PplWare Mobile

Steam e outras empresas de jogos acusadas pela Comissão Europeia


Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Vitor says:

    Dou toda a razão à Comissão Europeia…as empresas sabem perfeitamente que no espaço económico europeu não existem fronteiras, nem podem existir restrições em determinados países ou regiões. Como tal são essas empresas que têm de se adaptar à realidade dos Países onde querem comercializar os seus produtos! Nunca poderia ser o contrário…

  2. Samuel says:

    Eu também dou razão à C.E. mas acho que a multa até 10% das receitas anuais é muito pouco, devia ser entre 10 a 30% das receitas anuais

  3. RicGon says:

    A seguir devia ser a Sony. Não posso usar na ps4 um cartão comprado em Espanha, etc

  4. bruno borges says:

    é pior a conversão/cambios de moeda pela industria de videojogos em que $1usd = 1€!

  5. Joao Sampaio says:

    a uniao europeia so tem razao no facto de que sim é estupido n poder jogar um jogo comprado na alemanha fora da alemanha porem, ignorar completamente os paises todos que fazem parte do bloco da uniao europeia é estupido, eu n sei quem sao vcs ai a comentar a favor mas provavelmente n jogam, pk eu n vou ser obrigado a utilizar os preços da uniao europeia, existe uma diferença enorme entre regioes, as regioes mais pobres recebe-se 4 euros a hora e nas mais ricas pode chegar a 40 euros a hora, é 10 vezes mais eu n vou pagar os preços das areas mais ricas para jogar e n vou aceitar que a uniao europeia faça politicas que nada têm em consideração demografica pelas populações que afeta e com certeza n irei ser obrigado a ter que utilizar a regiao europeia como obrigaçao, pertenço a um país independente e suberano e irei usar a steam que esta acomudada para essa regiao demografica e nao uma steam para a uniao europeia toda

  6. Joao Sampaio says:

    esta ideia é horrivel eu n sei pk esta gente concorda, n deve nem usar a steam, sim é estupido n se poder jogar um jogo comprado na alemanha fora da alemanha, no entanto sem contar com isso eu acho estupido que a uniao europeia queira processar a steam por praticamente ter servidores steam nacionais( ou sejas por paises ) ao invés de servidores europeus que junta todo o mercado europeu steam numa plataforma, n só é uma ideia estupida essa pois nas areas mais pobres da uniao europeia o salario minimo é de 4 euros a hora enquanto que nas areas mais ricas pode chegar a 40 euros a hora, é uma diferença de 10x, eu n aceitarei quer a uniao europeia exija que haja uma plataforma europeia em vez de nacional, a uniao europeia n é um país mas sim um bloco economico e ultimamente tem agido como um e tem pouco conheçimento de como fazer leis para uma certa populaçao demografica como a internet europeia, a uniao europeia n leva em consideraçao as pessoas que usam a internet e depois tem-se consequencias extremamente negativas, eu n aceitarei trocas a minha steam nacional pela europeia pois eu sou cidadao de um país independente e soberano e n irei deixar que boroclatas de breuxelas digam o que posso ou n fazer

  7. DrFrankenDerpen says:

    O princípio básico é prevenir que malta de países com maior rendimento tirem proveito de preços mais baixos em determinados mercados.
    Mas por outro lado, se é exatamente o mesmo produto, deveria ter exatamente o mesmo preço seja em que zona for.
    Se bem que a UE tem assuntos mais importantes para resolver do que isto…mas pronto a Vestager tem claramente algo contra o digital.

  8. Bruno Jesus says:

    O problema não está na Valve nem nas empresas de jogos, enquanto uns europeus ganham 500 outros ganham 2000 nas mesmas funções, as empresas estão a adaptar os preços à capacidade económica de cada país. Se não existissem europeus de 1a e europeus de 2a não seria necessário este tipo de medidas.

  9. Alt Tab says:

    Eu acho que muitos esperam que o valor indexado seja o inferior. E apesar de concordar com um sistema sem limites geográficos. Também aceito que um pão na aldeia custe 2 cent e na grande cidade 10 cent.
    Com isto só ira prejudicar os paises com menor poder de compra. Se alargassem a escala por exemplo um produto a 100e na alemanha a 90 em portugal e a 70 na eslováquia. O produto esta em indexado em 100 com desconto de 30e para a eslovaquia e 10 para portugal. Se eles acabam com isto sera 100 para todos.

  10. Samuel says:

    Vocês não percebem as regras da UE. Aposto que se podem-se compravam computadores baratos certo? Agora imaginem que esse computador era comprado na Eslovénia e que esse mesmo não funcionava em Portugal. É este o exemplo que vos dou para perceberem isto. Já agora eu jogo mas não essas plataformas pois eu sei que um jogo de nome “Endless Sky” é pago no steam quando ele é na verdade gratuito fora dessa plataforma.

  11. Hugo says:

    Não se encaixa no mesmo tema a Netflix?? O facto de bloquearem conteúdo por paises/Continente??

  12. Pedro Sousa says:

    Qual o jogo que consta na primeira imagem?? Se alguem souber

  13. Keny Nox says:

    A opinião da CE, como tudo na UE, mais uma vez, está emburrecidamente incorreta.
    Acredito que os burocratas europeus se preocupam em demasia em atrapalhar as liberdades e possibilidades das empresas e cidadãos em prol do gigantismo estatal.
    Quero ver daqui a alguns anos os defensores dessas práticas burras, que apenas reduzem os particulares aos arbítrios desses novos déspotas, reclamarem arduamente das intromissões estatais.
    Me assusta ver alguns europeus pensando dessa forma, logo aqui, berço do ocidentalismo. Cá entre nós, talvez por isso o ocidente é decadente em comparação ao oriente, ao menos hodiernamente.
    Enquanto aqui preocupamos em decidir o comprimento e a circunferência de um pepino para ser vendido nessas terras, noutros lugares são tomadas decisões que verdadeiramente impactam o mundo, mudam tecnologias e o modo de se ver e viver a vida. Aos poucos nós buscamos retroceder à Idade das Trevas e estamos conseguindo.
    Parabéns aos envolvidos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.