Quantcast
PplWare Mobile

Que se passa? Linux está a crescer e o macOS está a diminiur

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Carlos Fernandes says:

    Podem falar desta distro? https://hefftor.xyz/ tem muito bom aspeto

  2. Sardinha Enlatada says:

    Carrega linux. Algumas pessoas ainda nao sabem mas quando decidirem migrar para o linux e perceber que nao e preciso antivirus para nada, vao descobrir a felicidade do SO mais acessivel, seguro e estavel.

  3. Vasco says:

    Gosto de Linux, mas tenho para mim que o crescimento nos tempos da confinação se ficou a dever antes de mais ao reaproveitamento de charutos que estavam parados a um canto…

  4. Jota says:

    Isso não é novidade para ninguém! O que me admira é haver títulos do tipo “Está farto do Windows? Mude para o … Linux”!!! Os títulos deveriam ser o seguinte: Está farto do macOS? Mude para o …Linux”

  5. Ci says:

    Que se passa? Passa-se que o hardware Apple é bastante mais caro. Dura muitos mais anos é verdade…e o suporte é fantástico. No entanto, com Linux, hoje em dia conseguimos um ambiente de desenvolvimento igual (mesmo mesmo igual) a um macbook ou iMac. E eu estou a pensar seriamente em mudar para Linux pois o hardware apple já não é o que era. Apple vale pelo ecossistema num todo. Sim brutal. Mas a relação qualidade/preço para desenvolvedores… Linux wins.

    Ah..e windows jamais claro…bela sucata.

    • Realista says:

      Eu tenho dual boot Linux Mint e Windows.
      São dois sistemas cada um com os seus pontos fortes e pontos fracos…

    • IDroid says:

      É uma bela sucata até precisares de software que só corre em Windows.

      • Samuel MG says:

        Temos sempre o wine que permite correr até aplicações do windows XP portanto é realmente uma sucata o Windows 10

        • Luis Silva says:

          Isso é tudo muito bonito até dar problemas, o wine é bonito para aplicações estabelizadas.
          Mete lá office 2016 que vais ver como é.

        • André Sá says:

          No meu caso, não preciso de nenhum software que só corra em Windows. Mas o oposto acontece: uso software que só corre em Linux.

          • IDroid says:

            O teu é um caso; outras pessoas terão necessidades opostas.

          • André Sá says:

            O que quero dizer é mesmo isso. Cada caso é um caso, tal como o teu exemplo foi um caso.
            Não podemos generalizar. Nem para um lado nem para o outro.

        • Woot! says:

          O wine é uma valente porcaria please. Só deves usar o Paint no wine com certeza.

          • Edexote says:

            Tu é que nunca deves ter usado o wine para dizeres tamanha estupidez.

          • Samuel MG says:

            No wine corro NFS: Underground 2, Starcraft 1 e 2, Earth 2150 e expansão lost souls, The settles heritage of kings, fogo podia estar aqui o dia todo a escrever o que já usei com o wine.

        • fim do mundo says:

          não podias estar mais enganado, o Wine corre algumas aplicações do Windows não todas, e continua haver muito poucas alternativas ao nível das app usadas no Windows, por isso é que o Linux ainda não destronou os concorrentes.

          o Linux só vai fazer frente aos concorrentes quando tiver capacidade de ter ferramentas a altura, até lá é o que é, quem tiver dependente de softwares que só correm no Windows e no Macos nativamente, Linux nunca vai ser equacionado.

    • José Alves says:

      Isso do hardware durar mais tempo não faz sentido acho eu, as manutenções existem para serem feitas, tenho um portátil Asus EeePC da idade dos Afonsinhos a correr o Zorin OS lite, porque a arquitetura é 32bits e uso para backup, depois tenho um lenovo Ideapad 100 a correr o solus os que uso no dia a dia 🙂
      A questão aqui é que o Linux não puxa tanto pelo hardware.. pq tens imensas distribuições com requisitos variados à necessidade de cada um.
      A Apple é cara pq tem nome, pq se tiveres uma máquina cm water colling cm hardware da última geração a corre Linux, só não se
      Joga e usa se app de alto recurso se não se quiser ou puder neste caso ahah

      • CI says:

        @JoséAlves Eu falava do ponto de vista do programador/desenvovedor e content-maker. A Apple tem uma coisa engraçada que é parte do seu sucesso – Ecossistema. Como produtora do próprio SO e arquitecta do seu próprio hardware conseguiu criar um valor: vende “ausência de dores de cabeça” aos utilizadores. Isso tem-se refletido numa enorme vantagem competitiva pois pode oferecer um suporte de maior qualidade a menor custo para a empresa (sim, o preço do suporte já vem incluido na exorbitância que se paga por um Mac). Para mim, enquanto utilizador nunca troquei isso por nenhum outro sistema. Exemplo: tenho um iMac de 2009, 8GB Ram, a bombar e ainda com suporte nas actualizações (ao fim de 10 anos!! é obra!!)

        No entanto, devido à enorme evolução do sofware open-source e das comunidades Linux cada vez mais experientes e rapidamente responsivas, essa vantagem tem vindo a perder terreno. Cada vez mais, existem distros LTS á medida de cada nicho. Além disso a Apple tem-se aproveitado demaisado do seu bom nome e do seu marketing para mascarar os seus últimos produtos. O conceito da Apple perde cada vez mais terreno..devagar…mas perde. E vai continuar a perder (pelo menos para um tipo de perfil de utilizadores).

  6. Daniel Sousa says:

    Gostava que um dia Linux estivesse disponível determinados softwares que consigo utilizar no macOS

  7. Luis Silva says:

    Já pensei fazer dual boot, estou à espera de um ssd maior para isso hehe
    Gosto do windows 10 e não tenho queixas, mas gosto da fluidez e algumas coisas que o linux tem melhor que o windows (tirando a autonomia da bateria que em linux foge).
    Mas o que me prende mais no windows é algum software próprio…tirando isso deixava de usar….

  8. Luis Silva says:

    Mais uma coisa graças ao linux descobri as aplicações ou janelas para abrir certos sites no chrome, claro que no windows tem também mas no linux como não há por exemplo netflix em app usei a ferramenta da app do chrome muito bom

    • José Alves says:

      https://itsfoss.com/watch-netflix-in-ubuntu-linux/
      Eu em 5 min após ler o seu comentário encontrei este post, é uma questão de chegar a shell e espetar la um sudo eheh
      Quem esteja a pensar em usar Linux não vale a pena procurar soluções rápidas e que sejam rápidas de resolver, convém muita pesquisa e fontes que tenham muito Feedback positivo, aconselho a dares uma vista de olhos nesse site.
      Eu no meu Linux tenho apps como Messenger, Instagram, Twitter, Spottify, POPCornTime,.. um leque delas.. convém perder se um tempo a pesquisar, a ver se os repositórios estão atualizados e em constante atividade..

      • Luis Silva says:

        Obrigado, vou ver isso 🙂

      • Luis Silva says:

        Já vi, as 3 primeiras são semelhantes mas de maneira diferente eu fiz a do chrome, a ultima está descontinuada, e não é oficial.
        Eu prefiro usar metedos oficiais sem andar usar apps sem ser oficicais.
        Mas valeu a dica, vai servir a outros.

        • José Alves says:

          Pode sempre instalar a all “Anbox” se não estou em erro o nome, basicamente é uma desk onde consegue correr várias aplicações android, instale uma máquina virtual a correr o seu Linux e experimente la se dá para correr Netflix apartir dessa app
          https://anbox.io/

    • Jack says:

      electronplayer, e está feito

  9. Juizo pa says:

    Que novidade. Se é pqra usar um sistema limitado em alternativa ao Windows.
    E melhor usar Linux que macos…Porque limitado por limitado (excepto office) mais vale usar um limitado grátis.
    Prefiro usar elementaryos a macos, macos até para gerenciar as páginas e preciso instalar uma app de terceiros e pagar. Em 2020? Qualquer Linux doa mais podres faz isso.. Arrastar para o lado colocar lado a lado de forma simples e intuitiva..

    • Naopercebes says:

      macOS é grátis há já alguns anos….

      • Juizo pa says:

        Se consideras GRATIS, pagar o dobro do preço pelo mesmo hardware que tens num pc. E ter de pagar por aplicações básicas para gerenciar uma simples janela.
        Pela tu logica de Grátis, então todos o sistemas são grátis, os PC já vem com windows ativado o macos também e o linux também.

  10. BlackFerdyPT says:

    Obviamente que, se as pessoas estão a ficar com *menos dinheiro*, viram-se para o que é mais barato – ou, neste caso, até gratuito…

    Também, mais tempo livre, significa tempo para finalmente poder instalar e experimentar o GNU/Linux.

  11. Jo Ba says:

    Utilizo há bastantes anos o Ubuntu e não quero outro

  12. ProT says:

    Qualquer Ubuntu, Linux ou algo do género é para mim preferível ao Janelinhas, MacOS, Google, IE, Chrom e toda essa tralha.

  13. Paulo Pereira says:

    No dia em que a Microsoft lançar o Office para Linux , meio mundo migra logo para Linux

    “MICROSOFT loves Linux” para é para um lado que lhes convém. Nunca irá sair o Office para Linux

    Imaginem se por exemplo o Office, PHC, Primavera, AutoCAD, Tiaportal, Eplan, Photoshop, Solidworks entre outros funcionassem no Linux.

    É só imaginar…

    Diáriamente uso Linux (mint) em casa e Windows 10no trabalho. Em casa já há 2 anos seguidos nunca tive problemas, no Windows 10 do trabalho é raro o update que não faça algo mais indesejável, a probabilidade de algo não funcionar é muito grande

    Ainda hoje meia produção esteve parada umas horas porque Depois de um update, este actualizou ( removeu) os drivers da placa de rede principal.

    Relativamente ao wine, funciona bem em algumas aplicações com alguns anos. A minha experiência é que quanto mais novo é o programa , mais provável é não funcionar, há sempre mais e mais coisas e coisinhas nas aplicações para Windows., Novos frameworks, novas DLL, novos directx, nem no próprio Windows funcionam correctamente.
    Posso dizer que o meu Office 2007 e AutoCAD 2006 eram bem mais rápido no Linux+wine que no Windows 7, actualmente já não os uso.

    Enfim.

    • Luis Silva says:

      Por isso é que eles não lemçam versão do office para linux era a sentença deles lol eu era o primeiro a deixar windows……

      • Mike says:

        Utilizo linux com libreoffice a nível empresarial há de 15 anos, e sempre me serviu plenamente. A única coisa que às vezes ainda me dão alguns problemas, sao os drivers para multifunções sempre que compro uma nova impressora, e compatibilidade de formatos em autocad. O resto é conversa de que não sabe o que diz, muitas vezes porque não sabe utilizar o software.

  14. irlm says:

    Instalar MacOS Catalina virtualizado no Ubuntu com “sudo snap install sosumi –edge”
    https://snapcraft.io/sosumi

  15. Mário J. says:

    O que ninguém diz é que o problema do Linux, é o próprio wine. Ou seja; precisar de wine para instalar programas windows. E é esse motivo é que faz com o Linux esteja longe do Windows.
    Quando o Linux detectar automaticamente, se o programa que se quer instalar é Linux, ou Windows, durante a instalação, e instala-lo, aí acho que o Linux vai-se aproximar do windows. Pois a maioria dos utilizadores do Windows, querem poder instalar qualquer programa windows no Linux, sem precisar para nada do Wine, bastando clicar no instalador e instala-lo!

  16. Sardinha Enlatada says:

    Continua a sonhar. Se sao plataformas diferentes logo funcionamentos diferentes de instalacao. Sinceramente nao vejo qual o mal de se usar o wine. Algumas coisas funcionam outras nao, mas isso nao e culpa do Linux. Convence os produtores de softwares a criarem os mesmos nativos para linux e fica o problema resolvido. Mas como isto e um mundo cao ha muito que sabemos disso e com interesses instalados e melhor nem ter esperanca que isso alguma vez va acontecer. Entao mal por mal usa-se wine problema resolvido (para alguns softwares obviamente)

  17. Rui Pereira says:

    Venho aqui pedir ajudar para ver se posso reaproveitar um pc velhinho. Tenho um Samsung N145PLUS com um processador Intel(R) Atom CPU N455 1.66GHz 1.67GHz, com 1GB RAMe um disco C com 111GB e uma partição de segurança de 120GB. O computador tem o windows 7. Queria saber se posso meter uma versão linux que não seja muito comilona, que se adapte bem a esta máquina, para o poder usar no dia a dia( navegação web, office, utilização da plataforma ZOOM, Teams, MEET) , ver vídeos… . Ou seja, dar nova vida a um velhinho.

    • Salt says:

      Linux com ambiente gráfico lxde ou lxqt, tipo lubuntu, versão 18, podes experimentar sem instalar gravando a ISO live numa pen USB, o kde utiliza mais RAM e o gnome é para esquecer pois é muito pesado, Para resumindo Linux pode ter ambientes gráficos diferentes para quem não saiba. Eu gosto particularmente das Distribuições de Linux Manjaro e Debian, Debian para servidores onde não é necessário ambiente gráfico e Manjaro para desktop com ambiente gráfico kde, embora o kde corre com 1 GB de RAM, é esticar a corda, mas pode-se utilizar a mesma distro com ambientes gráficos mais leves. Windows é para esquecer

  18. Sardinha Enlatada says:

    Aconselho o Zenwalk nova versao que foi lancada recentemente. Rescuscita ate o Avo cantigas lol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.