Quantcast
PplWare Mobile

BQ Aquaris M10: Um tablet com Ubuntu que funciona como PC

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Ricardo Raimundo says:

    Meu caro Ubuntu! Há quanto tempo! Pelo que li não é necessário ligar a um monitor. Basta o teclado e o rato através de bluetooth.

  2. marco says:

    Será que vale a pena para quem nunca utilizou Ubuntu??

  3. maccgyver says:

    Queroooooooo

  4. Memory says:

    Tenho um tablet android com estas características. Será possível formata-lo e colocar este SO ?

  5. dbrenha says:

    Podiam ter usado um processador intel para correr apps x86.

    • Mazola says:

      Não, processadores Intel não são comuns em tablets por uma razão:
      São horríveis em no rácio performance/poupança de energia. (e aquecem muito).
      Por isso que uma minoria em tables/telemóveis.
      A Intel anda a tentar apanhar cota no mercado móvel… mas sem muito sucesso. Os processadores ARM vieram para ficar.

      • Zukuri says:

        Despedi-medos tablets ha umas semanas porque me distraiam demasiado. Sim, acontece comigo quando estou a trabalhar. Tenho a dizer que apesar de tudo tive duas pecas dessas com processadores intel. Sim nao sao o top dos tops mas fazem o trabalho muito bem. Quanto a aquecer, desculpem mas acordem de vez. Qualquer aparelho electronico quando puxado para tarefas mais a serio normalmente aquece. Vejam qualquer laptop ou mesmo desktop. Nao estavamos habituados a ter nas maos parelhos demasiado potentes e a jogar ou a fazer algo grafico que puxe pelos recusos da maquina.

        • Mazola says:

          “Qualquer aparelho electrónico quando puxado para tarefas mais a serio normalmente aquece. ”
          Não ao ponto de ter uma ventoinha… e fazer barulho.
          Tablets com ventoinhas são uma abominação.
          Eu prefiro potente e silencioso, num dispositivo móvel.

          • Mylittlelife says:

            Com Atom X5 e M3 não tens ventoinhas. Com i5 ou i7 as ventoinhas disparam se puxas pelas tarefas. De ver que se compras um Tablet i5 é porque queres uma performance muito acima do que um cpu ARM proporciona.

          • Josué Faria says:

            Mylittlelife: Ou tens o OS errado no tablet.

    • Anónimo says:

      No mundo Linux isso é largamente um “não problema”, pois não é usual os developers distribuírem as suas aplicações em formato binário. Logo é só uma questão da distribuição simplesmente recompilar a aplicação para essa arquitectura.

      • Alucard says:

        Exacto, acho que tudo o que tens no Ubuntu compilado para x86 também existirá em versão ARM sem dramas. Isso é problema dos tablets Windows, e do facto do Windows RT ter sido um desastre, este será um tablet “Linux Inside”, não precisa do “Intel Inside”.

      • NT says:

        Pois, infelizmente isso é na teoria… porque na prática se não tiver no repositório oficial e/ou num PPA é mais complicado do que parece.
        Parece que o ‘snappy’ vem de certa forma resolver isso, a ver vamos.

  6. carlos says:

    como é que o ecrã pode ser de 10.1 se dimensão máxima é de 9.7? espetáaaaculo!

  7. irlm says:

    há muito tempo que a Canonical tinha este projeto, será que é agora que vai ver a luz do dia?

  8. AntonioMota says:

    O tablet passou- me um pouco ao lado mas esperava-se o Smartphone de( 128bits ) .
    Nada de confusão não é ( 32bits nem 64bits )
    E o systema operativo portatil com acesso por ligação USB . Obrigado pela infprmação

  9. David says:

    A BQ é a única marca de tablets e telemóveis que compro por eles apoiarem este tipo de projectos e serem virados também para o ensino além claro da sua politica de pos venda e a qualidade preço dos seus produtos.

    Estava à espera deste tablet para voltar a ter um.

  10. Joaquim says:

    Brutal genial seria poder upgradar para o Ubuntu Studio http://ubuntustudio.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.