Quantcast
PplWare Mobile

Anonymous conseguiram finalmente hackear a Agência Espacial Russa

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Asdrubal says:

    Hackear sites… Atacar a agência espacial russa, deviam estar a mandar abaixo os satélites russos. Isso sim, era atacar.

  2. Zé Fonseca A. says:

    Grande flop estes anonymous, viraram defacing kids…

  3. Bob says:

    Como em praticamente todos os casos de Cyber ataques, a um determinado nível, muitas vezes, não são divulgadas as noticias.
    Alterar a página é fácil de provar, ou mandar um site abaixo, etc.

    Era bom, era que fosse possível desligar as armas, e deixar a Ucrânia em paz…

  4. Wilson says:

    A Rússia só usa uma rede de internet, assim fica mais fácil ser hackeada. Se a Rússia fosse mais inteligente ela iria criar mais de uma infraestrutura de dados em seu território, uma para os bancos , uma para defesa, uma para a população. Assim por diante. Mas a Rússia e qualquer outro país não pensaria nisso.

  5. jorgeg says:

    esses inuteis quando e que atacarao os USA e seu lacaios?!
    Desde 1776 os EUA invadiram 70 paises.
    por onde andam os # das vitimas desses mesmo paises?!

    Possivelmente o unico grande POTUS que nao estev envolvido em guerra foi o grande Trump.
    LGBrandon lovers parabens pelo grande trabalho que esta administracao tem feito para trazer instabilidade ao mundo!

    • Vitor says:

      Acho que UK consegui bater esse “record” ao longo da historia…

    • Zei says:

      Então e Portugal? e Espanha? passou ao lado de umas aulinhas de historia… Quando chegar, se chegar a ter noção do poder dos USA na democracia mundial, talvez já seja tarde e já esteja a ser governado por algum Putin da vida…

    • PeterJust says:

      Se os EUA entrarem em guerra com a Russia, visto que do ponto de vista militar os EU esmagavam completamente, iria certamente entrar numa guerra atómica com consequências completamente inimagináveis, esperemos que não se chegue a esse ponto.
      De facto os EUA, e não só, como tem grande poder militar também andaram a invadir países este tempo todo e o Putin está a fazer mais ou menos o mesmo, só há uma diferença, quando os EU invadem um país sabem o que estão a fazer, calculam os custos e os proveitos e normalmente não foge muito ao controlo. Neste caso acho que o putin calculista foi ultrapassado pelo putin imperialista e as coisas estão a correr muito mal para a Rússia, quer economicamente, quer ao nível internacional ao ponto que nem a “amiga” China está para se meter nisto. Em relação ao Trump, se a guerra que o Biden acabou no Afeganistão já tinha 20 anos de duração, como é possível que o Trump tenha estado fora da guerra? Isso é mentira. O Biden de facto acabou imediatamente com a guerra, bem ou mal mas acabou. O Trump esteve nela desde o primeiro ao ultimo dia de mandato, já para não falar da guerra civil que criou e que ainda perdura e a guerra que fez à China que muito provavelmente também é uma das razões desta guerra. O Trump grande?! O principal aliado de Putin que o convenceu a fazer uma guerra com a China, com a Europa, com o Canadá, etc para agora lhe ser mais fácil fazer esta invasão. Ou achas que o Putin meteu lá o Trump para ajudar os EU?

      • José Orlando says:

        Peter é especulativo a intervenção russa nas eleições americanas. É uma forma infantil (não sua mas dos americanos) de se desresponsabilizar pelos seus erros. Seguindo essa lógica irão encontrar referências idênticas em outras situações. Exemplo: Iraque 2003 – atacar um país soberano porque tinha armas de destruição maciça – comprovado mais tarde que era falso. Consequências: crescimento de sentimentos anti-America, anti-Europa. Resposta ocidental para estes últimos casos iniciados pelo Ocidente: são terroristas e estão-nos a fazer mal. Em vez de dizer: cometemos erros ao invadir vários países (alguns exportadores de petróleo)e vamos resolver tudo isto ajudando essas economias. Se fizerem uma pesquisa online e forem a procura duma lista de empréstimos a estes países irão ver quem são os investidores institucionais e qual a forma de pagamento sugerido.

    • José Orlando says:

      250 anos de existência americana onde 230 anos tiveram operações militares no exterior. ( Informação obtida na conferência de imprensa dos negócios estrangeiros da China em 24 de Fevereiro). Em 23 de fevereiro a China relatou sobre um ataque cibernético de grande escala perpetuado por um grupo de hackers The Equation associado a NSA (mesma conferência indicada em cima – Nota: não procurei evidências desse relatório do dia 23 de Fevereiro)
      Circula pela internet uma lista com o nome USA bombing list ( Twitter, Facebook,etc) após uma pequena pesquisa apareceu-me referência dessa lista no site first post.com indicando que foi colocada pela embaixada chinesa na Rússia no dia 23 de Fevereiro através do Twitter. Mais uma vez não pesquisei a veracidade de todos os factos descritos mas é verdade na história recente ( últimos 50 anos) que os EUA têm efetuado operações militares em estados soberanos com o aval dos países europeus, desde a Nicarágua até recentemente na Síria.

  6. lmx says:

    Aquilo que me parece , e é muito por alto é que eles devem ter conseguido hackear a Wiki, de alguma entidade, e muito provavelmente de alguma versão bem antigo pois data de 2010 😀
    Estas Wikis são bem standards e fáceis de quebrar, o que acho estranho é eles conseguirem aceder a ela de fora da rede

    O que eu Li, é que a Rússia sancionou os EUA, e vai deixar de fornecer( finalmente ) os motores para o Atlas5 e para o Antares..

  7. Antonio says:

    Muito pior que isso, incomparavelmente pior, e’ a ROSCOSMOS nao seguir com o lancamento de 36 satelites OneWeb num foguetao Soyuz, e agora ter esses satelites como ‘refens’.
    https://www.bbc.co.uk/news/uk-politics-60587154

  8. Oscar Ferreira says:

    Boa tarde! É importante que se faça deitar abaixo todas as infraestruturas informáticas quer né Rússia quer na Bielorrússia, akear toda a informação existente e derrotar a Rússia e o diabo do Putin, façam umas bombas e explodem no palácio onde se encontra esse Hitler. Parar a guerra é urgente pelo ataque contra a Ukrania, país livre e democrático que se está só a defender e a NATO e a UE nada fazem, a NATO é uma vergonha que só comenta, têm medo do Putin, é urgente bombardearam a Rússia e o seu presidente, só assim se pode acabar com a chassi a que o Putin está a fazer. Força Anonymous continuem com a vossa inteligência activa e derrubem a Rússia e a Bielorrússia. Parabéns.

    • PJA says:

      É só malucos. Enfim.

    • paocomsalada says:

      oh meu deus, A NATO sozinha matou mias vicis que a Russia, ninguem falou ninguem disse nada sobre “akear”. a lybia continua um caos até hoje, sanções para o UK, FRANCE E EUA? nunca as vi nem vou ver

      • Guilhermino Calhau says:

        O Holodomor, também conhecido como a Fome-Terror e por vezes referido como a Grande Fome, foi um período de fome na Ucrânia Soviética de 1932 a 1933 que causou a morte de milhões de ucranianos. E depois a nato é que matou milhões

    • José Orlando says:

      Somos uma democracia e como tal devemos agir como tal, ou seja, dialogar, trocar informações, respeitar o outro lado e negociar.
      Ao dizer para fazer o que escreveu aqui parece me mais o comportamento do fascismo quer italiano, quer alemão, quer espanhol quer português e não o socialismo soviético.
      Aproveito para lhe deixar duas referências. A primeira são documentos desclassificados pelos EUA (devido a lei estado unidense de libertar documentos após x anos) onde se vê que a NATO e EUA não cumpriram com a não expansão para leste.
      A outra referência é o artigo escrito pelo Major-General Carlos Branco no jornal Weekend Negocios do dia 11 de Fevereiro de 2022. Este General pertenceu a NATO.
      https://nsarchive.gwu.edu/briefing-book/russia-programs/2017-12-12/nato-expansion-what-gorbachev-heard-western-leaders-early

  9. Tharlion Rodrigues says:

    Eu acho que o foco, deveria ser outro. A anonymous deveria focar em procurar a localização, informação sobre o putin e os locais onde estão armazenados as bombas nucleares. Pois isto ajudaria a Ucrânia e aos demais países em aliança a planejar um ataque decisivo sobre a Rússia e ao desarmamento nuclear da Rússia. Algo q ajudaria como imagens de segurança e até ao rastreio de telefones. Pois eu acho q a maior ultilidade da anonymous seria desta forma ajudando a parar putin e revelando a sua localização. Sei que certamente n é nada fácil. Mais seria de grande ajuda. Ainda mais se está informação fosse entregada de maneira particular a algum aliado. Ou até mesmo aos EUA. É um tempo difícil. E a Rússia precisa descer deste pedestal.

    • paocomsalada says:

      FILHO, os EUA tem bombas nucleares na Europa, queres desarmar a RUSSIA? desarma os países europeus, remove as bombas Americanas da Europa

    • paocomsalada says:

      Tal como a Russia os EUA tambem precisam descer do pedestal, bota todos doar dinheiro e ajuda humanitaria para a Libia e afins porque os Franceses não queriam que o Gadafi muda-se a moeda local etc etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.