PplWare Mobile

Edge é mais seguro que o Chrome e que o Firefox


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. zecaverdades says:

    Pois no que toca à minha parte, desde o update de aniversario do windows que o edge passa mais tempo em BSOD do que a navegar.

    Assim sim, podemos dizer que é seguro, mas não não se faz ao mar.

  2. Boda says:

    Seguro??? Seguro??? Ou querem dizer morto??? Talvez até seja seguro um dia quando funcionar… Talvez quando conseguir abrir e quem sabe até navegar, mas no meu caso a única coisa que o Edge sabe fazer é estar constantemente a crashar, BSODs com fartura, nisto sim, o Edge é muita bom. Só lhe conheço o ícone. Nem nunca lhe vi a pagina inicial, após o ultimo update de aniversario (não percebi ainda quem é que recebeu a prenda) enfim passou de morto a embalsamado. Ainda bem que o meu Safari velhinho e cheio de plugins ainda bomba no meu velhinho Apple. Bem que queria mudar para um PC Windows mas não dá, a Microsoft trata os “clientes/utilizadores” como cobaias, e ainda pagamos por isso.

  3. Edisson says:

    Pode até ser, mas não troco o Firefox por nada.

  4. Ze says:

    O grande investimento da M$ em segurança está finalmente a gerar frutos.
    Recorde-se que o W10 que começou com o falhado project Longhorn já estava em investigação/desenvolvimento desde 2001 e representa um longo caminho na segurança, algo que outros SO ficaram agora a anos de alcançar.

    • Boda says:

      Mas que raio de empresa precisa de 15 anos para apresentar um simples serviço, caso não tenham reparado o Windows já não é um sistema operativo. É um serviço. Alo

      • Rui Afonso says:

        CErto! O Windows agora é um serviço, e não um SO, e quando começarem a cobrar o aluguer anual… aí é que vai doer! Semelhante ao Office 365…

        • Ze says:

          Se o Office 365 dói, porque é que a grande maioria das empresa saiu de soluçoes on prem (muitas vezes Exchange) e de soluções cloud baratuchas ou gratuitas (como google apps) para abraçar o Office365?

          • Rui Afonso says:

            Por duas razões: 1. Económica, parece mais barato pagar prestações anuais, em vez de investir no software como antigamente. Aliás, essa empresa nem sabe se para o ano ainda existe… Provavelmente numa década essa empresa gasta agora mais com o Office do que gastava na década anterior, pois “saltava” algumas atualizações . 2. Posição dominadora do mercado. Logicamente que o domínio do Office é massivo, e muitas aplicações são propositadamente feitas só para trabalhar com o Office, e não funcionam noutras folhas de cálculo.
            Por exemplo, para a grande maioria dos comuns utilizadores caseiros basta um LibreOffice, contudo alguns nem sabem que tal existe.

          • Ze says:

            Oh Rui Afonso, no Office365 a suite de produtividade de office é a fatia mais pequena do bolo, devias ver bem a oferta.
            Além de que os tempos mudaram, assim como os roadmaps do produtos, já não vamos ver novos offices, nem novos windows, a partir de agora é só features, faz todo o sentido o consumidor ter as últimas e melhores features de produtividade e colaboração, daí a fazer todo o sentido o modelo “aaS”, é para aí que todo o mercado evolui, até mesmo indústria automóvel e quem sabe um dia o mercado imobiliário. Eu enquanto consumidor cada vez mais quero receber tudo “as a Service”, sem preocupações, pago X e tenho direito a determinado serviço. Quero que o carro seja assim, quero que a casa seja assim e com fonte inesgotável de energia associada.

        • censo says:

          Cobrar aluguer ??? Base para tal afirmação ?

      • Ze says:

        Vê-se claramente o que percebes de R&D.
        Neste momento é a empresa com o sistema operativo mais seguro que existe a seguir a XenOS.

        • Rui Afonso says:

          Quanto ao Edge, admito que esteja mais seguro, mas só sei que está cada vez mais lento a cada atualização que a Microsoft faz! E farta-se de bloquear! Parece que o Edge utiliza a “lógica” do George Bush, que dizia que para se acabar com os incêndios bastava cortar todas as árvores. Num browser se por questões de segurança se demorar uma eternidade (e ainda mais um bocadito…) a verificar uma página de internet, então ele deixa de ser funcional….

  5. int3 says:

    É fácil. Basta terem um browser com um número de funcionalidades quase nulas e baddumtss.

    • Aquele says:

      Ora.

      Lógico. Extensões é (quase) 0, tweaks 0 é perfeitamente natural que seja seguro. Uma pessoa que nunca saia de casa está sempre mais segura que na rua.

      • Ze says:

        Mas a ideia da Microsoft é mesmo essa, teres um browser bullet proof, depois outro legacy proof.

      • unknown says:

        aí é que te enganas… A probabilidade da ocorrência de um crime ou catástrofe é igual para todos os seres humanos em qualquer parte do globo… e não venham com a teoria que se viver num bairro de *** ou de *** a probabilidade é maior.. Antes de responderes faz a tua pesquisa que isto calhou-me no exame de admissão para a PSP. Tanto hate pela microsoft mas a diferença é que os gnus linuxes e os apples não vão doar a fortuna toda como o Bill Gates, nem tão pouco igualam as acções de caridade que ele tem feito. O Windows é dominador e isto e aquilo mas depois vemos a fortuna colossal do Gates a ser aplicada em filtros para tratar a água de aldeias pobres…

        • Ze says:

          Doou a fortuna toda dele para a gates foundation e curiosamente continua a ser o homem mais rico do mundo… Lol
          Nunca ouviram falar em lavagem de dinheiro nem em não pagar impostos por doar para instituições de caridade.
          Julgam que é à toa que todos os mais ricos e mesmo os jogadores de futebol têm uma organização de caridade.

    • Carlos says:

      Opá, e como é que ter menos funcionalidades protege as pessoas de sites manhosos e de ataques de phising?
      Isto é mas é a velha mania de tirar a baliza do sítio quando levam um golo.

  6. censo says:

    Só tenho usado o edge. E funciona na perfeição. Para mim chega e sobra.

  7. jorgeazevedo1 says:

    Uso normalmente o EDGE no PC e no telefone e nada a apontar. É rápido, não crasha e funciona na boa.

  8. Vitor says:

    Mas e os backdoors de fábrica? Não são considerados vulnerabilidades?

  9. stealth says:

    e quantos desses bloqueios bloqueiam conteudo perfeitamente legitimo? e os dados que o keylogger envia pela internet sao seguros? os servidores para onde esses dados vao, como e a seguranca deles? tem a mesma “eficacia” do edge?

  10. rxl says:

    por mim so uso Edge. chrome e outros so por questões de obrigação profissional. e nem tenho tido questões de bloqueios nem antes ou depois de actualizaçoes.

  11. Jorge says:

    Seguro?????
    nao existe!!
    a nao ser que seja militar e mesmo assim……

  12. me and me says:

    tanta gente com BSOD a usar o edge? la em casa eu uso firefox e a maria usa edge… ela nunca se queixou de nada do edge….

    o edge é mais seguro porque nao suporta extençoes, pelo menos para ja. a meu ver em parte foi inteligente por parte da microsoft seguir por esta via, visto que assim consegue tornar o browser mais seguro e confiavel.
    existem algumas extençoes muito uteis, mas tb existem outras que sao prejudiciais e que muitas vezes “entram” sem o utilizador dar conta. é ai que vem a vantagem do edge.
    no futuro acredito que o edge ira ter a sua loja de extençoes, mas isso deve de acontecer de uma forma muito apertada por parte da microsoft.

    por muito argumento cheio de hate que o pessoal tente encontrar/usar, a verdade é que edge esta a mostar ser uma ferramenta cada vez melhor…

  13. Mario Henrique says:

    O Edge realmente é qualquer coisa…Tenho testado-o à já uns tempos,comparando o uso de memória entre ele,e o velhinho Firefox.E a diferença é realmente bastanta!
    Ainda continuo a usar o Firefox simplesmente pela liberdade que tem,e claro,os extras.Mas veremos se daqui a uns 5/10 meses a MS consiga aumentar o patamar dos seus extras no browser.Porque para muitos,é apenas isso que os “impossibilita” de migrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.