PplWare Mobile

Manjaro Deepin 16.03: Um distro mais bonita que o Windows 10?

Download


Autor: Pedro Pinto


  1. Mikes says:

    POrque é que tem todas as distro Linux que são analisadas por aqui têm de ser comparadas ao W10?
    Porque é que não falam somente da distro, dos pontos fortes, etc., e param com as comparações?!
    Até porque se formos ver bem, o desktop desta é inspirada no OSx e não no W10 – a dock no fundo do desktop é OSx style.

    • Pedro Pinto says:

      Simplesmente comparamos com o sistema operativo mais popular. Se a tivesses testado certamente irias perceber o porquê do titulo.

      • nulldev says:

        Não percebo muito a razão destes artigos sobre o linux…quase sempre superficiais, ok o aspeto é importante, mas não é o fundamental….
        Nada contra o linux, até foi um sistema que utilizei, quando há mais de 20 anos vi um artigo no publico sobre a possibilidade de usar um linux em casa…maravilha pensei eu… que aquilo de fazer diretas nas caves do técnico a usar os vax’s era um bocado chato…LOOL vai daí encomendei uns cd’s da sclackware da walnut creek, porque internet népias…

      • Mikes says:

        Mas para se fazer um artigo / uma review, não é preciso comparar com outro sistema.
        O Linux tem a sua “personalidade” e acho que devia ser tratado e analisado como é e não se é ou não uma alternativa ao Windows.
        Ainda por cima, acho que a grande parte dos artigos que referem produtos Linux ou open source, mencionam sempre como sendo uma alternativa ao Windows. É do género “vá, este é que é mesmo uma alternativa”.
        Mas porque é que tem de ser uma alternativa e não ser promovido e analisado tal como é?

        • Vítor M. says:

          Até não concordo. A analogia ao melhor sistema, ao mais usado, faz parte do modo como podemos apresentar o produto, uma análise justa sem que esta perca a sua identidade. Isto quando reparamos que o próprio produto se inspira no Windows em muitos aspectos (por razões óbvias). Dessa forma não estamos a fazer mais que a constatar e a suavizar a experiência de quem quer dar o salto, tentar usar pela primeira vez, sem receios.

          Alguns serão de facto uma alternativa, é a verdade, outros um complemento e outros algo mais.

          • Pedro P. says:

            ” A analogia ao melhor sistema, ao mais usado”

            porra!! Windows???
            Que seja o mais usado, sim é.
            Agora, o melhor?

            pfv..

          • Vítor M. says:

            É sempre subjectivo… depende do que estamos a comprar. Sem dúvida que se compararmos usabilidade, flexibilidade e longevidade, o Windows é o melhor. Noutros parâmetros não o será, lá está, depende do que estamos a comprar. Mas é importante criar comparações para haver uma percepção do que está a ser feito.

    • Dedo Maroto says:

      A dock do IOS é que é Cairo-dock style. Never forget. Time.

  2. Arkan says:

    Ate o wallpaper dessa distro ‘puxou o windows 10’

    vou querer não…

    • André says:

      O wallpaper puxa o Windows 10? Tens que me dizer em quê… Mais facilmente encontro semelhanças com o wallpaper do iOS 7 do que com o do Windows 10.

  3. silvio says:

    Dristros com menu iniciar tipo win 95
    Sei la me acostumei com unity com gnome shell acho retro e so minha opiniao. Quero nao

  4. Osvander says:

    O artigo sobre linux é muito bem vindo, destesto ruwindous, utilizo pclinxos br a anos sem problemas nenhum e é muitíssimo parecido com este manjaro deepin, exceto a área de trabalho, esta doc que é muito boa parecendo o OSX. e é uma rolling distro RPM. Parabéns pelo artigo!!!

  5. Verãoooo says:

    Apesar dos bitaites todos ainda ninguem voltou a chamar a atenção para o facto de que o Windows não tem concorrentes. Simplesmente não é viável um arquitecto trabalhar com Linux… perguntem-lhes porquê. Ou um musico a sério…

  6. Razorblade says:

    Se o Manjaro Linux já é uma das melhores distribuições e o deepin é sem sombra de dúvidas a mais bela e funcional a verdade é que ganham mesmo muito em se unirem, pessoalmente tenho usado o deepin 15.1.1 em conjunto com o Windows 10 em dual boot e gosto bastante da interface simplista, polida e acima de tudo bastante funcional do deepin.
    Confesso que só continuo a usar o Windows em paralelo porque os verdadeiros problemas das distribuições Linux não estão na praticidade ou na facilidade do uso mas no fraco suporte em drivers para configurações multimonitor (sem span para 4 monitores com composição) e na total ausência de drivers NDIS realmente funcionais caso contrário já seria o meu sistema de eleição. Ainda assim é de aplaudir o facto dos sistemas baseados em Linux terem evoluído bastante e hoje serem mesmo uma excelente opção até para os usuários menos experientes.

  7. Vítor M. says:

    É sempre interessante ver as distros Linux a incomodar. Há uma variedade maior, há cada vez mais uma “medo” menor, há um maior suporte de hardware e isso é fantástico. Já começa a ser possível ter um excelente sistema operativo sem haver necessidade de pagar balúrdios ou ter pirataria.

    Porque razão criticam esta opção de quem quer Linux? De quem não quer ter Windows ou OS X? Ainda não percebi.

    • Ruivix says:

      Incomodar quem? A Microsoft? Estes nem devem dormir a pensar nisso…

      • Vítor M. says:

        Se calhar, olha que dante era um cancro e hoje um concorrente 😉 as coisas mudam sabes. O mercado é volátil, mas o incomodar é mais para muitos utilizadores que querem dar como certo sempre o mesmo cenário, é disso que me refiro. Não haver alteração no padrão.

        • Mikes says:

          Não é concorrente, é uma oportunidade. A MS tem alargado o seu negócio ao Linux.

          • VaGNaroK says:

            Por que viu seu território de servidores baseado na plataforma M$ despencar em quanto as plataformas mais livres aumentavam. Então para não ficar de fora do barco, está portando até o SQL Server para funcionar no linux. Pois se os produtos dela tivessem lá muito bem das pernas comparado com a concorrência, não estaria “alargando seus negócios ao linux”

          • Dedo Maroto says:

            Não, é concorrente, linux “sempre” houve e nunca foram portadas tecnologias MS desta forma, sabes porque? Agora é relevante no mercado, ou seja, é concorrente.

    • João says:

      Vai haver sempre quem critique apenas por criticar. Não percebo a motivação do comentário destrutivo, criticar apenas por criticar sem opor com uma ideia que se aproveite.
      Sempre fui utilizador do Windows, aos poucos e graças aos artigos aqui publicados tenho vindo a explorar o Linux. Nunca consegui ficar apenas pelo Linux porque tenho a possiblidade/facilidade de poder usar as aplicações do Windows e sempre que surge algum obstáculo é sempre mais fácil utilizá-las.

      Gostava de fazer uma proposta/desafio a quem percebe de linux e tem gosto em partilhar os conhecimentos, seria possível/viável a criação de artigos sobre a utilização do Linux tanto a nível de sistema como das próprias aplicações??

    • RubenS says:

      Infelizmente os Windows e OSx fans, irão sempre criticar o Linux. Não percebem que o linux é um sistema livre e irão sempre arranjar pretexto quer em visual, funcionalidades ou outra coisa qualquer dizendo que é imitação ou outra coisa qualquer.

  8. Mario says:

    instalei mas tem muitos bugs…è melhor dar mais tempo ao pessoal do manjaro!!

  9. sa says:

    Então mas agora o “ser mais bonita” é que é o critério? Onde isto chegou…

  10. carlos says:

    Esta distro linux dá pra correr programas tipo sony vegas,adobe ?

  11. delaorden says:

    O mais ou menos bonita não é parâmetro de comparação. Gosto de Linux, uso o Linux MInt com Mate como DE, mas jamais dispensarei o windows 100%. Para fazer música, por exemplo, o Linux é uma aberração. Falo isto por experiência própria, embora já tenha testado o Ubuntu Studio, mas não chega perto da PRATICIDADE do Windows 10.

  12. Frazão says:

    O Manjaro está muito jeitoso. Utilizo com o xfce ha cerca de um ano e está impecavel. A disponibilidade dos repositórios Aur é uma grande mais-valia. Praticamente não precisa de se fazer downloads de outro local.

    Cumrprimentos,

  13. jpvargas says:

    O mais bonito dos linuquezes é o elementary os…

  14. tuga says:

    o windows faz-vos uma comichão danada!

  15. jorjão says:

    Adoro Manjaro com a interface KDE 5. Está altamente.

  16. Joao Carvalhinho says:

    Depois de uma discussão recente aqui no forum, resolvi dar uma nova oportunidade a uma distro, que instalei prontamente numa VM…
    Para aqueles que fazem o bashing só porque se fala dos looks, escolhi a Deepin simplesmente porque gostei do que vi. Sim, o aspeto, a usabilidade, e o userfriendlyness que esse desktop atinge fez-me esquecer até o elementaryOS. Não porque não acredito no elementary, sim, porque acho que ter um milhão de chineses a olhar para isto e fazer acontecer vai fazer com que isto evolua muito mais rapidamente…
    Depois, achei tudo muito bem organizado. A Atenção dada ao painel de controlo é de louvar, melhor do que o windows 10 e OSX fizeram, nunca se perdendo a navegação entre as diversas áreas, e a escolha de SW que vai ser “optimizado” para o Look’n’feel do sistema de forma integrada uma mais valia… se bem que ainda falta um pouco de organização à coisa (e.g.não há visual guidelines para desing/development nem nada que se pareça, pelo menos em inglês).
    Depois, achei piada ao facto de a distro trazer logo o steam, e o crossover para instalar apps de windows de raiz, sem necessidade de licenças adicionais nem confusão para o utilizador.
    Vou contribuir com traduções no transifex, tal como fiz para o elementary… mas não vou deixar de lado o meu osx… simplesmente porque ainda assim, é o que me satisfaz plenamente para o meu tipo de trabalho (e a empresa ainda vai pagando 😉 )

    • Joao Carvalhinho says:

      Quanto ao manjaro, o arch sempre me assustou exatamente porque me possibilitava escolher coisas a mais 🙂

    • Tico says:

      Fico satisfeito por ter dado mais uma oportunidade ao linux, vai ver que não se vai arrepender:)

      • Joao Carvalhinho says:

        Lol.. Já me arrependi… 🙂 mirrors que não funcionam,pacotes de virtualboxxtools que estragam o ecrã, e a impossibilidade de atualizar o OS sem ser por linha de comando, nada que não estivesse a espera… Ainda assim divirto-me a criar e a destruir vVMs… E encontrei mais cenas para traduzir no transifex… :)…sempre dá para contribuir de alguma forma.

        • Tico says:

          Conforme já tínhamos falado existe sempre forma de actualizar sem ser pela linha de comando, dá é mais trabalho e demora-se mais tempo… A linha de comando também existe em windows, mas usa-se é “scripts” que executam os comandos pelos utilizadores que só gostam de ambientes gráficos, muitas das vezes esses ambientes gráficos instalam a aplicação “original” e mais umas quantas que o utilizador não quer nem precisa e pior não sabe que foram instaladas, penso que se analisar-mos o custo/beneficio o linux adequa-se a todos os públicos, aos mais e aos menos exigentes. Ás vezes o problema está na distribuição, daí existirem tantas… Uma das distribuições que gosto e uso mais é a lxle, também tem um bug que é o do idioma, quando instalas tens de instalar obrigatoriamente em inglês porque se instalares em português dá erro no final da instalação.

  17. RSSS says:

    Roda em PC’s com Pentium e graficas dedicadas de 256mb que rodam o XP a arrastar?

    CUMPS!

  18. J.C.Lopes says:

    Porque não consigo instalar o Google earth?

  19. Rodrigo says:

    Não aguento mais o lixo do Windows 10 apesar de excelentes configurações ainda trava , da disco 100% , muito brigado também .

  20. Eduardo Rodrigues says:

    Uso diversas distros Linux em Dual Boot com o Windows. Não quero ser fanboy de nenhuma, mas o sucesso da Microsoft se deu justamente pela praticidade no uso de seu S.O. que finalmente chegou num ponto aceitável apesar das muitas vulnerabilidades padrão. É padrão as empresas médias e até mesmo as grandes e a maioria dos usuários domésticos, inclusive amigos de nós todos aqui usarem o Windows. A conpatibilidade dos softwares, dos arquivos e a familiaridade com todos eles é que mantém essa empresa forte e bilionária. Quanto às distros Linux, uso Fedora e Mageia e curto bastante se uso sozinho para minhas coisas. Conheço o potencial e a estabilidade além da segurança do Linux. Mas, meus caros, ficar digitando senha para tudo, para alguém que vive sozinho num quarto separado do resto da casa, com o PC só para o meu uso aliado ao inconveniente da desunião dos Linuxers que teimam em juntar grupos diminutos que ficam maquiando e renomeando distros quase consagradas, fazendo refisefuquis, todos mantendo a complicação em suas formas de particionamento cujo o simples HDD leva nomes estrambóticos em suas partições e formas de particionamento… Usar Linux, sinto muito dizer isso, mas não sejamos hipócritas demais! É querer tocar Beethoven em baile fanque. Existe uma proposta de uma distro muito agradável e de uso mais amigável, brasileira: Metamorphose Linux. Porém só para resolverem o problema de boot e instalação já está se passando mais de 1 ano. Não existe união para algo melhor. O ego pobre de nerds adeptos ao Pingu impede o sucesso do mesmo e somente grupos bem mais sólidos como a Canonical com o feiento Ubuntu fazem sucesso, seguido de outro Ubuntu melhoradinho e travestido e com falhas graves de segurança como o Linux Mint. Ou os aficionados por Linux se unem em parceria como colaboradores em alguma distro que valha a pena ou seremos apenas os nerds teimosos. Em várias distros dito estáveis, programas do cotidiano e simples, básicos e indispensáveis como Google Earth, a simples conexão de rede, seja cabeada ou Wi-Fi para de funcionar, um pacote de escritório que tenha uma interface menos caótica que distribua a distância correta das fontes com abas para facilitar o acesso às ferramentas, podendo por conseguinte que possamos confeccionar trabalhos acadêmicos com as normas da ABNT, seria o ideal. Vou insistir em instalar mais esta distro que parece prática. Podem me massacrar com comentários ignorantes SE NÃO ENTENDERAM o que eu tentei dizer. Estou pedindo a união de programadores, designers e outros profissionais para serem colaboradores em alguma distro realmente interessante para torná-la um sucesso real. Aí sim poderemos cortar o cordão umbilical com a Microsoft para nos sentirmos maduros e não nos sentirmos órfãos. Abraço!

  21. Rafael Marques says:

    Oi, tudo bem?
    Fiz a instalação do Manjaro Deepin por querer experimentar uma nova distribuição e por achar bonito a interface Deepin, mas ao terminar a instalação e reiniciar o notebook apareceu-me um problema.Não consigo utilizar o Chromium, ao clicar no icone ele não abre, também fiz a instalação do Firefox e acontece o mesmo, o único browser que consegui utilizar foi o Midori. Alguém sabe o motivo pelo qual o Chromium e Firefox não abrem?

    Desde já obrigado.

  22. Rony Candido says:

    Boas pessoal

    Já instalei tanto o Manjaro quanto e Deepin separadamente, e tambem já instalei o Manjaro Deepin, mas digo-vos que a versão do Linux que estou a testar e a gostar muito é o NETRUNNER, gostaria que testassem e avaliassem pois acredito que se trata de uma das melhores versões do Linux que já instalei, digo-vos não foram poucas, existe duas versões, uma Ubuntu e outra Arch, estou testando a Ubuntu. Se não me engano li em qualquer lado que o NETRUNNER recebe sempre as novidades do ambiente KDE Plasma bem diferente dos SOs Linux utilizados por aí, testem e vamos comentar sobre.

    Grande abraço

  23. Matheus says:

    Achei o deepin um grande avanço para o linux, que evolução, nem se compara com as distros antigas do linux, sou brasileiro e já usei um linux chamado de Insigne por volta de 2007 quando comprei meu primeiro computador, era um bicho de 7 cabeças, muito complicado de usar, não dava nem pra medir o tamanho dos bugs que tinha, horrível. O Linux só não é famoso por causa desse terror psicológico que entrou na cabeça do povo, todos conhecem o linux por (sistema difícil, complicado, não tem nada, não dá para executar programas conhecidos, etc..) fica uma certa insegurança, por isso muitos procuram pelo windows. Tenho que parabenizar os desenvolvedores dessa nova versão, vai fazer o linux crescer muito!!

  24. Abner says:

    No dia que o Linux rodar todos os jogos mais recentes sem problema eu largo o windows. O linux sofre com o apoio das empresas que desenvolve games comerciais. Não adianta funcionar a steam no linux mas não rodar todos os jogos que estão disponível na plataforma. Por isso acho que o Linux nunca vai ser o sistema operacional mais usado nas residencias normais. Minha opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.