Quantcast
PplWare Mobile

Zoom: Escolas começam a banir a plataforma de videoconferências

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. O Monstro Precisa de Amigos says:

    A Ordem dos Advogados portuguesa gosta da insegurança do Zoom. Hoje conferência do CDP às 15h e amanhã outra.

    • Rizzo says:

      Ferramentas de teletrabalho sao excelentes mas em portugal os tugas sao preguicosos e em casa ficam a dormir ate as tantas e não fazem nenhum. Horario de almoco de 2h so mesmo na tugalandia, aqui no UK 15-20min chega

      • O Monstro Precisa de Amigos says:

        Epah, que comentário mais irracional… O que é que isso tem a ver com o que eu disse? É por eu ter dito que as conferências são às 15h? O que é isso tem de estranho? Ó jovem, estás a falar com um profissional LIBERAL, que se está nas tintas para horários rígidos, por isso se me apetecer almoçar durante três horas, almoço. E deixa-me que te diga, todos os dias lido com imensas pessoas e creio que não conheço assim tantas que disponham de duas horas para almoçar, se é que conheço alguma. De resto, a tua crítica ao trabalhador da Tugalândia é-me indiferente porque eu não vivo para o trabalho. Se a tua vida é trabalho, muito trabalho e só trabalho, parabéns e bom proveito, mas lembra-te que daqui a poucos anos vais estar debaixo da terra como toda a gente e a tua vida honrada e laboriosa não interessará para na-di-nha.

      • Nuno says:

        vai apanhar no pacote do almoço.

      • Joao says:

        Se é por horas de trabalho que pretendes avançar e criticar a “malandrice” tuga, eu apesar de ser empregado de uma empresa portuguesa, trabalho deslocado em vários países da Europa e as 15h30 ficamos sozinhos nos ecritórios até as 18h, 19h que é normalmente a nossa hora de sair cá… e almoçamos também em 30 minutos juntamente com eles… por isso não vás por horas de trabalho sff…

      • CF says:

        Fala por ti, eu almoço ao mesmo tempo que trabalho e trabalho 12h/dia!

        • J.P. says:

          És um Rambo do escritório!! Parabéns. Toda a gente vai cantar histórias disso dos teus grandes feitos muitos anos depois de ires p outro mundo.

    • TREGO says:

      Já agora que trabalhas tanto, e em Portugal não se faz nada, porque é que estás na net em horário laboral e não estás a trabalhar. Eu estou a ver este site às 19 horas

  2. Carlos says:

    Bem feita…
    Zoom e meet não prestam… não têm 1080p ou 4k

    • Alvaro Campos says:

      Sim, o 1080p e o 4K são realmente uteis para uma reunião do dia-a-dia

    • Rizzo says:

      Para que queres 4k numa videochamada? Isto e para trabalhar não para trocar ideias de maquilhagem

      • Carlos says:

        Então vamos subir, e o 8K?????
        Juro estou farto da estupida qualidade destas plataformas, só lag!!!

        Sim para trabalhar/estudar é necessário qualidade!

        • Say Wha.....???? says:

          mais qualidade de upload de vídeo mais lag pode haver.
          Se não tens uma boa internet ou um pc e monitor que sequer suporte a resolução emitida do outro lado… guess what… vais ter lag…
          não é assim tão simples… nem vantajoso…

        • Mario Alturas says:

          Não confundir a “beira da estrada” com a”estrada da beira”:

          A qualidade da “video chamada”, é uma coisa, a qualidade da “imagem da video chamada” é outra. Penso que seja facil de qualquer pessoa entender,… até mesmo para mentes pequenitas….

      • NT says:

        Depende da profissão 😀 😀 😀

  3. Sergio J says:

    Nunca percebi porque usavam o zoom em vez do Teams. No teams pode-se colocar conteúdo, manipula-lo em tempo real, de uma forma interactiva. Integração com todas as ferramentas da Microsoft nomeadamente PowerPoint e onenote. Para os professores com uma simples mesa digital torna-se perfeita.
    Além demais as escolas que aderem ao pacote de educação da acesso ao office 365 para professores e estudantes.

    • Vitor says:

      A resposta à tua dúvida é simples…é o resultado da “campanha” que se faz na net contra produtos da Microsoft. Muita gente prefere usar “novidades” que a publicidade vai destacando e “despreza” produtos de uma grande empresa com provas dadas! Feitios…

      • mlopes says:

        uma questão: é possível trabalhar com o teams sem ter uma subscrição com a microsoft?

      • R says:

        Concordo com o que escreveu, mas pergunto (sem ter grande conhecimento) se Teams é e manter-se-á gratuito? É que não me parece…
        Além disso, parece-me que a facilidade com que se começa a utilizar o zoom será muito maior do que o teams. Ainda agora fui explorar e “aderir” ao teams não funcionou…
        Nesse aspecto a Microsoft tem de melhorar. Facilidade em começar a utilizar é meio caminho andado.
        Compraram há uns anos o Skype e poderiam tê-lo melhorado imenso, o que não aconteceu. E surgiram alternativas…
        Actualmente ouço muitas queixas sobre o Skype – infundadas?

        • Alvaro Campos says:

          O Skype Pessoal, o que a Microsoft comprou, não é a base da videochamada do Teams, além disso uso diariamente e não tenho tido problemas nem com o Teams.
          No Teams a base da videochamada é o Skype for Business que é baseado no Microsoft Lync e deverá ser descontinuado em 2021/22.
          O Teams não passa de um agregador de ferramentas. O que ele trás de base de simples utilização e aprendizagem (conversas e agendamentos) mas facilmente complicamos pois achamos que temos sempre de criar equipas e nem sempre isso é necessário.
          Eu posso fazer uma reunião simplesmente com uma conversa e, nessa conversa, colocar ficheiros ou adicionar participantes
          Nada disto é complicado
          Complicado fica se liga o complicometro!
          Há escolas (mais Universidades!!!) a criar equipas quando basta criar agendamentos e o professor adicionar os alunos para dar aulas.

          • ze says:

            Só asneiras Alvaro, porque achas que fizeram o rebrading de Lync para Skype for Business? Não deves conhecer a qualidade de chamada no tempo do Lync.
            Skype, S4B, Teams, são a nível de optimização de bandwith a melhor solução de videocall no mercado, desde que existem.

    • Alvaro Campos says:

      A principal das razões é a quantidade de imagens de participantes (webcams, se me entendes) em simultâneo.
      No Teams o número de imagens de participantes é de 4 indo alterando sempre que alguém fala e recebendo o focos (para já porque deverá passas para 8 e depois, fala-se…, para 20) enquanto que no Zoom são 50, acho.
      Para mim isso é problemático pois é fácil numa aula de universidade ter mais que isso e facilmente deixamos de ver pessoas e passamos a ver selos… Por vezes nem vemos qual o aluno que está a falar.
      4 imagens em simultâneo é pouco, sem dúvida, mas acima de 10 ou tens um ecrã gigantesco ou passas a ver imagens do tamanho de selos.
      Nota, não falo de apresentações mas sim das imagens dos participantes

  4. Manuel Palito says:

    A FCCN já se pronunciou? há anos que usa o COLIBRI como um serviço de colaboração que permite realizar reuniões à distância entre dois ou mais participantes da comunidade académica e científica, permitindo a realização de reuniões, trabalhos de grupo, aulas e tutoriais, através da internet.

  5. R says:

    Muitas das gravações existentes na internet foram os próprios utilizadores a colocarem…
    Não estou a defender a Zoom, mas quer-me parecer que se tornou um alvo a abater.

  6. Luis Martins says:

    Boa tarde
    Devido à atual situação em que estamos tenho usado o Zoom, de uma forma regular em conferências com várias dezenas de pessoas. Tenho notado sim, é que existe uma tremenda incompetência ou quiçá falta de know how, em saber configurar sessões Zoom para que não seja possível ao mero utilizador participante algumas funcionalidade como por exemplo a gravação das sessões. É claro que se o utilizador pode “por defeito” gravar as sessões isso vai possibilitar a que possa publicar esses conteúdos onde quiser, e depois dizem que a culpa é do zoom.
    A meu ver, esta ferramenta mais avançada ao nível as potencialidades em relação à concorrência. Tem é uma configuração mais complicada e que para o mero utilizador comum, não é fácil de compreender.

    • Alvaro Campos says:

      PST!
      Podes restringir o acesso às gravações no Zoom, no Teams, onde quiseres mas nada te impede que do outro lado um utilizador com um qualquer software de gravação de ecrã grave…
      Repara que o Windows 10 tem uma ferramenta para isso!!!! Já ouviste falar no Win+G? Foi criado para gravar os jogos para depois os publicar no YouTube pelo gammers…
      Depois temos os tradicionais Camtasia e seus primos
      O facto de não permitir a gravação não faz com não seja gravado
      O Teams resolve melhor isso ao alertar que a videochamada está a ser gravada tendo em conta o RGPD (aparece um pequeno texto com isto no topo da reunião) o que faz com que haja logo alguém a exigir que a gravação pare!
      MAS, mais uma vez, nada me impede de gravar o meu ecrã, nada mesmo!

      • JJ_ says:

        No Zoom também aparece uma mensagem a dizer que a reunião esta a ser gravada.

        E nada impossibilita que um utilizador, uso programas de gravação do desktop ou até mesmo um equipamento de filmagem externo apontar para o monitor, para gravar uma videoconferência seja ela feita em que plataforma for (Zoom, Teams, Skype, etc…)

        Praticamente todos os relatos sobre a dita falta de segurança do Zoom, é por culpa da má utilização da plataforma. Sei de casos, de malta que anda a passar ID/Senhas para reuniões via Whatsapp para pessoas que não eram suposto ter essa informação, mesmo que nesses casos que conheço, não existir um verdadeiro problema nisso. Mas mostra que o problema passa pelo comportamento inseguro das pessoas… e depois culpam as plataformas/serviços.

  7. Alex says:

    E Discord/Slack não seriam opções funcionais?

    • Rizzo says:

      Discord para trabalhar? Isso e para jogos. Para trabalhar precisas de partilhar ecra e documentos editaveis em tempo real não e para falar em jogos meu toto.

    • ze says:

      Tens Teams com custo bem mais reduzido e oferecido às escolas, Slack foi moda hipster, assim que vieram os tubarações slack ficou para fortune 500 e empresas com bolsos fundos para terem N soluções.

  8. Carlos says:

    Bom e barato não há.
    Querem fazer reuniões confidenciais sobre uma plataforma gratuita, agora aguentem-se.

  9. Carlos says:

    Para utilizações públicas como conferências de imprensa ou aulas, em que as questões de confidencialidade não sejam relevantes o zoom continua a ser uma boa opção.

  10. luisnuxx says:

    Zoom e de longe muito melhor que as solucoes alternativas em muitas frentes.
    Na empresa onde trabalho mudamos do webex para zoom a varios anos atras e a qualidade das reunioes melhorou do dia para a noite.
    Tambem temos office 365… mas nao usamos o teams (mesmo sendo oferecido na subscricao. E muito limitado e penoso) … usamos Slack Enterprise + Zoom enterprise.

    Estamos todos muito satisfeitos.

    • luisnuxx says:

      A Integracao do Slack com o zoom funciona 5 estrelas. uma maravilha mesmo

    • Joao says:

      Se tinha essa situação na sua empresa, provavelmente tinha a ver com a qualidade da sua rede ou com a configuração do software. O facto é que o WebEx é a plataforma de eleição em tudo o que são empresas grandes, sem quaisquer queixas, e por alguma razão.
      A Cisco é sempre mais cara que a concorrência… às vezes tenta-se poupar e subscrever serviços inferiores, ou não pagar a quem os sabe por a funcionar como deve ser. Tudo se paga, de uma forma ou de outra.

      • luisnuxx says:

        Trabalho numa das FORBES 2000 e posso dizer que nao e questao de dinheiro ou configuracoes. O software e muito superior e a qualidade de imagem/som tambem.. nas ultimas semanas porem o zoom tem estado sobre fogo relativamente a problemas de seguranca, que senao resolver rapidamente, ai a concorrencia vai ganhar alguns clientes.

  11. Bezainas says:

    E de repente o Teams é que é !!!
    Uma porcaria que aterra o PC por completo
    Que com 4 utilizadores laga que mete nojo
    Ui..e a segurança?! Os outros são todos maus, o teams é que é seguro.

    A NSA agradece às empresas deste mundo por lhe cairem na sopa. Melhor é impossível
    É de tirar o chapeu à microsoft, porque enfiar o teams no office 365 é genial.

  12. J.P. says:

    Isto parece mais uma guerra da concorrência pelo mesmo serviço onde os videos das conferências podem descair mais para o lado dos US ou da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.