Quantcast
PplWare Mobile

KDE 4.0

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. ALL says:

    Após estas apreciações por parte do Miguel Guerreiro acho q me vou ficar pelo 3.5.8 mesmo.

  2. PEDRO says:

    KDE 4.0 ainda não está ready for prime-time 😉 Esperem pelo 4.1 em Julho… Ai acredito que comece a ser usável e na versão 4.2 no final de 2008/ inicio de 2009 já deve ser tão estável como o 3.5.x

  3. Nuno Silva says:

    Bem eu fico pelo, novo Gnome

  4. Rui Marques says:

    aproveitando o tema do linux, qual a melhor distribuição para instalar de linux?

  5. K-23 says:

    Boas. É só para dizer que muitos desses problemas foram resolvidos na versão 4.0.1, nomeadamente:
    # Não é possível configurar a Barra Inferior, ou seja o, Painel, antigamente chamado “Kicker”.
    # Por vezes o a Barra Inferior desaparece.
    # A imagem de fundo recusa-se a “aparecer”.
    # Para alterar a imagem de fundo podemos ser obrigados a alterar a posição da imagem, de «Scaled» para «Scale and crop» por exemplo e clicar umas três vezes no botão «Apply».
    Pode acontecer que quando iniciam aplicações no “Kmenu”, por ele executa duas vezes essa aplicação/programa, por exemplo se clicarmos em “Personal Files” ele abre duas janelas do “Dolphin” iguais.
    #Quanto às cores dos programas não KDE, poucos apresentam as cores incorrectamente.

  6. PEDRO, o KDE 4 pode ficar já ready, pois quase todas as distribuições “pré-release” actuais incluem o KDE 4.0, e as mais recentes irão incluir o KDE 4.0.1, por isso acho que a versão 4.1 de Julho como dizes já deve ser muito estável.

  7. Cap says:

    Não parece nada de especial… quando é que o linux coloca uns icones dinâmicos como tem o vista.. e já agora quando um mediacenter que funcione out of the box? mesmo assim.. não sei passava a usar o linux como sistema operativo principal…

  8. Rui Marques, explica-te, como assim a melhor distribuição para instalar de Linux? Se queres usar o KDE 4, o melhor que encontrei foi o Shift, se não é isto que te referes, é só “recomentar” e “explicares-te” melhor.

    K-23, eu sabia que a versão 4.0.1 já tinha saido, ora bem, isso é bom, já resolveram muita coisa, assim é que é trabalhar.

    Cap, não parece nada de especial, com um comentário desses vê-se logo que foste feito para o Windows Vista.

    Icones dinâmicos como tem o Vista? Estás gozar? O tema Oxygen é muito melhor que qualquer pacote de icones feito pela Microsoft. Media Center out of the Box? Para que raio queres tu um media center? Os leitores multimédia a moda antiga não funcionam muito melhor, se tiveres um problema pelo menos só te lixa um programa, no media center vai “tudo a vida”…
    Claro se gostas tanto do Vista, mais vale ficares com ele, se é assim, ficas mais bem servido.

  9. Nuno José says:

    @cap

    Sabes o que é o compizfuzion???? Se soubesses nem falavas no vista em termos gráficos (queria ver o windows a fazer o que faz o compiz, precisava de duas placas gráficas só para isso 😛 )

    Media center??? quantos queres?? Procura olha por exemplo o mythtv. Até existem distribuições só para isso como a mythubuntu.

  10. Nastase says:

    Ena tanta agressividade. Não era preciso tanto para defender o Linux.

    Cap, tenta dar uma vista de olhos ao Ubuntu Studio que é uma distribuição do Ubuntu que incorpora out-of-the-box muitos programas (gratuitos) multimédia.

    E como sempre em Linux, experimentar não custa, é gratuito 😉

    ———————————–
    http://www.revolucaodigital.net

  11. KaiserSoze says:

    Mudei-me recentemente para linux… deitei fora o meu vista home e meti no portatil um opensuse 10.3 64 bits. Estou a delirar e nem penso em voltar para o windows…

    Neste momento estou com o KDE 4 e com o compizfusion. Que bela combinação. Estou em extase! 🙂

    Para que perguntava por uma boa distro recomendo a opensuse pois pode-se instalar o compizfusion e KDE com 1-click install.

    Das distros que testei a opensuse é mais robusta e mais “seria” na forma como aborda o hardware (pelo menos o meu). É uma distro muito coerente e solida.

    Ubuntus, Pclinux etc.. nunca atinei com isso.. muita publicidade na facilidade etc mas depois não acompanham a fama que têm.. Para mim, Fedora ou Opensuse.

    Abraços opensource

  12. Rui Marques, bem Linuxes para instalar, temos o Mandriva, o Fedora, o Ubuntu, OpenSUSE, estas são as principais para principiantes, porquê que só apresento quatro quando exitem centenas? Bem, primeiro porque estas são das “meia duzia” que são totalmente originais, e pensadas na facilidade de utilização.

    Mandriva antigamente com um nome melhor Mandrake, foi durante muitos anos a principal distribuição de Linux para iniciados, isto até chegar o fenomeno Ubuntu. Ora o Mandriva, é fácil, muito fácil de instalar, usar para tudo, e é fácil sem ser igual ao Windows! O que é bom, mesmo para quem nunca usou um PC usar Mandriva não será um grande trauma… Para uma distribuição de instalação “automática” conhecidas por serem pouco estáveis, esta foge muito a regra é rápida, limpa e muito estável.

    Fedora, ou Fedora Core, é o Linux para utilizadores domésticos da Red Hat, fácil a semelhança do Mandriva, e apesar destas duas serem baseadas no Linux Red Hat, hoje são muito diferentes, ora o Fedora é mais virado para uma utilização totalmente em GNOME, é fácil, o que pode é não ser tão estável como o Mandriva, mas mesmo assim nada mau. Pode-te acontecer que ele não consiga meter-te o Windows a arrancar com o sistema, um problema comum, passa-se comigo, fora disso é muito boa.

    OpenSUSE, ora bem temos aqui o contributo do KaiserSoze, bem e tenho de descordar com alguns aspectos que ele referiu, a OpenSUSE não me parece robusta, nem por isso, e a gestão de hardware não é má mas já vi melhor, o problema desta distribuição é que é “lenta” a instalar leva cerca de 45 minutos a instalar só o GNOME, num CD, coisa que no Mandriva e Fedora quando usamos o LiveCD instalavél levam cerca de 5 minutos cada, ou quando se usa o DVD no Fedora com GNOME leva cerca de 20 a 25 minutos e o Mandriva a instalar KDE e GNOME leva perto de 30 minutos. Outra lentidão é na gestão e verificação de repositórios, é mesmo muito lenta. Fora disso nada a apontar.

    Ubuntu, delas todas a que eu não gosto, não é fácil no puro sentido da palavra como os outros é parecido com o Windows, ora se vamos para outro sistema operativo não me parece que queira um Linux muito parecido com o windows, pois a piada de migrar de SO, está no desafio de arranjar uma nova maneira de fazer as coisas, na minha opinião uma melhor maneira, não te preocupes os outros Linuxes não te vão mostrar nada do outro mundo. Pois este é o Linux que está na Moda muito por culpa do grande patrocinio de todos (revistas e blogues) que eu muito gostava de saber porquê, mas se gostares o que se pode fazer?

  13. luis says:

    O gnome que se cuide, pelo preview, lá pelo 4.1 ou 4.2 estou de malas aviadas para o kde novamente 😉

  14. luis says:

    @Miguel Guerreiro
    Qual é a parte do ubuntu que é parecida com o windows?
    Não estou de acordo contigo, acho que o ubuntu é simplesmente a melhor distribuição para principiantes. A ultima instalação que fiz, só toquei na linha comandos para fazer umas personalizações. De resto, qualquer um pode instalar e fica logo tudo a funcionar.
    Não me vou alargar muito em criticas as outras distros, porque não sei como vão actualmente, mas pelo que falam estou a ficar com um bixinho para experimentar o fedora 🙂

    Falando do kde4, ainda tem muito que andar para apanhar a ultima versão do kde3. Mas como já disse, lá pelo 4.1 ou 4.2 estou de malas feitas 🙂

    Aos principiantes, experimentem linux, não se deixem intimidar pelas dificuldades. O que a malta precisa é de uma desintoxicação de windows. Depois de experimentar, sintam-se a vontade para escolher. 🙂
    Mas, mantenham o windows instalado, a não ser que consigam jogar os vossos jogos favoritos no linux 😛

  15. KaiserSoze says:

    Quem se quer iniciar no linux que faça como eu.. inspire fundo e mentalize-se que vai deixar o windows.. .nada de dual boots. Linux puro. O diual boot faz com que não usemos nenhum SO a fundo.

    Se se mentalizarem que têm de conseguir tudo o que conseguiam no windos em Linux vão ver que perdem tempo, mas aprendem muito.

    É como deixar de fumar.. 🙂

    Garanto-vos que não ha nada no mundo da informática que não possa ser feito em Linux. Ultrapassadas as primeiras neuras e frustrações, logo que começarem a configurar e a adaptar o sistema ao vosso gosto começam a perceber que linux é como barro.. é moldavel no que quiserem. O windows é justamente o contrário… chega ali e parou… começa a aborrecer. Se querem artilhar o windows é a pagar (e bem).. e mesmo assim tem muitas limitações impostas pelo sistema.

    Então este vista não há pachorra para ele… so para configurar a placa de rede são alguns dez cliques (eu faço run= control netconnections)

    Bom, eu não quero entrar em guerras religiosas de Microsoft contra Linux e dentro do linux nas distros.. usem a que gostam mais… Sou MCSE Microsoft e conheço relativamente bem o sistema MS.. porém admiro cada vez mais este Linux. Inverti a coisa.. tenho um windows xp e um server 2003 instalado numa maquina virtual para quando preciso. Linux é o meu SO principal e estou a adorar.

  16. luis says:

    É como deixar de fumar…. lol.. ach oque isso é a descrição quase perfeita, o problemas é que quem tenta deixar de fumar, continua com vontade de o fazer enquanto quem passa a usar linux não quer voltar para o windows 😛

  17. KaiserSoze says:

    ehehe.. eu fumava dois maços por dia durante 10 anos.

    Deixei de um dia para o outro.. foi durante pouco tempo que me apeteceu voltar e hoje, passados 4 anos sem fumo, abomino o tabaco.

    O linux nisso é diferente.. pensas passados 2 dias e de ter aquilo a funcionar 100% – porque é que não mudei mais cedo?

    Antigamente era muito mais duro mudar para linux.. o hardware era um pesadelo e era raro o que funcionava após a instalação. Agora é uma excelente altura para mudar pois as distros vêm preparadas para milhentos hardwares.

  18. Nuno José says:

    O difícil para mim é chegar ao trabalho e estar habituado fazer ceras coisas que dão muito jeito do compiz e dou comigo a usar esses atalhos e a pensar “que raio não dá pq? Ah estou no Windows. Aqui não faz isto.”

  19. luis, acho o Ubuntu parecido com o windows, em quase tudo, não sei bem porquê, mas acho, ligo-o e começo a ver, uns aspectos aqui, outros ali, e alguns que são mais mania minha que outra coisa… Mas não me lixem a dizer que o Ubuntu é mais fácil quer de usar quer de instalar que o Mandriva, isso não.

  20. luis says:

    @Miguel Guerreiro

    Humm.. acho que é mania tua;). Bem de qualquer maneira não posso falar muito das outras distros, porque já não as uso a muito tempo mesmo. Mas tou com vontade de experimentar o fedora.

  21. luis, fazes bem, gostei muito do Fedora.

  22. José Carlos Freitas says:

    Para todos que gostam do linux seria interessante testarem a distribuição brasilieira – RESULINUX – que entre outras coisas tem de sensacional que é o acelerador de boot chamado TEXAS FLOOD 2.1, com ele o boot, dependendo da máquina pode chegar a somente 7 (sete segundos). O Texas Flood também tem versão para outras distros que as deixam bem mais rápidas, tendo um fórum e suporte sempre pronto a resolver dúvidas

    Informações sobre Resulinux: http://linuxhard.org/?page_id=3

    download
    http://linuxhard.org/?page_id=4
    http://brasillivre.no-ip.info/resulinux2.5magdalaE3.iso.torrent

    forum Resulinux: http://www.resulinux.forumdebian.com.br/web/forum/

  23. Zé Métal says:

    Preciso de ajuda.
    Decidi instalar o OpenSUSE no meu portátil em dual boot com o Windows e instala tudo bem etc… o problema e quando ele carrega o suse fico sempre com o monitor preto e nao apareçe qualquer imagem, mas ele esta carregado só não vejo nada.
    Já alguém lhe aconteceu o mesmo?
    Portatil: asus A6000 (A6Q00VA)

    Obrigado

  24. Silvia says:

    Sou nova em Linux…mas estou adorando…uso profissionalmente mas já estou fazendo meus backups em casa pra poder migrar!!!
    Conheço um pouco do Debian – Mandriva e agora openSuSE (the best 😉 )

  25. Conami says:

    ISTO N NOS AJUDOU NADA PARA FAZER O TRABALHO DE TIC =/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.