Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Qual o tipo de risco do seu concelho a partir de 24 de dezembro?

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Pirata das cabernas says:

    no meu concelho, depois dessas medidas de fechar tudo ás 13h os casos tem vindo a aumentar… não percebo porquê

    • Joao Ptt says:

      Talvez porque o vírus não esteja a respeitar a imposição de só atacar as pessoas depois das 13h…

      • AD9 says:

        Isso ou porque de pouco adianta fechares as coisas ás 13h ao fim de semana e depois á semana o pessoal andar dentro dos cafés sem mascara a falar uns em cima dos outros, como acontece por aqui. Pelo exemplo que dão durante a semana (e mesmo ao fim de semana, se acham mesmo que o pessoal fica enfiado em casa…) só dão razão ao governo de tentar controlar a movimentação do pessoal nos dias em que estão maia livres

    • Infetado says:

      Tens de dar tempo ao tempo. AS medidas impostas servem para controlar os contágios, não eliminá-los. Ou as pessoas adotam as regras que já todos sabem ou se optam por ignorá-las, mais isto se arrasta no tempo.

  2. Pirata das Caraíbas says:

    Isto de fecharem os supermercados … fazem com que os casos aumentem devido ao enchente de pessoas que se verifica nas filas. Mas não digo que seja a única razão mas ..

  3. ernez says:

    Na minha região o vírus descontrolou-se em ambiente hospitalar, passou para a comunidade e de um dia para o outro, em que estávamos com 2 a 3 casos diários, subimos para 80 casos diários, enfim, quando quem deve dar o exemplo, não respeita a comunidade, bem, nem sei o que dizer, enfim.

  4. Sardinha Enlatada says:

    Eu nao consigo entender porque as pessoas se preocupam tanto com as infeccoes deste suposto virus, do que com as mortes. Boa forma de criarem uma tempestade num copo de agua. Obrigado comunicacao social.

    • AD9 says:

      Se calhar porque se vir a situação da Suécia, que tem as unidades de cuidado intensivo quase cheias ou o do Japão que vai na terceira vaga percebe que são duas situações que qualquer outro país gostaria de evitar. Os mortos são preocupantes (e já são demasiados) mas estares a correr o risco de ter os hospital cheios ainda é mais.

      • Sardinha Enlatada says:

        Os hospitais estao cheios e nao e so de Covid. Esse argumento e muito fraquinho. E a proposito sabes se e isso que se passa nesses paises ? Apenas sabes disso porque a comunicacao social assim o diz. Espera tens la familiares neh ?

        • AD9 says:

          Não, os hospitais não estão cheios, muito menos as unidades de cuidados intensivos, que muitas vezes sao essenciais em casos de emergência inesperada, essa é a diferença.
          Mas já me tinha esquecido que uma das desculpas preferidas dos negacionistas era que os media mentem. Mentem e andam todos combinados, porque sigo vários jornais quer europeus (não suecos, isso ainda é um nível acima dos meus conhecimentos) quer americanos e todos dizem os mesmos, fora os dados disponíveis.

        • Guilherme says:

          Os media apenas lançam os números e debatem sobre eles. Os factos são públicos, e são lançados pelos governos de toda a Europa, inclusive o Sueco. Basta comparar esse caso com Portugal para ver o desastre que tem sido. Tanto é que eles próprios já o reconheceram e começam agora a adoptar progressivamente medidas que todos os outros já têm há meses.

          Claro que podemos todos viver numa bolha e fingir que está tudo bem. A economia até se aguenta melhor. É só assumir que se estamos dispostos a trocar isso por vidas humanas. Cada país faz as suas opções, os suecos fizeram a sua. Quando entretanto não há cama ou recursos disponíveis, morre-se porque sim. ‘Paciência’.

    • Rui Costa says:

      Pelos vistos, deves estar infetado com o covid, mas estás a demonstrar sintomas raros, como estupidez e ignorância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.