PplWare Mobile

Vendas de smartwatches Android Wear bem abaixo do esperado


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. SSilva says:

    Acho que era esperado, fazem os smartwatch e smartbands a preços de alguns telemoveis, obviamente acho que pouca gente vai estar a “desperdiçar” dinheiro em algo que pouco ou nada demais traz de utilidade, se fosse mais barato, mesmo com poucas utilidades teria muito mais compra, agora assim, os preços são rídiculos, aquilo a sair da fabrica se custar uns 30€ é muito.

  2. Não Não says:

    Pois é…

    Não existiam PCs até ao Apple II

    Não existiam GUIs até ao Macintosh

    Não existiam impressoras a laser até à LaserWritter

    Não existia USB até ao iMac

    Não existia Wifi até ao iBook

    Não esistiam leitores MP3 de alta capacidade até ao iPod

    Não existiam portáteis ultra-finos até ao MacBook Air

    Não existiam smartphones até ao iPhone

    Não existiam telemóveis de alta-resolução até ao iPhone 4

    Não existiam tablets até ao iPad

    É esta a história da Apple… E não existem smart-watches até ao Apple Watch…

    Tudo mentira, mas tudo verdade… 😀

    Quando sair o Apple Watch, as vendas vão disparar, não há pressa… em Abril lá sai ele…

    • Douglas soares says:

      Concordo, mesmo não usando nada da Apple!

    • rmcrys says:

      “Nao Nao”, nem tu existias até teres pedido o crédito para um Apple …

    • Filipe. F. says:

      Ou seja, a Apple inventou tudo? O giro é que nada disso existia hoje, se não fosse a Microsoft a ajudar a Apple a não ir à falencia 😉

      Mas o giro disto é que a Apple mostrou o seu smartwatch há meio ano já esteve para ser lançado antes do natal e falhou, em janeiro e falhou, e agora não ha data. Portanto como dizes, resta esperar que a Apple confie naquilo que mostrou há meio ano, que se diz, dura 12 horas com sorte, em uso normal, ou seja não da para usar um dia de manha à noite, face aos ”criticados” relogios do mundo Android, que duram 2 a 3 dias mas é pouco, diziam sites como este…

      Mas tens razão, mais uma vez a Apple vai pegar no que outros fizeram, copiar, mas vai ser ela a impulsionar o mercado, é verdade. A Apple faz o marketing para todos e lança as tendencias. E acredito que se calhar no primeiro mês, a Apple venda mais smartwatches que o total já vendido até hoje no mundo Android, mas isto não significa ser melhor, ter o melhor relogio que já se provou que não, e a prova disso é ele não sair cá para fora, apos 6 meses da apresentação, significa apenas que há gente que compra marcas porque sim. É bom para quem tem ações da Apple, e para a Apple, mas não significa nada mais, que numeros e lucro…

      Eu se fosse o Tim Cook, fazia anualmente um agradecimento a todos os que dão os biliões de lucro à Apple, mesmo aqueles que fizeram creditos, sem ter emprego, para dizerem que têm um iPhone onde depois nem têm dinheiro para internet movel e portanto so usam para chamadas e sms, mas vale muito hoje em dia, ter no bolso um produto Apple, vale mesmo muito, mas não deixa de ter mais valor que a propria estupidez.

  3. Tavares says:

    Está a acontecer com o smartwatches Android Wear o mesmo que aconteceu com o google glass…muito “entusiasmo” a quando da apresentação mas as vendas não acompanharam a expectativa.Ao preço a que se encontram os smartphones,não sobra muito dinheiro para comprar os “acessórios”. E a google deve ter-se esquecido que a maioria dos seus utililizadores pertencem à classe media baixa/baixa…utilizam serviços gratuitos eu “aparelhos” baratos!!

    • Rui says:

      Estás a falar da realidade portuguesa ou mundial? O que não falta por aí é pessoal com dinheiro para dar 300/500€ por um smartwatch e não compram porque não querem.

      Como exemplo tens os relógios convencionais, existem N relógios com preços superiores aos 300€ e eles vendem-se. Quantos são os que tem mais que um relógio?

      Não vou comprar essencialmente por dois motivos, não creio que me vá trazer alguma vantagem, nem quero estar a carregar o relógio todos os dias à noite. Quando o factor vantagem se alterar penso nisso.

  4. Dumitru Toderici says:

    A ideia ate que é boa, mas as pessoas ainda não estão preparadas para isso e depois o maior problema creio eu é a bateria, basta carregar o telemóvel todo dia, agora carregar o relógio todo dia ou mesmo que seja em 2 dias é mau! Depois vem com android coisa que não é tao tao fluido nos relógios, não me venham com ahh haters e talz, ou qual lag, há muitos vídeos no youtube com este tipo de relógios e se vê muito bem o lag pois o relogio não é tao potente quanto os smarts

  5. Luis Costa says:

    Já era de esperar visto que muita gente não precisa disso e o preço não é assim tão competitivo

  6. Mario Mauricio says:

    tem android queriam o que? Vao ver o da apple para aprender

  7. fernando marques martini says:

    ao menos de momento, inutil, caro, e a mesma coisa que qualquer smartphone ja faz

  8. Zero Zero Sete says:

    Para aqueles que dizem ser caro!?

    Estão muito bem enganados!

    Arranjem um relógio (normal, a pilhas), que seja:

    1. feito em aço 316L
    2. aço escovado ou polido (não cromado)
    3. vidro em safira
    4. bracelete em pele genuína

    Por menos de 250€ (atenção: EUROS), que é quanto custa um Moto 360…

    Só vos digo, não vai ser fácil, só pelo vidro em safira…

    E isto, sem qualquer “funcionalidade avançada” nenhuma…

    Sim, a pilha dura muito, mas a duração dos smart watches anda dentro das dos smart phones, se carregam um, também podem sempre carregar o outro!

    Aliás, um Pebble ou um LG G Watch (o primeiro), custam tanto como um Casio G-Shock básico (cerca de 100€)…

    Ou seja, não há milagres…

    • Marco N. says:

      Mas em principio um relógio normal terá uma vida mais longa que um smartwatch.
      Acho que é por aí que muita gente os considera caros.
      Pegando no exemplo que deste, eu à uns valentes anos atrás tive um G-Shock que me custou 107€ (se não me falha a memória), andei com ele durante anos, levava cacetadas a torto e direito e nunca tive razões de queixa e acabei mesmo por vende-lo porque já estava farto dele.

      • Zero Zero Sete says:

        Porque é que tem uma vida mais longa?

        O moto 360 tem uma caixa em aço, vidro em safira… dificilmente partes aquilo… e depois dá para compor…

    • MárioM says:

      “Arranjem um relógio (normal, a pilhas), que seja:
      1. feito em aço 316L
      2. aço escovado ou polido (não cromado)
      3. vidro em safira
      4. bracelete em pele genuína”
      Por menos de 250€ (atenção: EUROS), que é quanto custa um Moto 360

      Pois eu digo arranjo quantos quiseres por menos de 250 euros com tudo isso e Automaticos

  9. Bruno Tavares says:

    Por isso é que o Pebble já vendeu 1 milhão e não está à venda no retalho fora dos EUA…
    Porque é feito para ser um relógio que nos facilita o dia a dia, e não um telemovel no pulso.
    Ah, e a bateria dura facilmente uma semana ou mais.

  10. Benchmark do iPhone 6 says:

    Resumindo, em poucos dias, vão-se vender mais Apple Watchs.

    Previsões para as vendas em 2015: 26 milhões.

    Pode ser que o Android Wear tenha saída nas “bands fitness”.

    • Zero Zero Sete says:

      Para aí num fim-de-semana, devem vender aí uns 2 ou 3 milhões… LOL

      • Francisco Pinto says:

        Salvo erro o iPhone no 1° fim-de-semana vendeu 10m. Se o Apple watch vender menos de 1 milhão no mesmo período vai ser um fiasco!

        • Zero Zero Sete says:

          LOL.

          Vai vai…

          É difícil de prever, porque muita gente vai querer ver primeiro no pulso, e ver se é bonito, e tal antes de comprar…

          O iPhone e etc’s são coisas que se metem no bolso, e só se olha para o que está no ecrã…

      • Francisco Pinto says:

        * iphone 6 e 6 paus

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Hoje as ações da Apple fecharam a valer 725,2 mil milhões de dólares, – as da Google e da Microsoft somadas, e ainda sobram uns trocados (8 mil milhões de dólares).

        O que se diz que é que as previsões das vendas do Apple Watch são um dos factores da subida da cotação. Por acaso há um ou outro que prevê um flop.

        Eu aposto que o Apple Watch tem um trunfo qualquer nas questões de alertas de saúde – só que eu não sou hipocondríaco, nem quero morrer saudável, nem uso relógio, vão ter que inventar mais qualquer coisa 🙂

    • Jota says:

      E o que é que isso significa mesmo? Eu prefiro um macbook ou um IMAC e no mundo todo são vendidos mais PCs, também tenho a noção que o Barcelona é maior que o benfica e sei que existem mais socios do benfica, também sei que muita gente compra na Nike tenis de 100 euros apenas porque é nike.. So what?

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        O que é que significa? Que se prevêem vendas de 26 milhões de Apple Watchs em 2015 contra 720 mil Android Wear, diversos, em 2014.

        “So”, compra o que quiseres, ninguém te impede. Comprando um Android Wear estás até bem perto de comprar um produto único 😉

  11. Jota says:

    Como sempre peopleware a apagar/calar/silenciar quem coloca o dedo na ferida 🙂

    • Zero Zero Sete says:

      Queres notícias?

      Então toma lá as notícias principais de de Fevereiro (ainda vamos nem a meio…) que o pplware “censurou”

      * Apple obriga 6 fornecedores a indemnizar crianças que empregou, e lhes pagar os estudos e ordenados

      * Apple ultrapassa os 700 mil milhões de dólares, agora mais que a Google e Microsoft juntas…

      * Apple Pay na China em testes

      * 14 hospitais principais do USA estão a usar e a testar HealthKit

      * Investimento de 848 milhões em energia solar

      Ai sim, se publicassem isso tudo, tal como é, era a revolução…

  12. AlexX says:

    Deixei de usar relógio faz 20 anos e não tenciono voltar a usar o que seja num pulso. Mas caso usasse, estaria provavelmente entre aqueles que trocaram o relógio por um smartwatch ou em vias de. Afinal, as vantagens são mais que muitas. Alguns ainda são como cebolas do Entroncamento mas o 360 até está bonito tal como poucos mais, e certamente ainda vão evoluir em todos os aspectos.

  13. g0th1c.X says:

    Eu adoro o meu LG Watch R, apesar de 99% das vezes o utilizar como um relógio dito “normal”.
    Tal como outros users já o disseram, existem simples relógios que custam bem mais e não passam disso mesmo.

  14. One_Nuno says:

    Já não saio de casa sem o meu moto 360.

    A bateria dura 2,5 dias ao contrario do que se diz por ai, apenas o desligo quando vou dormir, ou seja ligo ás 7h da matina e desligo ás 24h, no dia seguinte o mesmo, e ainda dura até ás 13h do dia a seguir. o carregamento é rápido dos 0% aos 100% carrega em 70minutos.
    Durante um dia recebo 300 ou 400 notificações das redes sociais, 30 ou 40 emails (trabalho), e umas 30 sms ás quais respondo por voz . Controlo a minha actividade fisica e recebo notificações sobre como a melhorar, certo é que as braceletes em pele para praticantes de desporto não é grande coisa, porque agarra muito o suor, no entanto em uso dito normal é extremamente confortavel. o sensor de frequência cardiaca é correcto o suficiente (comparado com um gramin vivofit e com um polar f60 ambos com a banda no peito, testados os 3 em simultaneo a diferença entre eles é minima 1 a 3 pulsações por minuto) .
    É verdade que 250€ é um bocado puxado para investir num gadget de que não se sabe ao certo se irá ser util ou não, mesmo não tendo pago esse valor (amazon.es 209€) agora que o tenho e sabendo o que me ajuda na vida profissional e pessoal, se não o tivesse, compraria de novo e daria até mais do que 250€ sem pensar duas vezes .
    A facilidade com que se tem acesso a informação é do outro mundo, basta dizer “ok google” e preguntar o que lhe der na telha, claro que o smartphone tem de ter acesso á net senão nada feito.
    Quanto ao smartphone eu tenho um Oneplus One a correr o cm12 nightlies sempre na ultima versão e não vi perda de bateria nenhuma associada ao uzo com o moto 360, continua a durar um dia inteiro com wi-fi, dados, gps e bluetooth ligados desde as 07h até ás 24h e continua com uns 45% de bateria, ou seja o relogio dura mais que o telemovel.
    Se um smartwatch é para ti util só tu é que sabes. Eu comprei o meu sem saber bem o que fazer com ele ao certo, foi mais pela curiosidade e não me arrependo nada, voltaria a comprar na hora.

    espero ter ajudado alguns dos indecisos.

    • Não Não says:

      Cool 😉

      Eu não tenho ainda, mas isso dos smart watches ainda está na fase dos “early adopters”, daqui a um ano ou dois, já toda a gente anda aí com o relógio inteligente que comprou no Natal…

  15. RF says:

    A meu ver os Smartwatches não têm tido vendas pois dois motivos:
    1º Os que são de marcas conhecidas, tipo Samsung, LG, Motorola, etc são demasiadamente caros.. digam o que disser, que um relógio “normal” bom não custa menos de 300/400€ e que como tal estes tão nivelados por esses preços.. Eu não vejo assim, um relógio convencional se for bom dura uma vida e nunca sai de moda, já os smartwatches olhem o caso da Samsung.. já lançou uma série deles, sendo que se formos a comprar o 1º com o último não têm nada a ver e confessem lá.. não iam comprar o 1º e se já o tivessem já estava arrumado lá numa gaveta.. e a pensarem no último que saiu!
    2º Os que são de marcas desconhecidas, basicamente os “chineses” que compramos pelo ebay e outras lojas.. são baratos, não têm qualidade nenhuma, e ao fim de 1 ano já estão bons para a reciclagem..
    Querem vender mais Smartwatches? as “marcas conhecidas” que apostem em baixar os preços, a meu ver o Smartwatche pode ser um bom complemento ao telemóvel em várias situações.. mas nunca por preços de 300/400€ pois são um complemento ao telemóvel.

  16. B@rão Vermelho says:

    A meu ver acho que os Smartwatches, não trazem nada de novo na minha modesta opinião acho que faz tanta falta como um bom pare de mamas num freira.
    Acho que não se pode comparar com os relógios tradicionais, são de ligas deferentes.
    Más acho que o da Apple, vai ter mais sucesso apenas por ser da Apple, quer se queira ou não atualmente a Apple está na moda e aliada há estética e a legião de fans tem tudo para vender.
    E se o preço até for alto melhor, é mais um símbolo de ostentação, acho que se o Iphone custa-se 50€, ninguém o queria, estou a dar o exemplo do Iphone mas é igual para todos os topo de gamas.
    Atenção, isto não é uma critica para minguem, eu também tenho um S3, e um Iphone 4.

  17. gdfgd says:

    comprar um “relogio” overpriced e feio , que faz tudo o que o meu telemovel faz, so que em pior?

    where do i sign up?

  18. Feliz & Contente says:

    Depois de ler (quase) todos os comentários sobre esta peça, fiquei aliviado! Como sou pobretanas e não posso dispor de tantos €uros na compra de um smartwatch desse nível ou coisa parecida, mas sou um ganda maluco por relógios, pesquisei nas lojas chinocas onde habitualmente me dirijo para adquirir um smartphone (dos baratuchos) e, numa delas, encontrei um watch todo catita por uns miseráveis € 26,35 que, depois de o receber e configurar com o smart (também chinoca e que nem chegou aos € 165,00 o ano passado mas é um octa-core 1,7GHz), emparelhado, configurado, etc. e tal, além de todas aquelas funções para fitness, recebe as chamadas do smart, atendo no próprio watch (tem micro e alti-falante) o que é porreiro porque evito ter de tirar o octa-core do bolso do casaco e dura cerca de 60 horas em stand-bye. Por isso rapaziada, não se queixem que os smarts são caros a não ser que realmente o que interessa, sobretudo, é ter uma “jóia” de marca no pulso (ou na mão) de mais de 600 euros! E como não sou avarento, aqui fica o endereço da tal loja chinoca a que me refiro: http://www.lightinthebox.com/pt/cadastre-new-smart-touch-bluetooth-watch-para-sansumg-lg-google-android-tudo-entregas_p1455947.html?pos=ultimately_buy_1
    Ah! E não passou pela alfândega, ou se passou, não paguei portes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.