      isso parece limitado pra você :V
      claro que ficaria limitado pelo hardware do aparelho, mas certamente dá pra fazer muita coisa produtiva, o código do android por exemplo foi desenvolvido em linux se quer tem instruções de como compilar pelo windows.

      • Cortano says:

        Windows em ARM é o que a MS e a Snapdragon andam a testar, e o objectivo é ter windows 10 “normal” a correr software de destktop em arquitectura ARM.

    • SecretKing says:

      lololololololol não sei se rio ou se choro
      quem não sabe é como quem não vê

    • Tiago Marques says:

      Como assim ir apenas à internet?? No video mostra também a utilização do eclipse.
      Windows 10?? É pago, pesado, código fechado e ainda é proprietário. Para nao falar que o linux corre em muitas máquinas virtualizado, o windows apenas ves a correr sobre o wine.

    • paulo g. says:

      Não sei o que estes ruinsfans fazem com o pc… Eu com um raspberry consigo editar documentos e editar imagens e muito mais, só não se faz edição de vídeo porque o processador e a memória não chega. Quanto ao S8, talvez já desse nem que fosse apenas no youtube. Mas pelo preço do S8 compraria-se qualquer portátil a metade do preço que fazia o mesmo (com linux claro). Se corresse no J5, tal como no rasp já ficaria satisfeito…

    • Luis Lima says:

      Windows mobile faz isso com o continuum

    • jacare says:

      se soubesses usar, dava para mais do que apenas ir à internet

  4. leoni says:

    o linux (kernel) roda em todos celulares Androids. Não sei o motivo da surpresa. 🙂

  5. #Fernando says:

    Linux já não é de agora, muito tempo atrás já era possível de se fazer…não foi nada demais… Apostem em outras coisas, a MS também tem windows RT nos Windows Mobile e ninguém pega, isso até substituir o pc…..com tablets a consumirem o mercado cada vez mais, não me parece. Vai ser como o Blu-ray, é bom, sim, substitui DVD, não, ainda para mais com PEN USB a ser tão boa e eficaz..

  6. Luis says:

    Se tivermos o Ubuntu num smartphone finalmente vamos ter um SO que não espia os utilizadores como W10 ou o android.

  7. Emanuel Lopes says:

    Isto é uma excelente noticia, espero bem que isto fique o mais estavél possivel para ser usado.

  8. Luis Lima says:

    Algo que o windows mobile já faz há 2 anos

    Portanto nada de novo!

    • jacare says:

      confere, e uma pena ter sido descontinuado. tinha tudo para ser perfeito!

    • Rui RM says:

      concordo.. tenho pena que a MS não tenha apostado mais no W10M e no continum.. que por acaso é muito nice! já usei n vezes e é realmente nice. MAS.. é preciso ver que com o W10M (tal como está) e com o continum não é verdadeiramente possivel instalar software que normalmente se usa num PC.. como o eclipse. Pode ser que com o W10 a correr em ARM num futuro próximo tenhamos um “surface phone” a correr W10M + continum com W10 normal.. isso é que seria TOP!! penso que mais tarde ou mais cedo é isso que vai acontecer..

  9. NjsS says:

    Estão no bom caminho… o próximo será Apple.

    Vendo bem as coisas… os telefones desta gama já teem quase preço de ultrabook, só falta mesmo fazerem o que um portátil faz. loil

    • Belmiro says:

      Os terminais de topo são fenómenos da miniaturização: computadores de bolso com ecrãs e módulos de altíssima qualidade e resolução que tem que resistir a impactos e líquidos. Isso tem um custo.

      Um laptop com a qualidade dum S8 ou G6 ou iPhone X custa 2000-3000€, porque abaixo disso com frequência os ecrãs são apenas 1080p LCD de qualidade intermédia e as baterias duram poucos ciclos, para não falar da construção que não são das melhores. Há óbvio excepções.

    • Cortano says:

      ” o próximo será Apple”… LOL

      • Brasão SS says:

        Tu o teu ódio de estimação pela Apple. Lol.
        Ainda não percebeste que o objectivo da Apple é pegar no iOS e introduzir aos poucos as funcionalidades do macOS, mas on ARM? É preciso ter mesmo palas para não perceber isso. E já começou a caminhada já há algum tempo. Obviamente que levará tempo até entregarem um produto com funcionalidades equivalentes ou iguais ao macOS, num iDevice. A Microsoft percebeu a estratégia, e segue a mesma lógica. E acho muito bem.
        Até me atrevo a dizer que a médio, longo prazo, prevalecerá os iOS, e o macOS será para um nicho muito específico. Para não arriscar a dizer que desaparece.

  10. Paulo says:

    A BQ já tentou e acabou por retirar do mercado.
    Esperemos que a DEX faça a diferença e que isto “ganhe pernas”.
    Noutra perspectiva, a Microsoft pode vir a ter uma solução destas porque não vende desktops.
    A Apple … dificilmente. Se fizer uma coisa destas, mata os Macs e os iMacs.

  11. JJ says:

    A Microsoft esta em breve a lançar o Windows 10 on ARM, para o mercado…
    A Samsung, esta a começar a preparar-se para por os seus smartphones a correrem um SO completo, neste causo GNU/Linux…
    Se a Apple, não estiver a planear a possibilidade de conseguir correr nos seus smarrphones/tablets algo do género “OSX”, arrisca-se a ficar para trás.

    • Brasão SS says:

      Já começou. Na minha opinião o iOS será o substituto do macOS. É uma questão de tempo, até a Apple ter equipamentos capazes de trabalhar em software dedicado para iOS. Já vai aparecendo coisas muito interessantes, mas neste momento não está à altura de substituir software feito para macOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.