Quantcast
PplWare Mobile

Coinbase: Maior plataforma de compra de criptomoedas entra no Nasdaq

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Quim says:

    E a sua cotacao cai a pique, pk o negocio deles não é cripto, é comissões em FIAT de negocios em cripto!

    • Podence says:

      Uma interpretação muito criativa de queda “a pique”, para uma IPO que está no Nasdaq há um dia.
      Tens aqui aquilo que pode vir a ser o Google IPO das crypto, com recorde de capitalização de entrada, mas lá está… azia.

    • Hélio Musco says:

      Tal como a NASDAQ ou outra exchange o negócio é cobrar pelas trocas de assets, sejam eles Bitcoins, cebolas ou batatas.

  2. Sergio says:

    A queda não se deveu só ao que Bloomerang analisou, mas também ha noticia de roubo de 200M de dolares em bitcoin, num ataque hacker a uma exchange com menor segurança, em 2016.

  3. paulo says:

    mais um artigo escrito sem saber!! a Coinbase nao é a maior nem de perto!

    BINANCE é a maior!

    • Ruca says:

      Não não, ambas têm cerca de 13,5 milhões de utilizadores ativos mas a Coinbase é mais poderosa em termos de oferta com um número maior de criptomoedas aceitáveis.

      • Helder Gomes says:

        Nao sabes mesmo o que estas a escrever. A Binance tem cerca de 355 criptmoedas enquando que a Coinbase Pro só 55. Para alem disso o volume de transaçoes em 24h na Binance sao cerca 43 Bilioes sendo que na coinbase apenas 3 Bilioes….é facil perceber que a coinbase NAO É a maior plataforma.

        • scp says:

          Só que a binance é chinesa e a coinbase americana. Apesar de agora estar sediada fora da china.

        • Manuel da Costa says:

          A Binance são 94 empresas em separado que funcionam no mesmo co-glomerado. 93 dessas empresas são desconhecidas para os utilizadores. Algumas delas são conhecidas por terem tido 7300000 biliões de carteiras roubadas nos últimos 3 anos. É por isso que tem tantas criptomoedas (na realidade só são 38, pois as outras são derivados) disponíveis.

  4. rui caetano says:

    comparar o volume negociável da coinbase com a binace é o mesmo que comparar as vendas do minimercado do ze manel da aldeia, com o continente.
    €34,884,391,179 foi o volume da binance nas ultimas 24h
    €3,281,196,918 foi o volume da coinbase nas ultimas 24h
    é mais ou menos parecido
    A coinbase tem grandes transações de Whales. É a mais simples de usar, e basica.
    A binance é um nivel profissional com tudo e mais alguma coisa e com centenas de cryptos a mais.

    • scp says:

      No entanto a coinbase tem maior oferta para o mercado europeu para fazer transações diretamente com euro e na binance tinhas de comprar primeiro usd tether or binance usd se quiseres aceder à outra oferta. No entanto ambos têm opções de usar btc ou eth para comprar outras criptos.
      A kraken também tem boa oferta para transacionar em euro diretamente.

      • rui caetano says:

        eu fujo da kraken. metam qualquer par no tradingview, btc/usd, eth/usd mas da kraken e vejam os picos das velas brutais que aquilo faz para depois retraírem logo. há claramente manipulação dos preços para liquidações. Sei que é muito normal isto acontecer, mas na kraken ainda é maior e com maior frequência.

      • VP says:

        Olha que no Binance consegues usar euros para comprar ethereum directamente.

    • Manuel da Costa says:

      A binance não é só 1 empresa… são 94 que trabalham juntas. Além de existir o problema de registarem trocas de criptomoedas por derivados, como sendo operações, apesar de serem operações internas, sem qualquer validade.

  5. Johnas Setúbal says:

    É uma empresa como outra qualquer, cujo objetivo é lucrar com as comissões e serviços prestados, como uma entidade financeira comum. Até aqui tudo bem. Não deixa de ser caricato que toda a sua actividade de âmbito fiscal tenha que ser declarada em dólares. É tudo muito bonito, mas o objectivo é sempre o mesmo: lucrar dólares ou euros. E antes que a pirâmide colapse, o que naturalmente acontecerá em menos de 2 décadas (se tanto), vamos lá despachar uma parte da empresa para a bolsa, sacamos o nosso, e os patos que comprar ações se amanhem mais os detentores de criptomoedas. Houvi dizer que andaram para aí a criticar o Ricardo Salgado e o Maddoff?… A sério?…

  6. rui caetano says:

    olha outro que pelos visto percebe da matéria e que pensa que só o sistema bancário atual é o único possível de existir…
    É assim mesmo pessoal, defendam a maltinha que tem enriquecido cada vez mais à vossa pala e não deixem alterar isso porque assim é que deve continuar.

    • Manuel da Costa says:

      99,999999999999999999999999% dos roubos de criptomoedas e das burlas, geram 100% de perdas para os utilizadores. E onde estão esses ultra mega milionários? É que terem 600 bitcoins na carteira é serem milionários, depois tem de pagar 600000 euros para poderem ter o dinheiro para comprar o comida, lá se foi a festa. Já ouvi falar de 790000000000000 de super milionários do mundo das criptomoedas, os 3 que conheci tiveram menos de 24% de lucro, até ao momento em que perderam todas as que carteiras que tinham.

      • rui caetano says:

        Manuel se quiser envie-me um email seu, eu envio-lhe o meu extrato das contas das cryptos e verá que tenho 120% da banca inicial. Não vou falar em valores porque não quero influenciar ninguém a comprar. O meu propósito nestes chats é apenas a troca de ideias e o meu agrado por ver o mundo a mudar através de uma coisa que se chama blockchain.
        Em relação aos rubos e burlas, também só foram inventados agora. Não tenho conhecimento de utilizadores terem sido hackeados na binance e outras, e as mesmas não tenham reposto tudo o que foi roubado. Até ao momento, penso que sempre que houve ataques, pelo menos as grandes exchanges, repõem sempre tudo. Têm seguros de milhões. Tenho euros a render 10.3% na coinloan em que no contrato diz terem seguros no valor de X milhoes para esse tipo de situações. Mas pronto vale o que vale e cada um acredita no que quer. O povo gosta mais de ganhar 0.3% ao ano quem sou eu para criticar

        • filipe santos says:

          heheh então dou o meu exemplo:
          comecei em 2017, assim que tripliquei, retirei o meu investimento (se fosse hoje não o fazia) desde essa altura até hoje, tenho apenas lucro a gerar lucro… o que quer que aconteca, nunca vou perder dinheiro
          só para terem noção, a Bit estava bem abaixo dos 3000.

  7. Sergio says:

    Antes para ter cripto tinha que depositar no coinbase, converter para cripto e depois enviar para o Binance. Belas comissoes que a CB ganhava.
    Agora a Binance permite deposito por transferencia bancaria gratuitamente e creditado em media 5 minutos depois. Uso mais para trading que para guardar. Tansferir depois do Binance para o meu banco custa apenas 80 cents (pelos menos testado com 200 euros e parecia custo fixo).
    E o que for lucro a partir de um patamar passa para o ledger.

  8. rui caetano says:

    Sergio e já olhas-te para a parte da binance earn onde podes ganhar muito boa % em APY? a binance nem é das melhores que tens em % por APY mas para quem não quer andar a transferir e pagar os fees de umas contas para as outras, serve perfeitamente para isso.
    Tenho dividido pela binance e hotbit. a hotbit em % de APY é muito melhor que a binance.

  9. JEsteves says:

    Quando uma empresa atinje o auge, e a partir daí o caminho é para a ruína, o melhor a fazer é despachá-la para bolsa. Os patos valorizam-na 500 vezes acima do seu valor real, e compram mesmo que a empreza venha a dar prejuízo todos os anos. Mais tarde o estado que resolva o problema com os meus impostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.