PplWare Mobile

Tutorial Ubuntu Phone: O que são e como usar os Scopes?


Autor: Pedro Pinto


  1. int3 says:

    GNU/Linux puro.
    Chega de android todo kitado à martelada e um iOS semi aberto que devia de ter funcionalidades triviais e não tem.
    PS: Sou um utilizador do OS X e iOS por isso fanboys esqueçam. É preciso saber comparar os sistemas e este ubuntu para mim é o que me mais interessou.

  2. Myquest says:

    Na pratica qual a diferença entre scope e aplicação?
    Eu não vejo nenhuma.

    • Pedro Pinto says:

      “Na prática os Scopes são ecrãs individuais (estilo home screens) de início rápido que lhe permitem aceder a tudo aquilo que necessita: música, vídeos, redes sociais, etc. sem ter de ir aplicação por aplicação.”

      Numa única interface, podes ter vária informação relacionada.

      • Paulo B. says:

        Bem também não percebo qual é a diferença entre um Home Sreen e um Scope, não percebo a necessidade da Ubuntu dar um novo nome a algo já existente no mercado, parece mais uma opção de marketing para dizer que têm algo novo e inovador quando na realidade não o têm. É mesmo só para baralhar e confundir.

        Paulo B.

    • Joao Martins says:

      Uma “Scope” (Lente em tradução solta) funciona como um agregador de informação relacionada.
      A Scope vai buscar informação de várias aplicações.
      Por exemplo a Scope de fotos, agrega as fotos da Galeria, Facebook, Flickr, etc.

      • Paulo B. says:

        Bem já percebi o conceito de scope mas de todo continuo a não concordar com esta nomenclatura de nomes, continuo a não ver o motivo de se arranjar um nome nome “Scope” e dizer que é um agregador de informação de um determinado tipo, quando se faz uma pesquiza seja de que forma for estamos indirectamente a reunir um conjunto de informação relacionada com o tema pesquizado, e além disso existem aplicações no mercado que reunem informação de um determinado tipo há já vários anos e então essas aplicações também são Scopes, continuo a achar que Scope é apenas um nome inventado para fins comerciais de marketing para justificar uma suposta nova funcionalidade que na realidade já existe no mercado há anos, segundo o conceito aqui apresentado.

  3. jorjão says:

    Off Topic: Já saiu a versão final do Elementary OS freya

  4. João Reis says:

    Vale mesmo a pena comprar este telemovel? Não me refiro ao ubuntu, porque esse parece 5 estrelas, mas sim ao hardware. O que dizem?

    Cumprimentos,
    João Reis

  5. Mike says:

    Ainda não experimentei este sistema, mas pelo que vejo, não me afrada minimamente. Estava à espera de um sistema limpo, enxuto, leve, e afinal parece que é mais do mesmo como no Ubuntu para PC: andaram a enxê-lo de lixo, e agora a cada nova versão vão tirando algumas inutilidades às pinguinhas. Ubuntu phone, ou transformam aquilo no sistemas que os adeptos de linux esperam ver num telemóvel, ou então vai ser um fiasco. Ainda para mais com o que se espera do Windows10 para telemóveis.

    • Pedro Pinto says:

      Mike, este sistema não é “mais do mesmo”. É diferente.

    • knom says:

      ubuntu phone… eu espero isto desde o dia do anuncio feito.. uma bela alternativa a quem gosta de sistemas diferentes e não vai atrás do regular android e do ios…

      aquilo está algo diferente da versão de pc, mais adequado ao estilo “mobile” de hoje em dia…. e corre as mesmas apps no mobile e no pc(compiladas em arm, ou x86, dependendo do cpu usado no mobile)

      eu acho que vai vingar
      este e o sailfish acho que vingam porque estão a fazer algo diferente

  6. sakura says:

    linux e os seus b…….
    Building from scratch
    http://developer.ubuntu.com/en/apps/sdk/tutorials/using-the-ubuntu-emulator/
    lost time 4H and …… nada como next…next… next.

  7. niquelnausea says:

    Apesar das várias criticas, este é um sistema que me agradou, muito mais que ios, android e windows phone. Venho testando em um Nexus 4 de forma esporádica.
    No desktop, o unity não é muito funcional, mas nos telemóveis, se mostrou mais funcional que as interfaces de seus concorrentes.

  8. Alexsandro says:

    Estou muito curioso para testa-lo…só não me agrada o hardware do bq, se tivesse mais espaço de armazenamento e ram seria ideal

  9. Bruno Coimbra says:

    O Hardware parece fraco para o UBUNTU:(

  10. Luis Silva says:

    Bom dia

    Como é a integração com gmail e google calendar.Não me parece ter havido nenhuma nota sobre o assunto. 🙂

  11. Carlos says:

    Então a grande novidade dos “scopes” é serem… os Hubs do Windows Phone.

    Que não funcionam porque as pessoas estão viciadas em apps.

  12. Pedromrr says:

    Para quando uma review mais extensiva deste modelo? 😀

  13. Mario Turatti says:

    Boa tarde a todos.
    Moro no Brasil e estou altamente interessado em adquirir um destes aparelhos com Ubuntu.
    Qual destes seria o melhor? Tenho duvidas sobre atualização e etc. Como Debian User, acredito que este sistema virá pra marcar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.