Quantcast
PplWare Mobile

Como atualizar o seu IBAN para receber os apoios do Estado?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Ricardo says:

    Vá lá os portais ainda não terem caído…

  2. Armenio says:

    Se não houver alteracao no iban é necessário confirmar o existente?

  3. Ivo says:

    Nos 20€ da gasolina, houve quem fosse gastar o valor em guloseimas e revistas nas gasolineiras.

    Agora onde gastar os 125€,….o céu é o limite.
    A esmola do Kosta faz tanta mas tanta falta, quem nem sei. Vou gastar numa casa de strip ou numa bela jantarada á pala do amigo Kostinha !

    • rui says:

      Concordo que é uma esmola, e que não vai fazer grande diferença para a grande maioria das pessoas.

      Quem ganha o ordenado mínimo vai dar uma ajuda, pois 125 € é bastante para essas pessoas, mesmo sendo apenas uma vez.

      Seria mais importante e justo uma descida na percentagem do IRS que descontamos mensalmente (claro que quem não ganha o suficiente teria outro apoio), pois pelo menos esse seria mensal. Mas do Costa não era de esperar uma coisa assim…. E é PS….

      🙂

      • João says:

        Se fosse o PSD a desculpa era “ah e tal não há margem, como tal vamos subir as pensões em 0,5% para o próximo ano para combater a inflação”

        • rui says:

          Isso tens razão. O que quis dizer é que o PS é “supostamente” mais amigo….
          Não sou PS, nem PSD nem de nenhum deles…. 🙂
          Como disse, acho que uma alteração no IRS era melhor, mas é a minha opiniao

          🙂

        • Zé Fonseca A. says:

          Com PRR, meses de impostos extra devido à alta inflação, 6% de desemprego e 7 anos de vacas gordas?
          Precisas de estudar mais

      • André Silva says:

        Pessoas com rendimentos mais altos não precisam de apoios, se querem ultrapassar a crise vivam um nível de vida mais modesto.

  4. deeppurple says:

    e para os contribuintes que não tiverem conta bancária?

  5. SANDOKAN 1513 says:

    E quem não tem conta bancária é necessário ir a um balcão das Finanças ou da Segurança Social para receber o cheque de 125 euros ?? Tanto o meu pai como a minha mãe não têm conta no banco.Recebem as reformas através dos vales postais e daí vão ao balcão dos Correios levantar o dinheiro.Como é que é,alguém me pode informar ?? Ficava-vos agradecido.

  6. Profeta says:

    Presente envenenado.

  7. Antonio says:

    É mais do mesmo…
    Quem recebe 2400€ recebe o mesmo que a pessoa que recebe 800€.
    E o pensionista que recebe 300 (recebe 150€) e o pensionista que recebe 2000€(recebe 1000€)

    Sempre a ajudar os mais necessitados

    • Nuno says:

      O pensionista que recebe 300€ deveria ter descontado mais que 20 anos a receber o salário mínimo…
      Digo eu…

      • rui says:

        Pois, mas era épocas diferentes.
        Muitos desses pensionistas ganhavam mesmo o ordenado mínimo (e era muito menos que agora), e outros era enganados pelos patrões.
        Para além que muitos desses pensionistas nem ler sabiam.
        Pode não justificar tudo mas olha que explica muito

        • Nuno says:

          Enquanto o pessoal não mudar a mentalidade de meter os trabalhadores a pagar os erros, os enganos, e as aldrabices dos outros, não temos futuro…

          • rui says:

            Talvez. Mas infelizmente foi o que aconteceu, sobretudo no interior.

          • Nuno says:

            Tens de responsabilizar o que enganou ou o que foi enganado.
            Agora meter um jovem no primeiro emprego a pagar pelo engano dos outros não faz qualquer sentido…

          • rui says:

            Nuno
            Vamos ver se entendi: Os pensionista a quem aconteceu isso vão responsabilizar quem?
            Os filhos ou até mesmo os netos dos antigos patrões? (a maior parte desse patrões já devem estar mortos).

            Se é justo nós pagarmos, claro que não mas foi assim que aconteceu em muitos lados.

            Se te faz mais feliz, pensa assim: muitos destes pensionistas daqui a poucos anos vão morrer… Problema resolvido!

            O que deveria ser preocupante são os chicos espertos, e os que não procuram e nem querem trabalhar pois o estado dá dinheiro a borlix…
            Muitos fogem aos impostos (vão a oficina, obras etc… ). Se o valor for alto não pedem fatura para não pagar o IVA.
            Outros fazem acordos com os patrões e recebem ordenado mínimo (o resto vem por fora, tipo carro, e outras regalias, incluindo dinheiro nalguns casos). Claro que essas pessoas depois terão a reforma em função do que descontaram, mas é chico espertismo e o único que ganha mesmo com isso é o patrão.
            Estes dois exemplos são apenas uma gota de agua do que acontece, e depois querem que o estado dê tudo a mais algum… e onde o estado vai busca dinheiro? aumenta impostos… Ao aumentar mais gente passa a fugir ao pagamento….. Ciclo vicioso.

            🙂

          • Nuno says:

            Não há pensionista nenhum a receber 300€ por fuga aos impostos por parte do patrão.
            Esses casos foram regularizados à conta dos nossos impostos no passado, há décadas, pelo que tentar justificar os que trabalham a ganhar por fora e os que sempre decidiram não fazer nenhum à conta dos que já recebem a devida compensação não faz sentido.
            Quanto a morrer, não é solução para nenhum problema… Afinal vamos todos morrer e não é por isso que vamos receber por fora e descontar com base em salários falsos ou nem sequer trabalhar…

    • JS says:

      E isso é mau em que ponto ?
      O pensionista que recebe 2000€ contribuiu, e bem, muito mais que o que recebe 800€.
      Essa vossa mentalidade pequeninha… Uma pessoa faz pela vida, contribui para que outros possam usufruir de uma compensação depois de já terem contribuido, e chega ao fim e sai penalizada ? Deixem-se lá de trabalhar e fazer pela vida o mínimo possível, porque depois recebem ordenados e pensões mínimas possíveis e vem distribuir a vossa frustração em comentários online …

      • Zé Fonseca A. says:

        Opiniões de quem nunca viu 50% do ordenado ir para o estado

        • JS says:

          Sem dúvida alguma… Tomara que esta gente abrisse os olhos para verem a tributação enorme sobre quem recebe um salário acima da média, mas que ao mesmo tempo não dá para ter uma vida tão acima da média quanto se possa pensar…

      • Adeus says:

        Finalmente um comentário com algum bom senso. Quem recebe acima da média já desconta bastante para ajudar os outros. Agora com o aumento do custo de vida, nos também temos direito a alguma coisa… Farto de pagar para esta ciganada ficar em casa sem fazer nenhum…

    • Zé Fonseca A. says:

      Concordo, quem desconta mais devia receber mais

  8. Anibal says:

    Bom dia os pensionistas não têm direito a receber os 125 euros.
    Só recebe quem trabalha

  9. David Castro says:

    Como é que vai ser dado o valor dos filhos? É preciso atualizar a informação na AT e Segurança Social dos filhos ou será transferido para os pais? E no caso de pais separados, quem recebe o valor?

  10. Há cada um says:

    Alguém por aí com bilhetes para os Coldplay. Agora já tenho novamente guito

  11. Anibal says:

    Tem de estar registados na segurança social directa e ter la o IBAN correcto.
    E nas Finanças também a mesma coisa e em relação aos filhos têm de estar no o IRS dos pais como dependentes.
    Boa sorte

  12. Lenice Silva says:

    Bom dia os casais que recebem o salário mínimo ambos e não tem filhos também vai ser abrangidos, eles não falam nada a respeito disso.

  13. Carla de castro says:

    Também quero saber

  14. Tuga xuxa says:

    Pois, a receber 125€ no próximo mês, ate eu fazia artigos destes, ainda tirava ferias…

  15. Neide says:

    Boa noite!
    Por favor alguém pode me dizer, o que li aí num comentário, esses 125,00 vai ser pago só por um mês? Desde já agradeço. O

  16. Neide says:

    Não tinha entendido que dinheiro seria dado às pessoas só por um mês. Pra muitas gente um mês so não vai resolver, muita coisa. As pessoas carentes precisam por mais meses.

    • Nuno says:

      Mas o dinheiro ainda não nasce nas árvores…
      É uma ajuda que o estado vai dar e que sai do bolso dos portugueses contribuintes.
      Quem quiser ajudar mais pode dar directamente do seu dinheiro às pessoas mais carentes.

  17. António José says:

    Boa tarde,
    Tenho uma questão, tem que se atualizar ou nas finanças e na segurança social ou basta em um dos sítios.
    Obeigadi

  18. Fernando says:

    São tão bonzinhos, estão a devolver o que é nosso. E o resto? Temos que votar neles outra vez, a TAP já não interessa.

  19. Virgílio Cardoso says:

    Boa tarde
    A minha esposa é co titular comigo, ela desempregada de longa duração não tendo direito a qualquer subsídio por eu receber anualmente cerca 26500€, terá ela direito a receber os tais 125€? Eu já recebi os ditos.

  20. Teresa says:

    Eu ficaria muito feliz se os senhores governantes deste país tivessem coragem de dizer a políticos que recebem sob pensão vitalícia que essa lei é uma ofensa a milhares de portugueses que vivem na miséria e quando trabalhavam como escravos e pagavam imposto e agora são tratados como lixo só servem para serem enganados quando á eleições

  21. Josiel says:

    Meu IBAN estava desatualizado (conta bancária antiga/fechada) atualizei, mais já era tarde (status- transferência emitida)… Mais eu já recebi o reembolso do IRS pela nova conta bancária,que declarei no IRS. Será que eles vão pagar pela mesmo IBAN que declarei no IRS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.