Quantcast
PplWare Mobile

Nova vitória da Microsoft! Edge passou Firefox e é o 2º browser mais usado da Internet

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. luisnuxx says:

    Ou seja, o Chrome tem mais 7,59%.

  2. Nuno José Almeida says:

    Há coisas que não se entendem. O novo EDGE ficou pior. Tem os defeitos do Chrome e perdeu algumas vantagens. Quer o Chrome quer o novo EDGE só por obrigarem a fazer o download de todo e qualquer ficheiro, tornam-os “inutilizável”.

  3. Asdrubal says:

    Mas o Chrome está ainda mais longe…

    Ou seja, o Edge passou o Firefox porque desceu menos.

  4. Rizzo says:

    Em windows o edge e o que tem melhor bateria (versao sem chromium), mas isto so e relevante em surface e ultrabooks. No mac e ipad o safari e muito superior, alias com chrome no mac a bateria dura metade.

  5. Miguel Costa says:

    O Firefox tem estado a perder opções. O Opera está a comer 290% de CPU, sem que os chineses o consigam resolver (está pior do que as trojans mineradoras). Assim, resta o Chrome e o Edge (existem outros mas, com limitações). Até nos Mac muita gente usa o Chrome para não ficar amarrado a 100% Apple services.

    • Rizzo says:

      Mentira. Safari e muito melhor no mac que chrome e toda a gente prefere o safari. Quem dera aos windows users ter um edge tao bom quanto o safari.

      • Blam-O says:

        Fala por ti.
        Toda a gente prefere o safari? Fo*****
        Faz o propósito, mas se por alguma razão pensas que não tens uma boa quota de utilizadores a usar Chrome em MacOS, ou não sabes a razão pela qual usam Chrome, ou essas palas estão apertadas.

        • Vítor M. says:

          Não é verdade. Sou utilizador do ecossistema Apple desde 2008 e, embora o Safari no macOS e no iOS/iPadOS seja muito mais rápido que qualquer outro browser (mas não é mais rápido, é muito mais rápido), a verdade é que usei sempre o Chrome como browser pelas suas capacidade de navegação, ferramentas de produção e muito mais. Agora, passados muitos anos a usar o browser da Google, deixei de o usar. É estupidamente pesado e consumidor de recursos. O Firefox, que foi o meu browser de 2002 a 2011, voltou a ser o browser de trabalho, dado que consome muitos menos recursos, tem um funcionamento muito similar e tem muitas ferramentas que podem colmatar as do Chrome. O Chrome está a padecer daquilo que um dia o IE padeceu. Está guloso!

          • cargons says:

            Vítor
            Concordo plenamente consigo em relação ao Firefox que sempre foi o meu browser desde que apareceu com o bom e o mau. Experimentei diversos ainda os uso CCleaner, Brave e Pale Moon. A versão do Firefox em uso é a actual 74.0.1 (64-bit).
            Cps
            CGonsalves

          • andre says:

            acho que esta mesmo em loop!
            tenta o edge, acho que vai se sentir mais livre…. o safari e mesmo antigo e basico, eu nem no iphone uso safari, e mesmo outlook e edge… quase tudo da microsoft… eles sao os melhores do mundo em software e o resto e letra.

          • Vítor M. says:

            Não, uso o Firefox e, por exemplo, ao nível de consumo de bateria no MacBook sente-se uma redução fantástica, face ao consumo do Chrome. O Safari, é muito bem, mas não tem as ferramentas que preciso e ainda são algumas. Claro, no iPad e iPhone, esquece, nada bate o Safari. Para já, o FF está muito bom.

      • Paulo says:

        Começo a acreditar que és uma experiência falhada de criação de um BOT com IA!!
        Algures o teu algoritmo ficou em loop em relação à Apple… >>/dev/null

  6. Paulo Silva says:

    Penso que o edge chromium “versão final” não tem versão de 32 bits ao contrário dos primos Chrome e Firefox.
    Contudo quem quizer experimentar encontrei o EDGE de 32 bits pode fazêlo com a versão Canary eno Windows 10 no link https://www.microsoftedgeinsider.com/en-us/download/
    Isto pode ser importante para máquinas com muitos anos e de recursos limitados. Importa tamb+em referir que muitos fizeram o upgrade do windows 7 ou 8 para o 10 mesmo com limitações do hardware.
    Resumindo: Não há Edge estável para máquinas antigas (32bits) e quem queira experimentar o browser de 32 bits para ver se consome menos RAM e menos CPU não o pode fazer. Mas porquê microsoft?

    • Crow- says:

      Simples, o 32bit morreu e há muito. A Apple já não suporta 32bit, o Mojave foi a última versão que corria 32bit apps. Muitas distribuições linux estão a remover o suporte para 32bit também.
      E quando falamos de máquinas antigas, temos de falar em máquinas mesmo muito antigas, porque já existe hardware 64bit há uma porrada de anos, já nem tenho memória de quando foi a última vez que corri Windows a 32bit, acho que ainda cheguei a usar o Windows XP 64..

  7. Ricardo says:

    Continuo muito satisfeito com o Firefox, quer no PC, quer no Android (Firefox fenix , ainda preview).

  8. Alessandro says:

    Ainda uso o Mozilla pelo fato da privacidade lá ser levada a sério!

  9. eu mesmo says:

    portanto uma multinacional com práticas anti-concorrenciais passou uma empresa piquena que não tem 1% do dinheiro da gigante…. ui palmas palmas… Firefox ♥

  10. Jose says:

    Este valores sao do antigo edge nao do novo .
    O novo edge ja foi disponibilizado as massas por windows update?

  11. Samuel says:

    A única coisa que me fez mudar do chrome para o edge é a opção de colocar os marcadores em um botão (assim como o firefox também) ao invés de usar a maldita barra de marcadores

  12. AJMS says:

    O edge Continua banal, são poucos os browsers que estão a inovar, nesse aspecto destacam-se 1 ou 2, esses sim vale a pena usar.

  13. Mata*Ratos says:

    Não há browser que me convença!
    Contudo tenho de optar por algum.
    Votos CCM

  14. SANDOKAN 1513 says:

    Segundo vi no gráfico o Google Chrome tem um uso de 67.72% e o Firefox da Mozilla apenas 8.49% neste estudo da NetApplications Market Share.Ou seja,tem mais 59.23% de utilização a nível mundial !! É abismal a diferença,abismal !! 😐

    • Crow- says:

      E não é de agora, o Firefox tem uma quota mínima há bastante tempo já. E agora com o novo Edge a coisa vai piorar para a Mozilla.

    • AJMS says:

      Certamente que que a maioria dos utilizadores nem sabe o que é o Firefox, Opera, Vivaldi …..etc e limitam-se a usar o browser que vem no sistema ou o mais conhecido, mas isso não faz que seja o melhor browser, eu dispenso bem o Edge e o chrome, pois existe bem melhor actualmente, tudo depende das exigências de cadaum e da maquina que utilizam, mas se for só para abrir meia dúzia de paginas da net e mais nada, até o velhinho IE serve.

  15. jorge says:

    O safari do mac nao vale nada, eu apenas o uso para aceder as contas do banco porque é o recomendado pelo banco, no resto uso vivaldi.

  16. Zé Parvo says:

    O que dizem os Amaricanos e sites de vendas de serviços VPN só enchem os olhos a distraídos ou não conhecedores…
    Para nós Europeus mais vale usarmos o Firefox e mantermos os níveis de segurança altos!
    [procurar na net relatório da agência de cibersegurança alemã em Outubro 2019 sobre browser mais seguro]

    Sobre o Firefox bloquear até a porcaria do site do banco é fácil entender… quantos mais “extras e extensões” tivermos activas mais sites funcionam menos correctamente…
    Afinal de contas qual ou quais os sites que hoje em dia estão totalmente limpos?
    Experimentem desligar adblocks, noniosblocks, etc…
    Mas assim não se entende que se procure um browser seguro se depois permite tanta porcaria…
    Se assim for, usem o internet explorer… 3:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.