PplWare Mobile

Fim do Windows 7? É hora de experimentar o Netrunner 19.01 ‘Blackbird’


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. João Mendes. says:

    Ya, é por isso que eu uso Linux há 10 anos (04-2009)e só preciso do Windows para actualizar o GPS, porque a Garmin não dá suporte para Linux. Sem licenças nem vírus. Já para empresas será diferente.

    • José Maria Oliveira Simões says:

      Só preciso do windows 7 para actualizar o gps tomtom. O mais caricato é instalar o windows 7 e depois uma dos updates faz com que não se consiga efetuar mais nenhumas atualizações do windows 7. O windows 7 estava finalmente sem problemas de maior. Mas agora até os updates dão problemas. Acho que vou largar o gps tomtom e começar a usar o google maps para me livrar do cancro que é a o windows 10, de outra maneira estou feito ao bife. O windows 10 é mais coisa, menos coisa o windows 8. O windows 10 é uma lastima.

  2. gui says:

    Eu imaginei que as pessoas iriam comentar sobre o Netrunner 19.01 ‘Blackbird’.

  3. José Monte says:

    Desagrada-me que seja usado um S.O. para promover outro, quase de forma menos boa.

    Vamos promover as excelentes qualidades do Linux – Sem Atacar Ninguém – não é necessário, porque ele é mesmo bom e por mérito próprio. Estou de acordo com o comentário do Ruy Acquaviva acima.

  4. FugaparaVigo says:

    Fim do Windows 7? Está na hora de comprar um computador novo e instalar o Windows 10.

  5. Jardador says:

    Consulto este Blog desde o seu inicio e faço-o porque tem em geral partilhado com aos seus leitores, informação útil. Mas também tenho constatado ao longo destes anos, que tentam muitas vezes “injetar” Linux aos utilizadores de Windows. Não vos fica bem…
    Andava à já uns tempos para dizer o que pensava acerca deste assunto. Done!
    Obs.: Sim, tenho Windows e Linux e gosto dos 2 SO. Não irei responder aos replies de “Linux Fan Boys”.

    • Vítor M. says:

      Injetar? Não, tentamos sempre abrir os olhos a quem está possuído pela limitação do seu conhecimento.

      Damos alternativas e o poder de escolha de cada um, faz o resto. O pior cego é aquele que não quer ver, e o conhecimento é a arma letal contra o domínio por ignorância.

      Depois, de dominares o conhecimento, decides. Assim, não podes dizer que não tens o conhecimento que te permita comparar. Por outras palavras, como se usa na minha terra, se não gostas, pões na beira do prato. Se gostas, usa e abusa.

      Abraço.

  6. Pedro Oliveira says:

    Mas que raio de titulo…

    Cota de mercado 2018
    Windows – 87.71%
    Mac OS – 9.61%
    Linux – 2.09%
    Chrome OS – 0.31%
    Unknown – 0.28%
    BSD – 0.01%

  7. Natan says:

    Não deve usar o Android em!

  8. Al Cid says:

    “Microsoft is killing Windows 7, so you should switch to Netrunner 19.01 ‘Blackbird’ Linux distro now!”
    https://betanews.com/2019/01/14/netrunner-blackbird-linux-win7/

  9. Charles says:

    Uma pergunta de quem não percebe nada destas coisas de informática: para instalar este Netrunner 19.01 ‘Blackbird’ num computador que tem o Windows 7 instalado, é necessário desisntalar o windows (ou formatar o pc) ou posso instalar o Netrunner sem desisntalar o windows?
    Desde já o meu obrigado pela informação

    • Ruy Acquaviva says:

      Sim, é possível ter dois ou mais sistemas operacionais instalados no mesmo computador. Mas eles devem estar em drives (HD ou SSD) diferentes ou em partições diferentes de um mesmo drive.
      Partições são subdivisões lógicas de um único drive, que são tratadas de forma independente como se fossem dispositivos diferentes. Na prática pode-se dizer que apesar de ter um único HD, você vê o sistema indicando dois drives (por exemplo C: e D:)
      Muitos usuários de Windows não conhecem esse conceito porque o sistema costuma vir de fábrica instalado em um HD (ou SSD) com uma única partição.
      A maioria dos instaladores Linux permitem a criação de uma nova partição no HD (ou SSD) e a instalação do sistema na nova partição sem alterar a instalação existente do Windows (para tanto é necessário haver espaço livre disponível e para tanto é aconselhável fazer uma desfragmentação no Windows antes da instalação).
      Nesse caso é apresentado na partida um menu permitindo a escolha do sistema operacional que será acionado. O Linux pode acessar os dados da partição Windows, mas o Windows ignora totalmente a existência de outro sistema operacional, não conseguindo nem mostrar a existência da partição onde se encontra o Linux. Esse tipo de instalação chama-se “dual boot”.

    • Lisângelo Berti says:

      Uma boa alternativa para quem quer conhecer outros sistemas operacionais sem desinstalar o atual é utilizar o aplicativo Oracle VM VirtualBox. Você cria uma máquina virtual, instala o novo sistema operacional, testa e depois pode excluir sem bagunçar o atual. É bem útil e interessante.

      • Charles says:

        Já li algo sobre o VirtualBox da Oracle mas na altura não dei muita atenção. Vou tentar pesquisar novamente. O meu obrigado pela ideia. Cumprimentos C.

  10. garibaldi says:

    obrigado Peopleware ….XDXDXD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.