PplWare Mobile

Gosta do Windows e do macOS? Então troque-os pelo Linux Deepin (1)


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Jesualdo says:

    É bonito sim =) pena que não consigo por a minha placa ralink a dar em condições.
    Acho que a barra no top faz alguma falta.

  2. Christian says:

    Aqueles títulos aleatórios.

  3. EMarqs says:

    Depois de ter utilizado o Ubuntu, Linux Mint, Debian, Elementary OS, eis que instalei o Deepin. Estou a utilizá-lo há cerca de um ano, sem dúvida que é o que mais gosto.
    É rápido, estável, combina muita funcionalidades do windows, actualiza o SO constantemente, e tem muito software gratuito e bastante completo na Store deles. Recomendo.
    Cumps a todos

  4. Esmerindo Silva says:

    Tenho uma máquina antiga, daquelas que funcionam a vapor, e é este SO que utilizo. Não tenho nada de que me queixar.

  5. Costa says:

    Isto aqui em baixo não é bom sinal:
    https://www.youtube.com/watch?v=v25Dy66AtNI
    https://www.youtube.com/watch?v=tllqWzO8Bqw
    https://www.crunchbase.com/organization/cnzz#section-overview

    O nome linux não é logo à partida prova de boa coisa. Linux é o kernel, as milhares de distros que existem, algumas já são de excelente qualidade, outras mais ou menos e outras o degredo.
    Mas pronto, entre isto ou o Ubuntu, ou o Win10 ou o OS da Apple, venha o diabo e escolha.

    • arc says:

      Quem será o tal de Diabo?

      • SoulReaver says:

        +1 =D
        Para muitas pessoas nada presta…aconselho uma folha de papel, um isqueiro para destruir as provas e um pombo correio de confiança = ) = ) = )

        • arc says:

          eheh…touché!

        • Costa says:

          Para muitas pessoas algumas coisas cheiram bem, outras depende da alergia, e outras cheiram mal.
          Quando vamos à casa de banho mandar um fax, cheira mal a toda a gente. Quando cheiramos uma flor, depende se temos ou não alergias, quando nos passa uma mulher maravilhosa pela frente com um misto de perfume e feromonas, até os mais “resolvidos” ficam em sentido.
          Não sei se por acaso você não consegue distinguir o cheiro do seu fax diário do da boazona que passou por si, eu consigo.

      • Costa says:

        Será aquele que no exercício da sua liberdade, abdica da mesma por laxismo/comodismo e depois é o mesmo que fica espantado/indignado quando mais à frente percebe que afinal já não tem liberdade, ou que é totalmente manietado pelas Cambridge analytica desta vida.
        O resultado depois está à vista, Trump nos estados unidos, Brexit em inglaterra, e isto são só os casos mais mediáticos.
        ARC, as escolhas têm sempre consequências, algumas aguentamos melhor, outras são tudo aquilo que achamos que nunca irá acontecer.

        • Paulo Trindade says:

          A loja do Deepin está ligada a um site que tem um tracker que recolhe anonimamente dados relativos ao acessos. Um tracker semelhante ao Google Analytics. Mas a equipa do Deepin procedeu mau ao não informar os utilizadores do tracker.

          Quanto ao Ubuntu, a telemetria que tem é opcional. O utilizador tem o poder de deixar o sistema recolher dados ou não.

          Comparar as situações existentes em distribuições Gnu/Linux com a invasão de privacidade que existe no Windows 10 e Android (tem Kernel Linux) só por má vontade ou falta de informação.

          • Paulo Trindade says:

            *mas a equipa do Deepin procedeu mal…

          • Paulo Trindade says:

            O melhor de tudo isto é ver malta a queixar-se da telemetria do Ubuntu e do Tracker do Deepin em plataformas como o Facebook. Chega a ser hilariante.

          • Costa says:

            Como bem referiu, a equipa do Deepin procedeu mal, e eu diria muito mal, mal ao ponto de quebrar a mais básica regra de confiança, nunca roubar quem usa o software.
            Sim, “colectar” informações do utilizador, enviar para uma entidade que até é externa à própria Deepin é roubo, ponto.

            Quanto ao facto de ser ou um tracker semelhante ao google analytics desculpa alguma coisa? Se o Paulo Trindade trabalhar numa empresa que produz software, e por “acaso” vende esse software a uma empresa e ás escondidas recolhe informações e envia para um seu servidor, ou para outra empresa, acha que se for apanhado vai acontecer o que?
            Havia um banco a operar aqui em PT (Barcleys) que depois do 11 de Setembro, fez os funcionários (os que desenvolviam software) assinarem uma carrada de folhas, tudo em ingles, e lá estavam expressas que todas as praticas desviantes seriam alvo de processo em tribunal por espionagem e terrorismo.
            Está mesmo a imaginar um banco a ter um sistema operativo que sem eles saberem recolhe informações dos seus computadores e envia para a china???!! Pois, está bem 😀

            Quanto ao Ubuntu não há nada a falar, é publica toda a questão da privacidade e das ligações com a Amazon.

            Comparar roubos, quer sejam em distribuições de Linux ou no Windows, são roubos, ponto. Uns não são mais “desculpáveis” que outros, e pouco importa se são dados mais ou menos importantes na perspectiva de cada um.

          • William says:

            Quando ao Ubuntu, “a telemetria é opcional”? Não exatamente.
            Mais info aqui: https://askubuntu.com/questions/1027532/how-to-opt-out-of-system-information-reports

        • arc says:

          @Costa, mais uma razão para sabermos escolher de acordo com os fundamentos basilares da Liberdade. Por isso o segredo para ter mais, não é o ter mais, mas sim o ter menos e saborear ainda mais esse “menos”.

      • Costa says:

        E por falar em diabo, abro o Pplware e toma lá mais uma notícia no seguimento desta nossa conversa
        https://pplware.sapo.pt/microsoft/depois-do-windows-10-agora-e-o-office-que-recolhe-dados-dos-utilizadores/
        Pois arc e soulreaver, se calhar são só pessoas que só dizem mal, gente mesquinha esta. Eu pelos vistos tb sou mesquinho com estas miudezas da liberdade. É feio ter segredos, diziam antigamente. Confesso que nunca percebi porquê, e continuo a achar que ter segredos é o garante da nossa liberdade. Isso e imprensa livre, mas isto é outro assunto.

        • arc says:

          Costa, eheh, eu vi também. Mas subscrevo, é BOM ter SEGREDOS e LUTAR pela LIBERDADE todos os DIAS das nossas vidas.

        • SoulReaver says:

          @costa, eu concordo plenamente na proteção de dados e politica de privacidade, não me interprete mal, o meu comentário foi a título de brincadeira, e não com o intuito de o ofender…apenas achei caricato o seu comentário devido ao facto de postar 3 links onde mencionam apenas problemas, e nenhuma vantagem ou solução na utilização de Linux…mas volto a frisar, não foi com o objetivo de o ofender e concordo plenamente com a proteção de dados. 1 abraço!!!!!

          • Costa says:

            SoulReaver, não me ofendeu, e eu tentei tb ser “engraçado” numa resposta que pelos vistos foi demasiado ao estilo “piada negra”.
            Apesar vezes parecer mais “seco” nos meus comentários, eu sou do tipo de bem com a vida. Só que aqui, só por texto, às vezes damos uma ideia errada a nosso respeito, neste caso, provavelmente por falta de “habilidade” minha para me expressar melhor. Como dizem no Brasil, na paz. 😀

          • arc says:

            @Costa, tu hoje tas rezingão!!!

        • arc says:

          @Costa, anima-te, que eu hoje num texto, falei de ti como sendo… Costa, o ‘xmonad tiling man, that rocks’…eheh

          • SoulReaver says:

            😉

          • Costa says:

            arc, olha para isto http://www.staff.science.uu.nl/~swier004/publications/2012-haskell.pdf

            Sim o xmonad, sendo um projecto fantástico feito em Haskell, com “apenas” umas impressionantes 1653 linhas de código (versão 0.13) https://news.ycombinator.com/item?id=13703796, super estável, era do “tamanho” ideal para alguém pensar em fazer alguma verificação formal.
            E foi feito, como está no link acima.
            Saltando logo para a discussão, é óbvia a diferença entre Ocaml e Haskell, e sendo Coq um “produto” Frances interligado ao Ocaml (há universidades em PT a ter a cadeira de compiladores, teoria da computação e não só nesta linguagem), já se avizinhavam dificuldades.
            De qualquer forma, retenho isto “In a sense, this development proves that every function from the StackSet module will never crash or loop unexpectedly.”
            E como curiosidade, o tipo responsável é da Universiteit Utrecht, a mesma de onde saiu o projecto nix package manager e depois a distro de linux nixOS.
            Realmente Xmonad rocks hahaha

        • arc says:

          @Costa, já fiz o down…lerei com prazer amanha.

          Abraço

  6. Arkan says:

    Parece que esse LInuXO foi pro brejo…ate a ”EQUIPA” já saiu fora.

    mais info no facebook deles.

  7. Sérgio says:

    Boa tarde,

    Este parece bonito e funcional, mas eu continuo a ter dificuldade em largar o Linux Mint KDE 🙂

    Abraço

  8. Elizer says:

    Ele não está estável!!! Usei umas semanas e tive que abandonar. Mas é uma das distro mais promissoras a meu ver. Parabéns mesmo assim.

    • William says:

      Claro que não é 100% estável, ainda mais sendo baseada no Debian UNSTABLE e UNSTABLE em inglês significa instável, mas tem um motivo para eles terem optado por isso, basta ler o blog do Deepin.

  9. William says:

    Excelente artigo como sempre! É um ótimo sistema, pena que não consertou o bug do atrasado do CL.
    À propósito, só uma correção em “não necessitando assim de instalar aplicações terceiros”, acredito que seja aplicações DE terceiros, certo?

  10. Diogo says:

    É das distros mais bonitas que já pude experimentar, simples e fácil de usar mas para quem gosta de jogar de vez em quando esqueça esta distro.

  11. Clodoaldo says:

    Se eu gosto do Windows e MacOs por que mudar para Deepin?

    • Daniel says:

      Porque o Deepin é grátis.
      Windows e MacOS são caros e pagos.
      Deepin tem um layout que possibilita a aparência a ser igual do Windows ou MacOS.
      Simples assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.