Quantcast
PplWare Mobile

Elon Musk: Os Superchargers estão abertos a outras marcas de carros elétricos

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Lelo says:

    Pode ser bom para outras marcas, mas para os donos dos Tesla… tenho dúvidas. A rede Tesla em PT é muito superior em velocidade de carregamento e fiabilidade, com a vantagem de ser exclusiva. Talvez comece a haver fila…

    • TRaveller says:

      exclusiva mas ilegal em portugal, porque devem ser ligadas á mobi.e, porque usam os das outras redes e ninguém pode usar o deles.

      • Abreu says:

        Bem visto

        Carregar sempre o carro nesses postos não vai fazer mal as baterias?

      • Paulo A. says:

        O que mais devia preocupar é que há muita marca com carro elétrico que só querem vender os carros, investir em rede de carregamento nada. Nem sequer uma rede da Ionity ainda há cá em Portugal. Vender carros é fácil ajudar na mobilidade nada.

        • Abreu says:

          Depende da zona, cá na madeira onde vivo ( são Martinho) tenho cerca de 5 postos para carregar o Zoe ( 22kw) num raio de 1km.

          E ainda e de borla carregar nos postos mobi.e !

          • Paulo A. says:

            22kw pode funcionar na Madeira, onde se anda poucos km, mas para mim não dá. Eu faço sempre mais de 310km em autoestrada, se bem que faço bem esses 310km em autoestrada, ainda com autonomia bastante suficiente não queria estar tanto tempo para carregar a 22kW

        • Traveller says:

          A rede Ionity já há em portugal , no entanto nao esquecer que portugal é um caso único no mundo com a Mobie (há que arranjar uma fundação, entidade qualquer coisa que sirva para meter amigos) o que obriga a ser diferente. mas se cada marca fizer postos só para os seus carros acho uma estupidez

          • Paulo A. says:

            Vai instalar mas ainda não instalou nenhum.

          • Paulo A. says:

            https: //observador.pt/2020/11/15/ionity-atrasada-anuncia-300a-estacao-de-carga-e-nenhuma-em-portugal/

          • mark casila says:

            sim claro a marca faz o investimento e as outras carregam a mama, tem uma logica enorme

          • Paulo A. says:

            A Tesla nunca poderia abrir os carregadores em Portugal a outras marcas porque estava impedida de fornecer energia. Decidiu, mesmo assim, investir nos carregadores e oferecer a energia, enquanto não tinha licença, aos seus clientes (donos de Tesla). Por outro lado, a Tesla já tentou que outros fabricantes se juntassem à sua rede de carregamento e partilhassem essa rede, partilhando os custos de investimento obviamente, mas nenhum fabricante o quis fazer até hoje e alguns até decidiram criar uma rede alternativa a Ionity que tarda muito em chegar a Portugal e com poucos postos de carregamento ainda

          • RC says:

            A tesla consegue melhores preços na carga, por agora menos de metade do preço da ionity.

      • Toni da Adega says:

        Ilegal porque? Em portugal nao se podem criar carregadores privados/exclusivos?

        • Paulo A. says:

          Claro que não é ilegal…

        • Paulo A. says:

          e ainda há postos exclusivos só para os TVDE 🙂 onde os outros não têm acesso

        • joao rodrigues says:

          Gostaria de instalar um ponto de carregamento MOBI.E no meu hotel / restaurante / loja / garagem. Como devo fazê-lo?
          Qualquer posto colocado em local de acesso público (em espaço público ou privado) terá de estar ligado à MOBI.E.
          Os postos de carregamento da rede MOBI.E podem ser instalados tanto em espaços públicos como em espaços privados.

          No caso de postos de carregamento em espaço privado de acesso público, os postos de carregamento são instalados, disponibilizados, explorados e mantidos por operador licenciado, estando obrigatoriamente ligados à rede de mobilidade elétrica através da entidade gestora da rede de mobilidade elétrica.

          No caso de postos de carregamento em espaço privado de acesso privativo, a instalação, disponibilização, exploração e manutenção dos pontos de carregamento para uso exclusivo ou partilhado, pode ficar a cargo de operadores devidamente licenciados ou dos próprios detentores, a qualquer título, do local de instalação do ponto de carregamento. No caso em que a instalação, disponibilização, operação e manutenção dos pontos de carregamento seja a cargo dos próprios detentores, estes poderão também optar por solicitar a integração destes pontos de carregamento na rede da mobilidade elétrica, de forma a futuramente poder usufruir da possibilidade de fornecimento de eletricidade para mobilidade elétrica ou de outros serviços associados à mobilidade elétrica e garantir os devidos acertos de energia com a instalação local.

          Os detentores do local podem carregar os veículos elétricos sem recurso a pontos de carregamento, utilizando apenas a instalação elétrica doméstica, devendo observar as regras e condições técnicas e de segurança estabelecida nas disposições legais e regulamentares aplicáveis.

          A licença de operador para a instalação, disponibilização, exploração e manutenção dos pontos de carregamento é emitida pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

      • Paulo A. says:

        Este novo regime aplica-se, igualmente, a postos instalados em espaços privados, de acesso privado, com instalações alimentados em Baixa Tensão Especial (BTE) ou Média Tensão (MT). Nestes casos (por exemplo, condomínios, edifícios de escritórios, …), cuja instalação foi da responsabilidade de Detentores de Postos de Carregamento (DPC), estes podem optar por ligar os postos à Rede Nacional de Mobilidade Elétrica e, assim, garantir que os consumos efetuados nesses postos são pagos pelos utilizadores de veículos elétricos (UVE) e não pelos detentores do espaço.

      • Paulo A. says:

        Os postos de carregamento a serem instalados em locais de acesso público devem estar obrigatoriamente ligados à rede MOBI.E e possuirem um operador de mobilidade registado. Neste caso a parte interessada pode contactar um dos operadores de mobilidade integrados na Rede (ver aqui), que tratarão de todo o processo de aquisição, instalação e operação dos postos, ou alternativamente tornar-se ela própria um operador de mobilidade na Rede MOBI.E (ver aqui).

        No caso dos postos de carregamento em espaço de acesso privado, a integração na Rede MOBI.E é opcional, sendo que o detentor do local de instalação pode igualmente escolher um operador (ver aqui), que ficará responsável pela instalação e operação do posto, ou adquirir diretamente o equipamento com a vertente de ligação ao Sistema MOBI.E a um fabricante (ver aqui). A ligação ao sistema MOBI.E para este tipo de locais permite, além de traçar perfis de consumo e análise estatística de utilização, agilizar de forma automática o relacional de consumos posto de carregamento/condomínio. Os carregadores da Tesla estão em espaços privados, o privado é que permite o acesso sob determinadas condições, neste caso por haver acordo com a Tesla.

      • rui says:

        não é ilegal porque não vendem energia e não estão em espaço público que é o que obriga a ligar à mobie, ou é gratuito ou eventualmente será pago por tempo “venda de lugar de estacionamento” desta forma não tem de estar ligada à Mobie, semelhante ao que o Continente está a fazer, se bem que com a nova legislação o continente vai ter de colocar nos próximos anos 2 pontos ligados à mobie por ter mais de x lugares de estacionamento.
        A medida de obrigar estar ligado à Mobie até era interessante o próprio conceito em si de 1 cartão dar para vários sítios, agora não dar para pagar por multibanco etc, fecha a rede mobie aos visitantes de outros países o que não faz sentido, pode ser que melhor mas os privados encontram estes subterfúgios, se bem que para o cliente final pode não ser pior, mais barato sem ter de pagar taxas à mobie e aos OPC para além dos CEME e sai normalmente mais barato ou até gratuito em alguns casos.

        • Paulo A. says:

          https://www.turbo.pt/tesla-fornecimento-energia/

          A Tesla acaba de abrir outra frente de confronto, na luta contra os fabricantes europeus, pela liderança na Mobilidade Elétrica, após adquirir uma licença de fornecimento de energia, para os mercados da Europa Ocidental.

          A notícia é avançada pela Automotive News Europe, acrescentando que, com a entrada da marca norte-americana também no sector do fornecimento de energia, tal poderá permitir à Tesla fazer baixar consideravelmente o preço dos carros, numa altura em que rivais como as marcas do Volkswagen Group ou a Mercedes-Benz, começam a disponibilizar cada vez mais modelos elétricos.

          Ao mesmo tempo, acrescenta a publicação, a Tesla poderá, ainda, avançar, sozinha ou em parceria, para a aquisição de instalações e serviços já estabelecidos, nomeadamente, na Alemanha. País que é, não apenas o maior mercado europeu de eletricidade, como também o principal produtor automóvel.

          Por isso é que os carregadores Tesla deixaram de ser gratuitos em Portugal, porque antes a Tesla não podia cobrar em Portugal a energia

        • Paulo A. says:

          A Tesla não vende lugar de estacionamento, vende kwh, foi gratuito o carregamento em Portugal porque não tinha licença de fornecimento de energia. Os postos estao sim em espaço privado tb.

          • RC says:

            Ainda o é para os carros que tiverem carregamento gratuito.

          • Paulo A. says:

            Verdade RC, mas no meu caso não tenho carregamentos gratuitos vitalícios na Tesla e por isso tenho de pagar o kWh que carregar

          • RC says:

            Eu não tenho tesla, tenho uma carrinha elétrica, carregando em casa consigo fazer 100 kms a 1.18 €, até agora nunca usei a a rede pública, já tenho cartão mas nunca usei.

      • mark casila says:

        nao e nada ilegal os postos da tesla estao em propriedades privadas, é completamente diferente de estarem em espaços publicos onde tem de estar ligados a mobie, nao vivemos numa ditadura comunista onde tudo e do estado, quelquer pessoa caso quiera pode abrir um posto para carregamento de carros eletricos caso queira, nao estamos dependentes do estado … felizmente

  2. hugo says:

    Oh nao … vai ser a invasão dos TVDE

  3. Eu says:

    Para já é o Polestar 2 que pode usar os carregadores da Tesla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.