Quantcast
PplWare Mobile

O Ubuntu 14.04 LTS agora voa…conheça as novidades

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Ajr says:

    Sistema empolgante e sensacional.

    • Pedro Pinto says:

      Agora sim…é o Ubuntu…rápido que nem uma bala 🙂
      mas…o Xubuntu tb está fabuloso.. 🙂

      • Luís says:

        Posso confirmar o que dizes… este post ta a ser escrito com a combinação sensacional Xubuntu 14.04 + Chromium… De notar k até omtem tanto o desktop como o laptop rodavam Ubuntu, mas… enjoei o Unity
        No laptop tenho Lubuntu (LXDE) e também nada a reclamar…

      • Wedson Souto says:

        Estou usando o Ubuntu Gnome e está igualmente muito estável e muito rápido. Particularmente não gosto do Unity.

      • VC says:

        Pessoalmente optei por Xubuntu… Está com uma performance incrível e esta muito estável. Para quem gosta coloca uma Dick e fica perfeito 🙂 mais leve que unity e gnome e não fica nada atrás. Tenho quadcore com 8GB RAM que servia para o unity também voar mas a Dash não me serve para nada e acho o XFCE mt mais prático e rápido à semelhança do cinnamon, mas mais leve. Por ex o Thunar mais rápido, mais prático que o nautilus, etc

      • paulo g. says:

        Ainda pode ficar um pouquinho mais rápido… em termos gráficos com mais uns pozinhos: http://www.phoronix.com/scan.php?page=news_item&px=MTY1NzA

      • lmx says:

        realmente…o xubuntu está muito rápido e muito bom a nivel e configs…

        Noto nele ainda a falta de algumas excentricidades, mas esta muito bom…

        Adoro a velocidade desta distro…notei que eles estão a user de uma forma mais intensiva esta bd /var/lib/mlocate/mlocate.db…o que speeda muito a coisa…mas ainda não sei exactamente, em quê…

        As pesquisas por programas, usam esta funcionalidade, agora não sei exactamente como é que eles estão lançar os processos…eles estão a “cachar” muita coisa, dai o aumento brutal de velocidade, e ao mesmo tempo mantendo ficheiros de texto de configurações, etc…está muito fixe…

        Quem tiver muita ram , tem um sistema rapidissimo…quem tiver pouca, claro fica mais lento…

        Bem o Office a abrir…é uma bala :D…tive que me certificar varias vezes que era mesmo asim 😀

        Está tudo bastante mais acelerado…

        Eu não sei se alguma coisa tem a ver com uma funcionalidade…LTO…mas o linux diz que ela não deverá trazer grande speed…

  2. DM says:

    Com os menus integrados, o aumento de performance anunciado, vou dar outra hipótese. Tenho usado o Ubuntu Gnome, e tenho estado satisfeito, se não considerar os crashs da tweak tool.
    Entre os dois, se já experimentaram, qual preferem? Não sou fã do unity, e foi uma das razões, além dos menus, que me levaram para o Gnome.

    • Pedro Pinto says:

      Eu também não sou fã do Unity…talvez porque no passado ela lento, tinha um aspecto pesado…mas desde que experimentei esta nova versão, tenho mudado de opinião.

    • Celso says:

      Para ser sincero, estou tão habituado apenas a encostar o rato no canto superior esquerdo do gnome shell que quando experimentei o unity outra vez, estava sempre a por o rato la no canto para abrir o dash. acho que é apenas a coisa que sito mais falta no ubuntu 14.04. De resto está muito bom. Ainda uso o ubuntu gnome mas ja considero o ubuntu. vou deixar amadurecer mais um pouco até porque nao tenho por habito mudar logo ao fim de 2 dias. Mas recomendo!!!aconselho

  3. Bastos says:

    Não está a dar no VirtualBox 🙁

  4. Nuno José says:

    Eu detesto o gnome 3, e uso o unity faz um ano, acabei por habituar mas sem dúvida que gnome2 foi o melhor que já se fez.

    Já pensei voltar a experimentar o mate que até é oficial neste ubuntu.

    • Eleck says:

      mate é oficial neste ubuntu?? desde quando???

    • Também prefiro muito mais o gnome2. Seus desenvolvedores poderiam ter aplicado melhorias mas sem mudar tão radicalmente o visual. Sem falar na flexibilidade de configuração, personalização e da curva de aprendizado muito menor do gnome2. A sensação ruim que tive com essa mudança, foi a mesma relatada por muitos dos usuários do janelas, quando este foi atualizado para o Vista. Na minha opinião; estão no mesmo caminho ruim da “mico$oft” e com o mesmo comportamento nocivo desta, empurrando garganta a baixo a mudança de seu produto.

  5. Lucas says:

    Amigos, uma ajuda por favor.
    Instalei hoje o novo ubuntu 14.04 e está tudo funcionando bem. Mas não consigo mudar os botões de minimizar, maximizar e fechar para o lado DIREITO da janela.

    Alguém tem alguma ideia do que pode ser?
    Já tentei pela unity-tweak-took e editor do dconf, mas nada, os botões não se movem.

    Muito obrigado.

    • Jose Palmeira says:

      Olá, Também testei, não encontrei a entrada no registro para alterar como fazia, já conseguiu???
      Obrigado!!!

    • João Damasceno says:

      Eu também estou lutando com isso desde ontem e… nada feito até agora!

    • Raul Barros says:

      Para quem ainda não conseguiu mudar a posição dos botões no ubuntu 14.04, tentem o seguinte:

      comando: dconf-editor

      Para mudar os botões de lugar, vá em “org -> gnome -> desktop -> wm -> preferences -> button-layout” e deixe assim:

      BOTÕES NA DIREITA
      menu:minimize,maximize,close.

      Ou na ordem que vcs preferirem.

      Funcionou aqui pra mim, espero que funcione ae pra vcs.
      Abraços.

      • Lademir says:

        Não funciona. O Ubuntu tem os botões na esquerda como padrão, logo, não é possível mudar.No Ubuntu vem na Central de programas o Dconf-editor.

        • Murilo says:

          Funcionou para mim, amigo.

          Basta substituir o texto da configuração pelo que o Raul forneceu.

          • Lademir says:

            Murilo,
            Para mudar tive que instalar o Gnome classic e depois usar o Cairo Dock. Não sei como vocês conseguiram, pois há textos comentando porque o Ubuntu não permite que se mude pelo Dconf-editor.

      • Qaiq Alves says:

        Não funcionou. Curiosamente, quando coloco o que você ensinou como padrão ele volta para o original. Tem algum outro modo?

  6. irlm says:

    falta a opção do touchpad e mouse agora com rolamento de 2 dedos.

  7. Luis Carlos says:

    Não é por nada mas a primeira coisa que ele faz é dar erros ao iniciar sessão. Já parece o windows vista..

    • R o B says:

      No vista nem a sessão teias iniciado com esse erro. 😉

    • R o B says:

      No vista nem a sessão terias iniciado com esse erro. 😉

      • Anónimo says:

        Eu tenho o Vista Ultimate SP2 com todas as atualizações instaladas e mais alguns Ultimate Extras e não tenho nada que reclamar está rápido que nem uma bala no meu PC e performance no meu PC é excelente para jogos. Além de só consumir 450-500 MB de RAM. E é muito estável e nunca tive problemas. Não percebo que mal tem o Vista.

  8. AlbertoB says:

    Viva!

    No artigo referem suporte para 5 anos.

    Não é durante 3?

    Cumps.

  9. jorjão says:

    Até o pessoal do omgubuntu.co.uk vai deixar o ubuntu, fartos dele.
    Leiam aqui http://www.omgubuntu.co.uk/2014/04/arch-shangri-la-ubuntu-power-users

    Por essas e por outras ao pessoal novo em linux aconselho Manjaro linux.

    • JP says:

      Primeiro aprende a ler, o omgubuntu não vai deixar o Ubuntu.

      Segundo, devias parar de recomendar o Manjaro para tudo e todos, pois ainda não é para todos, mas sim para os que sabem o que estão a fazer… Daqui a uns dias, quando começares a receber contastes actualizações de Kernel vais perceber o porque de eu dizer que não é para todos…

    • Paulo Trindade says:

      Manjaro? Tenham dó. Eu até gosto do Manjaro mas está longe de ser um sistema ideal para iniciantes em linux. A ideia de rolling release mas quando te aparece uma actualização que berra o sistema todo já não é tão agradável.

      • lmx says:

        +1

        a vantagem do linux, é que oferece uma diversidade, sem paralello…

        E por isso existem muitas escolhas que dependendo do ambiente a que se destinam fazem mais sentido…

        Concordo que os Ambientes Debian Based, mint, [u|x|k|etc]buntu, são uma opção muito boa e facil de utilizar…e não é facil outra distro oferecer a mesma facilidade de utilização…

  10. Morbidos says:

    Desde já estou com 2 falhas que se calhar me podem ajudar:

    1º Tenho licença do eset estou com a ultima versão e arranca bem, mas se o fechar no X, deixo de conseguir fazer aparecer o gui dele novamente.
    Clico no icon ele pisca 2 ou 3 vezes e não faz nada.
    Deve ser falta de permissões de alguma coisa.
    2º Tenho notado que a imagem fica toda deformada em algumas situações, quando por exemplo abro o Terminal, a zona do terminal fica toda deformada como se a placa gráfica tivesse a dar o berro, mas se fizer por exemplo sudo apt-get update e mostra as letras e a medida que vai correndo a imagem deformada desaparece.

    Tentei fazer o update das drives intel pelo ppa que costumam referir e realmente ele encontrou uns updates que depois de instalar fez com que as definições de sistema (aquele icon que parece um roda dentada) desaparecessem .?????

    • lmx says:

      boas…

      isso de arancares com uma aplicação uma vez…e depois não poderes arrancar com ela outra vez é estranho..

      deve ter ficado para trás o lock file….ou seja quando matas a app o lock file não foi removido…

      se isso se verifica entre reboots, quer dizer que o lockfile é criado numa partição em ram…muito provavelmente ev /run/lock verifica se está la o ficheiro de lock….veirfica também se uando fechas a app gráfica…se defacto a aplicação é mesmo fechada…porque não deve ser…

  11. Desisti says:

    Sim isto é tudo muito bonito, sai uma nova versão fica tudo empolgado, mas eu já estive a passear o Linux no desktop durante alguns anos (Ubuntu, Linux Mint, OpenSUSE, Debian, Mageia, ElementaryOS, Fedora, Manjaro, Arch) e acabei por voltar ao Windows.

    O kernel Linux é excelente e muito versátil, mas a implementação no desktop é um fracasso e nunca passará dos 1% de adopção. Ainda assim, para usos secundários como aproveitar um PC jurássico torna-se bastante útil, mas para ser usado como SO principal, esqueçam lá isso.

    Razão?
    Sem software de jeito, pouco ou nada se faz no Linux a não ser brincar aos DE’s e despachar o básico do dia-a-dia.

    Acabava sempre por ser obrigado a voltar ao Windows por qualquer razão e decidi deixar de perder tempo nestas andanças. Assim como assim, as melhores aplicações open-source são normalmente multiplataforma e têm versões para Windows, de entre as quais uso Firefox, VLC, SMPlayer, Audacious, Inkscape, etc.

    No entanto, de entre todas as que experimentei, o Arch Linux (ou Manjaro) é claramente superior aos demais, muito à frente de tudo o resto em todos os aspectos.

    • NelsonN says:

      Desculpa, mas estas errado, podes sempre criar uma maquina virtual para correr algum programa que não consigas instalar através do wine.

      Cumprimentos, NN.

    • molly-molly says:

      Concordo contigo. Nada melhor que o Windows. Todos aqueles que dizem maravilhas do ubuntu, disto e daquilo têm Windows instalado e sempre usam mais Windows do que ubuntu, xubuntu e outras m**d*s.Se calhar é só papaias… nem sequer instalam ubuntu e continuam no Windows. Mesmo aqueles que instalam acabam por regressar ao Windows

    • Apenas por curiosidade : Que coisas não consegue fazer com Linux ?
      Tenho imagens W7+Office 2010 e XP +Office 2003 para esses casos, terei todo o prazer em ceder (Virtual Box)

    • João Paulo says:

      Eu uso Ubuntu pra tudo e minha última instalação do zero foi há 4 anos, depois só atualizações. Meu último Windows deixei de usar na mesma época.
      Meus amigos que usam Windows vivem formatando e reinstalando tudo pelo menos uma vez por ano.
      Até minha namorada usa ubuntu há mais de 3 anos e nunca sentiu falta do Windows.

  12. Pedro Pinho says:

    User de ubuntu a alguns anos, não me consegui habituar ao unity, testei esta versão e realmente está bastante mais fluído parece que finalmente começaram a acertar com as coisas. Mas o Xubuntu, sim está algo de fabuloso.

  13. Pedro Oliveira says:

    Boas,

    Alguém está a ter problemas em instalar o teclado português? Eu já fui às preferências de idioma, instalei português (Portugal e Brasil); DESINSTALEI inglês; alterei (System Wide) as opções tanto nas preferências de idioma como no idioma do utilizador, etc… continuo a ter um ‘/’ em vez dum ‘-‘ quando estou a escrever (indícios de teclado EN).

    Se alguém souber como resolver, agradeço.

  14. Marcelo says:

    Alguém está tendo o defeito no LibreOffice Writer (Ubuntu 14.04) de não aparecer a parte superior da barra de ferramentas (Aquela que permite escolher entre várias opções e que fica na borda da janela)??
    O problema só ocorre no Writer, no Calc, Draw e Impress tudo funciona bem.
    Se alguém tiver a solução, avise…
    Obrigado

  15. Jorge Pinto says:

    Viva, atualmento trabalho com o Windows 7 para fazer mapas de contabilidade dos meus clientes, mas dadas as noticias da falta de segurancao que existe atualmente, estava tentado em migrar para Linux.
    Sera que compensa?
    Obrigado.

    • lmx says:

      boas…

      depende do software que estiveres disposto a usar…

      Se fores inflexivel e quiseres usar software Microsoft, podes usar o M$ office no wine…, mas se calhar mais vale ficar no windows…visto que tens preferência por ferramentas M$…

      Se gostares que usar ferramentas que te dão liberdade, que são livres, e sistemas operativos grátis…então aconselho-te a user linux…

      É tudo uma questão de principios, ideias, dinheiro que estas disposto a gastar para financiar determinada empresa, etc…

      A questão do compensa, que colocas, é dificil de responder…para mim compensa e muito, mas para ti pode não compensar…

      Tens que experimentar primeiro, e quando algum entrave surgir…não te deixes vencer pelo obstaculo…vais ver que acabarás por ultrapassa-lo e de futuro darás-te conta que é tudo uma questão de lógica e começaras a atrabalhar neste software , como noutro…com o tempo…trabalharás melhor que noutros SO’s…á medida que o teu conhecimento vai avançando…

      epá…experimenta 😉

      • Jorge Pinto says:

        Peco desculpa pela forma como formulei a pergunta. Referia-me unicamente a seguranca dos dados, pois o trabalho pode ser feito em qualquer folha de calculo. As duvidas surgiram quando discutia o assunto com um amigo que é utilizador de linux. Eu dizia que a microsoft dava garantias de seguranca e ele alegava que a microsoft facilitava o acesso a backdors do seus SO a determinadas instituicoes americanas. Eu disse como é que ele garantia, que por exemplo, a canonical nao fazia o mesmo. Foi a esse aspeto que me referia na pergunta.

        • lmx says:

          ha ok…

          Bem em relação á M$ não é preciso provar…é uma verdade universal de a muito com virus trojans, etc…

          Alias a própria M$ acede-te há maquina, sem tu poderes domonstrar sequer se concordas ou não…é uma ingerência brutal…

          Com certeza que NSA, etc podem utilizar este mecanismo…e tu não te podes defender…

          Em relação ao Ubuntu, o ubuntu não acede á tua maquina…

          tu pedes updates, configuras de x em x tempo…e até os podes desligar, depois…o ubuntu utiliza um sistema de gestão de pacotes que é o APT, por baixo…e toda a gente sabe que o APT não espia pessoas..ele é de código aberto e pode ser visto e é visto por muita gente…

          Aliás o linux, tem como base os valores humanos…e como tál, será muito mas muito mais dificil existirem ferramentas legais, a cometerem ilegalidades…

          Despois tu podes controlar…o que entre e sai da tua maquina…

          Por defeito a firewall nas maquinas linux, só deixa entrar respostas a pedidos feitos de dentro…o que quer dzer que para seres acedido do exterior…tens que ser tu a pedir 😉

          O que não é verdade no caso Microsoft…mas é um bom SO, o xp sp2 para mim foi o melhor SO de sempre da M$…eram muito raros os blue screens, e mas havia muitos problemas de boot…especialmente se a maquina era fechada á força, etc…bem estava longe de ser perfeito, mas para mim o melhor!

          Aqui aindas tinhas segurança no sentido que tu decidias o que querias fazer…no windows 8 pagas o SO…mas ele na pratica não te pertence…quem o controla é uma empresa…e isso faz toda a diferença…alias no windows, nunca ninguém pode controlar o seu SO, mas podia-se fazer muita coisa no passado…

          já no linux, a liberdade é uma coisa fantastica, tu és dono do teu SO, apesar de sabermos que existem binaryblobs…para controlo do firmware..a pouco e pouco também está a mudar esta politica…

          É uma realidade que o unix,linux, bsd, etc oferecem mais segurança aos seus utilizadores, oferecem-lhes liberdade, e transparencia, pois o seu código é “um livro aberto”…além do mais é patrimonio da Humanidade…

          Mas claro cada um usa aquilo que mais gosta/quer/(é obrigado…na maioria das vezes)…

          O estado ou organismos ligados ao estado, educação, etc, nunca deveriam promover um SO proprietario e de um Pais que se sabe espia as pessoas e que é pago, e não oferece liberdade a ninguém…porque isso obriga a que as pessoas tenham que financiar com os seus impostos estas empresas, e vai contra a noção de democracia…porque é um sistema ditatorial…

          • Jorge Pinto says:

            Lmx, obrigado(a) pela explicacao. Fiquem esclarecido, e apesar de já saber de algumas coisas que escreves-te, outras foram totalmente novas para mim. Uma coisa posso garantir, vou de certeza preparar uma maquina com o ubuntu para comecar a utilizar com teste inicial.
            Obrigado

          • lmx says:

            hehhe,

            de nada Jorge 😉

            Usa aquilo que mais gostares, e testa, avalia, a utilidade desse software nas tuas necessidades, se achares que pode ser uma alternativa,será certamente muito bom.

          • Jorge Pinto says:

            Já agora, qual a distro linux para instalar numa máquina P4 com 512MB memoria onde consiga instalar o MS Office?
            Obrigado

  16. sideshow says:

    Alguém já consegui instalar o Mate?

  17. bbbenjy says:

    Gosto muito de Unity !!
    Cairo-dock (Unity layout) + Xubuntu – Muito bom !!

  18. Zefra says:

    Desisti do Ubuntu com o Unity. Uma das maquinas que tinha deixou de funcionar e agora só mesmo com uma virtual machine para fazer rodar algo leve como o lubuntu

  19. Joao says:

    o meu ta lento, tenho um i3 8gb de ram e ta uma tartaruga

  20. Paulo Rodrigues says:

    Boa tarde a todos…comprei um HP620 para os meus pais coloquei recentemente ubuntu 14.. é um pc que serve basicamente para mails e alguma navegação na internet, coisas básicas dizendo assim, e tenho reparado numa coisa, o pc em meia hora de navegação aquece um pouco, eu digo isto pk o pc ja teve elementary e aquecia mto menos, eu gostaria de saber se ha alguma coisa que melhore esse “problema”.

    cumps,
    Paulo Rodrigues

  21. luciano says:

    Muito bom, so estou com um problema ao minimizar um programa ele some.
    Ja tentei alt+tab e ele nao esta la.
    ALGUEM TEM UMA SOLUCAO.

  22. eliane caponi says:

    Instalei ubuntu 14.4 LTS 932bits). Ficou lento, mas está funcionando. O problema ocorre com o libreoffice, meu é a versão 4.2. Já instalei as extensões Vero, goGrOO e o dicionário de sinônimos mas não tem jeito, na barra inferior aparece o idioma português(brasileiro), mas não tem correção de crase, de concordância verbal, nada. Já tive as outras versões do ubuntu e do libreoffice, e todas funcionavam o corretor ortográfico e de sintaxe. O mesmo libreoffice no Windows faz tudo certinho. Penso que o problema está entre o ubuntu 14.4 e o libreoffice. me ajudem por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.