PplWare Mobile

Coreia do Sul também se prepara para fazer a troca do Windows pelo Linux


Fonte: Korea Herald

Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Junior says:

    Na Alemanha eles trocam Linux por Windows
    Na Coreia Windows por Linux

    • Realista says:

      Na Alemanha trocaram Windows por Linux para ser mais barato e 6 anos depois verificaram que era um erro e voltaram atrás…

      • Ruy Acquaviva says:

        Não… Seis anos depois a Microsoft conseguiu corromper políticos em quantidade suficiente para abortar o projeto de software livre e impor o seu produto.
        Não confunda práticas comerciais desleais com superioridade tecnológica.

    • CMatomic says:

      Foi por uma questão de interesses políticos .

      • Theneus says:

        CMatomic correto… eu fui mais a fundo sobre o assunto.. e realmente foi interessa politico…

      • james says:

        Puro interesse político.

        Eles preferem o Excel pois é melhor para calculo de desvios de verbas.

        • Ruy Acquaviva says:

          Eles preferem receber milhões para gastar o dinheiro público com um produto desnecessário do que contratar pessoas com capacidade técnica, que por sinal existem em abundante quantidade no País, desenvolvendo soluções próprias, robustas e independentes.
          Além disso a pressão política para que a Alemanha mantenha seus dados estratégicos dependentes de um sistema operacional fechado de uma empresa de outro país é grande e faz parte da lógica da geopolítica global.

  2. Casuístico says:

    Interessante. Resta esperar o futuro e ver se, primeiro, será algo total ou apenas parcial e segundo, se não acontecerá como já aconteceu na Alemanha, como cita o Junior acima, um volta ao Windows depois de algum tempo. Aguardemos. Saudações.

  3. Trilobits says:

    E vai um Sede Asiática Microsoft para a Coreia do Sul, em 3,2,1…

  4. Jota says:

    O barato sai caro! Quem troca para o Linux, é uma questão de tempo para voltar atrás!

    • Samuel says:

      Eu mudei para o Linux e não me arrependo. Foi o melhor que me aconteceu

      • Realista says:

        Abre o Solidworks, Photoshop, ou até mesmo o Internet Explorer para enviar o saft para as finanças…

        • jaugusto says:

          ah ah ….

        • Carlos Fernandes says:

          internet explorer é facil…….mas não esquecer que o browser do windows 10 é o Edge…as finanças é que não querem actualizar para um browser mais seguro.

        • Pedro Oliveira says:

          Que eu saiba, as Finanças em Portugal, são uma vergo nha, não permitindo outros aplicativos.
          Que eu saiba, a Coreia não necessita de meter o IRS em Portugal.
          Antigamente, havia argumentos que sobravam, quando se tratava de empresas (software de faturação, contabilidade..). Agora que já existem aplicações na web não faltam razões para que se utilize o método mais rentável.
          Qualquer dia, até em matéria de jogos, vai deixar de haver limitações.

          • N'uno says:

            O problema nem é o IRS, pois a AT já começou a alterar a tecnologia que usa. Não se percebe é porque razão ainda não fizeram igual movimento no caso da funcionalidade do e-fatura para envio dos ficheiros SAFT. Talvez se estejam a preparar para o envio directamente a partir dos programas de facturação certificados, só pode…

            Mas é verdade que cada vez mais temos aplicações Web para tudo, com funcionalidades outrora apenas disponíveis nas aplicações nativas, por isso sim, cada vez mais o sistema operativo se está a tornar uma “commodity”.

        • Theneus says:

          Internet Explorer..KKKKKK … karak.. realmente tu ta por fora mesmo…todos os sistema citados existem similares… que claro terá uma nova linha de aprendizado… porém se observação no todo… a massa não usa estes programas por padrão e sim apenas um grupo especifico… basicamente usuário comum usa email e pacote “office”…

        • zedoido says:

          Também não deixa de ser gratificante, ver web sites do Governo Portugues, recomendar a utilização do Flash!

          Viva o modernismo?!?!

        • Pedro Gonçalves says:

          Existem formtos bem definidos para qualquer tipo de ficheiro, protocolo, …. as pessoas é que são “forçadas” e “ludibriadas” a utilizar formatos proprietários de forma a ficarem atados aos mesmo. Modelo de negócio…

          No entanto as finanças utilizarem formatos proprietários para cumprir obrigações legais é simplesmente estupidez.

          Olhem o caso da vodafone que desenvolveu várias ferramentes com Silverlight que foi abandonado pela Microsoft. O que fazem agora ao código obsoleto? O que fez a adobe com várias plataformas e mesmo com o flash? É proprietário, ficas o resto da vida dependente…

          Já agora aqui fica uma lista de várias cidades e organizações que fizeram já essa mudança, olhem que não são poucas…

          https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Linux_adopters

        • Daniel says:

          Tem que ser muito otário pra usar internet explorer, se a empresa que trabalho faz isso, peço demissão na hora.

          • joselito says:

            Pela lógica, se você pedir demissão por isto, então seria um tremendo otário.

          • Daniel says:

            Na verdade, seria inteligente pois estaria indo contra o sistema e mostrando o quanto a empresa é arcaica em suas soluções.

        • cfo says:

          Programas da adobe até compreendo porque as fazem apenas para Windows e Mac. Felizmente não necessito delas e existem boas alternativas compativeis com Linux.

          Consigo enviar o SAFT em Linux sem o Internet Explorer. Funciona bem (java).

        • Ruy Acquaviva says:

          Então seu único argumento para manter o sistema fechado da empresa monopolista é a incompatibilidade com alguns softwares? Não é portanto uma questão de qualidade do sistema e sim de uma comodidade momentânea em relação ao mercado de software.

          • AP says:

            ” incompatibilidade com alguns softwares?”

            Não, é incompatibilidade com o software que interessa. Mete os pacotes no rabo, os utilizadores reais precisam de software para trabalhar, não tutoriais de como resolver problemas no kernel através de linha de comandos.

          • Ruy Acquaviva says:

            Além de mal educado tu és ignorante. O Linux está longe de ser um sistema em que se resolva problemas no Kernel e nem ao menos dependente de tutoriais de linha de comando.
            És um propalador de inverdades motivado apenas pela própria ignorância. Não deveria nem responder a um boçal capaz de utilizar tal grosseria em meio a um debate técnico, mas seria uma pena que algum incauto confundisse meu nojo de seu linguajar e deselegância com alguma falta de argumentos para rebater a asneira propalada em meio a tanta chulice.

  5. Rui Machado says:

    Tanta gente contra o linux! Na Alemanha voltaram atrás e voltaram ao windows por questoes de interesse, jamais ficaria mais caro usar linux do que windows.

    Como aconteceu nos telefones acontece agora nos computadores o windows 10 tudo vigia e tudo regista, alguns interesses até podem oferecer as licenças do windows 10 que ganham muito dinheiro com o que ficam a saber dos utilizadores.

    Pessoalmente não sou alérgico ao windows mas preocupa-me bem mais a forma como todos sabemos que esse sistema funciona do que algumas arestas no linux.

    Na verdade 98% dos utilizadores de pc’s actuais se lhes instalarmos um linux com front end a imitar o windows e um free office ou open office nem nota a diferença.

    As empresas é que ficam limitadas por terem de usar software quase sempre desenvolvidos apenas para windows, mas cada vez menos softwares são dependentes do sistema operativo pelo que a breve trecho até as empresas irão migrar para linux por ser menos intrusivo e bem mais seguro….

    • Miguel says:

      Linux fica tipicamente mais caro que Windows. Quase toda a gente sabe mexer em Windows, quase ninguém sabe mexer em Linux. Fica várias vezes mais caro dar formação de Linux aos colaboradores do que comprar as licenças Windows.

      “Na verdade 98% dos utilizadores de pc’s actuais se lhes instalarmos um linux com front end a imitar o windows e um free office ou open office nem nota a diferença.”

      Duvido. À primeira instalação de uma aplicação via-se logo….

      • Diogo says:

        Aprendi a usar Linux em uma semana. Você vive em qual planeta do sistema solar jovem?

      • Amilcar Alho says:

        “Quase toda a gente sabe mexer em Windows, quase ninguém sabe mexer em Linux. ”
        O meu filho é precisamente o contrário… Mas desde tenra idade o habituei a usar Linux. É uma questão de educação.

      • N'uno says:

        Tretas. Não é diferente daqueles que abraçam a maçã e se deparam com um sistema diferente, que requer alguma aprendizagem como todos. Linux não é assim tão complicado, nem mais complicado que a maçã. Não tem é o marketing e a multinacional por trás, com vantagens e desvantagens.

      • Sérgio Reis Ferreira says:

        Em empresas regra geral, por questões de segurança a instalação de aplicações encontra-se bloqueada. Senão eram só vírus dos smileys do FB nos computadores da função pública. E se forem a muitas empresas vão ver ainda muitos Windows 7 e anteriores com um Office 2000, por exemplo. Portanto Linux a imitar o windows com Libre Office? Sem problema algum. Instalei um linux no Centrino velho da minha mulher, ele ressuscitou e ela em 2 minutos estava a ir à net e a abrir ficheiros. Ela não se dá bem com a tecnologia, no entanto em 5 minutos já se tinha adaptado…

    • Realista says:

      Os Alemães voltaram atrás porque era mais caro o suporte técnico, e porque é que é mais caro? Porque tiveram de contratar equipas de programadores próprias para desenvolverem software para as suas necessidades, para além dos custos de manutenção. Para além disso tiveram bastantes problemas em partilhar ficheiros para fora da sua rede.

      Não me levem a mal, aliás eu fiz o mesmo com familiares: Instalei Linux Mint nos seus portáteis e para o que fazem (Skype, Web, E-mail, Office) serve perfeitamente. No entanto também me ligam de X em X tempo a referir que alguma coisa não está bem.

      Mas fora do meio empresarial linux não funciona, é mais complicado e queremos simplicidade porque tempo é dinheiro…

    • Daniel says:

      Já viste o vídeo de usuários mostrando o KDE Plasma dizendo se a nova versão do Windows e todos amaram?
      Ou o vídeo do finlandês que instalou Linux na empresa e nem perceberam que era Linux?
      Povo só usa Windows por comodidade.

  6. Bil says:

    Na Alemanha o Lunix funcionava muito bem, mas alguns políticos queriam ganhar dinheiro e a micro$oft deu uma “ajudinha”

  7. JLB says:

    Boas!!!
    O utilizador “normal/doméstico” só utilizará Linux quando tiver uma estrutura de suporte/informação para o respectivo SO e aplicações idênticas à Microsoft (Office).
    Gostava de ver à venda por exemplo numa Fnac/Worten/… máquinas com instalações de Linux e respectivas aplicações Office (p.ex. LibreOffice), anti-virus,… e que os colaboradores dessas lojas dessem informações/suporte sobre essas soluções de Linux.
    Até lá, o Windows será sempre o preferido para o utilizador “normal”!

  8. gui says:

    Alguém conhece ou pode informar a performance do REGATA 0S ?

  9. Carlos Fernandes says:

    …a todos os fan boys do windows…vocês sabem o windows 10 trás linux certo? o problema aqui é somente o preço das actualizações…mais nada….
    Ps: ninguem sabe mexer em linux??? android é??

  10. Kabindas says:

    Com o crescimento de plataformas de Office a crescer cada vez mais na cloud e com o dominio cada vez maior de sistemas de IT basedos em node e/ou .net core só não muda para Linux ou quem não tem visão ou tem uma visão quadrada toldada pela Microsoft.

  11. Samuel says:

    Ainda não perceberam se deixa de existir o Linux a Microsoft vai ter que fechar portas devido às multas de monopólio e porque a maioria das inovações do Windows vêm do Linux.

  12. Daniel says:

    Quando falam em antivírus para Linux começo a cair de rir da cadeira.
    Que pérola!

  13. james says:

    A melhor Correia já usa o linux.

  14. Theneus says:

    Acho que vão usar o Deepin la ? rs rs

  15. Cagh@sapo.pt says:

    Morte a Microsoft!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.