Quantcast
PplWare Mobile

Tarifa social de internet chega já a 1 de julho! Saiba a velocidade e plafond

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Vitor Tavares says:

    3.2.1.0…quase a aparecerem os comentários de que 10 gigas de tráfego é pouco e velocidade de 30 megas é de “tartaruga”! Esquecendo (ou não compreendendo!) que é um serviço de índole social…que eletricidade social só para determinados níveis de consumo e potência instalada,que garrafas de gás a preço social têm um limite mensal,que habitações sociais não têm piscina,etc!

    • Rui says:

      É por pensamentos pequeninos assim que isto não avança, porquê 10GB? Agregado de 4 pessoas e escola em casa com 3GB por mês cada um? Não chegava limitar a velocidade?
      Este nosso pensamento de “eles já são pobrezinhos o melhor é não habituar mal” é muito triste.

      • Vitor Tavares says:

        Eu não tenho pensamentos “pequeninos”…apenas não sou megalomeno ao ponto de pensar que tenho de ter tudo de graça! Não conheço NENHUMA empresa em NENHUM país do mundo que trabalhe de graça!

        • dasda says:

          nao percebes que isso gasta num dia de aulas normal online pois nao?

          • Pedro F. says:

            Mas o que recomendam? 200GB gratis por mês? 500GB? Ilimitado para não impedir ninguém de “aprender”?
            Até compreendo a necessidade de algumas pessoas, mas com descontos no banco, na água, luz e gás, na internet, no telefone, nos transportes, nas taxas moderadoras, no arrendamento, mais o abono, e a habitação social, o desemprego, o RSI, etc… e a malta que ganha o salário mínimo começa a ponderar se não é melhor deixar de trabalhar ou se não é melhor trabalhar por fora e receber tudo de borla… Fará sentido ganhar o ordenado mínimo e ter de pagar tudo quando se pode receber o desemprego e ter tudo de borla?
            Afinal, num país onde meio mundo se queixa sem mexer uma palha, o que não faltam são críticos quando se arranja mais alguma coisa para as pessoas com mais dificuldades…
            Nunca nenhum de vocês se esforçou nem um bocadinho para arranjar internet a ninguém , mas agora, que o governo está a arranjar uma tarifa social para esse efeito, todos acham que é pouco… Enfim…

    • Pintor says:

      Nos dias de hoje tráfego limitado de 10G é completamente absurdo, pior ainda é ser da opinião que é aceitável.Quanto a velocidade de 30 nada a dizer chega e sobra para a grande maioria.

      • Vitor Tavares says:

        O tráfego limitado a 10 gigas apenas é limitado para quem aderir a este apoio…para aquilo a que se destina acho que é muito razoável! Dependendo do preço,claro…vamos ver!

    • Hugo Lopes Antunes says:

      QUeres aprender algo na internet e lá se vão os 10 Gb de net.

      • Vitor Tavares says:

        Na apresentação do projeto foi dito MUITO CLARAMENTE que se destina a se utilizado em “serviços básicos” (emails,redes sociais,pesquisas,etc.) e não em navegação “livre” e para andar a baixar o que queremos e a jogos online! Ninguém falou que serviria para jogar,para o Netflix,etc! E continuo a frisar…É UM SERVIÇO DE AMBITO SOCIAL! Quem quiser mais…só tem de pagar!

        • Rui says:

          Eu percebi, o pensamento tacanho, à primeira. Como é social o melhor é nāo fazer bem, é limitar antes que se faça algo de jeito.

          • Vitor Tavares says:

            Exato…como é social vamos exigir que cada habitação social tenha direito a piscina privativa,Jacuzzi,garagem para dois carros,etc! Isto de gostar de ter privilégios à custa dos outros é muito fácil…

          • Rui says:

            Caro Vítor, eu sou contra o limite dos 10gb,não contra o limite de velocidade. Que não tem de ser um super-serviço, claro que não, quem quer melhor tem de pagar. Mas criar um serviço MAU só porque é uma ajuda é um péssimo principio.

        • NotMe says:

          Queres aprender mais de uma matéria, pesquisas no youtube, e chapéu…
          (existem muitas aulas de apoio, sejam em PT-PT ou PT-BR no youtube)
          Quem usa sabe 🙂

    • Diogo Raminhos says:

      Sim, o serviço é para quem realmente precisa, tal como tantos outros serviços de fim social. Contudo, 10GB por mês é realmente um absurdo, mesmo para quem assim necessite. Conheço, pessoalmente, várias famílias que durante o ano passado, devido à necessidade terem os filhos a estudarem online tiveram que partilhar o serviço de Internet por 3 num só prédio, eram 7 crianças a usarem o serviço, ora, diga-me, neste caso social, onde é que consegue encaixar 10GB por mês?

      Só para facultar que na zona onde me tive de deslocar não chega sequer a rede 3G foi por essa razão que tivemos de fazer a instalação Ethernet pelo prédio, algo que nunca pensei que fosse fazer na minha vida, pelo menos quando se trata de um serviço partilhado entre vários vizinhos para acudir a uma situação invulgar como esta.

      • Vitor Tavares says:

        Um serviço destes não é para partilhar por mais que uma família…é facultado a famílias com baixos rendimentos! Das duas uma…ou uma das familias é que tinha esses “baixos rendimentos” e como tal seria a única a usufruir do serviço e não tinha que o partilhar com ninguém e estava a fazer a partilha com quem não tinha esse direito por algum motivo. Isso porque se TODAS as famílias do prédio estivessem na mesma situação…cada uma delas teria direito a essa “benesse” sem necessidade de “chatear” os vizinhos!

        • Rui says:

          Limitado a 10gb, não vão agora os pobres pensar que por terem acesso à net isto podia ter algum fim inclusivo.

        • Diogo Raminhos says:

          Sr. Vítor, como expliquei foi uma situação pontual e para além disso estou a falar daquilo que agora existe e esqueceu-se de responder sobre a questão dos 10GB por mês, se o Sr. Vítor entende sobre o assunto, sabe perfeitamente bem que 10GB não chega sequer, especialmente quando são 2 ou mais crianças a usarem o serviço.

          Posso dizer-lhe que em 1 mês, no uso de um serviço com limitação (sim, limitação) de qualidade e largura de banda o Zoom e o consumiu mais de 37Gb, serviço usado por 3 crianças, fora as atualizações necessárias (sim podem ser barradas, eu sei) do sistemas operativo e outro tipo de consumos necessários para a escola, seja Youtube ou visualização de vídeos/filmes para o efeito.

          Aguardo o seu julgamento e espero que me consiga explicar onde encaixar esses 10Gb.

    • art says:

      eletricidade social só para determinados níveis de consumo ????? hahahahaha ..você não faz a mínima ideia do que está a dizer…esta tarifa social é um puro disparate , se fosse semelhante á tarifa social de eletricidade, consistiria num desconto mensal …e assim é que devia ser

    • Miguel Gomes says:

      Concordo com os 10Gb se não contabilizarem tráfego usado por softwares de videoconferência usado por escolas e universidades.

      Caso contrário, não dá para os mínimos…

    • Gil says:

      Se a velocidade é limitada desde já, para que são os dados limitados ? prefiro que limitem a velocidade a 20 mbps do que limitarem a quantidade de dados de dados. Limitar a quantidade de dados é absurdo.

    • Sem Nome says:

      se alguém disse q 30mbps é “tartaruga”, aqui está o meu ex-contrato: 12mbps (contrato antigo, por isso é que ñ existe), sendo um agregado de 5 pessoas. Fizemos o teste (antes da semana passada), resultados 1-3 mbps ‘-‘. Por isso, é um milagre 30 mbps para quem nunca teve ✨

    • R!cardo says:

      10GB hoje em dia não são nada, em meia hora podes consumir o dobro.

    • Pedro says:

      A eletricidade não tem limites nos níveis de consumo, só potência contratada.
      A minhaae usufrue disso.

  2. scp says:

    10GB?

    Vai-se o plafond mal instale uma atualização do sistema operativo ou descarregue um programa de utilidade para o computador. Nem ao youtube podes aceder para ver vídeos educativos ou aprender alguma coisa.

    Deviam permitir pelo menos 100GB por mês, ainda por cima se for para uma família dentro de casa.

    Ou estou enganado e este tarifário de 10gb com 30mpbs é para o cartão SIM do telemóvel?

  3. Miguel says:

    Muito bem pensado, proncipalmente a limitação de plafond que com transferencias a uma velocidade constante de 30 Mbps, o plafond é gasto em 2666 segundos cerca de 45 minutos… Se calhar ainda acaba mais caro que os atuais tarifarios de internet movel.
    É a mesma historia que o 5G…
    Enquanto a existirem estas limitações de plafond, o aumento da velocidade apenas benficia as operadoras….

  4. Rui says:

    Atendendo à velocidade estonteante que os “ricos” têem disponível, imagino a velocidade da tarifa social!!!!

  5. B@rão Vermelho says:

    Agora resta saber é quem é que realmente vai usufruir do serviço, sé é mesmo os mais vulneráveis ou os mais espertos

    • jonas says:

      É os que não declaram os rendimentos na maioria dos casos, vais ver. E depois os que de F##*D*#EM são sempre os mesmos. E depois reclamam dos venturas deste pais andarem ai a fazer ME**#*# e serem cada vez mais.

    • Luís says:

      Se calhar ninguém, porque 10 Gb não chegam para grande coisa…

  6. jimmypt says:

    A velocidade ainda vá,que não vá.Agora o plafond de 10GB é simplesmente ridículo,nos dias que correm.
    Pobres das pessoas que tiverem de utilizar este serviço..é mesmo um serviço para pobres..):

    • A maníaca says:

      Ora bom, na minha rua quem é pobre não “olha ao dente” e se é pobre deve ficar agradecido:

      1) que hajam serviços sociais num país pobre como o nosso

      2) que tenham direito a saúde, comida, lar, energia, água e agora Internet gratuita

      3) eu tenho 12 GB de dados no telemóvel S20 Ultra, actualizo diariamente muitas apps, uso muito YouTube e Maps, ouço rádio constantemente, Mail com anexos (e só uso o telemóvel), muito WhatsApp e Internet e levo com updates de 250 a 1.2 GB mensalmente, faço partilha às vezes com o meu portátil e nunca me contive de usar a net e NUNCA atingi sequer 10 GB de dados!

      São 10 GB de dados incompatíveis com Netflix em grandes quantidades ou 4K? Sim; incompatível com consolas de jogos? Sim. Incompatíveis com grandes updates mensais de vários PC? Sim

      Mas se têm tudo isso então não precisam da tarifa social…

      • Zé Fonseca A. says:

        Em Portugal a única pobreza que existe é a de espírito.

      • Ti Manel says:

        Não deves ver os mesmos vídeos que as minhas filhas, e refiro-me só à questão da escola online.
        Para além de que, para quem se enquadra nesse âmbito de “apoio “social”, também tem direito a um acesso à internet (bem essencial) condigno, quanto mais não seja para se divertirem um pouco… é o mínimo dos mínimos e 10 GB não é o mínimo dos mínimos.

      • Rui says:

        EU no telemóvel também tenho 5GB e lá vai chegando, mas isto não são tarifários de telemóvel…

      • Peace says:

        Mas usas WiFi

      • Rui says:

        @Maniaca, portanto: É pobre deve agradecer o balde de merd@, até porque se não fosse assim não tinha merd@ nenhuma.

        • A maníaca says:

          @Rui, portanto: segundo a sua teoria, quem é trabalhador tem que pagar só impostos para que os pobres em Portugal tenham o mesmo que eles; ou seja, segundo a sua teoria quem ganha 500 por mês não tem que fazer sacrifícios, é pôr quem ganha 1000, 2000, 3000 a pagar impostos como se ganhasse 500 para que os de 500 comam lagosta, andem de BMW e tenham Internet gigabit… lolol

          Na sua teoria, portanto, não faz sentido ninguém ter ideias, ser empreendedor, ser bom, trabalhar muito, fazer carreira, etc porque no final ganhará o mesmo que um indivíduo que não quis fazer nada na vida (também há os que por motivos de saúde nunca puderam fazer, mas isso são outros).

          Moral: que ingrato é você, ainda dão algo que em muitos países ricos nem lá perto dão e ainda se queixa que é pouco! Se você fosse da região de Coimbra, ainda diria que podia ser um miúdo que andava a pedir para comer, como fui às compras dei-lhe uma sandes e bolicao e …. deitou fora a dizer que queria era dinheiro!!! Se calhar a culpa foi minha …. lol

          • Rui says:

            @Maniaca, claro que não. Quem trabalha tem de ser reconhecido e protegido. E nem vou entrar em discussões sobre falsos pobres ou auto-pobres (que não querem trabalhar). Mas se concorda que se deve criar um plano de acesso à internet, que existe quem precisa desta ajuda, aquilo que eu digo é que não concordo com a limitação dos 10gb de tráfego, não faz sentido. A limitação de velocidade, concordo, claro que sim.

        • R!cardo says:

          A pobreza hoje em dia é ter internet, telemóvel e portátil.

      • NotMe says:

        O Seu tarifário tem internet gratuita em várias apps, como Youtube, WhatsApp etc…
        Duvido que seja o caso deste serviço de tarifa social.

        Incompativeis com grandes updates do Windows… Hum… podes evitar?

  7. Silvio pinto says:

    Se for gratuito todos os comentários que vi aqui, deixam de fazer sentido

  8. Urtencio says:

    O socialismo parte-te as pernas e depois dá-te umas muletas e diz: “sem nós não terias muletas”…

    E que tal em vez de andarem a fazer estas mer… a dar migalhas criarem condições para que deixem de existir famílias carenciadas… pois.. deixava de fazer o sentido o discurso da esquerda não era?

    • andre says:

      infelizmente é mais fácil rabiscar leis em papel e por os privados a suportar os pobres, não basta manter os pobres, temos de manter o estado.
      Se não houvesse estado tínhamos mais dinheiro para distribuir pelos pobres.

    • Alvaro Campos says:

      E a solução é?…..
      Estou tão farto de ouvir acusações (por vezes nada fundamentadas!) mas soluções ao problema nem vê-las!
      Se não têm nada de novo a acrescentar, porque se dão ao trabalho e à perda de tempo em fazê-lo?
      Só se for para colocar no currículo!!
      (NOTA: Não nada mas mesmo nada a ver com partidos políticos nem nutro interesse em ter!)

      ARRE!

      • Urtencio says:

        Meu caro também não tenho nada a ver com partidos políticos!
        Ainda preciso de lhe dar mais fundamentos? basta abrir os olhos e ver o que se passa no dia a dia.. só não vê quem quer..

        E já que gostam tanto de copiar o que se faz lá fora porque também não seguem as reformas dos países que a meia dúzia de anos eram países de 3 mundo e agora já nos passaram!? Para que inventar quando já alguém fez bem? no máximo melhorar!

        Se tiver preguiça de ir ver posso lhe enumerar algumas!

    • HUS says:

      o BTC vai resolver =)

    • Peace says:

      O facto de deixarem de haver famílias carenciadas não se resolve por decreto. É preciso que as pessoas queiram deixar de ser carenciadas e vão à luta. E é sobretudo uma questão de mentalidade.
      Mas se lhes derem casa e condições especiais para terem o mesmo que os outros que têm de trabalhar no duro eles preferem ficar como estão.

      Ainda à uns anos conheci um gestor de uma grande empresa de limpeza no nosso país e na altura queixava-se que muita gente do ramo trabalhava 1 ano ou 2 e depois despedia-se para ir 2 ou 3 anos para a fundo de desemprego.

      De facto o socialismo é um problema porque deixa as pessoas viverem a vida toda de subsídios.

      • scp says:

        Como assim despedem-se e depois têm o subsídio de desemprego? Esse gestor teu conhecido está lá a fazer o quê?

        Não faz sentido o que disseste, não recebes o subsídio sendo tu a sair de livre vontade ou com justa causa por parte do empregador.

      • Pedro F. says:

        Quem se despede não tem desemprego.
        Mais um exemplo do que se vê por aí. É acreditar em tudo…

  9. JR says:

    E o preço/oferta vai ser idêntica na meia dúzia de operadoras disponíveis, com oferta de instalação e activação

  10. FF says:

    e quem ganha com isto sao as operadoras…
    porque? 10GB em qualquer casa, social ou nao esgotam-se rapido, e aposto que este tarifario apos os 10GB vai cobrar por cada 100MB adicionais, e a pessoa com um tarifario se calhar de 9 euros tarifa social, vai receber faturas de 50 ou 60 euros por causa do trafego excedente. quando por 25 euros podem ter trafego ilimitado

    • Peace says:

      Talvez, no 1º e no 2º mês, depois aprendem a medir os seus consumos.

      • Rui says:

        Ou então em vez de criarmos limitações estupidas, criavam algo com pés e cabeça sem limites bacocos. Os 10 gigas é só uma forma de ter a certeza que esta medida não serve para nada. São pobres portanto tem de ter uma solução podre, não vão agora querer “aproveitar-se”.

    • Aj says:

      ou gastando os 10 GB, passa de 30 Mbps a 128 kbps

    • Pedro F. says:

      9€ de tarifa social para 10gb de net?
      Pago 9,99€ para telemóvel com 4000 minutos, 4000 sms, 11gb de net, 200 minutos em roaming usa, cartão de partilha de internet, entre outros…

  11. Jorge says:

    Isto é uma medida só para inglês ver… a tarifa social da electricidade é tão limitada que para usufruir dela tem que se andar a passar fome. Um casal sem filhos não pode ter rendimentos superiores 622 euros mensais (311 per capita). Acreditam mesmo que pessoas com este tipo de rendimentos vão querer gastar nem que seja +5 euros para ter internet?

  12. PedroLeal says:

    para quem acha que 10GB são suficientes fazemos umas contas rapidamente,

    supondo que são uma familia de 3 pessoas dá 3gb mensais para cada utilizador

    3gb mensais são 100mb por dia para cada um

    https://www.reviews.org/internet-service/how-much-data-does-zoom-use/

    comparem o uso de por exemplo o zoom acima e vejam a fortuna que irão fornecer pela “tarifa social”…

  13. Pipoca says:

    10 GB não dá pra ver series na minha netflix fullHD, e jogar online com os amigos na minha ps5

  14. Nuno says:

    Geringoncistas, mais uma vez gozar comos Pobres…..

  15. Silvio pinto says:

    Qualquer brincadeira no pornhub rebenta-me com a tarifa social… (sad)

  16. Samuel MG says:

    FDS!! 10 Gb nem dá para 7 dias quanto mais para um mês!! Eu hoje até agora gastei 2.7Gb!! Ainda bem que tráfego ilimitado a pagar €29.68 mas mês que vem vai passar a €30.29 (fibra(TV 180canais, 100Mbps e Voz)).

  17. aquele says:

    Continuem a votar nos mesmos…

  18. ZeDosBois says:

    Era preferível uma velocidade de 10 megas com trafego mais elevado. Não digo ilimitado mas uns 100gb
    10gb é rídiculo. Assistes 2 videos e já dizes adeus ao plafond.

  19. Tiago Ferreira says:

    Realmente eu leio aqui tanto comentário, e tantos que reclamam de que 10GB é muito pouco e etc… mas então e se o governo não criasse esta solução? 10GB não é melhor do que nada? Epá eu acredito que a mensalidade deste serviço não vai custar mais de 15€ por mês, porque se for então por mais 15€ o cliente já consegue ter Tv+Net+Voz por esse valor. Portanto se alguém pagar por uma Internet com 10GB 10€ ou 12€ é muito bom, é melhor do que nada. Realmente o governo é preso por ter cão e é preso por não ter.

    • Rui says:

      Isto não é net para telemóvel, é net em casa. 10gb é bom que seja à borla, e mesmo assim é mau. O limite te velocidade, ok. O limite de tráfego é parvo, é pensamento pequenino de quem quer dizer que deu uma esmola não de quem quer ajudar.

    • Samuel MG says:

      Estes 10Gb não dão para um mês em teletrabalho!!

  20. Cláudio Andrade says:

    eu tambem queria uma casa social, agua gaz e luz social, um RSI … mas tenho que trabalhar, a casa não me querem deixar fazer, mas tenho que lhes pagar os impostos todos ( IMI do terreno para a casa )

  21. Samuel MG says:

    Este pacote vem com limitações, só permite:
    “O acesso a correio eletrónico; a motores de pesquisa, a programas educativos; a leitura de notícias; a possibilidade de realização de compras em linha; o acesso a ofertas de empregos; serviços bancários; serviços públicos; o acesso a redes sociais; mensagens, chamadas ou videochamadas.”

  22. Silvio pinto says:

    Qualquer brincadeira no pornhub rebenta-me com a tarifa social… (sad)

  23. Figueiredo says:

    Entre isto e a merdice da NOS, prefiro a Internet NOSjenta.

  24. Filipe says:

    Toda a gente a discutir nos comentários esta medida e estão a esquecer-se do ponto essencial: as operadoras vão aproveitar a boleia e vão aumentar NOVAMENTE o preço dos tarifários para que quem utiliza os serviços normais esteja a pagar por estes, em que em muitos casos vão para pessoas que não querem trabalhar. Não é “não podem”, é “não querem” mesmo. Já que lhes dão tudo, trabalhar para quê?

  25. Joao Ptt says:

    No fundo é um subsídio encapotado às operadoras… porque aparentemente os preços vão ser pouco mais baratos que o normalmente cobrado… será uma forma de terem mais clientes.

    Será que foram os operadores a dizer ao governo que aquilo é o que as pessoas precisam.

    Se fosse do governo o tarifário social seria 16/ 16 Mbps com tráfego ilimitado e sem descriminação de tráfego.
    Depois os operadores aderiam voluntariamente e recebiam um determinado valor, e tinham de cumprir certas condições do género de ter cobertura onde fosse solicitado o serviço e não tivessem cobertura ou capacidade de largura de banda para assegurar a qualidade de ligação.

  26. FreakOnALeash says:

    Isto de lidar com a pobreza só lá vai com a atribuição de um Rendimento Universal Garantido sem burocracias. Acaba-se com o monstro burocrático necessário à atribuição de todos os subsídios e tarifas especiais disto e daquilo. Ninguém é vexado por ter de se dirigir ao mesmo monstro burocrático de mão estendida. Quem quer realmente sair da pobreza pode investir esse rendimento para esse fim. Quem quer canalizar esse rendimento para tabaco e merd@bol TV e continuar nesse estado de espírito que continue sem que a sociedade civilizada se tenha de sentir responsável por quem é pobre de espírito e mentalidade!

    • PJ says:

      Se não me engano já tentaram na Suécia e na Finlândia, a título experimental.
      Se lá não funcionou e têm uma mentalidade muito mais avançada que a nossa, cá, só se for para garantir mais uns votos.

  27. RCS says:

    A questão é qual a velocidade com que ficam após gastarem os 10 GB ?
    Será suficiente para uma chamada via zoom ? (Imagem apenas em download, upload com câmara desligada)
    Isto é que interessa, para as pessoas poderem estudar e trabalhar quando o estado ordena fechar as portas ou até porque estão com sintomas e não querem arriscar o contacto com outras pessoas.

    Se o estado restringe a circulação, tem de dar condições, senão deixa de ser justo, perde autoridade e o controlo.

    • Pedro F. says:

      Não. O estado não tem de dar condições… O estado não andou a espalhar a pandemia. Foram as pessoas. O estado está a fazer o que pode para ajudar a maioria.
      Essa ideia que o estado tem de dar tudo está errada logo à partida até porque o estado somos todos nós…

  28. Abioper says:

    Recomendo a leitura do livro as crónicas de António Lobo Antunes, a crónica os pobrezinhos.
    Como as contas bancárias de serviços mínimos, criar serviços mínimos de TV+NET+voz, a que todos os operadores estariam obrigados a prestar a entidade reguladora estalecia as condições.

  29. Alves says:

    Os Kits da Escola Digital que o governo está a emprestar a alunos e professores têm 12 GB mensais. São hotspots de banda larga móvel, pelo que as velocidades, nalgumas zonas, imagino!
    Quem quiser mais, carrega lotes de 2 GB, por 5 euros cada.
    Mas o serviço nunca é cortado. Após gastar os 12 GB, se não carregar, a velocidade passa para os 2 Mbps!
    E ninguém se queixa.

  30. informado says:

    a velocidade de 30 megas é correcta mas até de 25 ou 20 era bom . mas agora 10 GB por mês? A estupidez destes políticos é de rir. 10 GB não dá para um mês. Não me venham com a historia do netflix e etc. 10 GB não dá para nada !

    • Pedro F. says:

      Só críticas e nenhuma solução…
      Podemos saber quanto achas que devia ser? 20GB? 50GB? 200GB?
      Quanto seria justo?

      • Rui says:

        Limite de velocidade apenas.

        • Pedro F. says:

          Concordo. E como isto não cai do céu, alguém vai pagar. Somos nós. Os que trabalham e têm possibilidades de pagar internet mesmo sem haver tarifa social.
          Vamos fazer aqui uma lista do pessoal que está disposto a pagar 20€/mês para ajudar alguém a ter internet ilimitada e assim escusamos de estar à espera de medidas parvas do governo.
          Deixem aqui o nome em baixo que se formos muitos chegamos lá num instante!

  31. Carlos Seixas says:

    10 GB por mês já é muito bom para um estudante que queira consultar a internet para fazer os seus trabalhos escolares. Não é para estar em YouTubes, Facebooks, jogos on-line e outros sites… “tais”. Está bom demais!

  32. Pedro F. says:

    Então pessoal? Não há ninguém a querer contribuir para esta causa que tanto se defende?
    Vamos lá. Não me digam que não tem 20€/mês para ajudar as crianças mais desfavorecidas a poder ter as suas aulas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.