PplWare Mobile

Linux vai chegar aos PCs com ARM graças à Red Hat e ao seu Fedora


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Casuístico says:

    Interessante, a matéria. Uma boa notícia. Para principiantes continua sendo uma boa opção a distro Mint, que tem características próximas do Windows? Se sim, por que? Saudações.

  2. verruga says:

    a redhat vem meio tarde para este mercado.
    ha muito que a Debian, Gentoo, Manjaro e Void etc., possuem versoes das suas distros para ARM.

  3. Edexote says:

    O quê? Graças à RedHat? Há para cima de muitos anos que há versões ARM de Linux! Que raio de notícia foi esta?

  4. JLB says:

    Boas…
    Gostava se ver à venda (por exemplo numa Fnac, Worten, …) máquinas em exposição e para venda com distribuições de linux. E que os colaboradores dessas lojas pudessem explicar aos clientes as características do linux e aplicações, as de office (p. ex. LibreOffice , …) ou outras que fizessem parte do software instalado nessas máquinas. Talvez desta forma o público em geral começasse a aderir mais a máquinas (PC, Portáteis, …) com linux.

    • verruga says:

      Infeslizmente, mesmo solicitando no momento de compra uma maquina sem SO, essas grandes casas barram a compra, qto mais com uma distribuiçao de Linux. So mandando vir de fora para Portugal. Ou entao compras todo o hardware e montas ao teu gosto. Por ultimo, compras com Windows e zas!

    • Mateus Pinto says:

      Já houve um par de anos em que houve algumas marcas que lançaram versões Windows e Linux (Linux entre 20-50€ mais baratos) e o resultado foi que as versões Linux quase não venderam e um estudo demonstrou que quem comprava as versões Linux, a maioria instalava Windows (na altura o 7) pirateadas e queria era o hardware mais barato.

      Dar liberdade para instalar Linux traz azo a muitíssima confusão, cada marca com uma distro diferente, clientes sem saberem o que fazer, etc. Portanto a solução é simples: Windows em todos eles por um preço residual (com licenças oem o Windows sai a menos de 5 euros por PC) e não causa confusão.

    • Cortano says:

      Sabes que os lugares de destaque nas bancadas da fnac tem um custo pago pela marca do laptop ou, em alguns casos, até à MS suporta parte dos custos promocionais para ter o Windows em destaque.

      Não é má vontade das “fnacs”, é mesmo somente negócio.

  5. Gervas69 says:

    Quando vi o título pensei que fosse para outra coisa.
    Julguei que fosse para aquelas boxes xinocas com android.
    Isso sim é que era grande malha, é que aquilo com Android mal se arrasta. sei que tem método mas acho que é grande gambiarra… Vou ver se testo este fim de semana, já ando á muito tempo a adiar.

  6. John Doe says:

    Aos anos que as distribuicoes de Linux teem suporte para ARM. Estes “criadores” de noticias precisam de fazer melhor o seu trabalho

    • E corres essas versões nos PCs com SoC 855? E tens versão do Fedora para correr ali?

    • Mateus Pinto says:

      John Doe & Verruga: correr em ARM não é o mesmo que estar otimizado para um SoC específico. Cada GPU, VPU, sensor etc precisa de um controlador e o SO estar otimizado. Senão corre tudo em modo de compatibilidade, ou seja, lento. Isso faz a diferença entre parecer um Atom antigo ou um i5 atual.

      O Pedro e restantes deveriam aprender a escrever as notícias de modo mais exato porque só a meio do texto se percebe que é uma versão especial para SD855.

      Mas são ótimas notícias, especialmente se sair uma versão de Windows com (todos) os controladores para o SD855. Gostava de ver como se comportava…

  7. Devsys says:

    Pedro Simões, mas há quantos anos já existe distribuições para arm? Quer links para algumas?

    E começar o seu post com aquela primeira frase, é quase “crime intelectual cibernético”.
    Não me diga que também é dos que acha que processadores arm irão ser melhores do que os qu actualmente equipam os portáteis? Se calhar, seria melhor uma adenda á frase, a explicar em que considera uma melhoria a utilização de Taís processadores em portáteis.(se for só pelo factor consumo de energia, então será para portáteis de brincar ao Facebook e Instagram)

    • Vamos por partes. Distribuições ARM? Sim, existem, mas para boards tipo Raspberry Pi e outros dispositivos de, atrevo-me a dizer IoT e similares.

      Agora distribuições dedicadas e preparadas para os PCs Always Connected/Always On não existem. Já temos uma versão do Windows 10, também ela criado com o foco nestes SoCs e em tudo o que eles podem oferecer.

      Quanto a esta plataforma ser melhor ou pior que os actuais processadores, a coisa não é assim tão direta como querem fazer parecer. Sim, são SoCs ARM, mas criados com o propósito de serem usados fora dos dispositivos móveis. Mais potentes, com consumos de energia mínimo e com tudo o que isso depois traz, como o instant boot. Os paradigmas da computação estão a mudar, e muito. Acredite, se quiser, que existem já muitos servidores com SoC ARM no mundo e com prestações de fazer envergonhar muitos processadores X86 e afins.

  8. Nuno José Almeida says:

    Alguma coisa não está certa nesta notícia. Como já foi dito e bem, há imensas distribuições ARM. A Fedora vai fazer algo adicional que isso?

    • Mas estão preparadas para esta plataforma? Com SoCs dedicados e com tudo o mais que isso envolve? Não!
      Provavelmente ao meter uma distro do Raspberry Pi ali a coisa não corria bem a todos os níveis.
      Este é o primeiro passo para existirem distribuições dedicadas a estes PCs, com tudo feito como deve ser.

      • Nuno José Almeida says:

        Exacto Pedro. Então a nóticia devia ser essa. Fedora vai optimizar/preparar distro para o SOC tal. Deve ser melhorado o artigo. Cumprimentos.

  9. headbrother says:

    Forçosamente esta arquitetura poderá promover novas oportunidades para os atuais e futuros OS.

  10. Alexandre Cunha says:

    Boa tarde.

    O Debian desde o inicio oferece suporte nativo a sistemas arm w arm 64.

  11. Daniel says:

    O ruim do Fedora é o tempo de suporte pequeno. E claro, Fedora nada mais é que uma distro de testes da red hat.

  12. informado says:

    EU comprei o meu último portátil SEM SISTEMA OPERATIVO e meti o Linux Fedora nele. É dele que estou a escrever ! Há muitas lojas que vendem portáteis sem sistema operativo, basta escolher.

  13. tUfFaS says:

    Estou com Fedora 29 neste momento, vim de Arch e para já gosto. Até pelo facto de ter conseguido pôr a Nvidia a funcionar (coisa que não consegui no Arch), vamos ver se fico pelo Fedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.