Quantcast
PplWare Mobile

Governo está a trabalhar numa “tarifa social” para serviços de internet

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. lumia says:

    Penso que já existe algo para quem tem um % grau de incapacidade…

    • Hades says:

      Não…

      Ha uns anos perguntei a 2 operadoras e o que me dizeram era que não tinham nada relativo para deficientes.
      Voltei a perguntar ha 2 anos (creio) e voltaram a dizer a mesma coisa

      • Ricardo Manuel Pedro says:

        Confirme, pois já existe

      • Ricardo A. says:

        A MEO, através do programa Aladim, já tem descontos para quem tem incapacidade, pelo menos, há 20 anos. A Vodafone tinha apenas um plano móvel mas no ano passado passou a abranger todos os pacotes da operadora. Chamam-lhe Tarifários Inclusivos.

        • Hades says:

          Srs Ricardo Manuel Pedro e Ricardo A.

          Obrigada, irei então confirmar melhor isso.

          Mais uma vez, sou a agradecer e quem tenha mais info que me diga sff.

  2. TugAzeiteiro says:

    Apenas uma ideia…. e que tal em vez de criarem tarifas sociais, aumentarem o ordenado mínimo nacional para 1000€, obrigarem todos os outros a subirem na mesma proporção percentual e baixarem os impostos para pessoas colectivas e singulares?
    Nunca vi um sistema capitalista funcionar com os ordenados praticados em Portugal…..

    • Euéquesei says:

      Estragou tudo quando disse para baixar os impostos…
      Aqui é sempre a subir.

    • Faisca says:

      Nem os que receberam prémios Nobel em economia (defendem que Portugal devia aumentar O salário mínimo em muito) estes último governos ouviram…

      • Urtencio says:

        Claro, em quanto houver estas “diferenças socias” é óptimo para os blocos esquerdos da vida alavancarem a necessidade de defender os coitadinhos!
        Mas quando chega a hora da verdade e efectivamente poderem fazer a diferença e ajudarem, votam contra ou abstenção! para que? para terem coitadinhos para defender! e consecutivamente continuarem no poleiro!

    • Sergio says:

      “Bem vindo ao mundo encantado dos brinquedos, onde ha reis, princesas e ladroes..”
      Nem se precisa de perceber muito de economia, basta leres um bocado e pegares numa calculadora para teres a noção do disparate que escreveste.

      • Mr.T says:

        Para os mais desatentos, podias resumir de forma rápida o porquê do que foi escrito não funcionar…!

        • Sergio says:

          Acho que nao cabe a mim resumir-te o que o país deve, quanto paga por essa divida e a sua incapacidade interna de produzir algo de valor que possas exportar e ter um impacto fortíssimo na economia.

          “Apenas uma ideia…. e que tal em vez de criarem tarifas sociais, aumentarem o ordenado mínimo nacional para 1000€, obrigarem todos os outros a subirem na mesma proporção percentual e baixarem os impostos para pessoas colectivas e singulares?”
          E atenção que referia-me a isto..
          Pra mim so o simples facto de acabarem com o banco de horas e pagarem às pessoas as suas horas extras e não cobrarem imposto sobre elas, já seria um ponto muito positivo no orçamento das famílias.
          Deixo-te este exemplo simples, que equilibraria um pouco mais as coisas em ambas as partes, e premiaria quem realmente quer suar por este país.

    • rjSampaio says:

      tarifas sociais também são para os desempregados e reformados, não é so para quem têm o ordenado mínimo.

      • Jorge says:

        não é bem assim os meus pais são reformados e os 2 juntos recebem menos de 700 euros mensais e não têm direito à tarifa social. Portanto os desempregados devem estar fora, só se forem os de longa duração e mesmo assim é necessário que o rendimento do agregado seja mesmo muito pequeno. Exemplo: Casal com um filho os rendimentos mensais não podem exeder a 620 euros (todos os rendimentos desemprego + salario)

    • David Guerreiro says:

      Interessa ter salários baixos, o PS, o PCP e o BE só prosperam se existir miséria.

    • SANDOKAN 1513 says:

      1000 euros ?? Vais ter cá uma sorte !! Nem para o próximo ano de 2021 estará nos 700 o salário mínimo mensal quanto mais nos 1000 euros !! Andas a sonhar MUITO !! 😀 😀 😀

  3. Miguel says:

    Ainda me estou a rir das primeiras palavras do titulo da notícia…” O Governo está a TRABALHAR….” kkkkkkkkk

  4. Samuel MG says:

    Vai avançar tanto com avançou a rede publica nacional de internet.

  5. 5ggg says:

    Acabar com os preços abusivos das operadoras. Tem super edificios imensas frotas, tudo a grande. Finalmente acabar com estes sanguesuga

  6. Carlos Fernandes says:

    “Temos duas entidades para averiguar se há concorrência. Gostava de devolver às entidades reguladoras a pergunta: o que é que fizeram estes anos para que os preços baixassem?”….e é isto, não existe necessidade de tarifa social.

  7. Euéquesei says:

    Quando se criam estas coisas sociais, há sempre alguém por trás a pagar mais por quem paga menos.
    Não há almoços grátis.

  8. Berto says:

    Isso e a existência de 3G em todo o pais são miragens.

  9. MPVJ says:

    enquanto Portugal for subsidiodependente isto não avança, quem recebe os ditos subsidios numca vai mudar de vida, vai-se manter sempre a “mamar”. são sempre os mesmos a receber são os ditos “coitadinhos” existem efectivamente pessoas com dificuldades e muitas mas esses se forem ver não têm nada disso. enfim o país que temos….

  10. Miguel says:

    Casa á borlix, electricidade á borlix, água á borlix, dinehiro sem ter que trabalhar……e agora internet á borlix….

    Como faço para me tornar membro certificado da comunidade cigana?

    • Mr.T says:

      Uiiiii, cuidado que ele é do ‘Chega’. Não é preciso ser xenófobo… Vamos ser democráticos a sério e admitir que há mais malta nesse pacote. Não são só os ciganos… Ai desculpem o palavreado, não pretendia ofender ninguém com termos xenófobos. Vou reformular. Não são só uma minoria étnica que tem por habito ter filhos as carradas, terem trabalhos alternativos e andarem todos em grupo como forma de coesão social.

    • rjSampaio says:

      não é a borlix, são tarifas reduzidas.

      Mas queres mesmo as coisas reduzidas/borlix ou queres inspeccionar casos de apoios indevidos?

    • Luis Costa says:

      A questão dos ciganos é outra.. Venha quem vier e que me chame de xenófobo mas a verdade é que os ciganos são pessoas que não respeitam leis e costumes de Portugal! Com algumas excepções, isto porque não querem respeitar lei nenhuma, ganham os seus subsídios e mais alguns, mas a maior fatia não vêm daí mas sim das feiras em que vendem tudo e mais alguma coisa roubada, contrafeita, etc etc e não passam IVA num único produto que seja!

      • Jamaral says:

        Não vendiam se ninguém comprasse.

        • Miguel says:

          Infelizmente há muita gente sem interesse como tu que alimenta a canalhice.

        • Chaguera says:

          É como a droga. Se o teu filho acabar no mundo da droga a culpa é dele porque comprou.

          • Jamaral says:

            Claro que sim. Se não percebes isso fazes parte do mundo das bestas quadradas em que é preciso o legislador interferir para que os anormais respeitem a sociedade onde vivem e as liberdades e garantias dos outros. Queres exemplos: O legislador teve de intervir para proteger os fumadores passivos, as bestas quadradas não percebiam; O legislador teve de intervir para proteger o direito à prioridade, as bestas quadradas não percebiam; Resumindo, grande parte das bestas quadradas que se altiva contra os negócios menos claros acabam por ser aqueles que os alimentam. Moralistas da treta!
            Respondo-te só a ti, o outro teria de descer ao nível dele e depois vencia-me por experiência.

    • Jorge says:

      já cá faltava….

  11. jimmypt says:

    Acho uma boa medida,infelizmente existem muitas pessoas com dificuldades financeiras neste país.Pessoas essas que de outra maneira,não poderiam aderir a este serviço.Hoje o acesso Internet é quase um bem de primeira necessidade, logo o acesso,devia de ser garantido a todas ás pessoas.

    • Chaguera says:

      Muitas juntas de freguesia dispõe de salas de computadores nas escolas locais ou bibliotecas (quando existem) onde as pessoas podem aceder às suas contas. A população quer é net para ver filmes online em casa e para meter os putos a jogar Valorant.

      • Jorge says:

        só podes estar a falar das freguesias de algumas das grandes cidades. convido-te a ir para o interior e não é preciso ires para o interior profundo

  12. Pedro says:

    Em vez de existirem menos taxas e maior competição, o Governo cria taxas. Socialismo em ação!!!

    Um Governo mais pequeno, menos burocrata e com menos impedimentos para um mercado livre é o que precisamos; as taxas são apenas ‘muletas’.

  13. F Gomes says:

    Apenas uma questão que coloco: se o IRS tem de ser entregue pela Internet, se as receitas médicas são enviadas pela Internet, se existem pessoas que não podendo sair de casa, a única alternativa que têm é de fazer as compras dos supermercados online, especialmente aquelas com fracos recursos financeiros, porque razão a Internet é tão abusivamente cara em Portugal?

    • Sergio says:

      Se colocares em perspectiva tudo em Portugal é caro.. também gostaria de ver um bem como a internet mais barato.
      Mas a verdade é que se fores a Espanha e consultares o preço do leite, de 1kg de maças, de uma garrafa de agua. Irás verificar que esses mesmo produtos em Portugal são excessivamente caros, tendo em conta o nosso ordenado.

      Isto para dizer, que por esta ordem ideias a internet tem de seguir o mesmo caminho.. ser mais cara

  14. Dass says:

    a net social é tipo a luz social da qual muitos beneficiam porque é mâe solteira pois o pai deu a morada dos pais (dele) para a companheira poder dizer que vive sozinha…

    Não que não tenham direito mas e os outros que para alem de contribuírem não têm direito a nada? nem o iva a 6%.
    No entanto já deve andar um secretário de estado a negociar com as operadoras para poder mais tarde ter direito a uma cadeira.

    • Jorge says:

      Se ganhar o SMN tem direito, se ganhar um pouco mais digamos 30 euros já não tem direito. Agora é claro que existe sempre o “xico esperto” para se aproveitar, mas isso está entranhado no povo. Não acredito que exista alguém que podendo encurtar caminho que opte pelo mais longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.