Quantcast
PplWare Mobile

DuckDuckGo quer trazer ainda mais segurança ao email com esta novidade única

                                    
                                

Fonte: DuckDuckGo

Autor: Pedro Simões


  1. Estefâneo Empregos says:

    Vou instalar.

  2. Miguel says:

    é fantástico

  3. FAR says:

    Fui experimentar o browser e fiquei agradavelmente surpreendido. Esta funcionalidade nova é um bónus – se bem que ainda não está disponível para todos.

    Muito boa dica. Obg!

  4. Redin says:

    Quer dizer… se bem compreendi, este serviço “chafurda” o conteúdo do e-mail para retirar os elementos de tracking e reenvia para a caixa do destinatário.
    Deixamos de ser invadidos na leitura do conteúdo por parte de uns para ser por parte de quem trás o “rebuçado” com a premissa de retirar o que poderá ser perigoso
    Para quem estiver menos atento, a invasão de um conteúdo vai contra a privacidade e é nesse contexto que qualquer serviço de e-mail tradicional utiliza os meios de filtragem.
    A troca de responsabilidade é uma das propostas do #P2T o que obriga aos remetentes ficarem com as mensagens do seu lado até que os destinatários sintam o interesse em as receber.
    Este argumento coloca um potencial esquema de fraude exposto à rede e com o ónus de tudo aquilo que antes “despejava” na caixa INBOX fica agora a cargo do OUTBOX (remetente).

    • iDoente says:

      P2T parece quase uma greylist, a diferença é que o utilizador tem de tomar uma ação e em greylist é automático por repetição de envio…. Penso eu de que…

      • Redin says:

        Nos fundamentos está previsto utilizar todos esses conceitos e até podem ser automatizados sem qualquer problema. A diferença é que no P2T funciona. Não é agnóstico. Todos os conceitos de proteção passivos podem continuar a serem utilizados; ex. DKIM, SPF, DMARC, BIMI…

  5. Joao Ptt says:

    No fundo acrescenta-se mais um ponto de espionagem no caminho, apenas o espião é diferente. Não passa de um serviço de redireccionamento que diz remover os elementos que se conhecem ser utilizados para seguimento & análise… pode ser útil? Sim, mas fazer passar as mensagens todas por um ponto não deixa de ser uma forma de concentração útil para espionagem seja ela comercial e/ ou governamental… mesmo que mintam nos termos de serviço e política de privacidade a dizer que não o fazem.

  6. SANDOKAN 1513 says:

    O procedimento é ir às definições do browser em Android,e na área da Privacidade onde diz EMAIL PROTECTION BETA inscrever-se no programa,logo na primeira escolha.Depois a empresa mandar-lhe-á um e-mail a informar que o seu pedido foi aceite e já pode usar esse e-mail da companhia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.