Quantcast
PplWare Mobile

NOS: Apoio ao cliente agora terá software inteligente para atendimento

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. AlexS says:

    Hahah! como aquelas em que nos obrigam para perdermos mais tempo e assim desistirmos?

  2. Test User says:

    Se não tiver serviços ?
    Como foi nosso caso da vodafone ou bos pacotes sem telemóvel

    Se fosse linhas de apoio sem pagar e criar pedidos na internet ajudavam mais. Enfim.

  3. To Canelas says:

    Já estava na hora de ter alguma coisa inteligente por lá.

  4. k says:

    Se for tão fixe como o da vodafone, podem ficar com ele. O “AI” Tobi é horrivel e os diagnosticos em tempo real são tão bons como ele. Router queimado duma trovoada, box obviamente desligada, testes de despistes da vodafone na app à minha conta “TUDO OK!” E quando dizes que não está, “tente reiniciar os seus aparelhos”. Ya, fiquem com ele…

  5. Joao Ptt says:

    Vamos lá ver se a inteligência artificial da NOS não se torna não inteligente que se muda para a Vodafone ou até para a Altice… e foge da NOS como o diabo da Cruz.

    • Pensamento Positivo says:

      A Altice também já tem um e pouco amigável. Pelo menos, se fizeres 3 chamadas, lá te deixam pedir para falar com um assistente… À terceira chamada!… Enfim…

  6. LA says:

    Isto é tão impessoal. A MEO também já tem esta aberração, que simplesmente, não funciona.
    Mais um esperto que ganhou uns trocos à conta da intenção da redução de pessoal, por parte das operadoras, nas linhas de apoio. A única coisa que esta, suposta inteligência entende, é a frase “quero falar com um operador”.

  7. SANDOKAN 1513 says:

    Se for como o TOBi da Vodafone vai ter cá um “futuro” que nem vos conto…

  8. Inteligente? AI AI says:

    Enfim, mais automatismos, mais despedimentos, mais lucros para as operadoras e menos qualidade de serviço para os clientes. Já tive o “prazer” de “conversar” com o software da Vodafone e claro que não resolveu nada. Para quando a obrigatoriedade de haver uma linha de apoio gratuita para o cliente, ou pelo menos um plafond mensal de minutos de suporte gratuito? Julgo que a UE / Anacom devia obrigar os operadores a terem um número de suporte gratuito, até porque os mais infoexcluídos estão a ser vítimas de discriminação visto não dominarem ou conhecerem algumas das formas de (mau) “suporte” existentes e por vezes quem tem um determinado serviço pode não ter o mesmo operador para comunicações telefónicas.

  9. Rui says:

    Excelente iniciativa! Ha que substituir as pessoas que nestes empregos nem educacao tem pois robots!

  10. Eu says:

    O único Apoio ao Cliente de jeito que a NOS criou é o serviço telefónico 931 699 000 que a partir de um telemóvel de um pacote NOS permite consumir os minutos de plafond em vez de cobrarem um valor extra pela chamada.
    E, só recentemente me informaram disto após muitas vezes ter recorrido ao 16990, sempre a pedir para me creditarem o €1,50 da chamada!

    Mesmo, assim temos de aturar um complexo serviço de escolha de opções até chegarmos à fala com alguém…

  11. Tiago says:

    Mais uma medida “IA” para desespero dos clientes tal e qual outros operadores sejam lá quem forem !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.