PplWare Mobile

MEO, NOS, Vodafone poderão oferecer pacotes “low cost”


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. TecnoGeek says:

    A meu ver o problema nem está no low cost…
    É muito mais na oferta dos pacotes, que é basicamente imposta pelas operadoras.
    Troco fácil 100 dos meus 130 canais de televisão, por uma ligação de internet mais rápida. 🙂

    • sómaisum says:

      por uma ligação mais rápida, ou por liberdade no que fazeres na tua ligação? é que 50mb (por exemplo) chegam muito bem, mas com as limitações que os ISP põe em portugal, tá quieto oh mau..

    • Flip says:

      pois… por vezes temos as coisas e não damos valor! trocam de “tarifario” mas muita gente não tem essa hipótese. conheço o caso de pessoal a pagar 36 euros só para ter Internet a 2 MBs. Saiam de Lisboa ou Porto e depois opinem.

      • rui says:

        Na altura estava a pagar 35€ por um tarifário movel “ilimitado” da tmn (mas que tinha aquele limite de tráfego que ao chegar a 15gigas a velocidade levava um corte drástico). E isso tudo por três motivos: fidelização, por não haver grande cobertura de outras redes, e por não ter hipótese de mudar. Concordo absolutamente contigo. Há quem possa ter net top em casa pois, ou a casa é desse “quem” e/ou trabalha para pagar isso, ou tem os papás a pagar a facturinha. No meu caso, como a casa não é minha e o senhorio não quer pôr, tenho de me desenrascar com o que posso ter. Mas se vier um pacote “low cost” com internet decente com preço decente mudo logo (só preciso mesmo de internet decente a preço que não seja absurdo, pois o único pacote apetecível para eu mudar é o pacote de internet móvel da vodafone que traz um router bom, mas com 36€ de mensalidade é absurdo para um pacote de apenas internet 4G com cobertura pouco mais de razoável seja onde for neste país).

    • Albino says:

      Eu igualmente

  2. Heelo says:

    Heelo!

    A vossa definição de quintuple play (televisão, televisão via Internet, Internet, telefone e telemóvel) não estará errada?
    Julgo que a definição correcta é: quintuple play (televisão, Internet móvel, Internet fixa, telefone e telemóvel).
    Cumprimentos.

    Fonte: http://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1363753

  3. Diogo says:

    Os canais de TV atualmente fazemos zapping a 50 e raramente algum atrai. A Internet mesmo que seja para fazer downloads a 1MB dá e sobra (pressa para quê?). Põem-se com tantos megas e canais para nada, só mesmo para entreter os consumistas.

    • Leonardo says:

      Se ficas contente só com 1MB que bom para ti, mas para o dia a dia 1MB não dá, só se for para ir a facebook, joguinhos da quinta e youtube…

    • Tiago Santos says:

      Se fosse 1MB constante . . . :”’/

    • PF says:

      1 MB dá e sobra? Está a brincar certo? Eu tenho 100 mbps (ou 12MB/s) em fibra e mesmo assim estou constantemente a utilizar o máximo da ligação. Tenho 4 pessoas em casa, tudo ao mesmo tempo. Streamings HD, upload de ficheiros para a cloud, downloads, browsing, etc. Antes da fibra andávamos com isto sempre tudo empapado com os 8mbps do adsl.

      Para além disso nem sequer é a ligação à internet que tem mais tráfego. A minha box (com as gravações automáticas e afins) consome cerca de 1 TB por mês, e nem sequer usa a ligação de 100 mbps da fibra, usa uma dedicada. Portanto, está a ver que se quer usufruir de tudo em condições (internet, conteúdos full hd, televisão, etc), 1 MB/s não chega.

      • sómaisum says:

        conteudos full hd precisas de uns 300-500 kps, logo, com 8 mbits, ainda te sobra metade.

        maior problema que deves ter em casa não é “só” 100mb, é não saber gerir as prioridades do trafego. Se utilizares a largura de banda do teu upload todo (imaginemos 1 mb/s) nunca vais ter os 12mb/s ou sequer metade do download já que estagnas o router todo. Por sua vez, se utilizare 0.9 mb/s, já és bem capaz de ter os 12 mb/s. Porque funciona assim? Não sei, pergunta as operadoras.

        Arranjas um router de jeito (20€ + ddwrt ou openwrt) impoes limites consoante numero de pessoas na rede, numero de sessoes bla bla, e já tens 100 mbits que parecem novos.

        Se dessas 4 pessoas, tiverem 2 ou 3 (ou as 4) por wifi, pior ainda (não interessa se é N ou A (nem falo em G já…)), com uma transferencia dentro da rede já estagnas o router todo

      • Miguel says:

        1mb tu es doido, tu com 1 mb vez-te a rasca para ver um video no youtube.
        queres jogar online?? mentira…
        videochamdas, é horrivel a esperiencia, até mandar e-mails com arquivos anexados é um monte de tempo
        isso é para quem não tem mais nada que fazer da vida.

        ” A Internet mesmo que seja para fazer downloads a 1MB dá e sobra (pressa para quê?)”
        sacar 65gb (um jogo) = 8666 Horas

        (65.000 mb*8)/60min = 8666 Horas (8- porque tu com uma ligação de 1mbits só obte 1/8 em Bytes)

        Eu digo isto porque na casa dos meus pais é 1mb que tenho por 3G. Quem diz que 1mb serve e bem é porque nunca teve melhor ou porque nunca teve 1mb(e reclama de papo cheio)

        mas como so usas o pc para ir ao face…..deve dar

    • João terra says:

      concordo plenamente ctg, 1 mb chega e sobra. quando querem sacar um ficheiro de 4gb ou mais que o facam de noite ou então facam algo útil enquanto o download demora a fazer.
      hoje em dia passou-se do 8 ao 80 e o consumismo é mesmo isso, um dia haverá o colapso da Internet por causa das velocidades mega rápidas, depois quero ver….
      na minha época era rdis e a net era uma lentidão. O Zé tuga que dê valor ao que tem, em países não desenvolvidos, nem nada disso têm

      • r41m31 says:

        Tens electricidade de borla? É a diferença que pode fazer em precisares de 30min de pc ou 6h…

      • António Pinto says:

        João Terra, não se esqueça que há pessoas que necessitam da internet para trabalhar.
        Tenho uma média de 5gb/dia de tráfego apenas em horário laboral e com finalidade exclusivamente profissional, há dias que passa os 50gb (pontualmente, mas acontece).
        A seguir o seu raciocínio passava 30-40% do meu dia a olhar para o monitor…
        Bem, o problema será muito mais extenso que os downloads de ficheiros grandes, mas nem sempre as coisas são tão lineares João 😉

    • César says:

      Ele há cada uma… então eu preferia fazer um download de 27Gb como fiz hoje em 1 hora em vez de 6 horas! Fica lá tu com o tei 1MB

    • rui says:

      1MB (megaBYTE por segundo) chega e sobra mas é se estivermos a falar com quem não percebe nada de largura de banda e de velocidades de largura de banda e diz que “saca a um mega” mas na realidade está a usar 10 ou 20 (megaBITS por segundo; digo 10 ou 20 porque não vou explicar as contas da conversão nem do volume de dados) na sua largura de banda. Esse mega do teu comentário é diferente do mega da tua largura de banda. E parece que muitos dos que responderam ao teu comentário ainda percebem menos que tu pois ficaram chateados com esse “1MB” que falaste. Eu ficava muito contente se também conseguisse “sacar a um mega” mas constante. Raramente chego aos “500 kapas” durante o dia (falando seguindo a tua linguagem).

      • João Rocha says:

        1MBps não é mau chega para uma pessoa, mas para uma família. Eu e o meu irmão não podíamos ver vídeos do YouTube em HD ao mesmo tempo, não podíamos jogar ao mesmo tempo sem o jogo ter lag. Com 6MBps, não nos temos de preocupar com isso.

        Mas sim, há quem não perceba a diferença entre 1MBps e 1Mbps. 1MBps são aproximadamente 8Mbps. 1 MBps = 8 x 1 Mbps. Logo, 2 MBps = 16 Mbps, 4 MBps = 32 Mbps, e por ai fora.

  4. adiemlaonun says:

    Os pacotes deveriam ser feitos pelos clientes, eu sei que não dá jeito às operadores mas eu preferia escolher apenas os canais que realmente vejo em vez de ter 100 ou 200 canais e apenas ver 20 ou 30!

  5. Xfera says:

    Se o pacote low cost significasse que eu podia escolher dos 130 apenas os 20 ou 30 que queria (um a um) e tivesse a redução de preço correspondente…isso é que era evolução. Que me adianta ter 130 se só me interessam uns poucos. Era escolha um a um e resolvia-se o problema.

  6. O Movimento Livre says:

    Só querem saber de quem é fiel a pagar um balúrdio por mês… Esquecem-se sempre das pessoas que possuem uma caixa TDT com uma vergonhosa oferta de canais.
    Se querem democratizar estes serviços, façam-no com justiça – eu bem sei que esses serviços “low-cost” são normalmente cheios de artifício e consequentemente de fraca qualidade.

    Coitado do pobre que nem pode ver televisão (pelo menos) em condições. A ANACOM é uma vergonha!

  7. miguel says:

    pois low cost vai ser tipo rtp sic tvi e mais 3 canais 10€ mês looool

  8. aaa says:

    Definição de lowcost das operadoras, pacotes com velocidades de internet por volta dos 4Mb/s, 4 canais generalistas, mais uns qts de encher chouriço(tvi ficção, casa dos degredos, etc etc) pela modica quantia de apenas 39,90€…. Vai ser tipo a apple com os seus lowcost a 500+ paus….
    Por mim mal acabe a porcaria dos 20meses de fidelizaçao, a meu vai levar logo chuto no cu, 52€ /mes so pra ter net(10megas, não é ca daquelas modernices de fibra) e alguns canais em condições dos quais quase não tenho tempo para ver, e ainda por cima so na porcaria de uma tv para a casa toda… Felizmente ja ca passam os chupistas da NOS para poder espremer a net ao máximo….
    Tristeza de país onde a autoridade da concorrência anda de palas nos olhos e so ve aquilo que mais lhe convém….
    É tudo farinha do mesmo saco….

  9. RuiP says:

    Eu queria um pacote só com telefone fixo e internet. Não preciso de mais. Mas escolher um pacote so com isto é logo mais de metade do que pago por 3 serviços. Fazem de propósito para aliciar sempre à compra do pacote “completo”.

    • Carlos Gomes says:

      Eu tenho isso na Vodafone. 21,90€ por 50Mbps e telefone fixo com chamadas incluídas.

      • Vitor Afonso says:

        Exactamente como eu. Foi o próprio operador que disse que não valia a pena alugar a box se não quisesse ter as funcionalidades extras.

        Este mês tive uns stresses com a net no apartamento porque uns engenhosos da concorrência partiram o meu cabo da fibra por 2 vezes numa semana ao instalar a fibra deles noutros apartamentos do prédio. A vodafone alem de me descontar o custo das chamadas na mensalidade também fez outros descontos relativos ao dia que estive sem net.

        Resumindo, foram rápidos a voltar a instalar a fibra e só vou pagar 9€ de mensalidade este mês em vez dos 25.90€ pagos habitualmente

      • Hugo says:

        e por mais 4€ apenas tens o dobro da internet, 130 canais e telefone fixo gratuito… por isso não tens nenhum bom negócio neste momento

      • rui says:

        E agora pergunto: e para quem precisa de internet móvel como eu? Pois. Nesse caso, os 21,90€ vão pelo cano abaixo. Se me conseguires dizer uma net em condições por cá por esse preço, agradeço. Podes procurar em todo o lado que não encontras nada de jeito abaixo dos 30€. Sempre a roubarem o povo. E quem precisa mesmo, bem tem que se sujeitar.

    • João costa says:

      13 + Iva na Vodafone 4G 50/5 mbps + telefone fixo

    • Telmo M. says:

      +1, não é preciso mais que isso. Net+voz

  10. Whooper says:

    Gostei do facto de terem usado um screenshot do KODI para ilustrarem a publicação.
    LOL

    • Xfera says:

      É inspirador para o “low low cost”: só net e o Kodi 😉

    • r0ckf3l3r says:

      Tendo em conta que o screenshot é de um plugin (TV Portuguesa) que usa IPTV para servir Sport Tv e afins.
      “Pessoal, a ANACOM vai forçar os operadores a oferecerem pacotes low cost. Depois, o que quiserem ver, é só arranjar este plugin.” ^_^

  11. Rui says:

    abdicava facilmente do telefone fixo que não uso, aliás nem ligado à tomada está sequer! No pacote de canais tenho 130, 17 são de rádios???? Para que raio servem??? os restantes metade são canais outra metade os respectivos hd! Enfim.

  12. A.Coutinho says:

    Acabarem de vez com as fidelizações é o principal pois assim não gostavas …. mudavas …. mas acabar com isso vai chatear muita gente e melindrar muitos lobbies … assim continuamos a comer o que cada um tem para oferecer e não resmunga … eu sou a favor de uma vez por todas acabrem com isso …

    • Carlos Gomes says:

      Podes optar. Na Vodafone podes não ter fidelização, mas pagas alguns 200€ dos equipamentos, mais outros tantos de instalação. Assim já é melhor?

  13. jokam says:

    Até digo mais: Se é Low Cost que se promove, devia dar-se a escolher aos clientes:
    1 canal generalista
    1 canal de informação
    1 canal de entretenimento
    1 canal regional (no caso das ilhas e das regiões que o têm)
    1 canal desportivo
    1 canal estrangeiro

    … e nada mais!

    Se assim fosse eu escolheria:

    RTP1
    RTP3
    FOX
    RTP Madeira
    Euronews
    CNN

  14. night says:

    isso ter muitos canais de tv para acontecer isto. vês um filme hoje a noite na tv, no dia a seguir mostra a repetição. durante a semana mostra aqueles episódios e depois no fim de semana da a repetição. LOL

  15. lfgs says:

    já existem tarifários low cost: http://www.anacom.pt/tarifarios/InternetResultadosConsulta.do
    simplesmente esses tarifários n sao divuldados no site das operadoras pk n lhes convém…

    • rui says:

      Claro que sim. Com tráfegos que não valem nem um tostão furado. Iam pôr lá isso para quê? Quem quer comprar quer uma coisa sem limites. Acontece é que são cobrados preços absurdos por uma coisa “sem limites”. Isso é o que deveria mudar.

    • André says:

      Só gostava de saber qual é a diferença entre o Vodafone Go Light e o MEO Time, para a ANACOM dizer que o da Vodafone tem um custo médio mensal de 3,38€ e o do MEO 10€. As condições são exatamente as mesmas, só muda a velocidade máxima de acesso.

    • André says:

      (continuação)
      … e o NOS livre.

  16. BM says:

    Para além de ser eu a escolher os canais, ter um plano de preços para essa minha escolha.
    Depois outra coisa que deveria ser possível era:
    Hoje quero subscrever a sporttv apenas para ver um jogo. Cobravam por esse dia ativo um valor!
    Hoje quero ativar um canal premium(TVCINE1).Cobram esse dia.
    No dia seguinte por exempllo já estavam desativados.

  17. Mota says:

    Low cost? ótimo!

    Agora é acabar com a m*** das fidelizações. Eu estou pra ver o valor deste low-cost estou.
    Hoje em dia o pessoal quer é net. Eu tenho tantos canais com a MEO e só vejo pra aí uns 6 (tirando os 4 principais).
    Venha a fibra em todo o território nacional mas é Lol

  18. Catarino says:

    venha lá o netflix com programação decente + internet com boa velocidade e podem ficar com os serviços todos (NOS, MEO, Vodafone, etc)

  19. Dr_jivagos says:

    Por acaso tenho um low cost da Nos, 130 canais, telefone fixo ilimitado e netos 120/10 por 26,99€ e ainda tenho 2,50€ para gastar em canais extra…
    É só ligar para lá e renegociar dizendo que vão mudar para a Vodafone 😉

    • Bruno Lopes says:

      Olha falei com um operador no meo que me disse que se lhe arranja de uma fatura com esse valor que me fazia o mesmo preço. Lol. mesmo sendo ADSL ( o que é uma uma porcaria mas é o k há.) consegues arranjar m uma fotocópia do teu contrato? Apagas o nome e o contrato para não se ver. Desenrasca m? Abraços

  20. Alexandre Cunha says:

    Internet tráfego ilimitado, 0 canais, 0 telefone = 8,90 -> perfeito!

  21. zé do taco says:

    Vamos ver se acabamos com a TDT depressa, é preciso render , e a ameaça de mais canais em sinal aberto é mau , para o lucro das famílias Portuguesas pois têm que pagar mais a RTP , acho uma boa iniciativa por parte da ANACOM promover a televisão paga aos operadores de telecomunicação .
    Podíamos ter só a Internet lowcost mais uma TDT diversificada na sua oferta com serviços ondemand , mas isso seria péssimo , pois todos sabemos que pagar aos operadores de telecomunicações para ver televisão é que traz diversidade .

  22. pedro says:

    exactamente mal o contracto acabe…liguem e renegociem…eu também pago 25 euros,por 130 canais telefone fixe e 100 megas de internet fibra…….simplesmente disse que ia mudar para a Vodafone e eles la me ofereceram isto

  23. Paulo says:

    Para pacote low cost tens de rescindir contrato e ir até ao fim, depois ligam-te…
    Meo – 200 canais, Net 200/20, tel fixo ilimitado = €25.90 (inclui 1 box e ainda se consegue um credito de €25 em videoclube), único contra + 24 meses fidelizado…

  24. zé do taco says:

    Vamos ver se acabamos com a TDT depressa, é preciso render , e a ameaça de mais canais em sinal aberto é mau , para o lucro das famílias Portuguesas pois têm que pagar mais a RTP , acho uma boa iniciativa por parte da ANACOM promover a televisão paga aos operadores de telecomunicação .
    Podíamos ter só a Internet lowcost mais uma TDT diversificada na sua oferta com serviços ondemand , mas isso seria péssimo , pois todos sabemos que pagar aos operadores de telecomunicações para ver televisão é que traz diversidade .

  25. Proapple says:

    Vamos ver se acabamos com a TDT depressa, é preciso render , e a ameaça de mais canais em sinal aberto é mau , para o lucro das famílias Portuguesas pois têm que pagar mais a RTP , acho uma boa iniciativa por parte da ANACOM promover a televisão paga aos operadores de telecomunicação .
    Podíamos ter só a Internet lowcost mais uma TDT diversificada na sua oferta com serviços ondemand , mas isso seria péssimo , pois todos sabemos que pagar aos operadores de telecomunicações para ver televisão é que traz diversidade .

  26. Luis says:

    Do pacode de internet+tv+telefone = 25€ que pagava, apenas usava a internet.
    As operadoras só enviam a internet à casa mediante um contracto de 2 anos e em pacotes de tv+internet+telefone. Não dá para apenas ter internet e pagar menos que o conjunto do pacote.
    Não vejo televisão.
    Se já tenho um telemovel, para que serve o telefone de casa? Para eu não estar em casa quando me telefonam! As unicas vezes que usei o telefone foi para encontrar o telemovel perdido em casa.
    Agora uso a net do visinho. hehehehe

  27. Limonada says:

    Quero um “pacote” feito a minha medida, principalmente a nivel de canais. Quero escolher os canais que desejo e não ser obrigado a comer o que não quero. Quero lá saber se tenho mais de 100 cansi, quando me impingem no “pacote” canais russos, canais chineses, não sei quantos de culinária, não sei quantos de música, não sei quantos de tretas que não interessa a generalidade dos clientes. Quero escolher os meus canais e pagar só aqueles que escolher.

    • Sérgio. M says:

      Não te falta a razão. E muitos desses canais são de acesso gratuito via satélite. Se ainda tivessem sido traduzidos para posteriormente serem vendidos pelas operadoras, mas não… E aquela “aldrabice” de vender os canais em duplicado? Um é SD e o outro HD… Certamente o espectador passará longo tempo a considerar entre a pior qualidade e a melhor.

  28. RM says:

    Eu para ter NET fixa (melhor que 3G/4G) tenho que pagar a m***a da assinatura do telefone, simplesmente por não estar num centro urbano, onde a PT já não pode sugar o nosso dinheiro devido à concorrência dos outros operadores! Pago quase o dobro de quem vive num centro urbano. Eu e outros como eu é que mereciam um pacote ‘low cost’. Que se acusem os que estiverem na mesma situação.

  29. Sérgio. M says:

    O “problema” nem é tanto os pacotes disponibilizados pelas operadoras, pois até já existem pacotes mais económicos que os popularmente anunciados para venda, pelo menos dentro das grandes cidades. O problema são os salários “low-cost” que a grande maioria dos portugueses usufrui e que lhes permite “meditar” e concluir que têm mais do que necessitam.

  30. Bruno says:

    Pela treta de serviço que fornecem até podia era vir a custo zero

  31. Sérgio says:

    A mensagem é mesmo o que a maioria disse, dai os low cost, com menos canais e mais internet ou telefone por exemplo. Deveria haver uma maior abertura negocial das operadores, em que por exemplo X canais pudessem ser trocados por y mb de internet fixa ou mais z mb de internet e/ou chamadas no telemóvel.

    Em minha casa não faz sentido haverem 100 canais, a TV só está ligada prai 4h por dia, sendo que 1 é no telejornal e o resto não chega para ver nem 5 minutos de cada um desses canais, daí serem irrelevantes para mim lá em casa. Poderá haver alguém a quem esses pacotes façam jeito com mais canais, mas não é o caso de prai 70% dos portugueses

  32. Tiago Azevedo says:

    Boas, tv cerca de 100 canais+ “até 24Mb” ou seja algo como 1mb.down entre 100 a 200k’s up….
    Sem telemóvel. E apenas em 2tv.
    Pago 55€…
    Fora dos grandes centros e com possibilidade de fibra em casa… quando perfeitamente um pacote de Vodafone ou outra operadora me oferece com mais qualidade e mais barato…
    Não acho justo que por morar numa zona mais distante ou mais isolada e tenho um serviço de má qualidade e Alto preço….
    Cumprimentos

  33. Tico says:

    Petição para se acabar com as falhas de estado na ANACOM / http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT80512

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.