Cibercrime: Portugal fez 8 mil pedidos a gigantes da Internet


Destaques PPLWARE

2 Respostas

  1. blimb says:

    e o pessoal que sofre dessas violações de privacidade é avisado?

  2. Alvega says:

    “Já no caso do Facebook a percentagem de pedidos em que foram fornecidos dados é mais baixa que a Microsoft e Google.” Uma verdade de La -Palice, onde está a duvida ? Se Abrirem o “bico” com facilidade lá se vai o negocio.
    Normalmente, é dito pelas empresas, que tem um processo interno de auto-regulação, o que visa evitar abusos, por parte dos utilizadores, nao sendo necessário a interferência das autoridades. As empresa, fornecem os meios…as açoes , boas ou más sao dos utilizadores. Nem Pilatos, faria melhor.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.