Quantcast
PplWare Mobile

Activision Blizzard ganhou mais nos jogos para smartphone do que PC e consola juntos

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. SSilva says:

    Os miúdos agora já não querem consolas 😀

  2. Ziggy says:

    Normal, os gacha games são os que geram mais dinheiro atualmente(e infelizmente)

  3. mamba says:

    expectável. há muito mais malta com smartphones do que malta com PC gaming (e epic store instalada..) ou consolas juntos.

  4. Manuel da Rocha says:

    O problema é mesmo os valores. Comprar o jogo, 120 euros. Comprar opções, 40 euros.
    Instalar a app: grátis, 50 euros mensais para opções de jogo. 6 meses de jogo, foram 300 euros e o jogador garante que gastou menos do que se tivesse comprado um jogo para a consola.

  5. Tim says:

    já ng tem tempo para se sentar à frente de um pc a jogar… isso está ultrapassado

  6. secalharya says:

    A Blizzard morreu em 2011.

    • Metal says:

      Vamos lá ver o que vão fazer com overwatch; Diablo; Hots…
      Mas sim o império está em restruturação… mobile parece ser o caminho. Tens o Exemplo do Diablo Mobile.
      O que começou com “cosmetics” virou ganha pão através do Pay to Win.
      Só tenho pena é que existam pessoas que sigam este caminho do Pay to Win da Blizzard.
      Deixo a pergunta: São eles os burros ou quem adere à ideia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.